Limpando A Peneira

"... como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela, Para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra"
 (Efésios 5:25, 26).
Um jovem, ainda novo em sua fé cristã,sentia-se desencorajado em suas tentativas de ler e memorizar a Palavra de Deus. Ele falou a seu pastor: "Não adianta, não importa o quanto eu leia, sempre esqueço o que acabei de ler". O sábio pastor lhe respondeu: "Anime-se. Quando você despeja água sobre uma peneira, não importa a quantidade, não conseguirá retê-la sobre ela, mas, acabará com uma peneira limpa."
Que tipo de relacionamento estamos tendo com a Palavra de Deus? Temos procurado moldar nossas vidas pelos seus ensinos? Temos dedicado algum tempo para estudá-la? Tem ela produzido frutos em nossas atitudes diárias?
Quando lemos a Bíblia, da mesma forma que o jovem de nossa ilustração, temos dificuldades em assimilar o seu conteúdo. Muitas coisas, quando lemos pela primeira vez, não conseguimos entender. Muitas passagens, logo esquecemos. Mas uma coisa é certa: quanto mais lemos as Escrituras, mais purificados somos em nossa vida espiritual. Ela, mesmo que não seja retida em nossa mente, vai nos lavando por dentro e por fora, fazendo aparecer o brilho característico daqueles que são chamados "filhos de Deus".
Temos nós deixado a Palavra lavar nossas vidas -- nossa peneira espiritual? Temos nos colocado como luz do mundo e sal da terra em todos os ambientes que frequentamos? Temos sido, de verdade, a bênção que todo servo de Deus precisa ser?
Você tem permitido que o Senhor o purifique, lavando-o com a água de Sua Palavra? Sua vida, assim como a peneira, tem estado brilhando?

Por Paulo Roberto Barbosa

Vazamento Perigoso

"E Daniel propôs no seu coração não se contaminar com a porção das iguarias do rei..." (Daniel 1:8)
Os jornais noticiaram, alguns anos atrás, que peixes estavam morrendo no Rio Reno. Foi descoberto que cerca de 150 quilogramas de inseticida haviam vazado de uma barcaça. Só uma quantidade minúscula era suficiente para matar o peixe. Semelhantemente, um pouco de ódio é capaz de contaminar nossas almas. (Vernon Elmore)
Estamos nós permitindo que o ódio contamine nossos corações? Estamos deixando que as dúvidas sufoquem nossa fé? Estamos sucumbindo diante das aflições, consentindo, assim, que morram as nossas esperanças? Estamos permitindo que o inseticida espiritual deste mundo impeça a nossa salvação eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor?
Vamos responder "não" a todas essas perguntas. Vamos pedir a Deus que nos revista de Sua armadura e nos proteja contra os vazamentos da barcaça do pecado que percorre o mundo. Vamos deixar que o Espírito Santo nos revista de força e poder, de confiança e determinação, de pureza e obediência. Queremos andar com Deus, queremos receber as Suas maravilhosas bênçãos, queremos experimentar a verdadeira felicidade que Ele nos prometeu.
Nós já ouvimos alguém dizer que o que nos faz tropeçar não é uma grande rocha, mas, uma pequena pedra. Da mesma forma, uma pequena mentira, um pequeno rancor, uma pequena atitude mesquinha, uma pequena palavra proferida de forma ofensiva, uma pequena indiferença ao chamado de Deus, são capazes de tirar a nossa paz, de apagar o nosso brilho, de construir um abismo entre nós e o Senhor.
Algumas pessoas chegam a brincar: "Meus pecados são tão pequeninos que ninguém percebe". Há um famoso político que se gaba disso dizendo: "Uns quinze minutos no purgatório e estou pronto para ir para o Céu". Mas, será isso verdade? Assim como um pouco de inseticida pode matar um peixe, um pequeno pecado pode matar a nossa vida espiritual e o nosso relacionamento com o Pai celestial.
Portanto, procuremos andar na presença do Senhor, segurando em Sua mão e pedindo a Ele que nos proteja de todos os vazamentos pecaminosos que conduzem à morte espiritual.

Por Paulo Roberto Barbosa

Religiosidade

Jesus versus Religião.
Talvez meus queridos irmãos vocês já ouviram frases como estas que eu escolhi abaixo.
“Depois que eu entrei na igreja minha vida mudou” “ A minha igreja é a certa” “ A minha religião é a mais antiga” “ A minha forma de servir é melhor que certos adoradores” “ Não há salvação fora de minha igreja ou religião”.
 
Antes precisamos entender o que significa a palavra “Religião” e para que serve a religião.
Religião (do latim: "religio" usado na Vulgata, que significa "prestar culto a uma divindade", “ligar novamente", ou simplesmente "religar") pode ser definida como um conjunto de crenças relacionadas com aquilo que parte da humanidade considera como sobrenatural, divino, sagrado e transcendental, bem como o conjunto de rituais e códigos morais que derivam dessas crenças

Para que serve a Religião? Segundo a definição do “Wikipédia” Podemos definir em Ligar o que foi desligado. Como assim? Você deve está perguntando: Eu respondo:
Trazer de volta o coração do homem ao seu criador ligando-o novamente.

Embora as definições acima seja linda e maravilhosa até certo ponto, muitos assumem posturas de religiosos exteriorizando-o, mas seus corações não convém com seus rituais Os religiosos usam os rituais ou liturgia até em alguns pontos corretas, mas com convicções totalmente erradas

Em Isaías o profeta diz: Este povo se aproxima de mim com os seus lábio, mas os seus corações estão longe de mim Jesus também usa o mesmo texto de Isaías 1:16 , veja:
Hipócritas, bem profetizou Isaías a vosso respeito, dizendo: Este povo se aproxima de mim com a sua boca e me honra com os seus lábios, mas o seu coração está longe de mim. Mas, em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos dos homens. Mateus 15:7-9

A minha convicção não deve está relacionada a minha igreja ou instituição. Não é minha igreja que vai me salvar. Não é o ajuntamento da comunidade que eu freqüento que vai me levar para o céu, ou santificar-me.

Claro e evidente que eu não estou aqui fazendo apologia, que você fique longe de sua denominação ou igreja, mas quero aqui neste estudo, abrir os olhos de pessoas que agem da forma correta com convicções erradas.
 
Vemos muitas pessoas presas neste pensamento, que só a minha Religião é a correta, Só a minha igreja é a única que pode mudar a vida do ser humano. O Ser humano só poderá ser mudado Transformado quando este ser humano permitir que Jesus a cabeça da igreja entre em seu ser e mude sua vida e suas atitudes. Há uma grande religião que prega que não há salvação fora dela. Eu diria que é um engano pensar desta forma, pregam isto a 1300 anos. Eu diria “Não há salvação sem o Senhor da igreja chamado Jesus”, pois ele é o responsável por transformar e salvar o homem do castigo eterno.

Uma vida de religiosidade é uma vida de continuo desagrado a Deus, quanto mais o homem é religioso mais ele se afasta de seu criador. Ironia dizer isto? Eu te diria que não, mas é a pura realidade. Como lemos acima a palavra definida para a religião é: religar, mas o homem agindo apenas pela religiosidade se afasta cada vez mais de Deus.

