Céu ou inferno qual será tua escolha?

Se quiserdes, e ouvirdes, comereis o bem desta terra. Mas se recusardes, e fores rebelde, sereis devorados a espada. Porque a boca do Senhor o disse. Isaías 1:19-20.

Se quiserdes e ouvirdes – frase em condicional, só será possível desfrutar, deliciar, comer o melhor da terra com duas condições: 1ª se eu e você quisermos. 2ª se eu ou você, meu amado, dermos ouvido a palavra de Deus. Não tem como fugir desta palavra, não tem como responsabilizarmos o Senhor quando somos rebeldes e desobedientes. Não tem como se inverter a situação.

Eu escolho, portanto somente eu sou responsável pelo meu futuro.
Ao lermos a historia de Israel, vemos que Deus sempre expôs para Israel condições para ser uma nação vitoriosa. Veja: se fores obediente, se observardes a minha palavra, se guardares os meus estatutos e por aí vai. Se, se, se.

Deus pela sua soberania e capacidade de criador, fez o homem sua imagem e semelhança, dotando-lhe de sentimentos e poder de decisões, mesmo correndo o risco do próprio homem se voltar contra o seu criador. Deus pela sua soberania poderia e pode salvar quantos quiser ou todos homens que forem preciso porque Ele é Deus.

Mas Ele deixa o homem escolher o caminho. Expôs ao homem dois caminhos e o homem escolhe o qual quer seguir e as suas conseqüências. Se estivesse nas mãos de Deus colocar o homem no céu ou no inferno, Ele pela sua infinita misericórdia e amor levaria todos ao céu. Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu único filho para que todo aquele que nEle crê, não pereça mas tenha a vida eterna. João 3:16. Ele não criou o inferno para os homens e sim para o diabo e seus anjos.

O agricultor escolhe com paciência a semente para semear. Quando chega o tempo da colheita, ele colhe com certeza o que plantou. Se plantou milho colherá milho; se feijão, colherá feijão. Não adianta o homem reclamar por ter colhido milho, se o mesmo plantou milho. Assim nos diz a palavra de Deus: Portanto aquilo que o homem semear isto mesmo ele colherá.

O que tens plantado meu irmão? Discórdia? Rancores? Desunião?
Lembre-se que vamos colher. Mas uma vez a condição encontra-se em suas mãos: o que vais plantar? Deus não poderá ser responsabilizado pelos seus frutos, lembre-se você é o único responsável, pois foi você que plantou.
Em apocalipse encontram-se duas frases interessantes veja: se hoje ouvires a voz do espírito Santo, não endureçais o vosso coração.

Es que eu estou à porta e bato, se ouvires a minha voz e abrires à porta entrarei.... Se ouvires a minha voz, e abrires à porta do vosso coração. Novamente o homem, precisa ouvir e agir para que haja uma mudança na sua vida. Jesus não entra sem que o homem permita que ele entre e reine no coração.

Certa ocasião, ouvi alguém dizer: Quando eu morrer, Deus é que sabe aonde vai me colocar. Quantas vezes você ouviu esta frase: Deus é que sabe... Deus ponha-me em um bom lugar. Eu gostaria de te chamar a atenção! Quantas proibições e leis regem o nosso País? A constituição quase sempre é ignorada não é mesmo?

São tantas advertências como por exemplo: Não Fume! Diz a placa, mais o fumante simplesmente ignora a placa e fuma, embora esteja também estampada a frase em seu maço de cigarros “fumar causa câncer”. E no trânsito? Proibido parar e estacionar diz a placa. O motorista não só para, mais também fica embaixo da placa estacionado. Nos postes de alta tenção está escrito: Não suba, perigo alta tenção!! Pessoas desafiam e sobem nos postes para furtar energia.

Quando é multado o motorista que estacionou em baixo da placa, e aquele que foi eletrocutado no poste, de quem é a culpa? Seria do guarda de trânsito, da companhia de eletricidade que colocou o poste justamente naquela rua? E as placas de advertências?

A vida espiritual funciona da mesma forma caminhamos e à nossa frente deparamos com uma placa que diz: “não mate”; mais a frente, “não roube” ; “não adore imagem, adore somente a Deus”; “ame ao meu filho Jesus pois ele morreu pelos seus pecados, siga suas pegadas e viverás”. Simplesmente os viajantes ignoram todas as placas, nem se quer querem dar ouvidos aos que falam sobre as mesmas. Se por ventura alguém conhecendo estas advertências partir, de quem é a culpa pelo seu destino? De Deus?

Do homem é toda a culpa, pois somente ele pode mudar sua história. Basta querer, basta ouvir, e obedecer, que o melhor desta terra e da futura celestial será conquistada. Enquanto há vida há esperança, garanta a vida eterna enquanto teu coração ainda bate, aceite a vida eterna em Cristo Jesus. Não deixe para amanhã ou depois, nem diga: Deus é quem sabe. Diga eu sei, eu tenho vida eterna em Cristo. Lembre-se você é o único responsável pela tua alma. Após a morte não adianta reza nem ave Maria, é só aguardar para o último dia o Juízo final.

Se hoje ouvires a voz do espírito Santo, não endureçais o vosso coração.
 
Por Josiel Dias

Aquela cruz era minha

Da pequena abertura da sua cela ele contempla aquele monte chamado caveira, imagina a sua morte. Triste, vê os soldados romanos a postos diante dos madeiros onde seriam executados os culpados.

Ele tenta em vão explicação pelo o seu crime. Como será? Pensa ele. Com quem dividirei aquele madeiro? Sua consciência o condena. Ele havia assassinado um homem.

Baixinho ele murmura: Sou merecedor desta morte, breve estarei morto!

Agora o silêncio daquela cela é quebrado com gritos de crucifica-o, crucifica-o, crucifica-o, que soavam de lá de fora do pátio. Aquele homem não sabe o que está passando lá fora. Os gritos continuam, muita agitação... Até que de repente um dos soldados lhe diz: Venha o governador Pilatos lhe chama. Lucas 23:24-25.

Enquanto caminhava até o pátio, de onde vinha toda a gritaria, ele pensa: Enfim chegou a minha hora.

Ao chegar no pátio os gritos se intensificam mais ainda. Ele observa a sua frente aquele homem o qual também seria condenado. Algo extraordinário acontece. O povo também gritava o seu nome. Foi neste exato momento que ele percebeu que aquele homem à sua frente morreria em seu lugar, sem entender o motivo da troca, pois era plano de Deus.

Agora livre, ele caminha para a liberdade e enquanto desce as escadarias, contempla aquele que irá pagar com sangue toda sua dívida.

