Militantes do PT 'crucificam' Lula e o comparam a Jesus Cristo: "Bem-aventurado"


Militante segura cruz com foto de Lula ao centro, em frente à Câmara Municipal do Recife. (Foto: UOL)


Bem-aventurado quem sofre perseguição por causa da justiça", dizia a frase exposta na cruz que um dos militantes carregava consigo , tendo ao centro uma foto do ex-presidente.

Na última quinta-feira (22), militantes fizeram um ato em frente à Câmara Municipal do Recife (PE), para expressar seu apoio ao ex-presidente Lula, que cumpriu agenda em evento do cadidato à prefeitura local, João Paulo.

Os militantes chegaram a colocar uma foto do ex-presidente em uma cruz, sugerindo que ele estaria sendo "perseguido".

"Bem-aventurado quem sofre perseguição por causa da justiça", dizia a frase exposta na cruz que um dos militantes carregava consigo , tendo ao centro uma foto do ex-presidente.

Os protestos atacavam as investigações da Operação Lava Jato, que recentemente apontou Lula como o maior mandante de diversos esquemas de corrupção, durante seu próprio mandato e também no governo Dilma, como o mensalão e o gigantesco desvio de dinheiro público e lavagem de dinheiro, fazendo uso da Petrobras.

A cruz com a imagem de Lula foi de fato, o que mais mais chamou atenção no ato.

A previsão inicial era que Lula chegasse à capital pernambucana por volta das 16h, mas o ex-presidente acabou se atrasando por conta de uma agenda na cidade de Natal.

Ainda no Rio Grande do Norte, o próprio Lula reforçou a ideia de que ele e o Partido dos Trabalhadores têm sofrido perseguição.

"Nosso partido é perseguido, porque o povo pobre conquistou cidadania e dignidade. Esse é um legado que eles não vão conseguir acabar", disse o ex-presidente durante um evento no RN.

Mais do mesmo
A comparação feita entre Lula e Jesus Cristo por militantes petistas não é exatamente nova. Em março de 2016, logo após ter sido levado a uma delegacia da Polícia Federal sob ordem de condução coercitiva, em São Paulo, Lula reuniu colegas de partido e diversos militantes para um discurso inflamado.

O ex-presidente se comparou a Tirantes (o qual disse que foi crucificado) e até mesmo Jesus Cristo, afirmando que estava sendo perseguido porque seus inimigos não suportavam ver a 'revolução social' que o PT causou no país.


Guiame

Arqueólogos comprovam que o rei Ezequias realmente destruiu ídolos

Relato bíblico de 2 Reis é confirmado por escavações em Israel
Arqueólogos israelenses acreditam terem provas que o rei Ezequias, realmente destruiu os altos e os ídolos em Israel, conforme descrito na Bíblia, no Livro de 2 Reis.

Classificando-as como “uma descoberta importante e incomum”, a Autoridade de Antiguidades de Israel (AAI) afirmou que as escavações no Parque Nacional Laquis, no centro de Israel, revelaram um “portão-santuário” do período do Primeiro Templo, por volta do século 8 a.C.

Trata-se das ruínas do maior portão já descoberto no país. “O tamanho é consistente com o conhecimento histórico e arqueológico que possuímos, de que Laquis foi uma grande cidade, uma das mais importante depois de Jerusalém”, sublinha o diretor da escavação, Sa’ar Ganor.

No texto de 2 Reis 18: 4, lê-se que o rei Ezequias “Tirou os altos, quebrou as colunas, e deitou abaixo a Asera [postes sagrados]”. De acordo com a narrativa bíblica, tudo ocorreu às portas da cidade, onde os anciãos, os juízes, os governadores, reis e funcionários ficavam sentados em bancos.

As ruínas desses bancos também foram encontradas nessa escavação, explica Ganor. O trabalho arqueológico é desenvolvido em conjunto com a Universidade de Tel Aviv. O portão da cidade de Laquis mede cerca de 25 por 25 metros. Possui seis câmaras – três de cada lado, com a rua principal da cidade passando entre elas.