Como diferenciar um Adorador de um Religioso?
Marca registrada de um religioso: Divisões, Quando a igreja está acima de Jesus, Não há salvação na igreja dos outros.
1- Pensar que todas a igrejas estão erradas e só a dele é a correta.
2- Vive falando, elogiando a liturgia de sua igreja e condenando a liturgia e ordem do culto dos outros.
3- Ou muda frequentemente de igreja tentando encontrar uma que se adéqüe ao seu modo de pensar ou tentando encontrar um homem infalível.
4- Exalta sua adoração, suas orações enquanto observa os erros de português enquanto os outros oram
5- Fica zangado com os outros irmãos de outras denominações, quando estes descordam de seu ponto de vista ou de sua visão.
6- É intolerante, tudo é motivo para debates e brigas .
7- Está mais preocupado com a liturgia do que a adoração e o prestar de culto.
8- Ama sentar bem na frente para que todos o veja.
9- Faz questão que apareça o seu nome após uma oferta ou dízimos.
10- Não fala de Jesus nem prega o evangelho, mas fala o tempo todo de sua igreja e as campanhas.

Enquanto isso os verdadeiros Adoradores fazem totalmente o contrário dos religiosos.
1- Ele sabe que o verdadeiro adorador, adora em Espírito e em verdade, Sabe também que onde estiverem dois ou três adoradores o Senhor da igreja se faz presente.
2- Não presta atenção no culto do outro nem tem tempo para isto, pois esta adorando. Este adorador fica em espirito de oração e sua função na igreja não é jugar os outros e sim adorar e servir.
3- Ele não deixa sua congregação por pensar que existe outra melhor. Ele sabe que só infalível o Senhor. Não ponhe a culpa na liturgia, pois sabe se algo esta errado na adoração deve se consertar.
4- Bate no peito e diz: Senhor tem misericórdia de mim pecador.
5- Tenta entender como o seu irmão ver diferente de sua visão se colocando no lugar dele.
6- É tolerante e não discute nem participa de debates que não edifica em nada. A penas ora.
7- Não atenta muito para a liturgia, pois está muito ocupado adorando a Deus. Pois foi para isto que ele foi para igreja adorar.
8- Escolhe não ficar em evidência nem aparecer, pois sabe muito bem que existe um Senhor que tem a primazia do culto.
9- Fica nos bastidores e anônimo sempre por trás de Cristo.
10- Não fala de igreja nem religião. De seus lábios só sai a palavra de Deus e salvação do homem.
Deus não procura Religiosos, Deus procura Adoradores.
Jesus encontra uma Mulher no poço de Jacó, que tinha ido buscar água e lá escuta desta mulher a seguinte pergunta: Onde devo adorar? Na igreja de “Jerusalém” ou no monte tal”? E veja o que Jesus respondeu para esta Mulher conhecida como Mulher Samaritana. João 4:20-23.
Nossos pais adoraram neste monte, e vós dizeis que é em Jerusalém o lugar onde se deve adorar.
Disse-lhe Jesus: Mulher, crê-me que a hora vem, em que nem neste monte nem em Jerusalém adorareis o Pai. Vós adorais o que não sabeis; nós adoramos o que sabemos porque a salvação vem dos judeus. Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem.
"Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade".
Qual a Religião que agrada a Deus?. Qual a igreja certa?
Lavai-vos, purificai-vos, tirai a maldade de vossos atos de diante dos meus olhos; cessai de fazer mal. Aprendei a fazer bem; procurai o que é justo; ajudai o oprimido; fazei justiça ao órfão; tratai da causa das viúvas. Isaías 1:16-17
Tiago1:26-27. Se alguém entre vós cuida ser religioso, e não refreia a sua língua, antes engana o seu coração, a religião desse é vã. A religião pura e imaculada para com Deus, o Pai, é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações, e guardar-se da corrupção do mundo.
Enquanto Jesus Salva a “Religião mata, atrofia, exclui, escraviza o homem.
Foram os religiosos que mataram Estevão apedrejado. Foram os religiosos da época que mataram Jesus.

Foram os religiosos que jogaram os aviões nas torres gêmeas nos Estados Unidos. Foram os religiosos que mataram e perseguiram os santos servos do Senhor na Inquisição. São os religiosos que nos dias atuais andam longe da igreja descrita em Atos dos Apóstolos. São religiosos que matam em nome de sua religião.

São os religiosos que se acham donos do céu. Que o Senhor restabeleça em nós seu tabernáculo e retire de nós toda religiosidade, nos fazendo verdadeiros adoradores.

Pb Josiel Dias

Ilustre visitante 277

Era um dia de inverno e fazia muito frio, chovia muito, durante duas semanas, mal podíamos ver o sol, pois nossa ilha foi afetada por temporais nunca antes vistos em toda a nossa vida.
Os ventos eram contrários e arrasadores, pareciam que não ia parar de chover. Nós fomos informados que foi um tornado euro-aquilão que passou bem perto de nossa ilha. Atos 27:14. Os navios que invernavam nela, eram jogados de um lado para o outro no porto e alguns foram totalmente destruídos, outros ficaram sem danos, entre eles um por nome de “Castor e Pólux”. Atos 28:11
Aquela noite foi a mais difícil, pois nem conseguimos dormir devido o temporal que veio sobre nós. O dia amanhecia e estávamos olhando para a praia, quando de repente:
Um navio totalmente destruído era arremessado de um lado para outro, parte deste navio, a “proa”, estava encalhada e agarrado nos corais e na areia, já a popa nada sobrou.
Pensei: muitas pessoas devem ter morrido e corri até a praia para ver mais de perto.
Para surpresa nossa, todos os viajantes daquele navio se salvaram, umas 276 pessoas. Atos 27:37. Algumas nadando, outras agarrados em pequenas partes da embarcação, só sei que todas chegaram bem à praia. Creio que os deuses devam ter salvado todas as almas desta embarcação. V44.

Corri e chamei a todos os que estavam por perto para abrigarmos e socorrermos todo aquele povo. Atos 27:39. Foi muito emocionante a solidariedade de todos, fizemos uma grande fogueira, pois o frio era demais. Havia um entre eles um homem calvo e de baixa estatura que parecia ser o líder espiritual dos demais, pois todos escutavam o que ele orientava. Este , até nos ajudou a fazer a fogueira ajuntando alguns troncos e gravetos.
Só que aconteceu algo inexplicável e aí começa a nossa historia, pois uma víbora o picou e pensamos, que ele iria rapidamente morrer, mas nada aconteceu. Conhecendo aquela víbora que era muito venenosa me surpreendi, pois nada aconteceu com ele.
Logo concluímos que ele tinha poderes de Deus então percebi que ele era filho dos deuses, pois não tenho visto ninguém sobreviver a tal picada desta víbora. Aproveitei a oportunidade e hospedei-os em nossa casa. Mesmo sem saber como meus parentes iam reagir, mas levei todo aquele povo para minha casa e ficaram lá três dias.
O mais impressionante é que o meu pai estava com febre já muitos dias, nada fazia passar aquela febre e este homem invocou um tal de Jesus, e orando a enfermidade, que havia em meu pai, na mesma hora desapareceu. Dizia ele: Este Jesus está entre nós; então tinha eu errado a conta dos náufragos não eram 276 e sim 277.
Daí nos foi apresentado este ilustre visitante chamado “Jesus” que cura a mais terrível dor e ainda salva garantindo o reino dos céus. Embora não podendo vê-lo, sentimos através dos milagres à presença de Jesus. Percebi que todos daquele navio foram salvos, pois este visitante 277 viajava com eles.
Após o meu pai ser curado daquela enfermidade, mandamos chamar todos os enfermos da ilha e “ todos foram curados” Atos 28:8-10.
Por três meses fomos evangelizado por este líder espiritual, todos da nossa ilha conheceram a Jesus o que fez tantas curas e transformou a história dessa pequena ilha.
Agora entendi porque aquele navio que invernava com insígnia de Castor e Pólux ficou tanto tempo invernando em nossa ilha. Este navio foi a providência de Deus para levar todas aquelas 276 almas. Providência maior ainda, pois deixaram entre nós o mais ilustres de todos os visitantes: Jesus o mesmo que desembarcou naquela manhã fria e chuvosa que nem percebemos. 

