Como Creio.

Eu creio.
I – Na existência de um único Deus, criador de todas as coisas, revelado em três Pessoas: Pai, Filho e Espírito Santo, igualmente eternos, igualmente perfeitos, iguais em glória, majestade e poder (Ex 20:1-3; Is 43:10; 44:6-8; Mt 28:19; Lc 3:21-22)

II – Na divina inspiração e infalibilidade das Sagradas Escrituras compostas do Antigo e do Novo Testamento em sua composição original. Considero a Bíblia como autoridade suprema e final em questões de fé e conduta, em questões acerca da origem de todas as coisas e da vida pós-morte, sendo o prumo pelo qual toda doutrina, pensamento ou procedimento deve ser julgado (2 Tim 3:16-17; 2 Pe 1:20-21; Hb 4:12).

III – Que Deus Pai é o Criador de todas as coisas e Autor da redenção eterna (Ec 11:5, 1 Jo 5:11).

IV – Que Jesus Cristo é o Filho de Deus para o qual e por meio do qual todas as coisas foram criadas pelo Pai. Que Cristo veio a este mundo em carne com a missão de salvar os homens de seus pecados. Nasceu da virgem Maria, concebido pelo Espírito Santo. Apesar de ser Deus, abriu mão de seus privilégios divinos e encarnou-se para viver como homem, vencendo o pecado na carne ao viver uma vida perfeita e sem a mácula. Foi crucificado unicamente por nossos pecados, razão pela qual se tornou o único Mediador entre Deus e os homens. Foi sepultado e ressuscitou fisicamente ao terceiro dia. Após aparecer a uma grande multidão de discípulos, ascendeu ao Pai onde hoje se encontra, até o Dia em que retornará física e pessoalmente para resgatar sua Igreja, julgar a humanidade e reinar sobre as nações. (Fp 2:7, Rm 8:3, Jo 1:1,14-18, 2:19-21; At 17:31; 1 Cor 15:1-8; Col 2:9; 1 Ts 4:16-18; Hb 1:1-4; 1 Jo 4:1-4).

V – Que o Espírito Santo é o Consolador, a Promessa do Pai. Sua missão é levar-nos, tanto coletiva como individualmente, a conhecer as infinitas dimensões da Pessoa do Senhor Jesus Cristo por meio do batismo no Espírito Santo e através da revelação das Santas Escrituras. Ele regenera e santifica todo aquele que se arrepende de seus pecados, gerando em nós filhos à semelhança de Jesus Cristo, tanto em caráter como em poder. É o distribuidor de todos os dons espirituais listados nas Escrituras – para os quais não há data de expiração – por meio dos quais o Espírito Santo equipa os santos para a obra do ministério. (At 1:4, At 1:8, Rm 5:5, 1 Cor 12:1-14, 1 Cor. 12:27-30, Rom. 12:6-8, Ef; 4:11-12; Gl 5:22-23).

VI – Que a raça humana foi originalmente criada por Deus à sua imagem e semelhança para ter comunhão com o Criador e exercer domínio sobre a Criação. Entretanto, por causa de sua rebelião, o Homem entregou o governo deste mundo nas mãos de Satanás. Consequentemente, toda a Criação foi contaminada pelo pecado, e toda a raça humana tornou-se corrupta e separada de Deus, sendo a morte física e espiritual a conseqüência final. A restauração de sua comunhão com Deus é essencial à humanidade, entretanto o Homem está incapacitado de conquistá-la por si mesmo. A salvação do gênero humano foi providenciada por Deus unicamente pelo sacrifício vicário de Jesus Cristo. Esta é uma obra exclusiva da graça de Deus e, portanto, cabe ao homem somente arrepender-se de seus pecados e ter fé na suficiência do sangue de Jesus para a expiação de seus pecados e para o dom da vida eterna em Cristo (Gn 1:27; Rm 3:23, 5:1,12, 6:23; Ef 2:8-9; Gal 5:1-5, 1 Jo 5:19).

VII – No batismo por imersão não como requisito para a salvação, mas como expressão visível da fé e um marco tangível da ruptura entre nossa vida passada e nossa nova vida em Cristo. É um ato profético de nossa morte, sepultamento e ressurreição em Cristo em obediência ao mandamento do Senhor (Mt 28:19-20, At 2:38).

VIII – Na Ceia do Senhor não como um ritual religioso, mas como uma refeição literal a ser compartilhada pelos discípulos em memória do Senhor Jesus até o Dia de sua vinda. Não é um funeral e sim uma celebração, pois pelas suas feridas é que fomos sarados. Não demanda uma atitude religiosa mórbida ou penitente e sim de júbilo, pois aponta para um fato glorioso, digno de celebrarmos: é um ato profético da Vida de Cristo sendo ingerida, distribuída e compartilhada por aqueles que participam da Ceia (Is. 53:5, Jo 6:48-58, At 2:42,46, 1 Cor. 10:17, 1 Cor. 11:23-26).