Amados, nós não sabemos o destino de Barrabás, nem tam pouco a Bíblia relata qual foi seu destino. Especulam-se, os historiadores, que alguns manuscritos apócrifos revelam que, o filho de Rabás, conhecido como Barrabás se converteu ao cristianismo e seguiu contando sua história de que houve alguém que morreu em seu lugar. (são especulações).

Que esta ilustração possa fazer um despertar em nossas vidas, pois todos nós temos um pouco de Barrabás, não no sentido do seu crime, mas na liberdade, no perdão daquela pena (morte), por alguém ter morrido pelos nossos pecados, nos livrando da morte eterna.

Às vezes, quando parece que estamos perdidos, alguém chamado Jesus, aparece e paga toda nossa dívida, nos livrando da tal pena.

Mas, não basta só acreditar e reconhecer a sua morte pela humanidade, pois este sacrifício só é válido em sua vida se você, aceitá-lo, segui-lo e obedecê-lo.

Sendo assim estamos imune de toda a injustiça e condenação eterna.

Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor. Romanos 6:23.

Que Deus mantenha sobre nós sua infinita misericórdia. Amém!!

Por Josiel Dias
IEC Alcântara

O Sábio relojoeiro

Todos nós temos conhecimento de que, antigamente, os relógios eram, na maioria, mecânicos, à corda, e também – o mais antigo de todos, de sol. Isso bem diferente dos nossos dias, quando a era do digital tomou conta de tudo, superando todas nossas expectativas.
Mas, em uma pequena cidade do interior, certo relojoeiro tinha o talento de consertar aqueles relógios de parede mais conhecidos como cuco. Eu, pessoalmente, nunca vi nenhum, a não ser pelas fotos ou televisão. Aquele homem quase não tinha trabalho, mas lhe foi um grande desafio quando chegou alguém que tinha um relógio, que, por anos, havia sido jogado em um porão e ficado esquecido pelo tempo, para que ele o consertasse. O desafio estava em sua frente. Foram dias e noites perante montões de peças e engrenagens espalhadas em sua mesa. Ele lubrificou, trocou umas peças, desempenou outras. Algumas que faltavam, ele, com jeitinho, em sua sucata, sempre encontrava algo idêntico. Jogou outras fora, pois não serviam para o relógio. Mas, para sua surpresa, depois de montá-lo e colocá-lo para funcionar, ele atrasava demasiadamente, não só um minuto, mas muitos. Falou consigo: "Não desistirei". Desmontou-o e o montou novamente, mas nada de funcionar. Foram três as tentativas e nada. Na última, o relojoeiro observou que esquecera uma pequenina engrenagem em cima da sua mesa e, por fim, o montou novamente. "Que maravilha!", exclamou ele, pois agora já ouvia, orgulhoso, o tic-tac de mais uma obra recuperada. Mas sua alegria durou apenas uma hora. Justamente uma hora para descobrir que o relógio agora adiantava. Desmontou-o outra vez e ficou observando todas as peças e engrenagens a funcionar. "Ufa, até que fim! Como posso ser tão distraído assim!", exclamou. Entre uma montagem e outra caíra a menor das engrenagens por trás da sua mesa. Após encontrá-la, foi grande sua alegria, pois montou o relógio em definitivo. Estava completa a sua obra, pois agora ele não atrasava nem adiantava. O homem estava radiante. O cuco, a cada hora, saía da casinha para anunciar, com exatidão, a hora.
Por menor e mais desprezível que parecesse ser aquela peça, ela fazia a diferença no resultado do funcionamento do relógio. Jamais o cuco poderia falar para o badalo: "Não preciso de você". Ou a maior engrenagem não poderia falar à menor: "Dou conta do recado. Não preciso de você." O que tiramos de interessante nesta ilustração? A Bíblia nos ensina que, como membros do mesmo corpo, precisamos uns dos outros (leia I Coríntios 12:12-27).
Somos como aquelas engrenagens: dependemos uns dos outros, não é mesmo? Se um de nós funcionar mal, como corpo de Cristo, os demais sofrem. De maneira que, se um membro sofre, todos sofrem com ele; e, se um deles é honrado, com ele todos se regozijam (I Coríntios 12:26). Mesmo aqueles que às vezes desprezamos por achar que não são interessantes na obra de Deus, eles fazem falta. Mas podemos ficar tranqüilos, pois existe Um que está sobre todos os relojoeiros e que cuida de nós. Ele não fica chateado quando precisa fazer o conserto. Não há peça que Ele não conserte. Às vezes Ele faz ajustes que não entendemos, mas Ele sabe o que faz. E o Seu desejo é que Seu corpo (a Igreja) siga em frente, sem defeito nem atraso. Às vezes algumas peças se enferrujam. Ele põe óleo sobre elas; outras precisam ser desentortadas, pois os apertos dos trabalhos as deixam amassadas e sem direção. Ele chega, conserta-as, e elas voltam ao normal.
Outras peças precisam até ser trocadas, mas no seu devido tempo. Ele as retira. A Sua longanimidade é para sempre e sua misericórdia é eterna. Outras se rebelam, saem da engrenagem, caem de cima da mesa, perdem-se, mas Ele as busca, pois Seu amor dura para sempre. Qual o Pastor que, tendo noventa e nove ovelhas, não sai em busca da que se perdeu? (Lucas 15:4).
Se todos, porém, fossem um só membro, onde estaria o corpo? (I Coríntios 12:19).
Por menor que seja sua tarefa na Igreja, saiba que você é uma peça importante no serviço do Reino de Deus.

O Reino dos céus é delas...

