O meu culto, o teu culto o nosso culto


O meu culto, o teu culto, o nosso culto

Mas a hora está chegando, e de fato já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai, em espírito e em verdade; pois são esses que o Pai procura para seus adoradores. João 4:23


Como foi o culto dessa noite? Pergunta uma irmã a outra na saída do templo, a outra responde: "Não gostei, achei que o pastor prolongou muito o sermão; deveria ter falado menos.”  Replicou a outra irmã:” Oxe! Deus falou foi muito comigo através da mensagem, foi ótimo o culto, até me arrepiei e chorei.”

Quantas percepções existem após o término de uma reunião não é mesmo?
Porque em uma única reunião uns sente a presença de Deus e outros não? Porque em uma única reunião existe opiniões divergentes?  A resposta está "no adorador e na sua oferta".

Você já ouviu alguém falar que não gostou do culto da noite? Creio que você, em algum momento, já ouviu; e sejamos bem sinceros que até nós mesmos tenhamos falado, em algum momento, que não gostamos de um determinado culto. Mas será que quem tem que ter esta avaliação não é o Senhor? Podemos até discordar da liturgia, das quantidades de músicas e pouca exposição da palavra, mas nunca podemos dizer no coletivo que o culto não foi bom.

A pergunta de como o culto foi bom (coletivo) deveria ser dirigida primeiramente pra nós (individual): Devemos perguntar todas as vezes após a benção Apostólica: "Será que Deus recebeu o meu culto? Será que o levantar de minhas mãos foi aceito por Deus?  Teria Deus recebido minha oferta???? Será que Deus aceitou meus cânticos?”

Quem pode avaliar o teu culto, o nosso culto? A resposta é única: "Deus"

Mas a hora está chegando, e de fato já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai, em espírito e em verdade; pois são esses que o Pai procura para seus adoradores. João 4:23

Quando você de alguma forma não gostar da liturgia do culto onde você participou, questione a você mesmo - faça no individual: será que eu fui realmente com espírito de verdadeiro adorador na reunião? Nunca diga que não gostou do culto, você não pode julgar o culto do irmão que está ao seu lado, antes reveja sua participação na reunião.

Assistir ou cultuar?
Aliás culto não se assiste, se cultua, se participa.  Eu sei que se trata de um vício de linguagem dizer: Vou assistir um culto, mas o correto seria dizer: Irei cultuar o Senhor com meus irmãos. Aliás, culto não é apenas em uma reunião em sua comunidade cristã, ou como conhecemos igreja (instituição).

Em uma grande reunião, existem as pessoas que estão lá para cultuar, e existem outras que vão apenas para visitar, outras para tratar de negócios e até se sentam no auditório, mas seus corações estão na rua, em casa, no trabalho etc. 

Deus busca adoradores que adorem em espirito e em verdade, Ele não quer apenas que você o adore no templo, Ele quer que você esteja com o coração de adorador onde quer que estejas. O verdadeiro adorador, cultua a Deus em casa, no trabalho, onde ele vai, esse chama a atenção de Deus. O verdadeiro adorador vai ao templo, nas reuniões com um único propósito; adorar ao Senhor

Dois adoradores, dois cultos, duas ofertas, apenas uma foi aceita. (Gênesis, 4:3-4)
Dois adoradores, duas orações, duas ofertas, mas apenas um foi aceito e justificado diante de Deus. Lucas 18:9-17

Que o meu culto, o teu culto, o nosso culto seja, de fato, em espirito e em verdade.

Deus abençoe
Fiquem na Paz de Cristo
Josiel Dias

0 comentários:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...