Ele está sendo restaurado e em breve poderá ser aberto ao público para visitação.
Descoberta confirma outro relato bíblico

Artefatos descobertos no local fornecem pistas de como eles eram usados 2.800 anos atrás. Bancos com braços estavam na primeira câmara. Junto aos pés desses bancos foram descobertos muitos jarros, colheres para o carregamento de grãos e potes – todos com a inscrição do nome do funcionário ou um selo indicando que pertencia ao rei.

Artefatos encontrados.

O IAA disse que os artefatos encontrados revelam os preparativos militares e administrativos de Judá para a guerra contra o rei assírio Senaqueribe, no século 8 a.C. No caso, os selos reais são iguais aos do rei Ezequias descobertos em Jerusalém, que mostravam o desenho de um sol com duas asas.

Ganor ressalta que eles ficaram admirados ao encontrar dois altares de quatro chifres. Fica claro para os pesquisadores que os chifres, onde eram amarradas as oferendas, foram “intencionalmente quebradas”. Para o diretor da escavação, “esta é provavelmente a evidência mais clara da reforma religiosa atribuída ao rei Ezequias, quando os lugares de culto [altos] edificados fora da capital foram todos destruídos”.

Além de cortar as pontas do altar, aparentemente Ezequias colocou um banheiro no lugar mais sagrado, selando assim o fim da adoração no alto, com a “maior profanação” possível. Na verdade, o “banheiro” era uma pedra em forma de cadeira com um buraco no meio. Era apenas simbólico, pois os testes mostraram que nunca foi usado.

Essa ideia de colocar uma latrina para ‘contaminar’ locais de culto é mencionada na Bíblia, como por exemplo quando o rei Jeú destruiu o culto a Baal (2 Reis 10:27). Contudo, é a primeira vez que a prática é comprovada arqueologicamente.

Autoridades israelenses comemoraram a descoberta. A Ministra da Cultura e do Esporte Miri Regev disse que “Essa descoberta junta-se a uma longa lista de outros achados que esclarecem o nosso passado histórico, um passado que se manifesta no solo do nosso país e nos escritos do Livro dos Livros: a Bíblia – o livro fundador do povo judeu”.

Shaul Goldstein, diretor-geral da Autoridade de Parques e Reservas Naturais disse que Laquis é um dos “lugares por excelência” que oferecem “prova do domínio de Israel sobre a sua terra.” 

Com informações de Jerusalém Post e CBN

Cantora Carmen Silva morre aos 71 anos

A cantora evangélica Carmen Silva faleceu na última segunda-feira, 26 de setembro, aos 71 anos, em decorrência de insuficiência cardíaca e embolia pulmonar. Ela estava internada no Hospital Presidente, em São Paulo, desde o dia 14 de setembro.

Carmen Silva foi uma cantora popular durante os anos 1970 e 1980. Sua fama começou quando venceu o concurso “Um Cantor por um Milhão, um Milhão por uma Canção”, promovido pela TV Record.

Após a participação no concurso, lançou a música “Adeus Solidão”, em 1969, ficando conhecida como Pérola Negra. Nas duas décadas seguintes, voltou a fazer sucesso com canções como “Meu Velho Pai”, “Fofurinha”, “Ser Sua Namorada”, “Sapequinha”, “Espinho na Cama”, entre outras.

De acordo com informações do G1, Carmen Sebastiana de Jesus – nome de batismo da cantora – nasceu em Veríssimo (MG) e lançou 17 álbuns seculares pelas gravadoras RCA Victor e RGE.

Após sua conversão ao Evangelho no começo dos anos 2000, Carmen Silva lançou três álbuns pela gravadora Graça Music, do missionário R. R. Soares. Em 2004, lançou o primeiro, intitulado “Volume 1”. O “Volume 2” foi lançado em 2006, e o último disco da cantora, “Minhas Canções na Voz de Carmen Silva”, trazia composições de R. R. Soares e foi lançado em 2008.

