ONG quer duplicar curas com maior navio-hospital do mundo, ampliando a esperança de necessitados

O navio será projetado pela mesma empresa que arquitetou o próximo Titanic
Uma organização não governamental (ONG) internacional com bases cristãs pretende investir na construção do maior navio-hospital do mundo, com a meta de dobrar a capacidade de curar doenças por meio de importantes cirurgia, capazes de mudar a vida de enfermos, já que utilizam apenas uma embarcação no momento.

"Através deste segundo navio, nosso objetivo é duplicar a esperança e a cura por meio de cirurgias que transformam vidas, oferecidas para pessoas com pouco acesso a cuidados de saúde especializados, aumentando a parceria de formação e apoio educacional dos profissionais de saúde dentro de países em desenvolvimento", disse Donald K. Stephens, presidente e co-fundador do grupo Mercy Ships.

Com mais de trinta anos dedicados a executar projetos de caridade navegando ao redor do mundo, a instituição Mercy Ships fechou um acordo com empresas de construção naval da Ásia e da Europa, sob o propósito de construir a embarcação em um estaleiro dentro do porto de Tianjin Xingang, na China.

Pela previsão da Mercy Ships, para a entrega do navio-hospital, batizado com o código 36600-TAB, será necessário aguardar um prazo de cerca de três anos, conforme relatado por Gao Xuehu, presidente do grupo que administra o estaleiro chinês.

Por conta de seu tamanho, será necessário um longo período de entrega, até 2017, já que a embarcação possui 174 metros de extensão, projetada pela Deltamarin, companhia finlandesa conhecida por arquitetar a segunda versão do barco Titanic, a ser lançado em 2016.

A Mercy Ships hoje é uma organização independente, mas tem sua origem baseada como parte do órgão missionário JOCUM (Jovens com uma Missão). Donald era missionário e fundou a ONG ao lado de sua esposa Deyon Stephens, em 1978, com a meta de expansão do ministério cristão.

Depois de 25 anos, a instituição se desligou do JOCUM, mas segue como a caridade cristã médica, contando com o auxílio financeiro através de doações milionárias de grandes empresas, para beneficiar diretamente necessitados de mais de 70países mundo afora, por meio de auxílio médico, suprimentos, materiais de construção, projetos de desenvolvimento e treinamento, entre outros serviços.

Christian Post

Viúva perdoa homem que matou seu marido em acidente e que 'Deus tinha uma proposta para ele'

O veículo estava a cerca de 150 km/h no momento do acidente
Em um momento muito difícil de superação, depois de grave acidente que tirou a vida de seu marido, em Pendleton (EUA), a viúva Rebecca Sperry revela que perdoa o homem responsável pela batida e afirma que acredita que Deus tem um propósito para ela e a filha Autumn, que também sobreviveu.

Na última noite de 6 de abril, Rebecca e o marido Jesse Sperry se encaminhavam com a filha para a igreja, quando foram atingidos pelo carro de James D. Foutch, um oficial que estava de folga e que imediatamente prestou socorro. O carro estava a cerca de 150 km/h na hora do choque.

Rebecca foi levada com urgência para um hospital, logo depois da filha que foi conduzida a um outro hospital mais próximo, já que os paramédicos sentiam a necessidade de atendê-la com pressa. Felizmente, a menina conseguiu sobreviver sem nenhum risco ou qualquer dano físico a partir do acidente.

Autumn e a mãe foram reunidas novamente uma semana depois, quando ambas deixaram seus respectivos hospitais para morar com os avós. Rebecca conta que a fé foi fundamental para dar conta de superar a semana, quando ela não tinha a companhia nem da filha e nem do marido para resistir os momentos sozinha.

Ao abordar sobre seus momentos no hospital, Rebecca destaca que as enfermeiras foram muito solícitas, orientando justamente para que apegasse a sua fé com a recomendação de que ela fizesse a leitura da Bíblia.

"Isso (ler a Bíblia) me deu forças para continuar. Me fez lembrar de que Deus tem um propósito para nós. Às vezes é difícil de enxergar, e às vezes será um momento solitário, mas Ele ainda está lá para nós. E seu propósito não terminou com Jesse", resume Rebecca.

Para pagar as despesas médicas do acidente, a mãe obteve o auxílio dos membros da congregação que o casal fazia parte, a igreja Edgewood Baptist, Além disso, a igreja se predispôs a fornecer qualquer outra ajuda que Rebecca e Autumn necessitem.

Christian Post

China pode ter maior população cristã do mundo em 2025, diz especialista em religião

É provável que sua população protestante chegue a 160 milhões em 2025
Embora a China seja oficialmente um país ateu, é provável que sua população protestante chegue a 160 milhões em 2025, e de acordo com um especialista em religião, muitos não estão preparados para "esta mudança dramática”.

"Pelos meus cálculos China está destinada a se tornar o maior país cristão do mundo muito em breve", Fenggang Yang, professor de sociologia da Universidade de Purdue, disse ao jornal The Telegraph.

"E vai ser em menos de uma geração. Muitas pessoas não estão preparadas para esta mudança dramática", acrescenta Yang, autor de Religion in China: Survival and Revival under Communist Rule (Religião na China: Sobrevivência e restauração sob o regime comunista).

Yang prevê que a China, que teve mais de 58 milhões de protestantes em 2010 de acordo com o Fórum do Centro de Pesquisas Pew Research sobre Religião e Vida Pública, terá cerca de 160 milhões em 2025. Isto significaria China provavelmente vai estar à frente até mesmo dos Estados Unidos, que teve cerca de 159 milhões de protestantes em 2010.

Yang chegou a dizer que a população cristã total da China, incluindo católicos, seria mais de 247 milhões em 2030 e, assim, tornar-se a maior congregação cristã no mundo. "Mao pensou que poderia eliminar a religião. Ele pensou que tinha conseguido isso. É irônico -... Ele falhou completamente", disse ele.

Quando os comunistas chegaram ao poder na China em 1949, expulsaram os missionários cristãos, permitindo que as igrejas a funcionassem sob o controle do governo. Cristãos chineses enfrentaram severa perseguição durante a Revolução Cultural dos anos 60 e 70 sob Mao, que viu a religião como "veneno". No entanto, o cristianismo continuou a crescer como fogo.

Igrejas são permitidas na China desde 1979, mas somente se forem registradas e controladas pelo governo.

"Eles querem que o pastor pregue de uma maneira comunista. Eles querem treinar as pessoas para a prática de uma forma comunista", disse um pregador de uma “igreja em casa” ao jornal britânico. "Eles não confiam na igreja, mas eles têm que tolerar ou aceitar isso, porque o crescimento está lá, o número de cristãos está crescendo.. eles não podem lutar contra isso, eles não querem que os 70 milhões de cristãos sejam seus inimigos."

No entanto, centenas de milhares de igrejas domésticas não oficiais, em grande parte nativas, existem em todo o país. Evangelismo é permitido, mas apenas em locais religiosos aprovados pelo Estado e em reuniões privadas.

A perseguição que os cristãos enfrentam por causa das igrejas não-oficiais é pesada. A “World Watch” classifica a China como o 37º pior país do mundo em perseguição aos cristãos.

Como muitos cristãos ainda não revelam sua identidade religiosa, o número exato de cristãos na China não é conhecido.

De acordo com um estudo recente, pesquisas on-line para as palavras "Congregação Cristã" e "Jesus" em muito ultrapassam os termos "O Partido Comunista" e "Xi Jinping", o presidente da China.

Christian Post

Israel relembra Holocausto com dois minutos de silêncio

Os israelenses pararam tudo o que estavam fazendo para prestar uma homenagem aos 6 milhões de judeus que foram mortos por nazistas


Em memória dos seis milhões de judeus que foram mortos durante a Segunda Guerra Mundial, os israelenses pararam por dois minutos e ficaram em silêncio na manhã desta segunda-feira (28).

A data é lembrada para recordação do Holocausto e este ano, em especial, Israel recordou dos 400 mil judeus da Hungria que foram mortos por nazistas em 1944.

