Fique tranquilo, nossa vida está nas mãos de DEUS

O Senhor é quem te guarda; o Senhor é a tua sombra à tua direita. Salmos 121:5

Moro na área metropolitana do Rio de Janeiro,  ha 27 anos e nunca vi tanta violência em nossa Cidade e Estado. Todos os dias estampa-se nos jornais o retrato de um Estado falido, perigoso e em pedaços; tudo isso fruto da corrupção.  "Quando o governo é honesto, o país tem segurança; mas, quando o governo cobra impostos demais,(corrupto) a nação acaba em desgraça! Provérbios 29:4  
Temos notícias diariamente de alguém próximo ou parente que sofreu de algum tipo de violência. Se você é morador do Rio de Janeiro conhece muito bem essa realidade.

Estamos vivendo um período de total insegurança no Rio de Janeiro. Vemos o pânico nas pessoas em sair de suas casas. Quem não orava antes de sair para o trabalho, aprendeu a entregar sua vida antes da saída nas mãos daquele que nos guarda. "Se o SENHOR não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela." Salmos 127:1

Todos os dias seguimos a mesma orientação: se precaver de alguma forma, ser cuidadoso, para não ser mais um nas estatísticas de violência.

A coisa tá tão feia que até quem deveria nos proteger, no caso a segurança pública (policiais), estão sendo caçados e abatidos, como animais. Se não respeitam os policiais, imagina a nós, população desarmada e indefesa? Nunca na história desse País se matou tantos policiais. Olha que lastima: Em 2017 tivemos 134 policiais mortos no RJ,  Mal chegamos ao mês de abril e o ano de 2018 já registra 106 policiais baleados – sendo que 37 não resistiram. Do total, 101 eram PMs e 5 eram PCs. Destes, 53 estavam de serviço, 48 estavam de folga, 1 estava de férias fora do Estado do Rio, 3 eram reformados e 1 estava adido a outro órgão. Do total, 13 casos foram em áreas pacificadas. Dos mortos, 21 estavam de folga, 10 de serviço, 1 de férias fora do estado do Rio, 3 eram reformados e 1 estava adido a outro órgão.

Quem poderá nos Socorrer? De onde virá a nossa defesa? O que fazer? Salmos 121:1-8

Nesses dias de tanta violência te convido a meditar comigo neste Salmo 121. Faça desses versículos uma Oração. Veja que só em DEUS estaremos abrigados e seguros. Só Ele pode nos guardar dessa violência estrondosa que se espalha por nosso Estado e País.

Meditemos...

"Levantarei os meus olhos para os montes, de onde vem o meu socorro?" 
Talvez seja essa a nossa pergunta: Quem poderá nos socorrer????  Vamos a resposta??: "O meu socorro vem do Senhor que fez o céu e a terra. Eis que não tosquenejará nem dormirá o guarda de Israel".  Só DEUS para nos defender e nos socorrer. Só ELE, criador dos céus e terra, pode nos livrar dessa violência. ELE não dorme, nem cochila. Creia! a nossa segurança vem de cima, do guarda de Israel.


"Não deixará vacilar o teu pé; aquele que te guarda não tosquenejará." Na nossa caminhada diária Ele estará firmando os nossos  passos. Fiquemos tranquilos, pois quem nos guarda não cochila. 

"O Senhor é quem te guarda; o Senhor é a tua sombra à tua direita".
Como é maravilhoso saber que podemos confiar nesse DEUS. Veja como perto está o Senhor daqueles que o teme. Você já parou em um dia ensolarado e olhou sua sombra? Observou que quando você anda, obviamente sua sombra o acompanha?? 

Veja a comparação que o salmista faz, em relação a nossa segurança: Ele afirma que O SENHOR está tão perto nos guardando, que nos dias ensolarados o que se projeta no chão não é a silhueta de nosso corpo quando andamos, mas DEUS nos guardando. Glórias a Deus Por isso! 

"O sol não te molestará de dia nem a lua de noite". A presença de DEUS conosco é tão forte e nos garante que nada, digo: "Nada poderá nos molestar". Talvez o salmista nesse versículo use a figura do Sol e da lua como algo grande, forte, que arde e que, aparentemente, seja tão maior que nós, que possa vir nos ferir. Nem isso pode nos atingir quando temos DEUS como sombra.