Em 2010, a Graça Music chegou a anunciar um novo álbum da cantora, nos formatos CD e DVD, mas o projeto nunca saiu do papel.

“O primeiro CD vendeu mais de 100 mil cópias, garantindo à cantora Disco de Ouro pelo trabalho”, diz o site da Graça Music, que publicou uma nota em seu Twitter: “Com pesar, comunicamos o falecimento da cantora Carmen Silva. Por anos, ela fez parte do nosso casting. Que o Senhor console a família. A filha da cantora está vindo dos Estados Unidos para o enterro da mãe”.





Fonte: GospelMais

Pastor se suicida após enviar fotos íntimas para grupo da igreja no WhatsApp

Um pastor cometeu suicídio ao tornar público, por engano, seu caso de adultério. Ele reuniu algumas fotos íntimas – os populares nudes – e enviou para um grupo de sua igreja, ao invés de selecionar apenas o contato de sua amante no WhatsApp.

O caso foi registrado na cidade de Limpopo, na África do Sul, e segundo as informações iniciais obtidas por portais cristãos internacionais, a amante do pastor seria membro da mesma igreja, a Christ Embassy.

O pastor, identificado apenas como Letsego, suicidou-se através de enforcamento, quando percebeu que as fotos de seus órgãos genitais haviam sido enviadas para os membros da igreja.

Na mensagem que acompanhava as fotos íntimas, o pastor convidou a amante para uma noite juntos: “A esposa está longe, é toda sua essa noite”, disse ele.

O erro, no entanto, só foi percebido após ele apertar o botão de envio. Os membros da igreja receberam as fotos e reagiram com choque e indignação. Diversos deles tentaram ligar para o pastor, que não atendeu aos chamados e, instantes depois, saiu do grupo.

Segundo informações do Live Monitor, o pastor foi encontrado enforcado na casa pastoral: “A conduta do pastor sempre foi motivo de preocupação. Ele sempre era visto na companhia da diaconisa Miriam, e nós suspeitamos que havia mais que a amizade”, disse um dos membros, que preferiu o anonimato.

“Questionado por sua esposa e os fiéis, ele minimizava as alegações dizendo que, como um pastor, era um pai para todos e Miriam era sua filha favorita”, acrescentou o fiel.

Não foram divulgadas informações sobre como a esposa e os filhos do pastor reagiram ao escândalo.


“Não posso ser prefeito por ser evangélico?”, questiona Crivella

Bispo licenciado nega almejar o cargo como parte do projeto de poder da Igreja Universal
Em primeiro lugar nas intenções de voto para a prefeitura do Rio de Janeiro – as pesquisas mais recentes dizem que ele tem 31% – Marcelo Crivella (PRB) está otimista. Em 2004 e 2008 ele acabou derrotado na luta pelo o cargo, mas o senador mudou o tom nesse pleito.

Ele deverá ir para segundo turno numa das eleições mais apertadas da história da cidade. Seu oponente ainda está em aberto, mas pode ser Pedro Paulo (PMDB), do partido que o derrotou na campanha para governador em 2014, quando também foi para uma segunda rodada nas urnas.

Ao que parece, um dos seus trunfos é ter conseguido diminuir a rejeição, no primeiro levantamento chegou a 35%, agora está em 21%. Também trabalhou de modo diferente a sua imagem, tentando se desvincular do cargo de bispo (licenciado) da Igreja Universal. Este ano, recebeu apoio até de um pai de santo.

Em entrevista à revista VEJA, afirmou: “a Igreja não terá nenhuma relação com minha gestão”. Questionado sobre ser alvo de preconceito, respondeu: “Sou evangélico e posso ser engenheiro. Mas por que não prefeito?”

Ele também nega que se beneficia do fato da Rede Record ser de propriedade do tio. “Se a Record fosse uma TV de evangélicos, como é que ela estaria atrás da transmissão do carnaval? A Record quer fazer televisão, o PRB quer fazer política”, assegurou, referindo-se ao partido pelo qual concorre – que para muitos é um braço político da IURD.