As lembranças desses crimes que mancham a história mundial foram o tema de diversos programas de TV e rádios que desde a noite do domingo (27) exibiram depoimentos, documentos e filmes sobre o assunto.

Ainda no domingo uma cerimônia foi realizada no memorial Yad Vashem de Jerusalém homenageando as vítimas da Shoa. Durante o encontro o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu falou sobre os perigos que o Irã representa à Israel se continuar investindo na produção de uma bomba atômica.

Netanyahu citou as declarações do governo iraniano que prometeu destruir os judeus. “O Irã pede a nossa destruição, constrói bunkers subterrâneos para enriquecer urânio, produz água pesada para plutônio, fabrica mísseis intercontinentais capazes de transportar ogivas nucleares, o que ameaça o mundo inteiro”, afirmou o premiê.

O presidente Shimon Peres falou sobre os perigos que os neonazistas representam não só para Israel, como para o mundo todo por conta do crescimento desse grupo na Europa. “Não podemos ignorar o crescimento dos partidos de extrema-direita com tendências neonazistas que constituem um perigo para cada um de nós e uma ameaça para cada nação”, disse Peres durante cerimônia do domingo.

Já na manhã desta segunda, às 10h do horário local (4h de Brasília) o aviso sonoro fez com que os israelenses deixassem seus afazeres para prestarem uma homenagem às vítimas. Quem dirigia pelo país precisou parar e descer do carro para fazer os dois minutos de silêncio.

De acordo com o site G1 há 190 mil sobreviventes do Holocausto que vivem em Israel, 50 mil deles estão abaixo da linha de pobreza. Para tentar melhorar a qualidade de vida dessas pessoas, o governo anunciou um plano que prevê a distribuição de 285 milhões de dólares aos mais pobres.



Vídeo Yom Hazikaron 2014
Matéria GospelPrime

Antes de atirar a primeira pedra

“Se algum de vocês estiver sem pecado, seja o primeiro a atirar pedra…”. João 8:7
Para ganhar o direito de apontar o dedo, cabe a cada um o dever de olhar para dentro de si. Para julgar é preciso ter consciência de que a régua que mede os demais também mede o juiz. Quem deseja manter contabilidade dos erros alheios tem que estar ciente do livro que vem sendo redigido sobre os próprios pecados.
Antes de atirar a primeira pedra convém fazer algumas perguntas:
1. A injustiça social, tão condenada na tradição profética da Bíblia, me incomoda? Eu a considero pecado?

2. Consumismo e materialismo me fascinam? Perco a tranquilidade por não alcançar os desejos suscitados pela propaganda?

3. Amo o resplendor do poder, a pompa da glória e a espetaculosidade que o dinheiro promove?

4. Minha vida se caracteriza por frivolidade? Os novos ricos superficiais me consideram um dos seus?

5. Gasto quanto tempo de minha vida engajado em procurar o direito do órfão e da viúva – metáforas vivas do pobre?

6. Sou intolerante e raivoso com os diferentes? Perco a paciência ao perceber outras pessoas com a razão que, outrora, eu entendia estar comigo?

7. Nutro inveja? Quando noto outras pessoas preferidas acima de mim fico amuado? Me ressinto de que exista gente mais inteligente, mais rica, mais bem relacionada e mais saudável que eu?

8. Me sinto ofendido com facilidade? Quando outros parecem não perceber minha presença ou sem valorizar o tanto que eu acho merecer, fico chateado?

9. Orgulho se insinuou em minha alma? Dou excessiva importância a posição, título e reputação? Tenho medo de perder dinheiro, audiência, respeitabilidade e bom trânsito entre meus pares se expor honestamente minhas convicções?

10. Meus negócios e minha vida profissional precisam de anonimato? O meu metro tem cem centímetros? O meu quilo tem mil gramas?

11. Divulgo bisbilhotices? Nutro um prazer mórbido de conversar sobre fracassos alheios? Fantasio histórias inverídicas sobre a vida particular dos outros?

12. Critico sem amor? Minha fala vem com ranho?

13. Sou verdadeiro no que falo, ou antes exagero, procurando dar uma impressão falsa sobre mim e sobre minhas convicções?

14. Vivo sem compromisso com o futuro, na lógica do “comamos e bebamos porque amanhã morreremos”?

15. Caminho sob a bandeira da gratidão, constantemente reconhecido das inúmeras pessoas que me deram a mão, investiram, perdoaram e cuidaram de mim? E que sem elas eu não seria quem sou hoje?

Só depois desse olhar introspectivo alguém pode ser atrever a sentar na cadeira de Moisés, julgar e sentenciar um apedrejamento.

Eu não me atrevo.

Soli Deo Gloria

Por- Ricardo Gondim

Por que o evangelho incomoda tanto as pessoas?

O evangelho não parece ser algo que as pessoas gostem tanto de ouvir. Você já se sentiu um chato por compartilhar a palavra de Deus com alguém? Já foi “cortado” ou desprezado quando estava falando de Jesus? Já foi excluído por falar a verdade contida na Bíblia? Já teve suas atitudes ridicularizadas por seguir à risca a orientação do evangelho de Jesus? Já teve portas fechadas em sua vida só porque é um crente que segue os ensinos de Jesus Cristo?

Essas são situações bem comuns de acontecer. Paulo diz ao jovem pastor Timóteo algo que parece desanimador, mas que mostra na realidade que o evangelho de Jesus Cristo incomoda demais o mundo: “Ora, todos quantos querem viver piedosamente em Cristo Jesus serão perseguidos.” (2 Timóteo 3.12). 
 
Por que os que querem viver de acordo com a vontade de Jesus Cristo serão perseguidos? Porque o mundo se incomoda demais com o evangelho sendo pregado e, claro, sendo vivido.

Mas nós que vivemos e pregamos o evangelho devemos ter em mente uma verdade: Se o evangelho está incomodando [o evangelho genuíno, é claro, o bíblico] é porque as coisas estão indo bem e não mal. O evangelho foi feito para incomodar e impactar as pessoas e não para passar despercebido. O evangelho não é para “passar a mão na cabeça das pessoas”, para deixá-las da mesma forma que estão. 
 
Os relatos bíblicos mostram que onde o evangelho entra as coisas não permanecem as mesmas. Ou ele muda vidas ou provoca reações de rejeição das mais diversas. Em alguns lugares do mundo a pregação do evangelho pode gerar a morte do pregador! Aliás, milhares de pessoas já morreram por causa do evangelho.
Mas porque a mensagem do evangelho incomoda tanto?
A mensagem do evangelho incomoda tanto porque ela é diferente das outras mensagens. É uma mensagem exigente, poderosa, mexe com o coração do homem, abala, coloca “a pulga atrás da orelha” do ser humano, é verdadeira, destrói a obra do diabo, transforma vidas, mostra o caminho da salvação, purifica, traz perdão, etc. É a Palavra de Deus que não volta vazia. Não são meras palavras ao vento, mas são palavras agregadas com o poder do Todo-Poderoso. Como algo com todas essas características não incomodaria?

Vários pregadores do passado e do presente também incomodaram por pregar o Evangelho. Muitos deles sofreram na pele o impacto da rejeição da mensagem de Jesus Cristo, mas também colheram frutos pelo seu empenho, afinal, em muitas vidas o incomodo que o evangelho provoca redunda em mudanças de vida e conversão, em reconciliação com Deus. Muitos que viveram e vivem o evangelho colhem dificuldades do incomodo provocado pelo evangelho, mas colhem também os frutos saborosos vindos dele.

O grande risco que nós cristão corremos é o de desistir de anunciar o evangelho por causa da rejeição e do incomodo visível das pessoas por causa dele. Quanto a isso veja o que aprendemos com Paulo:

“Agora eu vou para Jerusalém, obedecendo ao Espírito Santo, sem saber o que vai me acontecer lá. Sei somente que em todas as cidades o Espírito Santo tem me avisado que prisões e sofrimentos estão me esperando. Mas eu não dou valor à minha própria vida. O importante é que eu complete a minha missão e termine o trabalho que o Senhor Jesus me deu para fazer. E a missão é esta: anunciar a boa notícia da graça de Deus.” (Atos 20. 22-24)

Se o evangelho não incomodar não é o evangelho. Acostume-se com isso e cumpra sua missão assim como o apóstolo Paulo, que não se preocupou com o incomodo que o evangelho iria provocar nas pessoas e na sociedade, antes, se incomodava em não cumprir a vontade de Deus em sua vida e em não impactar positivamente o seu tempo com a grande boa notícia, o evangelho de Jesus Cristo!