Zacarias 8:4-5: "Assim diz o Senhor dos Exércitos: Ainda nas praças de Jerusalém habitarão velhos e velhas, levando cada um na mão o seu bordão. Por causa da sua muita idade. E as ruas da cidade se encherão de meninos e meninas que nelas brincarão."
O profeta Zacarias fala sobre as bênçãos prometidas para Israel. Nos versículos acima, ele faz menção de duas faixas etárias: crianças e velhos (idosos). As bênçãos de Deus para o seu povo (Israel) serão tão maravilhosas que estarão estendida desde a criança ao idoso, garantindo que aqueles pequeninos podiam se regozijar, pois eles iriam viver muito e ver os filhos dos seus filhos. Portanto, teriam, como criança, esperança e, como velhos, a experiência para desfrutar tamanha bênção sobre eles.
Eu gostaria, meu querido leitor, que, juntamente, meditássemos no versículo 5 onde se diz que as ruas da cidade se encherão de meninos e meninas que nelas brincarão. O profeta não entra em detalhes sobre o que farão os velhos (idosos) nas praças, mas deixa bem claro o que as crianças farão nas ruas: elas brincarão. Isso mesmo, todas elas brincarão. Se existe algo que uma criança sabe fazer sem que ninguém lhes ensine é brincar. E isso elas sabem fazer com muita perfeição. Você pode até imitá-las, mas não terá a graça e a maravilha de uma criança brincando. Imagine a alegria do pequenino, o qual acabou de aprender a dar seus primeiros passos diante de uma bola? Pode ser que a esteja vendo pela primeira. Não sabe o que fazer, mas apenas segue em direção ao objeto e brinca; não importa se com as mãos ou pés, apenas brinca. Isso vem de Deus. Elas só pensam nisso. Acordam pensando e se deitam pensando em brincar. Como é maravilhoso ver os nossos filhos brincando! Se nos regozijamos e achamos maravilhoso vê-los alegres, saltitantes, cheios de saúde, imagine o nosso Deus! Veja o que o Profeta Zacarias comenta, no versículo sexto: "Assim diz o Senhor dos Exércitos, se isto for maravilhoso aos meus olhos do resto deste povo naqueles dias, será também maravilhoso aos meus olhos? Diz o Senhor dos Exércitos." De certo naquelas ruas profetizadas pelo profeta não poderia haver benção maior do que estar cheia de crianças.
O profeta não fala da rua e sim das ruas. Ele também não diz a quantidade de ruas, mas a Bíblia nos mostra o projeto da cidade. Serão bastantes ruas, pois a cidade será imensa. O profeta comenta que se encherão as ruas. Imagine a quantidade de crianças brincando! Será lindo. Criança é benção para as ruas; criança é benção para o bairro; criança é benção para a cidade, para o pastor; criança é benção para os pais; criança é benção para igreja. Não poderia haver restauração linda, perfeita em Israel, entre o povo de Deus sem a presença delas. Eu fico observando que em todas as EBFs (Escolas Bíblicas de Férias) que acontecem na minha igreja, no período de julho, os olhos do meu pastor quando, então, a igreja está cheia delas. Ele fica pulando de alegria, pois sabe muito bem o que significa isso.
Infelizmente nem todos pensam assim. Alguns vêem criança como empecilho, outros como cruz, outros a impedem de vir à igreja para serem abençoadas, outros ainda as desprezam. Vemos algo parecido na Bíblia. Não sei se foi pelo barulho que elas fizeram, a Bíblia não entra em detalhes, mas elas foram impedidas de se aproximar de Cristo. Sabe quem foram os responsáveis por impedi-las? Os próprios discípulos de Cristo: "E traziam-lhe também meninos para que ele lhes tocasse; e os discípulos, vendo isto, repreendiam; mas Jesus, chamando-os para si, disse: Deixai vir a mim os meninos (pequeninos) e não os impeçais, por que dos tais é o reino de Deus. Em verdade vos digo que, qualquer que não receber o reino de Deus como menino, não entrará nele" (Lucas 18:15-17). Devemos aprender com o que diz a Palavra de Deus: devemos amá-las, respeitá-las e deixá-las ser crianças, pois às vezes queremos que elas pensem como nós, adultos.
Deus promete um futuro maravilhoso para o seu povo. Não pense que lá não vai haver criança, pois as ruas estarão cheias delas correndo e brincando, pois isto é profecia e terá que se cumprir. Isaías também comenta sobre elas. Veja: "E brincará a criança de peito sobre a toca do áspide, e o já desmamado meterá a sua mão na cova do básilico" (Isaías 11:8). O profeta fala do futuro reino do Messias, um reino restaurado, sem pecado sem violência, sem dor nem lágrima. E, mais uma vez, estão elas abençoando e brincando. Deixem a criança ser criança, deixem-na brincar. Pois mesmos elas brincando, elas estão agradando ao nosso Deus. Que o Senhor abençoe a todos nós pais, igreja, povo de Deus para que possamos entender e aplicar a Palavra de Deus. (*)

Como Deus me vê?

I Samuel 16:07
Mas o Senhor disse a Samuel: Não atentes para a sua aparência, nem para a grandeza da sua estatura, porque eu o rejeitei; porque o Senhor não vê como vê o homem, pois o homem olha para o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração.

Qual o meu chamado? O que estou fazendo na igreja? Em que eu posso ser útil na igreja?

Vc é tímido treme pra falar de Jesus para alguém? Faltam palavras? Sente fraco, impotente diante de alguém para anunciar o evangelho? Parabéns, você não é único neste contexto, temos algo em comum com; Jeremias, Isaias, Moises, Gedeão, Paulo.

Vemos Paulo ousado algumas vezes, mas também vemos um Paulo Fraco com temor e tremor. I Coríntios 2:3-4

E eu estive convosco em fraqueza, e em temor, e em grande tremor.
A minha linguagem e a minha pregação não consistiram em palavras persuasivas de sabedoria, mas em demonstração do Espírito de poder; Lembra de Moisés? Êxodo 4:10-11

Então disse Moisés ao Senhor: Ah, Senhor! Eu não sou eloquente, nem o fui dantes, nem ainda depois que falaste ao teu servo; porque sou pesado de boca e pesado de língua.

Ao que lhe replicou o Senhor: Quem faz a boca do homem? Ou quem faz o mudo, ou o surdo, ou o que vê, ou o cego?. Não sou eu, o Senhor?

Você teme por não ter aparência de missionário, de evangelista e de um eloquente pregador? Deus não precisa de eloquência humana, nem sabedoria humana, nem formosura. Apenas Ele deseja um coração disponível, um vaso proto a ser cheio.

O texto base desta mensagem mostra, que Deus não atenta para aparência do homem, em quanto nós olhamos para o exterior, Deus sonda o interior o ver o que não vemos.

Como me vejo? Eu me vejo fraco e sem potencial, Deus olha para mim e me vê forte, e corajoso. Quando olho para mim, às vezes não acredito que sou capaz de realizar algo grande. Deus olha para mim e acredita que sou capaz de realizar a sua obra, apenas tenho que ser voluntario e esta disponível ao seu serviço.Isaías 6:5-8.

Então disse eu: Ai de mim!,Pois estou perdido; porque sou homem de lábios impuros, e habito no meio dum povo de impuros lábios; e os meus olhos viram o rei, o Senhor dos exércitos!

Então voou para mim um dos serafins, trazendo na mão uma brasa viva, que tirara do altar com uma tenaz; e com a brasa tocou-me a boca, e disse: Eis que isto tocou os teus lábios; e a tua iniqüidade foi tirada e perdoado o teu pecado. Depois disto ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem irá por nós? Então disse eu: Eis-me aqui, envia-me a mim.

