Você crê no arrebatamento da igreja?

Arrebatar significa
 “arrancar”, “tirar por força”, “levar”.
A palavra “Arrebatamento” não aparece na Bíblia; no entanto, o CONCEITO é claramente ensinado nas Escrituras Sagradas. O Arrebatamento da Igreja é o evento no qual Deus REMOVE todos os cristãos da terra para abrir caminho para o Seu justo julgamento, que será derramado sobre toda a terra, durante o período da Grande Tribulação.

Cuidado para não confundir Tribulação com Grande Tribulação. Tribulação diz respeito a catástrofes isoladas; já a Grande Tribulação, é um período de males e catástrofes que afetará o MUNDO INTEIRO. O arrebatamento é descrito em 1 Tessalonicenses 4:13-18 e 1 Coríntios 15:50-54.

Após o arrebatamento, teremos o desenrolar da 70ª semana (de anos – ver Levítico 25:8) de Daniel, descrita em Daniel 9:24-27, que corresponde aos 7 anos da Grande Tribulação. Ninguém sabe quando será o arrebatamento (Mateus 24:36; Mateus 24:42); POR ISSO, DEVEMOS ESTAR SEMPRE PRONTOS. O arrebatamento será muito rápido, num abrir e fechar de olhos
(1 Coríntios 15:52) e após o arrebatamento, iniciar-se-á o período da Grande Tribulação, onde se dará uma crise mundial sem precedentes que levará as nações a desejarem um líder mundial (Anticristo).

Haverá necessidade de que seja assim, para que o mundo concorde em se submeter à liderança que será oferecida pelo Anticristo. Ele se estabelecerá devido uma proposta de paz mundial, que ele fará e será aceita.
COMO SERÁ O ARREBATAMENTO?

Em 1 Tessalonicenses 4:15-17 está escrito: “Dizemos-vos, pois, isto pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, de modo algum precederemos os que já dormem. Porque o Senhor mesmo descerá do céu com grande brado, à voz do arcanjo, ao som da trombeta de Deus, e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro.

Depois nós, os que ficarmos vivos seremos arrebatados juntamente com eles, nas nuvens, ao encontro do Senhor nos ares, e assim estaremos para sempre com o Senhor.”
• O arcanjo soará a trombeta.
• O Senhor descerá do céu.
• Os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro.
• Nós sermos transformados: receberemos um corpo incorruptível, revestido de glória (1 Coríntios 15:52-55).
• Nós seremos arrebatados nas nuvens e iremos ao encontro do Senhor nos ares.

SINAIS QUE ANTECEDERÃO O ARREBATAMENTO
Embora ninguém saiba o dia em que ocorrerá o Arrebatamento da Igreja, a Bíblia menciona alguns sinais que ocorreriam antes do Arrebatamento. Estes sinais são:

• Falsos cristos (Mateus 24:4-5).
• Falsos profetas (Mateus 24:11).
• Multiplicação da iniqüidade (Mateus 24:12).
• Guerras (Mateus 24:6-7).
• Fome (Mateus 24:7).
• Terremotos (Mateus 24:7).
• Bramido do mar e das ondas (Lucas 21:25).
• Multiplicação da ciência (Daniel 12:4).
• Pestes (Lucas 21:11).
• Apostasia, ou seja, abandono da fé (1 Timóteo 4:1-4).
• O Evangelho será pregado no mundo inteiro (Mateus 24:14).
• Quanto ao fato do Evangelho ser pregado no mundo inteiro, vale salientar que, atualmente, milhões de pessoas ainda não ouviram sobre Jesus, principalmente nos países que fazem parte da chamada Janela 10/40.

RAZÕES PARA CRERMOS NO ARREBATAMENTO DA IGREJA

• Os sinais têm se cumprido.
• Em Apocalipse 3:10 temos a promessa de que Deus nos guardará da provação que há de vir sobre o mundo inteiro.
• Deus é Justo e por isso, não permitirá que o Seu povo sofra junto com aqueles que rejeitaram a Cristo e que, por consequência, sofrerão no período da Grande Tribulação.

EU SOU PRÉ – TRIBULACIONISTA E PRÉ – MILENISTA, POIS CREIO QUE:

• A Igreja será arrebatada antes da Grande Tribulação.
• A Grande Tribulação é a última das 70 semanas de Daniel 9:24-27.
• A Igreja não está destinada a ira, como podemos ver em Romanos 5:9, que nos diz o seguinte: “Logo muito mais, sendo agora justificados pelo Seu sangue, seremos por Ele salvos da ira”. Em 1 Tessalonicenses 5:9 está escrito: “Porque Deus não nos destinou a ira, mas para alcançarmos a salvação por nosso Senhor Jesus Cristo”.
• A Grande Tribulação virá antes do Milênio.

DIFERENÇAS ENTRE O ARREBATAMENTO E A SEGUNDA VINDA DE CRISTO.