Fonte Esboçando Ideias 

Arqueólogos encontram em tumba no Egito imagem mais antiga com referência a Jesus Cristo

Uma pintura de origem copta encontrada numa tumba no Egito gerou especulações de que possivelmente seja a representação de Jesus Cristo mais antiga de que se tem notícia. O grupo de pesquisadores da Sociedade Catalã de Egiptologia e da Universidade de Barcelona anunciou a descoberta na última sexta-feira, 25 de abril.

Os arqueólogos faziam escavações na antiga cidade de Oxyrhynchus, habitada por cristãos coptas no Egito, que são tidos como um dos grupos religiosos dentro do cristianismo mais antigos.

Segundo o jornal espanhol La Vanguardia, a pintura foi descoberta numa estrutura subterrânea que era usada como túmulo para um nobre do período romano-copta. Os arqueólogos não puderam precisar uma data, mas ressaltaram que a condição de preservação da pintura é “excepcional”.

O achado atraiu a atenção e o interesse do Ministério Egípcio de Antiguidades: “As paredes são cobertas com cinco ou seis camadas de tinta, a última correspondente ao tempo dos primeiros cristãos coptas” disse um dos pesquisadores.

De acordo com o relatório, uma das pinturas que mais chamou a atenção, mostra “a figura de um homem jovem, com cachos, vestindo uma túnica curta e com a mão levantada como se estivesse abençoando”.
A descoberta vem sendo tratada como uma “imagem muito primitiva de Jesus Cristo” por se assemelhar às figuras das catacumbas romanas que representam o nazareno.

Por Tiago Chagas
G+

'Casamento: O Ministério Revelado' é o novo livro do pastor Felipe Heiderich

'Casamento: O Ministério Revelado' é o novo livro do pastor Felipe Heiderich
No mesmo dia em que o autor Paulo Coelho lançou o livro 'Adultério', que mostra a importância de um caso extraconjugal para um casamento feliz, o pastor Felipe Heiderich lançou o livro 'Casamento: O Ministério Revelado'.

A publicação defende o casamento e a família à maneira de Deus em meio a uma sociedade que corrompe tais valores.

Quem não está preparado para o casamento está pronto para o divórcio. E encontrar a revelação original de Deus para este grande e poderoso mistério agora é possível.

Se você deseja construir um lar saudável e livre das sequelas do egoísmo, leia este livro!

Se você precisa de referências certas para sua futura família, leia este livro!

Se o seu casamento está em crise, Leia este livro!

Para aqueles que querem amar, estão amando ou desistiram do amor, “CASAMENTO – o mistério revelado”, é um achado que trará alento e esperança para viver o maior e melhor de todos os planos de Deus para sua vida: Te fazer feliz em família.

Alguns líderes escreveram comentários a respeito do livro do Pastor Felipe Heiderich. Confira:

Esse livro é sensacional. Peça rara e uma grande chave para a reconstrução dos lares e resgate à família à moda de Deus. Leitura imperdível! Pr Cláudio Duarte - Ministro de Família

"CASAMENTO – O Mistério Revelado" é uma ferramenta poderosa no combate a fúria e aos ataques de satanás na família, trazendo clareza e ensino através do texto bíblico. Surpreendente e reveladora esta obra nos desafia a assumirmos a posição adequada na defesa dos nossos lares. Helena Tannure - Conferencista Internacional

Deus é um Deus relacional. Ele nos convida ao relacionamento com Ele e a construção desse relacionamento em família. Todavia, o pecado e nossas reações atrapalham isso.
O livro do Pr Felipe é um guia importante para nos ajudar a navegar por essas águas, muitas vezes difíceis. Jay Bauman - Atos 29 / Restore Brazil

Quando conheci o Felipe percebi que ele havia sido preparado ao longo dos anos e de muitas crises para ser um modelo para essa geração. Ele compreendeu que o casamento não é um fim em si mesmo. Além de proporcionar alegria e companheirismo, a aliança entre um homem e uma mulher tem o objetivo de transformá-los em cristãos maduros e frutíferos. Com certeza este livro será uma benção para muitos no desafio de construir e restaurar um casamento abençoado e abençoador. Bp Ana Maria Almeida - Sara Nossa Terra - RJ

Nesse livro, o Pr. Felipe nos lembra sobre o modo maravilhoso e estranho que Deus tem de escolher como preciosos e especiais àqueles que pareciam destinados ao fracasso.

Que em meio à falência da vida, à rejeição dos homens e a falta de esperança é que Ele visita, ouve a voz do gemido e muda a história. Pr Michel Medeiros - Comunidade da Cruz – RJ

com informações da assessoria

Guiame

Thalles é homenageado no Programa Raul Gil; assista

Mensagens de carinho enviada por pastores, cantores e bandas, como Irmão Lázaro, Ap. Estevam Hernandes, César Menotti & Fabiano e Jota Quest


No último sábado, 26/04, Thalles Roberto foi um convidado especial do Programa Raul Gil. Além de se apresentar com músicas que marcaram sua carreira, o cantor recebeu uma homenagem preparada pelo apresentador e sua equipe.

Mensagens de carinho enviada por pastores, cantores e bandas, como Irmão Lázaro, Ap. Estevam Hernandes, César Menotti & Fabiano e Jota Quest emocionaram o músico.

Jovens talentos revelados pelo programa também participaram da homenagem ao se apresentarem com grandes sucessos do cantor.

Clique no vídeo abaixo para conferir o quadro completo com a participação de Thalles Roberto no Programa Raul Gil:


Guiame

Criança cristã sob a mira de fuzis choca o mundo

Foto foi tirada por rebeldes sírios em localidade onde cresce a perseguição aos cristãos.

A imagem de uma criança sob a mira de fuzis virou símbolo do apoio ao presidente da Síria, Bashar al-Assad. Na imagem uma criança é ameaçada por forças rebeldes diante de três pessoas empunhando armas, a imagem foi publicada na internet por um suposto membro da facção rebelde Exército Livre da Síria.

A legenda diz “Nosso refém mais jovem dentre as seitas hostis de Kessab”. Kessab é um vilarejo de predominância cristã, por isso acredita-se que a criança seja de alguma família cristã da fronteira entre Síria e Turquia.

Os analistas afirmam que a criança pertence sim a uma família de cristãos da localidades, principalmente pelas roupas que ela veste. Além disso, a crescente perseguição islâmica contra os cristãos no país confirma a possibilidade da criança ser da minoria cristã.

Líderes muçulmanos afirmam que é uma estratégia do governo para aumentar o apoio ao regime e afirmam que não apoiam este tipo de iniciativa. A fotografia foi espalhada através das redes sociais.


FéEmJesus

Israel cancela negociações de paz com a Palestina

O Hamas, grupo considerado terrorista, não aceita a autonomia de Israel
Um novo acordo firmado entre facções palestinas fez com que o governo israelense interrompesse a negociação de paz com a Palestina.

Todos os integrantes do Gabinete de Segurança de Israel aprovaram a decisão que foi anunciada nesta quinta-feira (24) depois de cinco horas de reunião.

Há nove meses o secretário de Estado dos Estados Unidos, John Kerry, tentava negociar a paz com os vizinhos e o prazo estipulado para a negociação já terminaria na próxima semana.

Mas com a união entre o presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, e o Hamas, grupo considerado por Israel como terrorista, colocou um fim nas possibilidades da região viver em paz.

O Fatah e o Hamas ficaram separados por sete anos, até que nesta semana anunciaram um acordo de reconciliação para tentarem formar um governo nas próximas semanas e assim organizar as eleições que devem acontecer em seis meses.