O que o Senhor ver de interessante em nós? Às vezes saímos para fazer uma tarefa simples, como por exemplo: procurar jumentas como fez Saú, e voltamos como Ungido. Nem o mesmo Saú acreditou no que ouviu de Samuel.

I Samuel 9:20-21. Também quanto às jumentas que há três dias se te perderam, não te preocupes com elas, porque já foram achadas. Mas para quem é tudo o que é desejável em Israel? Porventura não é para ti, e para toda a casa de teu pai? Então respondeu Saul: Acaso não sou eu benjamita, da menor das tribos de Israel? E não é a minha família a menor de todas as famílias da tribo de Benjamim? Por que, pois, me falas desta maneira?

E o que dizer da aparência de Davi? Não era tão forte, nem assim tão grande e belo como seus irmãos a ponto dos seus irmãos e o próprio gigante Golias zombarem o desprezá-lo. Mas Deus olhava para aquele pastorzinho tocador de harpa e matador de urso e leão e via nele um líder, um Rei um homem segundo coração de Deus.

I Samuel 16:10-12 Assim fez passar Jessé a sete de seus filhos diante de Samuel; porém Samuel disse a Jessé: O Senhor não escolheu a nenhum destes.

Disse mais Samuel a Jessé: São estes todos os teus filhos? Respondeu Jessé: Ainda falta o menor, que está apascentando as ovelhas. Disse, pois, Samuel a Jessé: Manda trazê-lo, porquanto não nos sentaremos até que ele venha aqui. Jessé mandou buscá-lo e o fez entrar. Ora, ele era ruivo, de belos olhos e de gentil aspecto. Então disse o Senhor: Levanta-te, e unge-o, porque é este mesmo.

O próprio Samuel atentou para aparência, dos filhos de Jessé e foi surpreendido por Deus, quando o Senhor falou sobre a aparência.
E Gideão? Gideão diz: Eu sou o menor, Deus olha para ele e brada: Varão valoroso. Juízes 6:11-16.

Então o anjo do Senhor veio, e sentou-se debaixo do carvalho que estava em Ofra e que pertencia a Joás, abiezrita, cujo filho Gideão estava malhando o trigo no lagar para o esconder dos midianitas.

Apareceu-lhe então o anjo do Senhor e lhe disse: O Senhor é contigo, ó homem valoroso.

Gideão lhe respondeu: Ai, senhor meu, se o Senhor é conosco, por que tudo nos sobreveio? E onde estão todas as suas maravilhas que nossos pais nos contaram, dizendo: Não nos fez o Senhor subir do Egito? Agora, porém, o Senhor nos desamparou, e nos entregou na mão de Midiã.

Virou-se o Senhor para ele e lhe disse: Vai nesta tua força, e livra a Israel da mão de Midiã; porventura não te envio eu?Replicou-lhe Gideão: Ai, senhor meu, com que livrarei a Israel? Eis que a minha família é a mais pobre em Manassés, e eu o menor na casa de meu pai.

Tornou-lhe o Senhor: Porquanto eu hei de ser contigo, tu ferirás aos midianitas como a um só homem.

Deus acredita em Você, basta colocar-se disponível ao seu serviço e não temas os Gigantes que se levantarão diante de você, lembre-se para cada gigante, Deus levanta um Davi.

I Coríntios 1:27-29 Pelo contrário, Deus escolheu as coisas loucas do mundo para confundir os sábios; e Deus escolheu as coisas fracas do mundo para confundir as fortes; e Deus escolheu as coisas ignóbeis do mundo, e as desprezadas, e as que não são, para reduzir a nada as que são; para que nenhum mortal se glorie na presença de Deus.

Amém.
Pb Josiel Dias

Ensinamentos, Heréticos surgem em um abrir e fechar de olhos.

Haja heresia
Outro dia ouvi um testemunho de um crente morador de um morro aqui no Rio de Janeiro, e fiquei, a principio, alegre pelo milagre que aconteceu na vida daquele irmão. Mas preocupado com o surgimento de ensinamentos que surgem a cada dia na igreja de Cristo espalhada pelo globo terrestre.

Aquele irmão, em seu testemunho, afirmou que estava com uma crise de enxaqueca muito grande, era insuportável a dor em sua cabeça. No dia do culto, ao ar livre, ele pegou uma caixa de som aproximadamente de uns 20 kg s, e colocou na sua cabeça, e falou com Deus: Deus! Estou indo para fazer sua obra, cura-me desta terrível dor, pois contarei em toda as igrejas onde eu for o que fizeste por mim.

Sabe o que ocorreu? Ele subiu com a caixa de som na cabeça até o cume do morro, quando chegou lá, estava completamente curado. O problema foi o que ocorreu depois, pois criou-se uma forma de curar enxaquecas. Bastava subir o morro no dia do culto ar livre, com uma “bendita” caixa de som na cabeça que ficaria logo curado.

Conclusão: não faltou ajuda dos irmãos para o culto ao ar livre, todos os dias de culto, faziam quase fila para subirem com a caixa de som. Parece piada, se não fosse verídico, mas pasmem, aconteceu. Com certeza, Deus cura mediante sua fé, mas preste atenção em um detalhe, Deus age segundo a multi-forma dele. Ele querendo curar uma determinada pessoa em uma atitude “louca” de fé, com certeza fará.

Mas o que funcionou com esta pessoa, não necessariamente funcionará com outros irmãos que fará o mesmo que esta pessoa fez. Assim tem surgido varias doutrinas, ensinamentos e dogmas que não tem base bíblica nenhuma. Faço as minhas palavras as de “Lutero” Ensinamento que não tem base bíblica, não deve ser considerado, mesmo que faça chover milagres”

Vemos em nosso meio, uma chuvarada de heresias, como; Arruda, sal grosso, toalha ungida, chave para abrir portas, moedas ungidas, roupas intimas ungidas, tomando totalmente o lugar de Jesus. Onde toalha pode curar alguém? Onde sal grosso pode afastar o mal? Onde arruda pode te defender do maligno? Onde uma chave material, pode abrir portas espirituais? Usam textos isolados para justificarem seus loucos ensinamentos.