Ilustração sobre Públio e como o evangelho chegou na ilha de Malta. Baseada em uma história verídica, relatada em Atos dos Apóstolos capítulos 27 e 28.

*Malta está habitada desde cerca de 5200 a.C., durante o Neolítico (Ġgantija, Mnajdra). Os primeiros achados arqueológicos datam aproximadamente de 3800 a.C. Existiu nas ilhas uma civilização pré-histórica significativa antes da chegada dos fenícios, que batizaram a ilha principal de Malat, o que significa refúgio seguro. Os agricultores neolíticos viveram sobretudo em cavernas e produziram uma cerâmica similar à encontrada na Sicília. Entre 2400 e 2000 a.C., desenvolveu-se um elaborado culto aos mortos, possivelmente influenciado pelas culturas das ilhas Cíclades e de Micenas (idade do bronze). Essa cultura foi destruída por uma invasão, provavelmente vinda do sul da Itália.
Por volta do ano 1000 a.C., as ilhas eram uma colônia fenícia. Em 736 a.C., foram ocupadas pelos gregos e posteriormente passaram a ser domínio dos cartagineses (400 a.C.) e depois dos romanos (218 a.C.), quando recebeu o nome Melita. Segundo o livro dos Atos dos Apóstolos, no ano 60 da era cristã, São Paulo naufragou e chegou à costa maltesa, onde promoveu a conversão de seus habitantes. A partir desta data, os malteses aderiram ao Cristianismo e permanecem-lhe fiéis até hoje.

*Fonte . Wikipédia.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Malta


Por Josiel Dias

Uma Palavra Que Diz Tudo

"Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim" (Gálatas 2:20).
Em um cemitério, não muito distante de Nova Iorque, pode-se encontrar um sepulcro cuja lápide tem apenas uma palavra: "perdoado". Não há qualquer nome, nem data de nascimento ou morte. A pedra é adornada pela arte do escultor. não existe nenhum epitáfio, nem qualquer elogio, apenas uma palavra: "Perdoado." Mas, isto é o que de mais importante pode ser dito de qualquer pessoa, ou escrito em seu túmulo -- "Perdoado."
Sim, é maravilhoso saber que todos os nossos pecados foram perdoados. É uma bênção que não se pode comprar com dinheiro algum neste mundo. Não adianta termos tudo se não tivermos Jesus no coração, livres de qualquer condenação.
Não importa se o nosso passado não foi muito bom. Não importa se nossas atitudes não foram muito corretas. Não importa o quanto tenhamos errado diante de Deus e dos homens. O que importa é que Cristo morreu por nós, para pagar as nossas culpas, para reconciliar-nos com o Pai.
Agora somos novas criaturas. Fomos perdoados. Fomos regenerados. Fomos santificados. Estávamos nas trevas e agora brilha em nós a luz do Senhor. Estávamos perdidos e fomos achados. Estávamos mortos em nossos delitos e agora vivemos novamente.
A nossa vida, agora, é muito melhor que a anterior. É uma vida abundante e cheia de regozijo. É uma vida com um propósito renovado. É uma vida que durará para sempre!
Você já reconheceu seus erros, pedindo a Deus perdão, em nome de Jesus? Se já o fez, você também pode se alegrar plenamente, pois, com os pecados perdoados, viverá na presença do Senhor, não apenas aqui neste mundo, mas, por toda a eternidade.

Por Paulo Roberto Barbosa

Uma Força Para Os Filhos

"Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele"
 (Provérbios 22:6).
Um determinado estudo revelou que quando a mãe e o pai freqüentam regularmente as reuniões da igreja, 72 por cento dos seus filhos permanecem firmes diante de Deus. Se só o pai freqüenta regularmente as reuniões, 55 por cento dos filhos permanecem fiéis. Se apenas a mãe freqüenta as reuniões, somente 15 por cento dos filhos permanecem na igreja. Se nem a mãe e nem o pai freqüentam regularmente os serviços da igreja, só 6 por cento permanecem. As estatísticas falam por si mesmas. O exemplo dos pais é mais importante do que todos os esforços da Escola Bíblica. (Warren Mueller)
Por onde estão caminhando os nossos filhos? O que eles têm feito? Quais são os seus propósitos? Estão eles colocados no altar do Senhor, gozando de Sua proteção e Suas bênçãos?
Muitas vezes nos angustiamos pelo fato de nossos filhos estarem caminhando longe do Senhor. Às vezes os vemos envolvidos com más companhias e vícios. Pedimos a Deus que os liberte, que os faça reencontrar o caminho da salvação, que os transforme completamente, que lhes devolva a alegria de viver. E, o que mais nos entristece, é saber que somos responsáveis, em grande parte, pela situação em que se encontram.
Quando podíamos estar conduzindo-os para a igreja, preocupávamos com outras prioridades. Quando eles pediam para que os levássemos à Escola Bíblica, inventávamos uma desculpa qualquer para não irmos. Quando pediam para participar de alguma programação interessante, dizíamos que aquilo era bobagem e que havia coisa mais interessante a fazer.
Eles foram esfriando, desanimando, esquecendo... Eles cresceram e tomaram novos rumos. Queremos levá-los agora ao culto, mas eles não querem mais. Se os nossos filhos estão indo às reuniões da igreja, não podemos deixar de acompanhá-los. É a coisa mais importante de nossa vida. É a nossa maior prioridade. Nós lhes daremos o testemunho, os ajudaremos a crescer na fé e a força que irão adquirir nesse período os conduzirá, para sempre, na presença do Senhor dos senhores, o nosso Salvador Jesus Cristo.

Por Paulo Roberto Barbosa

A água que sacia...