IX – A Igreja é o Corpo visível de nosso Senhor Jesus Cristo na terra, sendo a agência exclusiva por meio do qual Ele revela Seu Reino no mundo. Creio no ajuntamento dos santos, não como um evento religioso em que uma platéia inerte assiste a uma apresentação, mas em que Cristo é manifestado no ajuntamento pela livre manifestação dos dons de cada membro do Corpo de Cristo. A Igreja não está encapsulada em uma instituição terrena, pois o Senhor Jesus nunca fundou nenhuma organização religiosa, apenas deixou seu Nome para aqueles que nele crerem. Ninguém se torna parte desta Igreja por ministração de sacramento, mas por arrependimento e fé no Nome, independentemente de sua filiação eclesiástica. A Igreja não é uma instituição religiosa ou um prédio, é a família de Deus . Seu governo é orgânico e não hierárquico, em que não há “mediadores”, e sim pais espirituais, servos e facilitadores. O Corpo de Cristo é o Tabernáculo de Deus na terra razão pela qual o Senhor não necessita mais de templos de alvenaria, pois habita em sua Igreja que é o Verdadeiro Templo. A missão exclusiva da Igreja é expressar o amor de Deus ao mundo por meio da pregação do Evangelho, por obras de amor e pela demonstração do poder de Deus – evidenciado por uma vida regenerada e pela operação dos dons espirituais (Jo. 2:19; 1 Cor. 6:19, 14:26, Ef. 2:19, 4:11-12).

X – Que a Igreja luta contra 3 monstros que a assombram desde o momento de sua concepção: o pecado, a heresia e a tradição religiosa. Uma sincera análise bíblica e histórica nos levará à conclusão de que, apesar da constante presença na terra de um remanescente profético (tanto dentro como fora da Igreja institucionalizada), ao longo dos séculos o cristianismo por diversas vezes sucumbiu a tais influências que gradualmente se enraizaram entre os cristãos – um processo gradual de degradação, que culminou na apostasia compreendida no período histórico denominado como Milênio das Trevas. Desde a Reforma (sec. XVI), o Senhor vem gradualmente restaurando sua Casa e purgando a Igreja de tais influências, devolvendo-nos as Escrituras, os dons espirituais, os ministérios e a revelação dos princípios em que operava a Igreja Primitiva, para que a Igreja dos últimos dias possa desfrutar de poder e de glória, comparáveis ao que experimentou a primeira geração de cristãos, para o testemunho de Cristo em meio à apostasia dos últimos tempos. E assim, Cristo será revelado na terra por uma Igreja Gloriosa, uma noiva ataviada que será levada ao encontro de seu Noivo no final dos tempos (Ef 5:27).

Assim creio, extraído do site: © Pão & Vinho


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tags

(755) Cristãos (514) Cristãos Perseguidos (514) Bíblia (480) Intolerância Religiosa (356) Israel (330) Evangélicos (302) igreja (263) Reflexão (247) apocalipse (192) oração (180) Homosexualismo (177) catolicismo (151) homofobia (146) Rede Record (143) Irã (138) escatologia (132) Missões (130) Evento Gospel (128) Silas Malafaia (121) pecado (116) Política (112) islan (110) ateus (109) Religião (105) judeus (104) Milagres (103) Natal (102) Aborto (101) Ahmadinejad (91) esporte (91) Criança (89) Testemunho (85) globo (77) guerra (72) Salvação (70) Perdão (66) pastores (64) Morte (63) Aline Barros (59) Religiosidade (56) Yousef Nadarkhani (56) PL122 (55) Amor (52) adoração (48) heresia (47) Drogas (42) Prosperidade (41) festival promessas (41) Judaísmo (39) campina grande (39) Thalles Roberto (38) Apostasia (36) Idolatria (34) mulçumanos (34) Estados Unidos (33) Família (33) Maconha (31) carnaval (30) adoradores (29) Shows (28) Catástrofes (26) Hipocrisia (26) esperança (22) Confiança (19) Mentira (19) Alegria (18) Nasa (17) Páscoa (17) DIP (16) Rei David (16) adversidade (16) consciência cristã (16) BAND (15) Conforto (15) Oriente Médio (15) Paz (15) Pena de Morte (15) Promessa (15) Pornografia (14) Sofrimento (14) Suicídio (14) BBB (12) Graça (12) Tatuagem (12) obediência (12) benção (11) dia das mães (11) impureza (11) Ansiedade (10) Rio +20 (10) livro (10) masturbação (10) Catástrofe (9) Desobediência (9) Filho pródigo (9) Justin Bieber (9) Perlla (9) Jotta A (8) Pedro Leonardo (8) Whitiney Houston (8) filho de crente (8) sony music (8) Darwin (7) Eutanásia (7) Hackers (7) Perigo (7) Senadores (7) União (7) livre arbítrio (7) presença de Deus (7) Perfeição (6) cura pela palavra (6) alienígenas (5) lei da palmada (5) Aline Barros mostra sua filha (4) Cegueira Espiritual (4) Kaka (4) Purgatório (4) escolhas (4) texto e contexto (4) torá (4) vasco (4) vigilância (4) Gratidão (3) Ressentimento (3) Segurança (3) Semeadura (3) Sodomia (3) o Caminho (3) servos (3) Cristo Redentor 80º aniversário (2) Guinnes Wolrd Records (2) Harold Camping (2) Impossiveis (2) Pressa (2) Sonho de infância (2) mundial da juventude (2) Flórida (1) Galardão (1) Michel Teló (1) Redenção (1) impios (1) recall (1) vingadores (1)