Citam que os Apóstolos distribuíam toalhinhas, lenços e aventais e os enfermos eram curados. Mas não citam que momento algum a bíblia diz que os Apóstolos distribuíam por conta própria esses lenços ou toalhinhas ou amuletos. Examinando o texto no seu original, vemos: Levavam-se deles ou seja: era tomados deles, não distribuídos por eles (Apóstolos). Veja o Texto na íntegra :“E Deus, pelas mãos de Paulo, fazia maravilhas extraordinárias. De sorte que até os lenços e aventais se levavam do seu corpo aos enfermos e as enfermidades fugiam deles, e os espíritos malignos saiam”. Atos 19:11-12

Perceba que o texto é simples, não precisa ter Teologia nem ser Doutor em interpretação para compreender, que ,se levavam é diferente de :distribuíam . Também que, as maravilhas extraordinárias não eram os amuletos nem os aventais , que realizavam e sim Deus..

E o pior, estas pessoas não examinam as escrituras, para saber se este ou aquele ensinamento tem base nas escrituras, apenas passa de um para outro, como se fosse tradição ou ritual. O Apostolo Pedro nos aconselha a crescer na Graça e no conhecimento, para fugirmos destas heresias.

Confira: II Pedro 3: 16-18: Falando disto, como em todas as suas epístolas, entre as quais há pontos difíceis de entender, que os indoutos e inconstantes torcem, e igualmente as outras Escrituras, para sua própria perdição. Vós, portanto, amados sabendo disto de antemão, guardai-vos de que, pelo engano dos homens abomináveis sejais juntamente arrebatados, e descaias da vossa firmeza; Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a Glória, assim agora, como no dia da eternidade.

Amém.

Por Josiel Dias

O filho do carpinteiro

Em uma cidadezinha do interior, aconteceu uma historia interessante, existia um carpinteiro bem conceituado, todos daquela cidade conheciam suas habilidades.

O seu filho de tanto conviver em seu trabalho aprendeu e muito se interessou pela profissão.

Certo dia o menino surpreendeu seu pai ao fazer um lindo barquinho, era perfeito, nem parecia ter sido feito por ele, recebeu vários elogios de seu pai.

Perto onde eles moravam passava um pequeno riacho onde aquele menino brincava, sempre com o seu barquinho, até que um dia derrepente a correnteza levou o barquinho e ele não conseguiu segurar a tempo o seu barquinho.

Como aquele menino chorou, muito triste volta para casa, e disse pro seu pai o que aconteceu e o seu pai lhe consola dizendo: não se preocupe filho percebo que você é bom nisto, logo você fará outro bem mais bonito que este. E a criança respondeu: você não entende papai este barquinho era especial pra mim.

Passaram os dias o menino não esquecia o seu barco, até fez outro, mas nada substituía aquele que perdera. Até que um dia ao passar com os seus coleguinhas em frente a uma loja que vendia artesanato viu o seu barquinho exposto em uma vitrine, não se contendo entrou correndo e falou com o dono: moço este barquinho é meu. O dono rindo lhe disse sim, basta compra-lo, mas o menino insistia. Sim, é o meu barquinho, eu que fiz. O dono não acreditando responde: até compreendo seu desejo pelo barquinho, todas as crianças que passa por aqui se encanta por ele. Mas pode ficar traquilo que não venderei a outro.

E aquele menino conta pro seu pai, e o pai por sua vez dar-lhe dinheiro e ele vai e compra aquele barquinho. O menino então compra o barquinho, sai dando pulos de alegria por telo de volta, apertando em seu peito diz: agora você é meu duas vezes, uma porque te fiz, outra porque te comprei.

Amado o que esta história nos traz de interessante? Deus quando fez o homem sua imagem e semelhança ele queria ter uma completa comunhão com o homem, queria telo por perto sem nada que os afastasse da sua presença. Mas o homem pecou e se distanciou da sua presença, foi levado pelas águas do pecado, ficando a quilômetros do seu criador.

Por isto Deus pela sua imensa misericórdia e amor nunca desistiu de busca-lo e espera-lo por este encontro. Mesmo que se distancie como fez o filho pródigo Ele aguarda ansioso à volta. De uma forma reconciliadora e amorosa envia seu único filho Jesus para salvar e trazer de volta aquele que se distanciou do seu caminho. Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. João 3:16. Basta um gesto para que esta comunhão se complete é só aceitar o sacrifício que foi pago pelo seu filho Jesus.

E quando aceitamos e reconhecemos este ato, Ele nos abraça e nos diz: você é meu duas vezes, uma porque te fiz, outra porque te comprei com o meu sangue.

Que Deus te abençoe hoje e sempre.

Descerá sobre nós...

Números 11:
25-Então o SENHOR desceu na nuvem, e lhe falou; e, tirando do espírito, que estava sobre ele, o pôs sobre aqueles setenta anciãos; e aconteceu que, quando o espírito repousou sobre eles, profetizaram;



Ter o Espírito Santo, ser cheio do poder de Deus, não era para qualquer um, vemos no velho testamento alguns lideres, Reis, profetas, levitas, Juízes que tinham poder e virtude vinda de Deus ao ponto, de transformar, arrebatar multidões, desafiar falsos deuses. Mas não era qualquer um que profetizava, não era qualquer um que Deus usava.



No texto acima vemos Deus escolhendo setenta anciãos para juntamente com Moisés conduzir todo aquele povo. Moisés estava achando pesado o seu fardo e Deus capacita 70 anciãos , mas antes enche os do espírito Santo, retirando de sobre Moisés e repousando sobre aqueles anciãos. Imediatamente desse sobre eles o poder de Deus e eles começam a profetizar e aquela tenda se enche da glória de Deus e fumega de poder.

Fora da tenda no arraial estavam Eldade e Medade embora não estivessem na tenda, também foi impactado pelo poder de Deus e desceu sobre eles o Espírito Santo e os dois não se contem, pulam gesticulam e começam também a profetizar.

Correu um moço e foi denuncia-los a Moisés por eles estarem profetizando fora da tenda no arraial. Juntamente com Moisés, Josué ainda jovem o servia . Então Josué pede a Moisés que proíba aqueles homens que estavam fora da tenda profetizando. Veja o que Moisés responde a Josué: Números 11:29-

Porém, Moisés lhe disse: Tens tu ciúmes por mim? Quem dera que todo o povo do SENHOR fosse profeta, e que o SENHOR pusesse o seu espírito sobre ele! Há se Moisés pudesse imaginar o que Deus faria anos após o seu comentário.



Deus aceita com cheiro suave o tal”comentário” de Moisés e usando o profeta Joel, anos décadas após , diz: Joel 2:



28-E há de ser que, depois derramarei o meu Espírito sobre toda a carne, e vossos filhos e vossas filhas profetizarão, os vossos velhos terão sonhos, os vossos jovens terão visões. 29-E também sobre os servos e sobre as servas naqueles dias derramarei o meu Espírito.