O anúncio da ligação entre os grupos gerou preocupação não só em Israel, mas também no governo americano que também trabalhava pela paz na região.

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, já cancelou a reunião que teria com o presidente palestino e ainda fez um alerta: “Ele [Abbas] terá que escolher se quer a paz com o Hamas ou com Israel. Ele não pode ter as duas coisas”.

Gospel Prime

Extremistas islâmicos estão crucificando cristãos que se recusam tornarem-se muçulmanos, diz freira

A intolerância religiosa dos rebeldes islâmicos na Síria foi novamente denunciada na última sexta-feira santa, por uma freira que relatou a crucificação de cristãos que se negaram a professar a fé muçulmana ou pagar resgate por sua liberdade.

A denúncia foi feita à rádio Vaticano pela freira Raghid, ex-diretora da escola do patriarcado grego-católico de Damasco, segundo informações da agência de notícias AFP.

Atualmente, a freira vive na França, e tem feito as denúncias da violência contra cristãos em seu país, que enfrenta guerra civil. “Em cidades ou vilas ocupadas por elementos armados, os jihadistas e todos os grupos extremistas muçulmanos oferecem aos cristãos a shahada (a fé muçulmana) ou a morte. Em alguns casos pediram resgate”, denunciou a irmã.

Raghid afirma ainda que “por ser impossível renunciar à sua fé, [os cristãos] sofreram o martírio. E o martírio de uma maneira extremamente desumana, de extrema violência. Em Maalula, por exemplo, crucificaram dois jovens porque eles recusaram a shahada”, relatou.

De acordo com a freira, a violência dos extremistas é permeada de crueldade: “Em outra ocasião, um jovem foi crucificado em frente a seu pai, que foi morto em seguida. Isso aconteceu em Abra, na zona industrial na periferia de Damasco”.

Depois de um dos massacres, os jihadistas, como são chamados os extremistas islâmicos, “pegaram as cabeças das vítimas e jogaram futebol com elas”, além de tomarem os bebês recém-nascidos de suas mães e “os pendurarem em árvores com os seus cordões umbilicais”, revelou a freira.

A Síria enfrenta grave crise política, que resultou numa guerra civil. Os cristãos se tornaram alvo dos muçulmanos por apoiarem o contestado presidente Bashar al-Assad, justamente por temerem a ascensão dos jihadistas ao poder.

Gospel +

Mesmo com Bíblia em casa, maioria da população desconhece seus ensinos

Dados de pesquisa da Sociedade Bíblica Americana revelam grande desconhecimento sobre temas importantes

A Bíblia incentiva a “repressão das mulheres” e apoia temas controversos como guerra e escravidão. Esse tipo de opinião é comumente compartilhada em vários locais do mundo.

O estudo da Sociedade Bíblica Americana (SBA) chamado “State of the Bible” é feito anualmente com o objetivo de verificar o que as pessoas pensam e conhecem sobre a Bíblia, explica Geof Morin, diretor de comunicação da SBA.

“Sabemos que 88% das pessoas dizem ter uma Bíblia em casa. Eles pensam: ‘Eu tenho uma Bíblia há muito tempo. Já sei o que ela contém”. Mas a grande maioria das pessoas superestima o seu conhecimento do assunto, insiste Morin.

Essa pesquisa está especificamente voltada para analisar as opiniões em geral sobre a Bíblia e ajudará a Sociedade Bíblica a criar programas que fortaleçam o conhecimento bíblico e ajudem a fazer a Bíblia mais relevante para o público em geral.

“A American Bible Society quer acompanhar o que está acontecendo na cultura e por que as pessoas estão ligando cada vez menos as questões morais e políticas do cotidiano com a Bíblia”, disse Morin.

A pesquisa SBA entrevistou adultos norte-americanos em parceria com o Instituto Barna Research, descobriu que 82 % dos que afirmam serem cristãos consideram ter um conhecimento razoável sobre a Bíblia.

No entanto, quando perguntados, 43% não soube sequer dizer quais são os cinco primeiros livros da Bíblia. Além disso, 20% acreditam que as Escrituras incentivam a “repressão das mulheres”, a guerra e a escravidão.

Quando se tratava de avaliar o que a Bíblia diz sobre várias questões sociais, muitos mostraram pouco conhecimento das atitudes e comportamentos abordados nas Escrituras. A maioria dos cristãos diz corretamente que a Bíblia desencoraja prostituição, jogos de azar e pornografia; que incentiva a generosidade, perdão e paciência; e que não ignora a questão da homossexualidade.

No entanto, houve divisões claras entre os “cristãos praticantes” (que consideram a sua fé importante, frequentam a igreja regularmente e afirmam terem nascido de novo) e os cristãos “nominais” que vieram de uma família cristã, mas afirmam não serem religiosos.

Enquanto 91% dos evangélicos entrevistados dizem que a Bíblia desencoraja “a repressão das mulheres”, o número cai para 61% para os outros grupos cristãos.

Morin reconhece que dentro de cada denominação religiosa há uma tendência diferente sobre alguns aspectos da Bíblia. Mesmo assim, os cristãos nominais em geral têm uma imagem mais negativa de como a Bíblia fala sobre as mulheres. Vinte e sete por cento dizem que a Bíblia encoraja repressão das mulheres e 28% acreditam que ela não se pronuncia sobre o assunto. Pouco mais de 24% deste grupo entende que a Bíblia “desencoraja a homossexualidade”.

Entre os entrevistados que afirmam não terem identidade religiosa, 46% acredita que a Bíblia defende a repressão das mulheres e 22% dizem que ela não fala sobre o assunto. Já 33% dos pertencentes a este grupo dizem que a Bíblia não fala sobre este tema.

A pesquisa da Sociedade Bíblica Americana difere de uma pesquisa nacional de 2010 pelo Pew Research Center em conhecimento religioso em geral. Esse levantamento focou em ensinamentos essenciais, história e principais figuras em cinco grandes religiões do mundo.

Os dados levantados pela SBA parecem ecoar uma pesquisa similar da Sociedade Bíblica Britânica, a qual revelou que 25% dos britânicos acredita que o Super-Homem é mencionado pela Bíblia. Além disso, um terço da população não sabia dizer o que era o Jardim do Éden, enquanto outro terço acredita que a história de Harry Potter é baseado em algum relato religioso.

Ao mesmo tempo, cerca de 30% não sabia dizer onde na Bíblia aparecem as figuras de Adão e Eva, 50% não sabiam que a Arca de Noé é uma história bíblica, 60% nunca ouviu falar do milagre da multiplicação de pães e 90% não conhece o rei Salomão.

No Brasil ainda não há dados confiáveis e análises sobre qual é o grau de conhecimento bíblico da população.

Com informações Religion News.

servos vigilantes

"Bem aventurados aqueles servos a quem o senhor, quando vier, os encontrar vigilantes; em verdade vos afirmo que ele há de cingir-se, dar-lhes lugar à mesa e, aproximando-se, os servirá." Lucas 12:37

Meditação: Sem sombra de dúvida, a vigilância é o meio mais eficaz e seguro que nos prepara para encontrarmos com o Senhor. Quando vigiamos, estamos sempre de olho em tudo e analisando o que é a vontade de Deus. Sabemos o que pode embaraçar nossas vidas e nos levar à queda e à morte espiritual, pois quando isso acontece, há uma separação de Deus. 

A Bíblia nos ensina que devemos fugir de todo o embaraço e pecado (Hebreus 12:1). Se Cristo voltar e estivermos nessa situação, não será nada bom. "Portanto, estai vós também apercebidos; porque virá o Filho do Homem à hora que não imaginais" (Lucas 12:40)

Oração: Pai querido, fazei com que eu esteja sempre atento, vigilante e que logo eu possa identificar as artimanhas do inimigo. Sei que será uma grande tragédia, se Jesus voltar e eu estiver caído. Por isso ajuda-me a fugir da aparência do mal, ficar longe do pecado, e a não desviar meus passos do Seu caminho. Eu oro em nome de Jesus. Amém.

No amor e sob a graça de nosso Deus, desejamos a todas e a todos eum fim de semana abençoado.