O espírito de Deus pairava por sobre as águas, com estas palavras começa o projeto de Deus. Gênesis 1:2 (parte b). Disse Deus: Ajuntem-se as águas debaixo dos céus num só lugar, e apareça a porção seca. Gênesis 1:9.
Assim nasceu o nosso planeta. Surgiu entre águas, podemos comprovar isto, pois cerca de 71% da superfície da terra é coberta por água em estado líquido, do total desse volume, 97% aproximadamente, está nos oceanos, 2% em estado sólido nos pólos e apenas 1% deste total é distribuído entre rios, lagos e lençóis subterrâneo. São poucas quase nada, as reservas de água doce se compararmos o volume total de água do nosso planeta. Não para por aí, o nosso corpo é constituído grande parte de água, comprovadamente não há vida sem água, tudo gira em torno dela.
Hoje o tema mais discutido para o futuro é justamente a água, prevê-se que nas próximas décadas ou séculos não será o petróleo o líquido predominante entre as nações e sim a água. Graças a Deus o nosso país é privilegiado, pois temos grande, se não for a maior, reserva de água doce do planeta. O que seria de nós se não fosse a água? Conseguimos viver por um período sem comer, só tomando água, mas não sobreviveríamos sem ela. Hoje existe um grande conflito na Ásia, entre Israel e a Jordânia justamente por causa da água, pois o rio que abastece aquela região é o rio Jordão onde está sendo desviada a água, causando assim este conflito.
Que líquido é este que nós brasileiros não damos tanto valor, e na Ásia se matam por ele.
Amados, vemos toda esta briga por um líquido perecível, que bebemos agora, saciamos por algum momento a sede e mais à frente sentimos sede novamente. Irei falar de uma água mais preciosa que esta a qual relatei.
Certa ocasião o Senhor Jesus cansado de uma jornada repousa juntamente a uma nascente, conhecida como a nascente de Jacó, e se aproxima dEle uma mulher samaritana. E disse Jesus: dá-me de beber, João 4: 7.
Disse-lhe, pois, a mulher samaritana: como, sendo tu judeu, me pedes de beber a mim, que sou mulher samaritana (porque os judeus não se comunicam com os samaritanos)?E Jesus respondeu e disse-lhe: Se tu conheceras o dom de Deus e quem é o que te diz: Dá-me de beber, tu lhe pedirias, e ele te daria água viva. João 4:09-10. O que Jesus quis dizer com “água viva”? No AT, muitos textos comparam a sede de Deus à sede de água (Sl 42:1, Is 55:1; Jr 2:13; Zc 13:1). Deus é conhecido como a fonte da vida (Sl 36:9) e a fonte de água viva (Jr 17:13). Ao dizer que poderia dar a água viva que sacia pra sempre a sede de uma pessoa em relação a Deus, Jesus afirmou ser o Messias. Somente Ele é capaz de satisfazer o desejo da alma de alguém.
Embora Jesus estivesse com sede a grande mensagem que nos deixa era de saciar a sede espiritual daquela mulher. Jesus mostra para aquela mulher que bebendo daquele poço ela teria sede novamente, mas da água que Ele lhe desse nunca mais ela teria sede.
Esta água é tão preciosa que é capaz de matar a sede dos homens não por um momento, mas por toda eternidade, e ainda torná-los em uma fonte, fonte esta de água viva.
Hoje esta água está disponível para todo aquele que com sede, vem saciar -se, assim como aquela mulher samaritana fez, faça também. Se o mundo compreendesse beberia desta água, e seria salvo por ela.
Jesus a água que sacia.
Amém!

Por Josiel Dias

Gravado Na Banheira

"Por isso não desfalecemos; mas, ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo, se renova de dia em dia" (2 Coríntios 4:16).
Na banheira de um rei chinês, estava gravado o seguinte lema: "Renove-se, completamente, cada dia; faça isso outra vez, e outra vez, e, para sempre, outra vez."
Além das experiências iniciais de regeneração e completa santificação, para manter uma vida pura, devemos, diariamente, pelo Espírito, livrar-nos de todas as coisas mundanas que podem se transformar em pecado se tiverem permissão de entrar no coração de nossas vidas santificadas.
A vida cristã precisa ser renovada diariamente. A entrega do coração em uma determinada noite, a alegria de um tempo de oração, um derramar da alma em uma reunião especial, uma participação total em um Congresso de Evangelização, um final de semana em um Retiro Espiritual, e coisas semelhantes, são marcantes para a nossa vida com Deus mas não podem ficar guardadas como uma experiência única em nossa caminhada com Cristo.
A nossa vida espiritual, como um carro, precisa de combustível. Com o tanque vazio, o carro não anda. Com o nosso tanque espiritual vazio, não caminhamos na estrada da fé, não escalamos as montanhas da esperança, não navegamos pelo mar dos sonhos e das bênçãos.
A nossa vida cristã depende de um relacionamento íntimo e diário com o Senhor, de uma busca incessante de poder e graça, de um falar e ouvir a Deus em qualquer situação. Ela não tem sentido sozinha. Ela não existe sozinha. Ela, sozinha, se acaba.
A Sua vida espiritual tem se renovado constantemente? Você tem buscado ao Senhor todos os dias?

Por Paulo Roberto Barbosa

O Que andam vendo os nossos olhos?

"A candeia do corpo é o olho. Sendo, pois, o teu olho simples, também todo o teu corpo será luminoso; mas, se for mau, também o teu corpo será tenebroso" (Lucas 11:34).
De certo você já ouviu dizer que um olhar às vezes fala mais que mil palavras e que em um olhar se podem expressar, às vezes, sentimentos que, com os lábios, faltariam palavras para expressá-los.
Com os olhos se transmitem ou se recebem informações, sejam elas boas ou más; somos totalmente responsáveis pelos nossos olhos. Que informação eles recebem e transmitem? Ou o que andam eles vendo? O que tenho colocado diante deles? Nós vemos, no versículo acima, que todo um corpo pode ser totalmente comprometido e contaminado apenas pelos olhos. Se eles forem bons, todo corpo será luz, será brilho, será benção, mas se forem maus, todo o corpo fica tenebroso e impuro.
Vivemos dias difíceis, onde a prostituição e o erotismo tomaram conta dos jornais, dos outdoors. A televisão tem mostrado quase diariamente, em horário nobre, cenas de nudez e de insinuações de sexo e prostituição. É impossível ler uma manchete dos jornais, expostos nas bancas, sem ficarmos constrangidos, pois eles trazem, muitas vezes estampadas em primeira página, cenas de erotismo e nudez.
Como cristãos estamos dentro de uma cidade envolvida totalmente pelo pecado. Parece que vivemos dias como os de Sodoma e Gomorra. O diabo trabalha e investe pesado na poluição visual neste século XXI. Quais os cuidados que nós, cristãos, devemos ter? O que colocar diante dos olhos? O que ler? O que assistir? Como fugir de tais armadilhas? Filipenses 2:15: "Para que sejais irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis, no meio de uma geração corrompida e perversa, entre a qual resplandeceis como astros no mundo."
Você, meu querido irmão, é livre para ver o que quiser, mas o Apóstolo Paulo escreveu uma advertência: "Todas as coisas me são licitas, mas nem todas, me convêm." Por sermos livres, devemos usar a nossa liberdade para a glória de Deus. Gálatas 5:13: "Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade. Não useis então da liberdade para dar ocasião à carne, mas servi-vos uns aos outros pelo amor."
Lembre-se de que os olhos são a candeia do corpo. O Salmista Davi nos adverte a não colocar nada de mau diante dos nossos olhos (Salmo 101:3). Certa ocasião, um jovem me perguntou: "O crente pode assistir a filmes de terror ou eróticos, já que eu não vejo nenhum problema nisso?". Antes da resposta, fiz-lhe algumas observações: "Seria lícito? Serei edificado os vendo? O que aprenderei com esses gêneros de filmes? O Espírito Santo de Deus não ficará triste com minha atitude, uma vez que a Bíblia nos adverte a não O entristecermos? Efésios 4:30: "E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual estais selados para o dia da redenção." O jovem me respondeu: "Já tenho a resposta."
Querido irmão, o que andam vendo os nossos olhos? Temos total domínio sobre ele. É certo que ninguém evita o imprevisível, o inesperado, o constrangedor, o primeiro olhar, mas temos controle sobre o segundo, o terceiro, quarto olhares. A Bíblia nos adverte a sermos puros, tanto no corpo como na alma e no espírito. Foi em uma olhada prolongada e maliciosa que o Rei Davi arrumou um problema serio para ele. Colheu frutos terríveis pela ação de um olhar tenebroso, o qual subindo para a mente, descendo para o coração, gerou o pecado e uma morte. II Samuel 11:02: "E aconteceu que numa tarde Davi se levantou do seu leito, e andava passeando no terraço da casa real, e viu do terraço a uma mulher que se estava lavando; e era esta mulher mui formosa à vista. Este olhar de Davi contaminou totalmente a sua mente fazendo-o pecar."
Após ter colhido os frutos desse olhar, o salmista escreve este salmo maravilhoso, dizendo: "Não porei coisa má diante dos meus olhos. Odeio a obra daqueles que se desviam; não se me pegará a mim" (Salmos 101:3).
Que Deus nos conceda sabedoria vinda do alto, para percebermos as armadilhas do diabo e vigiarmos no que vemos diariamente.