Através desta profecia Deus garante que agora derramaria sobre toda carne sem distinção o seu Espírito. Mas esta profecia teria que se cumprir e ela foi cumprida em Atos e ainda nos dias de hoje se cumpre veja: Atos 2:



02-E de repente veio do céu um som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados.



03-E foram vistas por eles línguas repartidas, como que de fogo, as quais pousaram sobre cada um deles.



04-E todos foram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem.



Meus queridos irmãos, quantos do passado gostariam de ter o Espírito que hoje habita em nós? Quantos dariam tudo a sua própria vida para ser usado por Deus e não puderam?



Hoje o Espírito Santo ainda continua a cair sobre aqueles que o busca e procura ser cheio dele. Nós não sabemos até quando, mas uma coisa eu sei até Cristo voltar muitos serão cheio do poder de Deus, muitos profetizarão muitos terão visões pois isto é real e terá que se cumprir.

Agora não é mas privilégio de alguns, agora é para todos esta promessa você faz parte do contexto veja: “Sobre toda carne” Gloria a Deus! sopra espírito santo de Deus sobre nossa casa, sopra espírito santo de Deus, sobre minha igreja, sobre o meu país, sobre minha vida. Abra tua boca que eu te encherei. Diz o Senhor.

Por Josiel Dias

A Proteção que veio em forma de nuvem

Quando Deus libertou o seu povo, das garras de faraó, teve um grande cuidado com o seu povo. Foi grande a proteção, grandes maravilhas operadas através de Moisés.

Diz a Bíblia: Foram seiscentos mil homens, sem contar as crianças e mulheres. Imagine todo este povo caminhando sobre um sol escaldante, onde a temperatura durante o dia passava de 40 graus e à noite chegava a menos um grau.

Observe que nenhum ser humano sobreviveria a esta condição climática, mesmo que fosse por alguns dias. 

Mas servimos a um Deus capaz de solucionar este problema, não por alguns dias, mas sim por 40 anos, dando-lhes refrigério, possibilitando que este povo não sofresse durante todo esse tempo como veremos a seguir. 

Diz assim a palavra de Deus: O Senhor ia adiante deles, durante o dia numa coluna de nuvem , para os guiar pelo caminho; durante a noite, numa coluna de fogo, para os alumiar, afim de que caminhassem de dia e de noite.

Nunca se apartou do povo a coluna de nuvem durante o dia, nem a coluna de fogo durante a noite. Êxodo 13:21-22.

Imagine irmãos, todo este povo, mais de seiscentos mil, caminhando sobre àquele sol escaldante do deserto, se não houvesse este cuidado do nosso Deus para com o seu povo. Agora todo àquele povo podia contar com aquela nuvem protetora dando refrescante sombra para o povo de Deus enquanto caminhava neste quente deserto.

Não era diferente à noite, como falei anteriormente, a temperatura caia ficando muito frio, porém Deus providenciava uma coluna de fogo para alumiar o caminho e ao mesmo tempo aquecia todo àquele povo. Que maravilha! como Deus tem cuidado do seu povo não é mesmo?

Como àquela nuvem era benção para todo Israel! Geralmente, quando lemos estes trechos imaginamos que aquelas famílias fossem gratas a esta providencia de Deus e a todo seu cuidado. Como desejaríamos esta nuvem no dia de hoje, para nos proteger do calor e nos aquecer da noite fria deste mundo.

Amados se enganamos ao pensar e fantasiar que todo àquele povo gostava desta proteção e tinha grande aprecio pela nuvem e pela coluna de fogo.

Ao contrário, estavam exaustos, não suportavam mas ver aquela nuvem, reclamavam a todo instante com Moisés. Imagine, amados, o chefe da família quando a nuvem parava ali eles armavam suas tendas, montavam os seus utensílios até a nuvem levantar-se novamente.

Quando a nuvem se levantara de sobre o tabernáculo, os filhos de Israel caminhavam avante, em todas as suas jornadas; se a nuvem, porém, não se levantava, não caminhavam, até ao dia em que ela se levantava.

De dia, a nuvem do Senhor repousava sobre o tabernáculo, e, de noite, havia fogo nela,à vista de toda a casa de Israel, em todas as suas jornadas.Êxodo 40:36-37-38.

Tinham todo aquele trabalho desmontando suas bagagens quando estava toda tenda montada as panelas no fogareiro ouvia alguém gritar! Olhem a nuvem esta andando, corria aquele chefe de família e desmontava novamente a sua tenda guardava suas panelas arrumava suas malas e seguia a caminhada. 

Todos eles teriam todo este trabalho, pois se não ficavam para trás e ninguém sobreviveria naquele deserto sem esta nuvem.(grifo extraído do livro:Homens de Deus em momentos de crises).

Mesmos eles reclamando de tudo e de todos Deus mantia sua promessa em guia-los em segurança através daquele deserto, conduzindo o povo até Canaã.

Amados hoje esta nuvem encontra-se no nosso meio para nos guiar e nos proteger durante a nossa caminhada aqui neste deserto, nos refrescando e nos aquecendo da noite fria, esta nuvem foi enviada por Jesus quando subiu aos céus mandando sobre nós o Espírito Santo. 

O consolador o nosso guia. Mesmo que não possamos ver esta nuvem, ela existe. Creia, pois é ela que nos conduzirá à Canaã celestial.

Amém, que Deus te abençoe rica e abundantemente.

Josiel Dias
josieldias@ig.com.br 

Quando este dia, chegar.

O que acontecerá quando o meu dia chegar? Como será? Vai doer? Onde estarei minutos após a minha morte? São perguntas que a ciência tenta explicar de acordo com sua teoria. Quantos gostariam de saber o que acontece do outro lado? Quantos ricos dariam toda sua fortuna para garantir a eternidade. O que a Bíblia nos diz a respeito desta hora? O que nos garante as escrituras sagradas? Será que quando o meu dia chegar, deixarei saudades? Ou alívio?
Falar de morte nos dias de hoje é motivo para sermos repreendidos, alguns sugerem que é cedo para este assunto e portanto não devemos falar disto agora. Não sabemos nem o dia nem a hora, mas uma coisa é certa, hoje estou mas perto que ontem deste dia, é apenas uma questão de tempo determinado por Deus. Há tempo de nascer, e tempo de morrer... Eclesiastes 3:2.

Alguns até fazem seguro de vida, para tentar amenizar a perda, e as despesas futuras, mas o que a seguradora pode fazer pelo segurado é o seguinte: um belo caixão, uma bela cerimônia, coroas de flores, dependendo do seguro até um sustento para o conjugue, um belo túmulo, uma bela lápide. E depois? Sim depois de tudo isto? Seguradora nenhuma pode garantir o depois, nem tão pouco a vida eterna, cientista algum pode garantir um bom lugar do outro lado.