Maria e Davi
Joinville SC

Deputados aprovam moção de repúdio ao Conselho de Psicologia por perseguição religiosa

A proposta foi feita pelo parlamentar Eli Borges (PMDB), alegando que a profissional Marisa Lobo (psicóloga cristã) tem sofrido perseguição

Na última quarta-feira, 23/04, foi aprovada por deputados do estado do Tocantins uma moção de repúdio contra o Conselho Federal de Psicologia. A proposta foi feita pelo parlamentar Eli Borges (PMDB), alegando que a profissional Marisa Lobo (psicóloga cristã) tem sofrido perseguição religiosa.

“O conselho tenta inibir e interferir na opção religiosa e cristã da profissional que, na sua particularidade, opta por preservar sua formação cristã em referência aos conceitos de família”, alega o deputado Eli. “O País em que vivemos preceitua, em sua Carta Magna, que convivemos em estado laico, onde o cidadão deverá escolher livremente sua religião”, concluiu.

Marisa Lobo ficou como uma das defensoras da chamada (erroneamente) "cura gay" - projeto que contribuiria para a modificação da orientação sexual.

A iniciativa gerou polêmica, não foi autorizada pelo conselho da profissional e foi retirada do Congresso Nacional, onde tramitava.

Entre as outras pautas apreciadas, consta a convocação do presidente da Agência Tocantinense de Regulação (ATR) para explicar o reajuste tarifário de 13,9% sobre os serviços de saneamento, sugerida pelo deputado Sargento Aragão (Pros).

Com informações do JM Notícia

Veja como foi a participação do Pr. Cláudio Duarte no Programa do Ratinho

O pastor participou do quadro "Dois Dedos de Prosa" , no qual o convidado tem uma conversa mais descontraída com o apresentador.


Na noite da última quinta-feira, 24/04, o Pr. Cláudio Duarte voltou ao Programa do Ratinho, para participar do quadro "Dois Dedos de Prosa", no qual o convidado tem uma conversa em um formato mais descontraído com o apresentador.

Ao ser questionado por Carlos Massa (Ratinho) sobre uma possível reação de pessoas mais radicais em relação às temáticas tratadas em suas palestras, Cláudio Duarte respondeu de forma tranquila.

"As pessoas não dizem que eu falo mentira. Dizem que o que eu falo não deveria ser dito. As pessoas se divertem. Os mais conservadores têm dificuldade com isso", disse.

Clique no vídeo abaixo e confira como foi a participação de Cláudio Duarte no Programa do Ratinho:


Guiame

Pastor Pat Robertson afirma que asteroides atingirão a Terra como cumprimento de profecias do Apocalipse: “Pode ser já na próxima semana”

O pastor Pat Robertson voltou a chamar atenção para si ao afirmar que os fatos narrados no apocalipse serão causados por asteroides, e que os impactos poderiam começar já na próxima semana.

Em seu programa The 700 Club, na TV Christian Broadcasting Network (CBN), Robertson lembrou do romance escrito por ele em 1995 que tinha como tema justamente o apocalipse.

“Eu escrevi um livro, chama-se ‘O fim dos tempos’, e se trata sobre um asteroide atingindo a Terra. Eu não vejo qualquer outra coisa que cumpre as palavras proféticas de Jesus Cristo que não seja um asteroide. Não há nada que possa fazer com que os mares fiquem turvos, que faça o céu a escurecer, a lua e o sol não dar sua luz, e as nações da Terra fiquem aterrorizadas se perguntando ‘o que está acontecendo? ‘”, afirmou o pastor.

Segundo o pastor, embora a gravidade do planeta Júpiter atraia a maioria dos asteroides, afastando-os da Terra, é possível que em algum momento, uma grande rocha venha em direção ao nosso planeta: “Qualquer dia destes… Pow!”, disse Robertson.

O icônico pastor tratou logo de tranquilizar os fiéis que o assistiam: “Ei, é só ficar pronto. Endireite-se com o Senhor. Pode ser na próxima semana, ou poderia ser daqui a mil anos, mas deveremos estar prontos a qualquer tempo, pois o Senhor diz: ‘Eu estou enrolando, já é hora de voltar para casa’”.

Gospel Mais

Mulher afegã clama por Jesus para se salvar de naufrágio e se converte após milagre

A mulher deixou o Afeganistão em busca de uma vida melhor em solo europeu
Após passar por grande risco de morte, uma refugiada afegã, que esteve recentemente em Atenas, na Grécia, compartilhou a história surpreendente de sua conversão ao cristianismo, conforme relatado pelo site de notícias Assist News Service.

Viajando separada de seus filhos, espremida com outras 65 pessoas, ela era apenas mais uma à busca de uma vida melhor na Europa. Estavam todos sem comer e beber a três dias, as mulheres e crianças choravam, outros sem forças pareciam prestes a desfalecer. O barco era sacudido violentamente por uma tempestade.

As pessoas começaram a orar repetidamente, por meio de diferentes Suras do Alcorão. Os gritos de "Vamos morrer! Nós vamos morrer” foram intercalados com as preces dos refugiados. Ela também fez algumas dessas orações no auge do desespero, certa de que todos iriam se afogar.

O porão possuía algumas janelas, mas isso também era um problema: abrí-las fazia com que a água entrasse no barco. Já fechá-las tornava o ar difícil de respirar.

De repente, o barco mergulhou de bico. Tudo e todos estavam escorregando em uma única direção: para baixo. Só então “flashes” de conversas que ela teve com a irmã cristã na Austrália e o irmão cristão, na Alemanha, e cenas de um filme sobre Jesus que havia visto no Irã vieram à sua mente.

Ela então orou para Jesus. Ela nunca tinha feito isso antes: “Se permitir que eu e meus filhos sobrevivamos, irei a uma igreja assim que chegar a terra firme”.

Imediatamente o barco endireitou e a tempestade cessou, miraculosamente. As pessoas se alegravam que Deus havia ouvido suas preces, mas ela sabia que Jesus havia respondido a sua oração.

Ainda mais incrível foi quando um grande barco grego se aproximou e começou a jogar garrafas com água no barco dos refugiados. Houve confusão enquanto todos buscavam aplacar sua sede. Então homens da outra embarcação amarraram seu barco ao dela e conduziram a todos em segurança até a praia. E eles provavelmente haviam avisado o porto, pois ao chegarem à praia havia filas e filas de garrafas com água e copos esperando pelos quase náufragos.

Então os afegãos foram levados a um acampamento onde receberam comida, abrigo e roupas secas.

Apesar de estarem indo para a Itália, acabaram na Grécia. Cumprindo sua minha promessa a Deus, a primeira coisa que aquela mulher fez foi procurar uma igreja. Estava acontecendo um casamento, então ela simplesmente se sentou e assistiu.

Na semana seguinte, foi a outra igreja e sentou-se na parte de trás e assistiu. Ela não entendia nada que eles estavam dizendo. E foi a uma terceira igreja e, novamente, não compreendia o que estava sendo dito, mas estranhamente tinha uma paz descendo sobre o seu coração, apenas ao estar nessas igrejas. Foi então que ela percebeu que algo estava acontecendo dentro dela, e mesmo sem entender, sabia que era algo bom.

Foi então que ela ouviu falar de um lugar, um prédio com 8 andares, onde funcionava uma organização. Lá eles estavam fornecendo comida para os afegãos. Era o Centro de Refugiados do Hellenic Ministries. A mulher então ouviu uma conversa sobre Jesus traduzida em sua própria língua. Eles lhe deram uma Bíblia no idioma afegão, que ela começou a ler.

Na sequência, ela então começou a comparar o que lia com o que havia aprendido em sua religião. Coisas como “amar ao próximo”, “virar a outra face” e “perdoar os seus inimigos”.

Sua antiga religião exortava a matar os infiéis e odiar os inimigos. Nunca antes ela tinha lido em qualquer lugar sobre o amor e o perdão como na Bíblia. Inimigos no Afeganistão mataram seu marido. Tudo que ela ouvia das duas principais divisões da sua religião, é que uma sempre acusava a outra de ser infiel.