Por Josiel Dias

Honestos... Ou Não?

"E encurvam a língua como se fosse o seu arco, para a mentira
(Jeremias 9:3).
Um pastor, ao despedir-se de sua congregação ao final do culto, pediu que todos lessem, durante a semana, o Capítulo 53 do Livro de Jeremias. No final de semana seguinte, ele começou o sermão da seguinte maneira: "Hoje eu quero falar sobre honestidade". Perguntou, então, quem havia lido Jeremias 53, como ele havia pedido. Mais da metade da Congregação levantou as mãos, confirmando que haviam atendido ao apelo do pastor. "Bem", disse ele, "Jeremias só tem 52 Capítulos e o meu sermão desta noite será dirigido a vocês que levantaram as mãos. Desde agora eu lhes digo que estou muito preocupado com suas vidas espirituais."
Que tipo de testemunho temos oferecido diante do altar do Senhor? Temos procurado engrandecer o nome de Jesus em tudo o que fazemos e falamos? Podem, as pessoas que nos conhecem, declarar que temos sido autênticos em nossa vida cristã? Tem a nossa vida espiritual brilhado, tanto nas reuniões da igreja, como no trabalho, na Faculdade, no supermercado, nas conversas com os amigos...?
O pregador de nossa ilustração se disse preocupado com os membros de sua Congregação. E nós, temos estado preocupados com as nossas vidas espirituais? Temos nos colocado diante de Deus, certos de que nada temos de nos envergonhar? Podemos declarar, sem temor, que ouviremos o Senhor nos chamar pelo nome, dizendo: "Vinde benditos de Meu Pai?"
O que fazemos quando cometemos erros? Procuramos escondê-los, como se isso fosse possível, ou confessamos ao Senhor as nossas falhas, esperando o Seu perdão e o Seu fortalecimento, para que possamos resistir às tentações quando as enfrentarmos novamente?
O nosso Senhor é a Verdade e esta é a única alternativa para aqueles que são chamados "filhos de Deus" e que querem adorá-lo em todas as suas atitudes.

Sua vida tem mostrado honestidade diante de Deus?

Por Paulo Roberto Barbosa

O Livro Da Vida Do Cordeiro

"E não entrará nela coisa alguma que contamine, e cometa abominação e mentira; mas só os que estão inscritos no livro da vida do Cordeiro" (Apocalipse 21:27).
"Quando nós estávamos voltando da Escola Bíblica de Férias, em certo dia de verão, minha filha pequena, Melissa, pediu para pararmos na Biblioteca. Eu lhe perguntei por que queria ir até a Biblioteca e ela me explicou: "Minha professora disse, esta manhã, que só entraremos no Céu se o nosso nome estiver inscrito no Livro da Vida do Cordeiro. Eu quero ter certeza de que meu nome está lá." (Nora Newport)
A lição da Escola Bíblica falou ao coração da pequena menina que ficou convencida de que seu nome precisava estar colocado no Livro de Deus. Tudo que ela aprendeu naqueles dias de férias ficou gravado em seu coração e ela não queria, de forma alguma, ficar longe de Deus por toda a eternidade. Apesar de ainda muito jovem, aquela menina se encheu de alegria com as promessas do Senhor e decidiu que sua vida seguiria a vontade de Deus e que desfrutaria de Seu amor, Sua graça e Suas bênçãos.
E que pensamos nós a respeito da vida eterna e da salvação em Cristo? Que valor temos dado ao fato de Jesus ter morrido por nós para perdoar nossos pecados e inserir nosso nome em Seu Livro santo? O que tem sido mais importante para nós: uma vida incerta de prazeres neste mundo ou a vida para sempre com Deus nos Céus?
Às vezes nos preocupamos tanto com nossa vida material, com sucesso e dinheiro, com uma felicidade fictícia e passageira, que esquecemos de louvar e adorar ao Senhor, de caminhar no centro de Sua vontade, de buscá-lo para cada necessidade e decisão a tomar. Achamos que somos capazes de conquistar nossos sonhos sozinhos, de alcançar sucesso por nossa própria capacidade, de atingir os nossos objetivos sem a ajuda de quem quer que seja. E, quando percebemos que somos falhos, que nossa capacidade é limitada, que os conselhos seguidos não eram bons, lembramos do Senhor. Corremos até Ele em oração, pedindo que nos ajude a sair da enrascada que nos metemos.
Tudo seria mais fácil e mais tranqüilo se O buscássemos em primeiro lugar. Muito choro e muitas decepções seriam evitados e muitas bênçãos já teriam sido recebidas.

Você crê que seu nome está inscrito no Livro da Vida?

Por Paulo Roberto Barbosa

O que faria Jesus nos dias de hoje?

Com esta pergunta começamos fazer uma reflexão dos dias de hoje como estamos vivendo e agindo a luz da Bíblia Sagrada.

Voltemos a dois mil anos e vejamos a igreja de Cristo como servia, como adorava, como ajudavam uns aos outros, observe: E Perseveravam na doutrinas dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações. E em toda alma havia temor, e muitas maravilhas e sinais se faziam pelos apóstolos, e todos que criam estavam juntos, e tinha tudo em comum, e vendiam suas propriedades e bens, e repartiam com todos, segundo cada um havia de mister.Atos 2:42-45.

Assim a igreja de Cristo começou a caminhar dando seus primeiros passos aqui na terra, estes versículos acima já dizem tudo, não havendo nenhuma necessidade de explicação. E hoje como vivemos? Vivemos como deveria viver segundo a Bíblia? Fazemos o que diz a palavra de Deus? Em nosso meio há necessitados? Em nosso meio há o repartir do pão? Crescemos como no principio?

Não precisamos responder nenhuma destas perguntas, pois o fato por si mesmo responde. O que faria Jesus nos dias de hoje? Com certeza reprovaria todas as comunidades que primeiro pensam em si, e pregam o evangelho da prosperidade do dinheiro da barganha. Observem amados, na Palavra de Deus em nenhuma parte, Jesus promete riquezas, vida fácil, prosperidade, mas ao contrario, vemos Jesus pregando vida eterna, tesouros nos céus e aflições. 

O que faria Jesus, ao visitar uma destas igrejas e ver em suas contas milhares de reais, prata, ouro e, em seus meios, membros passando fome, necessidades? O que faria Jesus, ao ver, pastores, lideres cobrando cachês para fazer uso da palavra de Deus, onde a própria palavra diz: daí de graça o que recebeste de graça? 