Por mais que o homem seja rico e possa ter o melhor seguro, ele estará descoberto após este dia se ele não segurar a vida eterna em Jesus. Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, por que tu estás comigo tua vara e teu cajado me consola. Salmos 23:4.

O Senhor através da sua palavra nos garante, que ainda que eu e você andemos, ou venha andar por este vale, Deus estaria conosco. Imagina passando para o outro lado? Com certeza estaremos seguros, pois o Senhor disse: Na verdade na verdade vos digo que aquele que crer em mim tem a vida eterna... João 6:47. Eu vim para que tenham vida e a tenham com abundância.. João 10:10.

O Senhor garante estar do teu lado, se por ventura você passe por este vale, só Ele pode te garantir a vida eterna segura. Ele garante que quando este dia chegar estará de braços abertos para seguir contigo ao seio de Abraão. Cremos, e a Bíblia nos mostra, que aquele que tem a Cristo não morre e sim dorme. Disse-lhes: Lázaro, o nosso amigo dorme mas vou despertá-lo deste sono... João 11:11.(Jesus comentava sobre a morte de Lázaro)

O que podemos esperar após o nosso coração parar de bater? Ainda hoje estarás comigo no paraíso... Embora esta frase tenha sido dita a mas de dois mil anos atrás, ainda hoje o Senhor diz, para todos aqueles que partem e o aceitam: vinde benditos de meu pai, descansai de todas as lutas, entra no descanso eterno. Esta é a certeza que a Bíblia nos mostra que não devemos temer, nem se preocupar pois estaremos pra sempre com Cristo.

Vós ricos, mas pobres de espírito, até quando podereis confiar no teu dinheiro? O que tens ajuntado para quem deixarás? Todo teu empenho , todo teu ouro não poderá seguir contigo. Ficará, sim ficará para alguém que não trabalhou para conquista-lo.

Este dia chegará para todos, independente de ser ricos, pobres, brancos, pretos, todos estarão um dia diante de Deus. Porque todos devemos comparecer ante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do corpo, ou bem ou mal. II Coríntios 5:10.
Mas Deus lhe disse: louco, esta noite, te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será? Lucas 12:20.
Só o Senhor Jesus pode garantir vida eterna, basta aceita-lo e confessa-lo como Único Salvador. Após aceita-Lo fique tranqüilo que Ele estará do teu lado quando este dia chegar.

Deus abençoe a todos.


Josiel Dias
e-mail    josieldias@ig.com.br
Twitter-  www.twitter.com/josiel_dias
Igreja Evangélica Congregacional do Alcântara. RJ

O Que acontece após a Morte, onde ficamos?

O Que acontece após a Morte, onde ficamos?
Lucas 16:19-31

Introdução
Talvez não haja um assunto mais especulado entre nós humanos mortais, do que após a morte o que vai ocorrer. Perguntas como: Onde ficamos?, Existe um lugar intermediário? Irei ser recepcionado? Iremos diretamente para o Céu? Iremos diretamente para o inferno? Existe possibilidades de salvação após à morte? O que a Bíblia mostra como resposta sobre todas estas perguntas. 

No novo testamento existe uma parábola do nosso Senhor Jesus, que explica e nos da uma noção como será após à morte, como será com aqueles que partem para Eternidade. De uma coisa estamos bem certo passaremos a eternidade em algum lugar ou no seio de Abraão ou longe dele, em lugar de sofrimentos. Antes de entrarmos neste estudo e compreendermos com mais clareza é preciso compreendermos sobre Tricotomia, Alma, corpo e espirito e sobre a Imortalidade da alma *

I Tessalonicenses 5:23, 2 Coríntios 5.1-4, 2Coríntios 4.16

De acordo com a parábola, será desta forma realmente que Cristo explicou? Há contradições no ensino de Cristo? Podemos confiar fielmente em suas palavras?

Antes de explorarmos esta parábola, é preciso entender o que esta por trás de uma parábola, a historia realmente existiu? O Que aprendemos com as parábolas? O Lazaro é fictício ou ele realmente existiu? E o rico porque não teve nome? Se o seio de Abraão é o céu, então Abrão estava em seu próprio seio?*

Existe uma verdade absoluta?1- Por trás desta parábola existe um grande ensino pra nossas vidas, podemos afirmar que o que Jesus falou, seja por meio de ilustrações ou de uma forma clara , há uma grande verdade por trás. Existe uma verdade absoluta. 2 Corintios 13:8 “ Porque nada podemos contra a verdade, senão em favor da própria verdade. Ele mesmo falou: João 14:6 Eu sou o caminho a verdade e a vida, ninguém vem ao Pai a não ser por mim.

Perceba que a bíblia nos diz que nada pode ser feito contra a verdade, apesar de alguns tentarem contra ela; apesar de nossa era pós-moderna dizer que “não existe uma verdade absoluta” A existência de uma verdade absoluta é bem real, por que está alicerçada em duas bases:

1- Na bíblia que afirma ser a verdade absoluta uma pessoa: Jesus Cristo.
2- Na filosofia, Que diz categoricamente “ duas coisas contraditórias não podem ser verdadeiras ao mesmo tempo” Portanto, não há duas verdades. Tendo estas duas bases em mente.

É possível afirmar sem medo de errar que (1) Se a verdade absoluta é uma verdade imutável(Hebreus 13:8) e que (2) duas coisas que se contradizem não podem ser verdadeiras o mesmo tempo, isso significa que existe apenas uma verdade absoluta e que nem todos os caminhos conduzem a Deus.
Jeremias 21:8, Mateus 7:13-14.(Extraído)

1-1 Dois destinos. Lucas 16: 22- 23,

1-2 A consciência, lembranças não morrem juntamente com o físico. Lucas 16:24-25
1-3 Separação. Lucas 16:26
1-4 Reverter a situação do perdido. Lucas 16:26 * Cai a farsa do dogma do purgatório
1-5 Comunicação mortos com os vivos. Lucas 16:27-28. *A mentira de satanás usando os médios.

1-6 Reencarnação. Lucas 16:29-31
2-Esta parábola do Rico e Lázaro contradiz pelo menos três religiões ou seja seus ensinamentos sobre lugar para purificar pecados(Purgatório), Sobre Reencarnação, sobre comunicação de mortos, sobre salvação após à morte.