Ela já havia testemunhado um homem ser alvejado no peito e morrer, apenas por pertencer a um grupo rival. O mesmo aconteceu com uma mulher que viu morrer bem na sua frente. A moça afegã também viu homens que haviam sido mutilados por explosões de bombas em confrontos sectários. E não conseguia tirar essas imagens da cabeça. Ela tinha apenas 15 anos, mas essas imagens continuavam voltando, às vezes duas ou três vezes por dia.

A mulher também não pode deixar de notar a diferença nas pessoas que estavam trabalhando no Centro de Refugiados onde ela ia ouvir lições da Bíblia. Eles eram humildes e sempre prontos a ajudar, sem segundas intenções. Ela gostava deles e estava começando a aceitar seu ensino. Desta forma, apreciava as suas atitudes e suas maneiras. E sentiu-se atraída para o Jesus que eles proclamavam.

Então, depois de 4 meses ela tomou sua decisão: queria acreditar em Jesus; queria que Ele fosse seu Salvador. Verdadeiramente Ele respondeu a muitas das suas orações. A vida ainda era difícil, mas ela era grata e tinha paz interior. Era uma nova pessoa. Parece que Deus a permitiu que ela viesse parar na Grécia para que pudesse ouvir sobre a fé cristã e acreditar.

Lembrou-se então da conversão de seus familiares: primeiro a irmã na Austrália, por quem ela havia chorado por ter se perdido, depois o irmão na Alemanha, e depois outro irmão, na Suécia, haviam depositado sua fé em Jesus.

Então seus olhos se abriram e ela percebeu que era Jesus que a havia salvado de se afogar para salvá-la eternamente. Outros membros da minha família no Irã e outro irmão na França são muito antagônicos ao cristianismo estão preocupados com aqueles de nós que mudaram de fé e agora creem em Jesus.

“Da tempestade no mar para a paz no meu coração, eu sou verdadeiramente grata! Louvado seja Deus”, finalizou a sobrevivente.

O diretor do ministério que a ajudou, Bruce McAtee, comentou sobre essa história, dizendo: "Depois disso, essa mulher se juntou a sua família na Suécia, no mês passado. Antes de sair, ela deu seu testemunho na igreja e eu tive o privilégio de batizá-la. Foi um momento poderoso como saiu da água com lágrimas e orações. Ela deixou a Grécia com um fardo e uma convicção para compartilhar com outras pessoas sobre esta nova vida de esperança, paz, amor, perdão, e tudo o que é encontrado em Cristo”, concluiu.

Christian Post

Marisa Lobo festeja vitória contra ideologia de gênero, mas destaca: "A luta continua"

A psicóloga cristã, Marisa Lobo falou com exclusividade ao Guiame, sobre a vitória dos direitos da família nesta votação.

Na última segunda-feira, 22/04, às 14h30, foi votado na Comissão Especial da Câmara dos Deputados, o parecer do deputado Angelo Vanhoni (PT-PR) sobre o novo Plano Nacional da Educação. 

O parlamentar - e relator do caso - havia apresentado mudanças no que diz respeito à questão do financiamento da educação e que dá maior responsabilidade à União no repasse de recursos a estados e municípios. Além disso, a polêmica gerada pelo uso da ideologia de gênero no sistema educacional também já mostrava a necessidade de uma revisão da proposta.

Marcaram presença e acompanharam a votação a votação na Câmara, representantes das bancadas evangélica, católica e outros defensores dos direitos da família, como por exemplo, Paulo Freire, Eurico, Jair Bolsonaro, Marisa Lobo, Rosângela Justino e Damares Alves.

A votação encerrou-se com 15 votos a 11, contra a inclusão da ideologia de gênero no novo PNE.

A psicóloga cristã, Marisa Lobo falou com exclusividade ao Guiame, sobre a vitória dos direitos da família nesta votação.

Apesar de celebrar a vitória de ontem, Marisa destacou que ainda há muito trabalho a ser feito neste sentido.

"Ganhamos por enquanto, mas a luta continua! Agora a proposta vai para votação no congresso. 15 a 11... achei que foram muitos votos a favor [da ideologia de gênero]. Creio que os deputados ainda não entenderam a complexidade e a gravidade da ideologia de gênero, que não é uma estratégia de se eliminar preconceito e sim uma farsa inventada pelo movimento LGBT mundial para reorientar a sexualidade das crianças nas escolas, descontruindo a heterossexualidade, os papéis de cada sexo (masculino e feminino), em todos os aspectos", alertou.

Marisa ainda contou que a sua militância contra a ideologia de gênero não tem sido exercida somente no âmbito político.

"Estou indo nas igrejas, ensinando sobre a ideologia de gênero, esclarecendo com a psicologa, sobre os perigos dessa proposta, que invadiu o mundo acadêmico e agora é moda. Estão tentando transformar nossa cultura, alegando que a heterossexualidade é compulsória e anormal... e que o ser humano não só pode como deve experimentar todas as formas de prazer sexual", declarou.

A psicóloga também aproveitou seu depoimento para convocar a Igreja a se munir contra esta proposta.

"É a porta escancarada para a pedofilia! Essa é nossa maior preocupação. Vamos fazer nossa parte, enfrentar essa mentira que a exemplo de alguns países da Europa só está psicotizando, criando conflitos psíquicos e familiares. Espero que a Igreja acorde, que líderes levem esse assunto para nossas igrejas e aprendam de forma cientifica, com toda seriedade, com informações confiáveis sobre essa farsa da ideologia de gênero. Estamos com nosso conhecimento levando essa informação a igreja precisa se preparar e enfrentar essa que é a pior afronta a humanidade. Preconceito não,privilégios ,mentiras nunca.", propôs.

Bolsonaro
Quem também expressou sua satisfação com o resultado da votação foi o deputado Jair Bolsonaro. Com um breve depoimento em sua página oficial do Facebook, ele elogiou a presença da bancada evangélica e alertou para a continuidade da votação.

"Graças ao nosso empenho, principalmente com a força da bancada evangélica, conseguimos rejeitar a proposta do Plano Nacional LGBT, que incluía itens a serem ensinados nas escolas primárias do Brasil, como a desconstrução da heteronormatividade e outros. Amanhã teremos outra batalha contra a sanha de grupos homossexuais que visam abocanhar o erário público e as crianças nas escolas de nosso país. Vencemos esta batalha, amanhã a guerra continua! Selva!!!", postou.

Manifesto
Você também pode expor o seu posicionamento contra a ideologia de gênero, fazendo contato com o deputados que atuam na Câmara. Na página de pesquisa dos parlamentares, é possível encontrar emails / telefones de cada um deles.

Por João Neto
Guiame

Cláudio Duarte volta a participar do Programa do Ratinho

A primeira participação foi ao ar em agosto de 2013 e foi sucesso de audiência
O pastor Claudio Duarte anunciou em sua página no Facebook que estará no Programa do Ratinho nesta quinta-feira (24) ao vivo para todo o Brasil.

“Gente! Amanhã eu estarei ao vivo no Programa do Ratinho!!”, disse ele convidando seus seguidores a compartilhar a informação.

Essa é a segunda vez que o pastor evangélico estará no programa do SBT. Em agosto do ano passado ele foi chamado para participar do programa por conta do sucesso de seus vídeos voltados para casais.

Nesse programa Duarte falou sobre temas ligados à família, fé e sexualidade. A forma como ele aborda os temas é um grande diferencial do pastor, que fala com muito humor desses temas que são tão complexos.

Foi exatamente esta forma que o fez se tornar conhecido no país. Diversos trechos de pregações para casais caíram na internet sendo compartilhados por pessoas de todas as idades e de todas as crenças.

O pastor Cláudio Duarte entendeu o poder das redes sociais e investiu no segmento criando uma página no Facebook que hoje conta com mais de 1,6 milhão de seguidores.

Não perca a participação dele no Programa do Ratinho que começa às 22h pelo SBT.

Gospel Prime

Descoberta ferramenta utilizada na construção do Templo de Salomão

Escavação arqueológica é considerada "extraordinária" e "surpreendente"
Os arqueólogos da Autoridade de Antiguidades de Israel acreditam ter descoberto um artefato que pode mudar a história da arqueologia na região.