O Arrebatamento é quando Jesus retorna para remover a Igreja (todos os seguidores de Cristo) na terra. Os cristãos que já morreram serão ressuscitados e, juntamente com os cristãos que ainda vivem, vão se encontrar com o Senhor no ar. Isto acontecerá a qualquer momento, em um piscar de olhos.

A Segunda Vinda é quando Jesus retorna, após a Grande Tribulação, para derrotar o anticristo, destruir o mal e estabelecer o seu reino milenar. O Milênio ou Reino Milenar de Cristo é o período em que Cristo irá reinar na terra, durante mil anos, período este em que Satanás e seus demônios estarão aprisionados, conforme Apocalipse 20:1-3.

ARREBATAMENTO:
• Será em segredo, ou seja, não será para todos os seres humanos; será somente para os cristãos (Mateus 24:36).
• Cristo vem para a Igreja (1 Tessalonicenses 4:17).
• Será antes da Grande Tribulação.
• Jesus vem nos ares (1 Tessalonicenses 4:17).
• Somente os santos (cristãos) poderão vê-Lo (1 Tessalonicenses 4:17).
• Os incrédulos serão deixados (Mateus 24:40).
• Ocorrerá em todo o planeta.

SEGUNDA VINDA:
• Será pública (Apocalipse 1:7).
• Cristo vem com a Igreja (Judas 14).
• Após a Grande Tribulação (Mateus 24:29-30).
• Jesus pisará no Monte das Oliveiras (Zacarias 14:4).
• Todo olho O verá (Apocalipse 1:7).
• O Arrebatamento será invisível para os ímpios; na Segunda vinda, todo olho O verá.

O Arrebatamento e a Segunda Vinda embora sejam semelhantes, são eventos separados. Os dois envolvem Jesus retornando. No entanto, precisamos ter em mente de que ambos são eventos distintos entre si. Cuidado para não confundir. Leia este estudo e examine a Bíblia.

Tenha uma opinião bastante sólida sobre estes assuntos tão polêmicos e que Deus os abençoe. Até o próximo estudo.

Fonte Gospel +

0 comentários:

Postar um comentário

500 Anos


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tags

(783) Cristãos Perseguidos (543) Cristãos (519) Bíblia (493) Intolerância Religiosa (365) Israel (344) Evangélicos (303) igreja (264) Reflexão (247) apocalipse (194) oração (190) Homosexualismo (177) catolicismo (153) Rede Record (148) homofobia (146) Irã (141) escatologia (132) Missões (131) Evento Gospel (128) Silas Malafaia (126) pecado (123) islan (114) Política (113) ateus (109) judeus (109) Aborto (106) Religião (105) Milagres (103) Natal (102) Criança (92) Ahmadinejad (91) esporte (91) Testemunho (86) globo (77) guerra (73) Perdão (72) Salvação (72) Morte (64) pastores (64) Aline Barros (59) Religiosidade (56) Yousef Nadarkhani (56) PL122 (55) Amor (54) adoração (48) heresia (47) Drogas (42) Prosperidade (42) festival promessas (41) Judaísmo (39) Thalles Roberto (39) campina grande (39) Apostasia (38) carnaval (36) Idolatria (35) mulçumanos (34) Estados Unidos (33) Família (33) Maconha (31) adoradores (29) Shows (28) Catástrofes (26) Hipocrisia (26) Páscoa (22) esperança (22) Mentira (20) Confiança (19) Alegria (18) Nasa (18) Oriente Médio (17) Pornografia (17) Suicídio (17) DIP (16) Paz (16) Rei David (16) adversidade (16) consciência cristã (16) BAND (15) Conforto (15) Pena de Morte (15) Promessa (15) Sofrimento (14) BBB (12) Graça (12) Tatuagem (12) benção (12) dia das mães (12) obediência (12) impureza (11) Ansiedade (10) Justin Bieber (10) Rio +20 (10) livro (10) masturbação (10) Catástrofe (9) Desobediência (9) Filho pródigo (9) Perlla (9) livre arbítrio (9) Jotta A (8) Pedro Leonardo (8) Whitiney Houston (8) filho de crente (8) sony music (8) Darwin (7) Eutanásia (7) Hackers (7) Perigo (7) Senadores (7) União (7) presença de Deus (7) Perfeição (6) cura pela palavra (6) Purgatório (5) alienígenas (5) lei da palmada (5) Aline Barros mostra sua filha (4) Cegueira Espiritual (4) Kaka (4) escolhas (4) texto e contexto (4) torá (4) vasco (4) vigilância (4) Gratidão (3) Ressentimento (3) Segurança (3) Semeadura (3) Sodomia (3) o Caminho (3) servos (3) Cristo Redentor 80º aniversário (2) Guinnes Wolrd Records (2) Harold Camping (2) Impossiveis (2) Pressa (2) Sonho de infância (2) mundial da juventude (2) Flórida (1) Galardão (1) Michel Teló (1) Redenção (1) impios (1) recall (1) vingadores (1)

Uma Reflexão sobre a Crise no Brasil