O que faria Jesus, ao ver homens levitas cobrando cachês altíssimo para fazer os seus shows em vez de louvar a Deus? O que faria Jesus, ao ver igrejas fazendo aliança com o mundo, onde tudo pode se fazer, onde não há doutrinas, onde seus cultos são práticas pagãs e rituais, usando versículos isolados para justificarem suas práticas? 

Hoje o nosso Mestre seria morto, não pelos os Judeus, nem pelos Romanos, mas por estes que se diz discípulos, e pregam sua palavra enganando as suas ovelhas, usando a fé para justificarem os seus erros. 

Quanto custa uma alma? Diz a palavra de Deus que não tem valor, nem toda prata e nem todo ouro pagaria uma alma arrependida ao Senhor. A dois mil anos disse Pedro: Não tenho prata nem ouro; mas o que tenho isto eu te dou. Em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, levanta-te e anda. Atos 3:6.
Hoje, está invertida a situação, dir-se-ia: Eu tenho prata e ouro, mas não posso te dar, pois é da casa do Senhor. Nem poderia dizer: levanta-te e anda, pois não tem autoridade para faze-lo.

O próprio Jesus nos alertou das falsas doutrinas, dos falsos pastores, que vem com pele de ovelhas, mas por dentro são lobos devoradores. Nós louvamos a Deus pela a sua infinita misericórdia que hoje, Jesus encontra-se como advogado e intercede por nós, mas virá um dia, que todos compareceram junto ao tribunal de Deus e Jesus não intercederá mais. Mas julgará a todos sem distinção de raça de credo, segundo o que praticarem e estes lobos serão tirados arrancados como o joio do nosso meio para sempre.

Oramos a Deus que a igreja de Cristo continue crescendo em graça e em ações como convém aos Santos. Amém

Por Josiel Dias

Quem é Você?

Quem é Você? Há aqueles que responderão dizendo o nome, outros dirão sua profissão, cargo ou função e ainda têm os que descreverão suas características pessoais.

O que na verdade acontece com a grande maioria é que não sabe de onde veio, para onde vai e qual o propósito real de sua existência. Todos os seres humanos têm sua origem em Deus, foram criados por Ele (Gn 1:27) e isso é ponto definitivo.

Nada que existe foi criado sem que tenha sido por Deus (João 1:3) logo o homem não tem origem em si mesmo ou em qualquer outra coisa, mas Deus o fez e tudo quanto Deus fez é muito bom (Gn. 1:31).

O homem é o projeto mais semelhante ao CRIADOR (Gn 1:26-27), nele DEUS imprimiu a semelhança da ética e da moral, atributo específico que nenhum outro elemento da criação recebeu, com isso determina a grande diferença do homem das demais criaturas e ao mesmo tempo é a imagem de Deus revelada.

Quando Deus criou o homem queria que se parecesse com ELE, não na forma física, pois
Deus não tem corpo de carne e osso, Ele é Espírito (João 4:24), mas na essência. Isso é tão certo que o homem é um ser que tem emoções, sentimentos, inteligência e outros mais.

A ciência tenta provar o contrário, mas a cada tentativa chega mais próximo daquilo que já está escrito há milhares de anos, Deus criou todas as coisas, inclusive o homem.
O relato de Gênesis no capítulo dois descreve com detalhes como Deus criou o homem e a mulher. O homem é a criação do sexto dia (Gn 1:24-31).

A substância utilizada para a formação do homem foi o pó da terra (Gn 2:7) e a ciência comprova isso quando afirma que dezesseis elementos químicos do solo se encontram representados no corpo humano contribuindo com sua formação orgânica, a saber: cálcio, carbono, cloro, enxofre, flúor, fósforo, hidrogênio, iodo, ferro, magnésio, manganês, nitrogênio, oxigênio, potássio, silício e sódio.

Saber de qual material o homem foi criado deve servir para reflexão quanto à fragilidade e mortalidade do ser humano, ninguém é superior ao outro nesse ponto, pois todos têm a mesma origem “O PÓ DA TERRA”.

O pó é a matéria, a natureza física, mas não é só disso que se compõe o homem, há também a natureza espiritual, a vida, a alma. Deus formou o corpo humano do pó da terra, moldou-o conforme lhe pareceu e em seguida tornou-o um organismo vivo dando-lhe o fôlego da vida a partir de um sopro em suas narinas (Gn 2:7b).

Toda vida humana é dádiva de Deus. Agora já que sabe que é a mais importante das criaturas, pois a imagem e a semelhança de Deus estão em você que foi formado do pó da terra e que a vida que tem foi um presente do SENHOR, volte-se para ELE. Lembre-se do SEU CRIADOR antes que cheguem os maus dias e os anos em que não terás mais prazer em vivê-los (Eclesiastes 12:1).

Se entregue completamente a Ele, confie os teus caminhos ao Senhor e no demais ELE cuidará de ti.

Você é a mais sublime criação de DEUS.

Por Pr. Ialan Jáy de Sá Cavalcante
IEC Alcântara

Aprendendo A Esperar

"Mas os que esperam no SENHOR renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão"
 (Isaías 40:31).
"A esperança Cristã é a esperança que viu tudo e suportou tudo, sem se desesperar, porque ela crê em Deus. A esperança Cristã não espera no espírito humano, na bondade humana, na resistência humana, na realização humana; a esperança cristã espera no poder de Deus." (William Barclay)
Em que, nós cristãos, estamos esperando? Onde estamos depositando a nossa confiança? Em que temos gasto nosso tempo e determinação? A quem estamos entregando nossos sonhos de vitória e felicidade?
Muitas vezes nos queixamos de má sorte, de derrotas, de frustrações, de insatisfação com a vida, por não conseguirmos atingir as nossas metas e nem chegar a lugar algum em nossas andanças neste mundo. Todos conseguem alcançar seus objetivos e nós sempre ficamos para trás.
Estamos sempre sendo derrotados porque não entendemos que as grandes vitórias vêm do Grande Vencedor, nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Temos nos sentido fracos porque buscamos poder em homens e não no Deus que é Todo Poderoso.
Quando confiamos no Senhor, sabemos esperar a hora certa e a forma correta de receber as bênçãos almejadas. Estamos prontos a suportar as lutas e dificuldades do caminho, compreendendo que lições serão tiradas de todas as experiências vividas e que um edifício sólido e firme estará sendo formado em nós que servirá de morada do Espírito Santo de Deus.
Se a nossa esperança está colocada em amigos, parentes ou pessoas influentes, ela é fraca e incerta. Podemos obter um resultado positivo ou não. Podemos ganhar ou perder. Porém, se está direcionada para o Senhor, trará, com certeza, muita alegria aos nossos corações e será sempre vitoriosa.

Você tem esperado em quem?