Trata-se de um cinzel de metal, que pode ter sido usado na construção do Templo de Salomão, foi descoberto no ano passado, mas a agência de notícias israelense Tazpit informou que o governo estava esperando os resultados de testes de datação antes de fazer o anúncio oficial.

A mídia israelense está descrevendo a descoberta como “extraordinária” e “surpreendente”. O local de descoberta estava junto ao Arco de Robinson, localizado ao sul da área do Muro das Lamentações, que é a estrutura remanescente do antigo Templo.

“O cinzel possui cerca de 15 centímetros. Pela primeira vez, depois de dois mil anos, estamos em posse de um instrumento de trabalho utilizado pelos construtores que construíram o Kotel [Muro das Lamentações]“, explicou Eli Shukron que dirigiu a escavação arqueológica. O site The Times of Israel informa que Shukron passou 19 anos escavando na área. É a primeira vez depois de mais de um século de pesquisas arqueológicas ao redor do Monte do Templo, que é achada uma ferramenta de construtores.

“Não tenho dúvidas que ele é do tempo em que o muro foi construído”, disse Shukron. “Descobrimos a peça na base do Muro Ocidental. Estava a cerca de seis metros abaixo da rua principal de Jerusalém na época do Segundo Templo. As moedas e também a cerâmica que recentemente encontramos na área indicam que ele é dessa mesma época”.

“O cinzel estava em meio a escombros de lascas de pedras que caíram dos pedreiros que trabalham nas rochas que compõem o Muro das Lamentações”, acrescentou o relatório do Tazpit. Os resíduos das pedras do muro caíam enquanto se entalhava as pedras para a aparência final, no estilo herodiano. A cabeça do cinzel tem a forma de um “cogumelo”, resultado das pancadas recebidas de um grande martelo enquanto se entalhavam as pedras.

No Muro das Lamentações, “as pessoas vem para fazer suas orações e beijam as pedras sagradas todos os dias”, disse Shukron. “Hoje, pela primeira vez, podemos tocar um dos seus cinzéis”. “Nós consideramos essas rochas sagradas. Tocamos, beijamos e colocamos nelas nossos pedidos. Até hoje ninguém tinha encontrado uma ferramenta dos trabalhadores que construíram este Muro. Significa, portanto, que encontrar esta ferramenta têm uma grande importância histórica e científica”, enfatiza.

A altura das paredes e a profundidade de onde estava o ponteiro são condizentes com o relato do historiador Flávio Josefo no seu livro Guerra dos Judeus. Na descrição do Monte do Templo, Josefo afirma que “os muros de contenção em seu ponto mais profundo alcançavam trezentos côvados, e em alguns lugares eram ainda maiores do que esta altura”. Trezentos côvados são cerca de 68 metros de altura.

Josefo afirma que Herodes contratou na época cerca de dez mil trabalhadores para construir o templo, o edifício mais luxuoso da época. Também diz que durante o período de Agripa II, o bisneto de Herodes o Grande, 18 mil trabalhadores ficaram desempregados após o trabalho de construção ter acabado.

Um dos aspectos mais intrigantes dessa descoberta é sua divulgação poucos dias após oito judeus serem presos na tentativa de abater um animal para o sacrifício ritual da Páscoa no topo do Monte do Templo em Jerusalém. Isso acirra os ânimos daqueles que exigem o reconhecimento por parte dos muçulmanos de que o templo de Salomão ficava no local, algo negado há séculos. O principal argumento dos islâmicos é que não há provas (fora do Antigo Testamento) que o templo realmente existiu.

Com informações The Blaze.

Após cantar três horas de música gospel, garoto é libertado de sequestro

Insistência e música gospel. Essa foi a receita para que o garoto Willie Myrick, de apenas 10 anos, fosse salvo de um sequestro. Levado por um sequestrador, ele foi solto por não parar de cantar a música "Every Praise", do cantor gospel Hezekiah Walker.


"Ele me colocou dentro do carro e disse que eu não podia falar uma palavra e nem gritar, ficou bravo comigo", afirmou o garoto. Muito insistente, ele ficou cantando por nada menos do que três horas consecutivas de acordo com informações da Fox.

Depois de xingar muito o garoto, o sequestrador o soltou no meio da rua. Willie, então, correu até a casa mais próxima e pediu que o morador chamasse seus responsáveis, encerrando o sequestro sem mais traumas.

A polícia ainda não tem pistas do suspeito, mas espera que as descrições dadas por Willie ajudem na identificação. Ouça a música cantada pelo garoto no link abaixo:


Fonte Yahoo Notícias

Judeus são presos ao tentar sacrificar animais no monte do templo

Ativistas tentaram matar animais no local sagrado para muçulmanos
Informações desencontradas sobre um ocorrido durante o último final de semana continuam gerando impacto na comunidade judaica e cristã de todo o mundo.

Segundo o WND, ocorreu uma tentativa de abater um animal para o sacrifício ritual da Páscoa no topo do Monte do Templo em Jerusalém, local sagrado para judeus e muçulmanos.

Impedidos pela polícia, após denúncia do grupo muçulmano que controla o local, oito ativistas judeus pró-Templo foram presos enquanto subiam o monte carregando uma cabra que seria morta seguindo as instruções bíblicas sobre o Pessach (festa judaica da páscoa).

O relato da Páscoa original foi relatado por Moisés nos primeiros livros do Antigo Testamento. A cerimônia marca a saída do Egito após séculos de escravidão. Para os cristãos, o sacrifício requerido por Deus nessa data é um prenúncio da vinda de Jesus, que foi crucificado durante a Páscoa.

A prisão dos manifestantes judeus gerou uma nova onda de críticas contra o governo israelense. O site cristão de notícia Israel National News divulgou imagens de um menino judeu carregando o animal que seria morta pelos ativistas. O site judaico Ynet News informou que os oito presos foram levados para uma delegacia próxima para interrogatório, enquanto o animal foi entregue ao Ministério da Agricultura.

Entre os detidos estava Noam Federman, que classificou as prisões como uma “vergonha” para o Estado de Israel. “O governo de Israel está colaborando com um regime de racismo contra judeus no Monte do Templo. Nós (judeus) somos proibidos de orar e até mesmo impedidos de realizar as mitsvot(mandamentos da Torá) do festival de Pessach”, disse Federman.

A prisão irritou vários grupos que defendem os direitos dos judeus exercerem suas tradições religiosas no local onde outrora esteve o Templo de Salomão. Nos últimos dois anos cresceu consideravelmente o número de cidadãos israelenses que pede que o governo reveja a soberania dos muçulmanos sobre o monte do Templo. O chamado Instituto Monte do Templo inclusive já afirmou que tem tudo preparado para a construção do local e a retomada dos sacrifícios diários seguindo as instruções do Antigo Testamento.

Por sua vez, o grupo muçulmano Coalização Jovem já declarou uma Intifada, pedindo que os palestinos demonstrem sua indignação contra as visitas judaicas ao Monte do Templo. Ele diz que tem o apoio do Fatah, Hamas, Jihad Islâmica, Frente Popular para a Libertação da Palestina e da Iniciativa Nacional Palestina e que “haverá guerra” se os judeus tentarem construir um espaço de adoração no local, tomado hoje por mesquitas.

A semana que antecedeu a Páscoa foi marcada por dois confrontos violentos distintos entre a polícia e manifestantes. Primeiramente foram dezenas de jovens palestinos, que arremessaram pedras e feriram um policial e deixaram cerca de 25 pessoas feridas.

Segundo o jornal Israel Today, houve outra manifestação no domingo anterior, quando dois policiais israelenses ficaram feridos em choque com manifestantes muçulmanos que atacaram um grupo de visitantes judeus que desejavam orar no local.

Um porta-voz da polícia afirmou apenas que os policiais foram chamado para garantir a segurança do local, mas foram atacados com pedras e coquetéis molotov.