Chama atenção o fato dele ter se distanciado do bispo Macedo no âmbito pessoal. “A última vez que eu falei ele foi há dois anos”, afirmou à VEJA. Revelou que o tio “vive dentro do templo de Salomão”, local que ele só visitou no dia da inauguração.

Esse descolamento da sua candidatura da imagem da Universal é fruto da campanha de 2014, quando o candidato Pezão, que acabou eleito, afirmava que, caso Crivella vencesse, “quem ia tomar conta do estado era a igreja, que haveria um monopólio da religião”.

O embate com o PMDB de Pezão continua, pois Pedro Paulo classificou de “triunvirato macabro” a suposta aliança entre Crivella, o bispo Macedo e o ex-governador Anthony Garotinho, que o apoia. Devolvendo na mesma moeda, o senador foi enfático: “Nem o Edir Macedo nem o Garotinho querem ou vão participar do meu governo. Se existe um triunvirato macabro eu diria que ele é formado por Eduardo Cunha, Pedro Paulo e Sérgio Cabral”.

GospelPrime


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tags

(711) Cristãos (509) Cristãos Perseguidos (496) Bíblia (476) Intolerância Religiosa (349) Israel (319) Evangélicos (302) igreja (260) Reflexão (246) Homosexualismo (177) apocalipse (176) oração (175) catolicismo (151) homofobia (146) Rede Record (140) Irã (135) escatologia (132) Missões (130) Evento Gospel (128) Silas Malafaia (117) pecado (114) Política (109) islan (109) ateus (108) Religião (104) judeus (103) Natal (101) Milagres (99) Aborto (97) Ahmadinejad (91) esporte (91) Criança (89) Testemunho (77) globo (74) guerra (70) Salvação (66) Perdão (64) pastores (63) Morte (61) Aline Barros (59) Religiosidade (56) Yousef Nadarkhani (56) PL122 (55) Amor (51) adoração (48) heresia (46) Drogas (42) festival promessas (41) Prosperidade (40) Judaísmo (39) campina grande (39) Thalles Roberto (38) mulçumanos (34) Apostasia (33) Estados Unidos (33) Família (33) Idolatria (32) Maconha (31) carnaval (30) adoradores (29) Shows (28) Catástrofes (26) Hipocrisia (25) esperança (21) Confiança (19) Mentira (19) Alegria (18) Páscoa (17) DIP (16) Nasa (16) adversidade (16) consciência cristã (16) BAND (15) Conforto (15) Paz (15) Pena de Morte (15) Rei David (15) Oriente Médio (14) Pornografia (14) Promessa (14) Sofrimento (14) Suicídio (14) BBB (12) Graça (12) obediência (12) Tatuagem (11) benção (11) dia das mães (11) impureza (11) Ansiedade (10) Rio +20 (10) livro (10) Desobediência (9) Filho pródigo (9) Perlla (9) masturbação (9) Catástrofe (8) Jotta A (8) Justin Bieber (8) Pedro Leonardo (8) Whitiney Houston (8) filho de crente (8) sony music (8) Darwin (7) Hackers (7) Perigo (7) Senadores (7) União (7) livre arbítrio (7) presença de Deus (7) Eutanásia (6) Perfeição (6) cura pela palavra (6) alienígenas (5) lei da palmada (5) Aline Barros mostra sua filha (4) Cegueira Espiritual (4) Kaka (4) Purgatório (4) escolhas (4) texto e contexto (4) torá (4) vasco (4) vigilância (4) Gratidão (3) Ressentimento (3) Segurança (3) Semeadura (3) Sodomia (3) o Caminho (3) servos (3) Cristo Redentor 80º aniversário (2) Guinnes Wolrd Records (2) Harold Camping (2) Impossiveis (2) Pressa (2) mundial da juventude (2) Flórida (1) Galardão (1) Michel Teló (1) Redenção (1) Sonho de infância (1) impios (1) recall (1) vingadores (1)