Por Paulo Roberto Barbosa

Próximos Ao Abismo

"Aquele, pois, que cuida estar em pé, olhe não caia" (1 Coríntios 10:12).
Alguém, que viajou pelas montanhas rochosas canadenses, contou que notou uma grande quantidade de árvores crescendo junto à beira dos precipícios. Muitas delas tinham suas raízes quase que totalmente descobertas. Algumas se desprenderam completamente e tombaram despenhadeiro abaixo. Elas cresceram muito próximo do abismo.
Que semelhança pode haver entre aquelas árvores e muitos de nós, cristãos? É simples: professamos a fé no Senhor Jesus e continuamos vivendo perigosamente à beira do abismo. Nossos alicerces espirituais estão presos, parte junto ao altar de Deus e parte junto ao despenhadeiro das armadilhas mundanas. Pendemos para um lado e para outro e, na maioria das vezes, acabamos rolando encosta abaixo, sem a perspectiva de conseguir subir novamente.
Quem olha de longe vê as árvores frondosas e firmes. Ao se aproximarem, percebem que elas não têm firmeza alguma. Quando estamos na igreja, assistindo as reuniões, parecemos estar firmes e comprometidos com o Senhor e com a obra que nos confiou. Porém, quando alguém se aproxima de nós e passa a nos conhecer na intimidade, verifica que estamos "pelas pontas", quase caindo, quase sucumbindo, quase igualmente perdidos.
As árvores das montanhas canadenses não podem mover-se para um lugar mais seguro, porém, nós podemos. É preciso que paremos de brincar de santos e servos e passemos a viver verdadeiramente na presença do Senhor. Nossas raízes espirituais devem estar plantadas solidamente, na obediência a Deus, na vida de oração e testemunho, na busca incessante dos ensinos de Cristo, contidos na Sua Palavra santa.
Você vai continuar brincando de "cai não cai" ou vai procurar se firmar definitivamente na presença do Senhor Jesus?

Por Paulo Roberto Barbosa

Você é meu duas Vezes....

Em uma cidadezinha do interior, aconteceu uma historia interessante, existia um carpinteiro bem conceituado, todos daquela cidade conheciam suas habilidades.
O seu filho de tanto conviver em seu trabalho aprendeu e muito se interessou pela profissão.

Certo dia o menino surpreendeu seu pai ao fazer um lindo barquinho, era perfeito, nem parecia ter sido feito por ele, recebeu vários elogios de seu pai.
Perto onde eles moravam passava um pequeno riacho onde aquele menino brincava, sempre com o seu barquinho, até que um dia derrepente a correnteza levou o barquinho e ele não conseguiu segurar a tempo o seu barquinho.

Como aquele menino chorou, muito triste volta para casa, e disse pro seu pai o que aconteceu e o seu pai lhe consola dizendo: não se preocupe filho percebo que você é bom nisto, logo você fará outro bem mais bonito que este. E a criança respondeu: você não entende papai este barquinho era especial pra mim.

Passaram os dias o menino não esquecia o seu barco, até fez outro, mas nada substituía aquele que perdera. Até que um dia ao passar com os seus coleguinhas em frente a uma loja que vendia artesanato viu o seu barquinho exposto em uma vitrine, não se contendo entrou correndo e falou com o dono: moço este barquinho é meu. O dono rindo lhe disse sim, basta compra-lo, mas o menino insistia. Sim, é o meu barquinho, eu que fiz. O dono não acreditando responde: até compreendo seu desejo pelo barquinho, todas as crianças que passa por aqui se encanta por ele. Mas pode ficar traquilo que não venderei a outro.

E aquele menino conta pro seu pai, e o pai por sua vez dar-lhe dinheiro e ele vai e compra aquele barquinho. O menino então compra o barquinho, sai dando pulos de alegria por telo de volta, apertando em seu peito diz: agora você é meu duas vezes, uma porque te fiz, outra porque te comprei.

Amado o que esta história nos traz de interessante? Deus quando fez o homem sua imagem e semelhança ele queria ter uma completa comunhão com o homem, queria telo por perto sem nada que os afastasse da sua presença. Mas o homem pecou e se distanciou da sua presença, foi levado pelas águas do pecado, ficando a quilômetros do seu criador.

Por isto Deus pela sua imensa misericórdia e amor nunca desistiu de busca-lo e espera-lo por este encontro. Mesmo que se distancie como fez o filho pródigo Ele aguarda ansioso à volta. De uma forma reconciliadora e amorosa envia seu único filho Jesus para salvar e trazer de volta aquele que se distanciou do seu caminho. Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. João 3:16. Basta um gesto para que esta comunhão se complete é só aceitar o sacrifício que foi pago pelo seu filho Jesus.

E quando aceitamos e reconhecemos este ato, Ele nos abraça e nos diz: você é meu duas vezes, uma porque te fiz, outra porque te comprei com o meu sangue.
Que Deus te abençoe hoje e sempre.
Por Josiel Dias
IEC Alcântara

Sangue de Cristo ou purgatório?

...e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado”.
Muitas pessoas ficam atemorizadas, perdidas, perplexas quando se pergunta a respeito de sua morte. Elas chegam até afirmar que Deus é quem sabe os seus destinos, outras usam até o jeitinho de rezas pós-morte, rezas de sete dias, um mês e um ano.

Oram por parentes, amigos que, já falecidos, dormem e aguardam o juízo final acompanhado por todas as obras por ele praticadas. Não cabe a nós julgarmos. A Bíblia, a palavra de Deus, nos relata a respeito do destino do Rico e de Lázaro em Lucas 16; 22-24. 22: “E aconteceu que o mendigo (Lázaro) morreu e foi levado pelos anjos para o seio de Abraão; e morreu também o rico e foi sepultado. E no Hades (lugar de tormentos) ergueu os olhos, estando em tormentos, e viu ao longe Abraão, e Lázaro no seu seio”... E prossegue a parábola.

A mentira chamada de purgatório 

Como falei no começo a respeito de orações por quem já partiu, veja o que diz o versículo 26: “E, além disso, está posto um grande abismo entre nós e vós, de sorte que os que quiserem passar daqui para vós não poderiam, nem tampouco os de lá passar para cá”. Este versículo está se referindo aquele que parte com Cristo e aquele que parte sem Ele. O versículo comprova que toda a interseção e orações por aqueles que já se foram estão nulas, pois isto não poderá reverter a situação daqueles que já partiram.

O Sangue de Cristo nos purifica de "todos os pecados" 1 João 1:7

A Bíblia a Palavra de Deus nos relata que precisamos confessar a Jesus Cristo como salvador e arrependermos de todos os nossos pecados. Só assim garantiremos a nossa vida eterna. 

Amados nós poderemos até tentar viver sem Cristo, mas com certeza será terrível morrer sem Ele. Veja o que diz a mensagem da cruz: Lucas 23: 39 a 43. Estando Jesus entre os dois ladrões, um zombava, escarnecia e até desafiava a Jesus, se Ele realmente fosse filho de Deus que descesse da cruz e salvasse a Ele mesmo e os outros, enquanto o outro o repreendia, veja o versículo 40,41 e 42: “Respondendo, porém, o outro, repreendia-o, dizendo: Tu nem ainda temes a Deus, estando na mesma condenação? E nós, na verdade, com justiça, porque recebemos o que os nossos feitos mereciam; mas este nenhum mal fez. E disse a Jesus: Senhor lembra-te de mim, quando entrares no teu reino. E disse Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no paraíso”.

Poderia ser três mortes e um único destino, (seio de Abraão - Paraíso), mas a Bíblia relata que só um escolheu, reconheceu e arrependeu-se de todos seus feitos. Estes malfeitores tiveram uma chance de ouro, digamos assim “aos 45 minutos do segundo tempo” de se arrepender, simplesmente estavam diante da Vida Eterna, diante do Filho de Deus, diante do único e suficiente Salvador.