GP

Há muitos cristãos com a fé morta, diz Saeed Abedini em carta aberta

Carta aberta a cristãos é desabafo inspirado pelo Espírito Santo
Mesmo em meio ao brutal sistema prisional iraniano, o pastor Saeed Abedini, preso desde 2012, conseguiu enviar uma carta aberta aos cristãos. Por ocasião da Páscoa, o pastor, que foi condenado a 8 anos de encarceramento por ter pregado o evangelho, decidiu compartilhar uma mensagem com os cristãos ao redor do mundo

Ele cumpre uma sentença de prisão de oito anos, sob a acusação de ter evangelizando na república islâmica, onde isso não é permitido.

Doente, Abedini está hospitalizado e com péssimas condições de saúde. Recentemente, foi divulgado que ele sofria espancamentos frequentes na prisão. Sem ver a esposa e filhos há quase dois anos, ele decidiu mandar uma carta onde afirmou sua crença na necessidade da humanidade de Jesus Cristo. O material chegou à imprensa neste final de semana.

“Na véspera da Sexta-feira Santa e Páscoa eu estava orando do meu quarto de hospital pelos meus irmãos de todo o mundo”, escreveu. “O que o Espírito Santo revelou a mim em oração foi que há muitos cristãos com a fé morta nos dias de hoje.”

Abedini continua: “Algumas vezes queremos experimentar a glória e ressurreição com Jesus sem experimentar a morte com ele. Não percebemos que, se não passarmos pelo caminho da morte com Cristo, não somos capazes de experimentar a ressurreição com Cristo.”

Ele encoraja os cristãos a lembrarem da necessidade de se abraçarem a Cristo, pois só assim alcançarão o verdadeiro sucesso pessoal. Em vez de focarem apenas no que desejam para si mesmas, o pastor ressaltou que neste período em que se pensa no significado da Páscoa, deveriam fazer o que Deus quer deles. Lembrou ainda Mateus 16:24: “Se alguém quiser seguir-me, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me.”

Finalizou com um apelo: “Vamos ressuscitar nossas crenças mortas, tendo fé que precisamos primeiro morrer para o nosso egoísmo, assim experimentaremos a cruz de Jesus. Somente então seremos capazes de experimentar a ressurreição gloriosa de Cristo.”

Abedini tem sofrido com um sério problema na região do estômago, com uma lesão que foi provocada pelos repetidos espancamentos que sofreu na prisão.

Diversos movimentos cristãos e de luta pelos direitos humanos ao redor do mundo pedem a libertação do pastor Abedin desde que ele foi preso pela primeira vez. Aqui no Brasil o deputado Marco Feliciano tem trabalhado por isso. Mas o governo do Irã jamais deus uma resposta clara sobre a situação do pastor.

Com informações de The Blaze.

Premiê britânico afirma que país é cristão e causa polêmica

O ateísmo tem crescido no país que perdeu 13% de cristãos nos últimos 13 anos
O primeiro-ministro britânico, David Cameron, está no centro de uma confusão com grupo de cientistas, acadêmicos e escritores. Isso porque ele afirmou que a Inglaterra é “um país cristão”.

Os escritores Philip Pullman e Terry Pratchett fazem parte do grupo de famosos que se juntaram contra a frase dita pelo premiê durante um discurso. Eles afirmam que Cameron promoveu divisões sectárias no país ao dizer que a Inglaterra é uma nação cristã.

O jornal Daily Telegraph recebeu uma carta assinada pelos descontentes onde eles afirmam que a Inglaterra não é um país cristão, mas uma “sociedade plural” formada na maior parte por pessoas não religiosas.

“Falar o contrário estimula a alienação e divisão em nossa sociedade”, afirmaram as 55 pessoas que assinaram a carta contra o premiê britânico. Para eles a fala de David Cameron “alimenta desnecessariamente debates sectários que não estão presentes nas vidas da maior parte dos britânicos”.

A Inglaterra está cada vez mais secular, em 2001 72% da população se declarava cristã, hoje esse número passou para 59%, representando 33,2 milhões de pessoas.

Por outro lado o número de ateus e agnósticos tem aumentado, repetindo um fenômeno que toma toda a Europa. Na Inglaterra há cerca de 14 milhões de pessoas que dizem não ter religião.

Foi lá que surgiu a primeira “igreja” de ateus. A “Assembleia de Domingo” foi criada pelo comediante Sanderson Jones e reúne centenas de ateus para momentos de reflexão e descontração. Com informações Reuters.
 
GP

Que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?

"Que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?" Marcos 8:36
Pensamento: Não importa quem somos ou o que alcançamos nesta vida, mais cedo ou mais tarde, a morte vem, mais cedo ou mais tarde tudo o que somos vai acabar em uma sepultura em algum lugar. 

E então, tudo se foi. O que significa isso? Qual é o propósito de tudo isso, se tudo termina com a morte? Que legado vamos deixar para trás? Há milhares de anos, Salomão meditou sobre esses mesmos assuntos, e concluiu que esta vida, por si mesma, com todas as suas labutas e dificuldades, que tudo era vaidade.

Oração: Pai querido, ensina-me a viver com a motivação correta, com as prioridades certas, ajuda-me a ter uma vida em santidade, separado do pecado e dos enganos deste mundo. Eu oro em nome de Jesus. Amém.

FéEmJesus

500 Anos


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tags

(778) Cristãos Perseguidos (529) Cristãos (518) Bíblia (488) Intolerância Religiosa (363) Israel (338) Evangélicos (302) igreja (264) Reflexão (247) apocalipse (194) oração (184) Homosexualismo (177) catolicismo (153) Rede Record (148) homofobia (146) Irã (140) escatologia (132) Missões (131) Evento Gospel (128) Silas Malafaia (125) pecado (120) Política (113) islan (112) ateus (109) judeus (109) Religião (105) Aborto (104) Milagres (103) Natal (102) Ahmadinejad (91) Criança (91) esporte (91) Testemunho (86) globo (77) guerra (73) Salvação (71) Perdão (70) Morte (64) pastores (64) Aline Barros (59) Religiosidade (56) Yousef Nadarkhani (56) PL122 (55) Amor (54) adoração (48) heresia (48) Drogas (42) Prosperidade (42) festival promessas (41) Judaísmo (39) Thalles Roberto (39) campina grande (39) Apostasia (38) carnaval (36) Idolatria (35) mulçumanos (34) Estados Unidos (33) Família (33) Maconha (31) adoradores (29) Shows (28) Catástrofes (26) Hipocrisia (26) Páscoa (22) esperança (22) Confiança (19) Mentira (19) Alegria (18) Nasa (18) DIP (16) Oriente Médio (16) Rei David (16) Suicídio (16) adversidade (16) consciência cristã (16) BAND (15) Conforto (15) Paz (15) Pena de Morte (15) Pornografia (15) Promessa (15) Sofrimento (14) BBB (12) Graça (12) Tatuagem (12) benção (12) obediência (12) dia das mães (11) impureza (11) Ansiedade (10) Justin Bieber (10) Rio +20 (10) livro (10) masturbação (10) Catástrofe (9) Desobediência (9) Filho pródigo (9) Perlla (9) Jotta A (8) Pedro Leonardo (8) Whitiney Houston (8) filho de crente (8) livre arbítrio (8) sony music (8) Darwin (7) Eutanásia (7) Hackers (7) Perigo (7) Senadores (7) União (7) presença de Deus (7) Perfeição (6) cura pela palavra (6) Purgatório (5) alienígenas (5) lei da palmada (5) Aline Barros mostra sua filha (4) Cegueira Espiritual (4) Kaka (4) escolhas (4) texto e contexto (4) torá (4) vasco (4) vigilância (4) Gratidão (3) Ressentimento (3) Segurança (3) Semeadura (3) Sodomia (3) o Caminho (3) servos (3) Cristo Redentor 80º aniversário (2) Guinnes Wolrd Records (2) Harold Camping (2) Impossiveis (2) Pressa (2) Sonho de infância (2) mundial da juventude (2) Flórida (1) Galardão (1) Michel Teló (1) Redenção (1) impios (1) recall (1) vingadores (1)

Uma Reflexão sobre a Crise no Brasil