2-1 Algumas linhas doutrinárias ou religiões tentam desabilitar as parábolas de Cristo, e afirmam que as “parábolas” não podem ser consideradas como base para doutrinas, ou ensinamentos. Foi nas parábolas que Jesus mais ensinou sobre morte eterna e vida eterna, sobre céu e inferno, e sobre graça. Aqueles que afirmam não existir inferno, ou sofrimento eterno, rebatem contra as parábolas do Senhor. Chegam a afirmar que “não foi isso que Jesus quis dizer”. Mateus 25:46, Mateus 10:28.

Há promessas para aqueles que “ dormem em Cristo ” Se esperarmos por Cristo somente nesta vida somos os mais miseráveis de todos os homens. Quando este dia chegar de termos que partir morrendo fisicamente temos a certeza, que no arrebatamento, ressuscitaremos para vivermos eternamente com o nosso Senhor por toda eternidade. Esta é a esperança de todo crente, tanto os vivos, quantos aqueles que já partiram e estão aguardando apenas a ultima trombeta, para saírem ao encontro do Senhor.

Que o Senhor, continue nos ajudando a crescer em graça e conhecimento, como nos advertiu o Apóstolo Pedro em sua carta. II Pedro 3:18. 

Você pode até não concordar com minha visão, mais antes de qualquer indignação use a razão...
Noções de Antropologia Bíblica Extraído Pr. Maxmiler Freitas

1. Alma - Alma é a substância incorpórea e invisível do homem, inseparável do espírito, embora distinta dele, no interior do homem, consciente mesmo fora do corpo (Mateus 10.28). É a sede dos apetites (Deuteronômio 12.20; Eclesiastes 2.24), das paixões (Cantares 1.7), e das emoções (Jó 30.25). A palavra "alma", além do seu sentido real, aparece também com sentido figurado, como em Êxodo 1.5 (figurando a pessoa física); Genêsis 9.4 (sangue); Jó 12.10 (vida), etc. É, pois , necessário entender o contexto para ver o sentido do termo

2. Espírito - O espírito veio diretamente de Deus (Genêsis 2.7; Zacarias 12.1) e tem sede de Deus. Há quem diga que o espírito de todos os homens, independentemente de seu relacionamento com Deus, volta para o céu, com base em Eclesiastes 12.7: "E o pó volte à terra, como o era, e o espírito volte a Deus que o deu", mas isto não tem fundamento doutrinário ante a analogia geral das Santas Escrituras sobre o assunto, inclusive porque o espírito também peca (2Coríntios 7.1).

3. Corpo - O corpo físico do homem é o invólucro da alma e do espírito; é a parte material. A alma e o espírito são chamados de "homem interior"ou parte imaterial, e o corpo de "homem exterior" (2Coríntios 4.16). O corpo é a habitação ou morada da alma e do espírito, também chamado de tabernáculo ou casa (2 Coríntios 5.1-4; 2Pedro 1.14). O homem é, pois, constituído de corpo alma e espírito (1Tessalonicenses 5.23; Hebreus 4.12). O nome técnico dessa doutrina é tricotomia

4. O Contraste entre a carne e o espírito - A palavra grega sarx, "carne", tem vários significados na Bíblia, principalmente nas epístolas. Pode significar fraqueza física (Galátas 4.13), o corpo, o ser humano (Romanos 1.3), o pecado (Galátas 5.24), os desejos pecaminosos (Romanos 8.8). O contexto quando corretamente interpretado determina o significado da palavra. Aqui significa o conjunto de impulsos pecaminosos que dominam o homem natural. Da mesma maneira a palavra grega pneuma, "espírito", que se aplica ao Espírito Santo, ao espírito humano, aos anjos e aos espíritos imundos. É preciso atentar bem para o contexto da referência em apreço para verificar o sentido do termo.

Por Josiel Dias
IEC Alcântara

500 Anos


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tags

(767) Cristãos Perseguidos (519) Cristãos (515) Bíblia (485) Intolerância Religiosa (362) Israel (333) Evangélicos (302) igreja (263) Reflexão (247) apocalipse (192) oração (181) Homosexualismo (177) catolicismo (151) Rede Record (146) homofobia (146) Irã (138) escatologia (132) Missões (131) Evento Gospel (128) Silas Malafaia (124) pecado (119) Política (112) islan (110) ateus (109) Religião (105) judeus (105) Milagres (103) Natal (102) Aborto (101) Ahmadinejad (91) esporte (91) Criança (90) Testemunho (85) globo (77) guerra (72) Salvação (70) Perdão (68) Morte (64) pastores (64) Aline Barros (59) Religiosidade (56) Yousef Nadarkhani (56) PL122 (55) Amor (53) adoração (48) heresia (47) Drogas (41) Prosperidade (41) festival promessas (41) Judaísmo (39) Thalles Roberto (39) campina grande (39) Apostasia (37) carnaval (36) Idolatria (34) mulçumanos (34) Estados Unidos (33) Família (33) Maconha (31) adoradores (29) Shows (28) Catástrofes (26) Hipocrisia (25) esperança (22) Confiança (19) Mentira (19) Alegria (18) Nasa (18) Páscoa (17) DIP (16) Oriente Médio (16) Rei David (16) adversidade (16) consciência cristã (16) BAND (15) Conforto (15) Paz (15) Pena de Morte (15) Pornografia (15) Promessa (15) Sofrimento (14) Suicídio (14) BBB (12) Graça (12) Tatuagem (12) obediência (12) benção (11) dia das mães (11) impureza (11) Ansiedade (10) Rio +20 (10) livro (10) masturbação (10) Catástrofe (9) Desobediência (9) Filho pródigo (9) Justin Bieber (9) Perlla (9) Jotta A (8) Pedro Leonardo (8) Whitiney Houston (8) filho de crente (8) sony music (8) Darwin (7) Eutanásia (7) Hackers (7) Perigo (7) Senadores (7) União (7) livre arbítrio (7) presença de Deus (7) Perfeição (6) cura pela palavra (6) alienígenas (5) lei da palmada (5) Aline Barros mostra sua filha (4) Cegueira Espiritual (4) Kaka (4) Purgatório (4) escolhas (4) texto e contexto (4) torá (4) vasco (4) Gratidão (3) Ressentimento (3) Segurança (3) Semeadura (3) Sodomia (3) o Caminho (3) servos (3) vigilância (3) Cristo Redentor 80º aniversário (2) Guinnes Wolrd Records (2) Harold Camping (2) Impossiveis (2) Pressa (2) Sonho de infância (2) mundial da juventude (2) Flórida (1) Galardão (1) Michel Teló (1) Redenção (1) impios (1) recall (1) vingadores (1)

Uma Reflexão sobre a Crise no Brasil