Não é diferente nos dias de hoje, vemos muitos a dizer que Deus é quem sabe o seu destino. Nós vemos Jesus Cristo dando a muitos, todos os dias, mais uma chance de conhecê-lo, mas vemos pessoas que estão vivendo e agindo como aquele malfeitor, que mesmo estando em situações difíceis, irreversíveis, não confessam, não aceitam Jesus como seu Único Salvador, não querem se quer ouvir falar nesta Vida. Além de sofrerem nos seus dias irão sofrer o juízo final, por ter negado e não aceitado a Vida Eterna. 

Caro leitor se você não se decidiu, ainda há tempo; não deixe para última hora, pois não sabemos se iremos ter uma oportunidade como aquela que o ladrão arrependido na cruz, teve.

Por mais que seja tua dor, o teu sofrer, eu te digo que: Jesus pode curá-lo e resolver todos os teus problemas. Aceite-O, o Autor da Vida e confesse com tua boca e tua alma que só Jesus é o único e suficiente Salvador. E terás como Prêmio a Vida Eterna com Cristo nosso Senhor. Amém.

Por Josiel Dias
IEC Alcântara

Salmos 78b. Me fez Refletir

E falaram contra Deus, e disseram: Acaso pode Deus preparar-nos uma mesa no deserto?
Salmos 78:19B
Eu não sei o que você passa neste exato momento, também qual prova que você pode definir como deserto em sua vida, ou que situação presente, que está te colocando em terra seca. Acaso pode Deus prepara-te uma mesa no deserto? Acaso pode Deus te tirar desta situação? Começo esta mensagem com todas estas perguntas. Terá Deus esquecido de você?

Todo contexto do Salmo 78 apresenta algumas observações para nos dar esperança, confiança e saber que Deus é capaz de preparar não só uma mesa, mais um banquete, também para te mostrar que Ele está no controle basta apenas confiar no seu poder. Vemos neste Salmo Providencia, provisão e cuidado, mas também vemos neste Salmo esquecimento, ingratidão e murmuração. O texto base desta mensagem parte A, mostra Israel desafiando a Deus, perceba o que o versículo em sua parte inicial diz: E falaram contra Deus, e disseram...Este falar contra por si só já diz tudo.

Jamais devemos duvidar do poder de Deus e murmurar do seu cuidado, reclamar do deserto que estamos atravessando, pois Deserto é lugar de tratamento, deserto é lugar de peleja mais também deserto é lugar de milagres, lugar de intimidade com Deus. Compreenda que esta situação que você esta passando é para crescimento espiritual,e também para glorificar o nome do Senhor, pois é no deserto que seremos testados.

Fique tranqüilo pois Deus está no controle. Este Salmo também mostra que depois da provisão, Israel esqueceu do Senhor. Milagres estes que eram memoriais, simplesmente o povo de Israel esqueceram e devolveram ingratidão ao Senhor, veja os versículos: 6-7 e 11: Para que a geração vindoura a soubesse, os filhos que nascessem, os quais se levantassem e a contassem a seus filhos; Para que pusessem em Deus a sua esperança, e se não esquecessem das obras de Deus, mas guardassem os seus mandamentos. E esqueceram-se das suas obras e das maravilhas que lhes fizera ver.

Portanto Aprouve Deus a tua saída deste deserto,não sejas ingrato não esqueça o que Deus fez por você conte aos seus filhos para que a geração vindoura aprenda a confiar neste Deus de provisão. Veja o que o profeta Oséias Diz: - Eu te conheci no deserto, na terra muito seca. Depois eles se fartaram em proporção do seu pasto; estando fartos, ensoberbeceu-se o seu coração, por isso se esqueceram de mim.Oséias13:5-6.

Querido saiba que o que você tem, foi Deus que te deu, saiba que onde você está, foi Deus que te colocou ai, então; glorifique ao Senhor e dê a Ele toda gratidão por sua vida e por suas bênçãos. Eu te desafio a contar o que Deus já te fez, traga em memória todas as bênçãos recebidas. Certamente, ficarás surpreso o quanto Deus já fez. “Conte as bênçãos dize quantas são, recebidas da divina mão, vem dizer todas de uma vez, ficarás surpreso quanto Deus já fez”.

Comecei esta mensagem com algumas perguntas, terminarei com uma resposta, veja o versículo 29: Então comeram e se fartaram bem, pois lhes satisfez o desejo.

Quero profetizar sobre tua vida; Vai chover benção sobre tua vida, Deus já te deu a resposta creia em nome do Senhor. Ele não esqueceu de você.

Deus te abençoe com bênçãos espirituais, hoje e sempre. Lembre-se: O melhor de Deus, ainda está por vir.

Por Josiel Dias
IEC Alcântara

500 Anos


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tags

(779) Cristãos Perseguidos (530) Cristãos (518) Bíblia (488) Intolerância Religiosa (363) Israel (338) Evangélicos (302) igreja (264) Reflexão (247) apocalipse (194) oração (184) Homosexualismo (177) catolicismo (153) Rede Record (148) homofobia (146) Irã (140) escatologia (132) Missões (131) Evento Gospel (128) Silas Malafaia (125) pecado (120) Política (113) islan (112) ateus (109) judeus (109) Religião (105) Aborto (104) Milagres (103) Natal (102) Ahmadinejad (91) Criança (91) esporte (91) Testemunho (86) globo (77) guerra (73) Salvação (71) Perdão (70) Morte (64) pastores (64) Aline Barros (59) Religiosidade (56) Yousef Nadarkhani (56) PL122 (55) Amor (54) adoração (48) heresia (47) Drogas (42) Prosperidade (42) festival promessas (41) Judaísmo (39) Thalles Roberto (39) campina grande (39) Apostasia (38) carnaval (36) Idolatria (35) mulçumanos (34) Estados Unidos (33) Família (33) Maconha (31) adoradores (29) Shows (28) Catástrofes (26) Hipocrisia (26) Páscoa (22) esperança (22) Confiança (19) Mentira (19) Alegria (18) Nasa (18) DIP (16) Oriente Médio (16) Pornografia (16) Rei David (16) Suicídio (16) adversidade (16) consciência cristã (16) BAND (15) Conforto (15) Paz (15) Pena de Morte (15) Promessa (15) Sofrimento (14) BBB (12) Graça (12) Tatuagem (12) benção (12) obediência (12) dia das mães (11) impureza (11) Ansiedade (10) Justin Bieber (10) Rio +20 (10) livro (10) masturbação (10) Catástrofe (9) Desobediência (9) Filho pródigo (9) Perlla (9) Jotta A (8) Pedro Leonardo (8) Whitiney Houston (8) filho de crente (8) livre arbítrio (8) sony music (8) Darwin (7) Eutanásia (7) Hackers (7) Perigo (7) Senadores (7) União (7) presença de Deus (7) Perfeição (6) cura pela palavra (6) Purgatório (5) alienígenas (5) lei da palmada (5) Aline Barros mostra sua filha (4) Cegueira Espiritual (4) Kaka (4) escolhas (4) texto e contexto (4) torá (4) vasco (4) vigilância (4) Gratidão (3) Ressentimento (3) Segurança (3) Semeadura (3) Sodomia (3) o Caminho (3) servos (3) Cristo Redentor 80º aniversário (2) Guinnes Wolrd Records (2) Harold Camping (2) Impossiveis (2) Pressa (2) Sonho de infância (2) mundial da juventude (2) Flórida (1) Galardão (1) Michel Teló (1) Redenção (1) impios (1) recall (1) vingadores (1)

Uma Reflexão sobre a Crise no Brasil