"O Senhor te guardará de todo o mal; guardará a tua alma. O Senhor guardará a tua entrada e a tua saída, desde agora e para sempre". Para que não tenhamos dúvidas Ele guardará nossas almas, guardará nossa saída e nossa entrada. Não só um momento, mas o texto afirma: Agora e para sempre.
Amém????

Deus abençoe sua vida. Fique tranquilo, nossa vida está nas mãos de DEUS. O guarda de Israel.

Por Josiel Dias

Especialista sobre Israel diz que as profecias estão se cumprindo de forma rápida


O autor Doug Hershey comparou Israel no período antigo e nos dias atuais. (Foto: Reprodução/CBN News)



No momento em que Israel completa 70 anos desde sua independência, o cumprimento de muitas profecias é notado por especialistas. O antes e depois que marcam a história de Israel já estava previsto pelos profetas bíblicos.

Há 150 anos, o autor Mark Twain descreveu Israel como um “país desolado”, “silencioso” e “triste”. Hoje outro autor, Doug Hershey, fez uma comparação do país naquele período e nos dias atuais e ficou impressionado com as mudanças.

Hershey e sua equipe escolheram 200 fotografias de Israel datadas entre 1880 e 1940 a fim de comparar com Israel antigo com o moderno. As imagens estão registradas em seu novo livro Israel Rising: The Land of Israel Reawakens.

O livro se baseia na promessa descrita em Ezequiel 36:8, que diz: “Mas vocês, ó montes de Israel, produzirão galhos e frutos para o meu povo Israel, pois ele logo virá para casa”.

“Achamos que a profecia era para reis, pessoas ou nações. Mas Ezequiel está profetizando para a terra, quando Israel voltar como uma nação — ramos produzirão frutos, cidades devastadas serão reconstruídas, pessoas e animais serão multiplicados e a terra será cultivada e semeada”, disse Hershey à CBN News.

Universidade Hebraica de Jerusalém no Monte Scopus entre 1925-1945. (Foto: Reprodução)

Universidade Hebraica de Jerusalém no Monte Scopus em 2016. (Foto: Reprodução)

“Estamos vivendo um tempo muito profundo na história. Vivemos em um tempo onde as profecias de Isaías, Ezequiel e Jeremias de 2.700 anos atrás, que estavam adormecidas por tanto tempo, estão se cumprindo”, acrescentou o autor. “A promessa mais repetida nas escrituras é que Deus trará seu povo de volta à terra e isso quando acontecer, haverá mudanças dramáticas e as veremos”.

Hershey acredita que a própria terra de Israel parecia estar esperando pelo retorno de seu povo. “Esta terra foi conquistada 15, 20 vezes diferentes. Ela nunca se tornou uma pátria para nenhum outro grupo de pessoas e a terra nunca produziu para nenhum outro grupo de pessoas. Quando Israel voltou, de repente, as vastas terras desertas passaram a produzir flores e frutos”.

“Isaías 27 afirma que quando Israel voltar, Jacó se enraizará e encherá a terra de frutas. E por muitos séculos os crentes têm lido isso como um fato alegórico ou espiritual, mas como estamos vendo hoje, é muito literal. Está acontecendo agora”, observa o autor.

No momento em que Israel celebra seu 70º aniversário, Hershey vê um milagre. “Israel é o relógio de Deus, como muitas pessoas disseram e acredito nisso também. Muito está acontecendo aqui num período muito curto de tempo e, para mim, é um dos mais profundos milagres de nossos dias”, destaca.

Guiame

Líder muçulmano se entrega a Jesus após comparar Bíblia e Alcorão: “Maomé não está vivo”


Mario Joseph. (Imagem: Youtube)





Mario Joseph foi consagrado por seus pais ao islamismo já no ventre de sua mãe, mas quando começou a buscar Jesus sua vida mudou.
Durante a gravidez de sua mãe, os médicos queriam abortá-lo devido a uma infecção no útero dela, mas como muçulmana devota ela se recusou a fazê-lo.

“Os médicos queriam que ela matasse o bebê (eu), mas ela era uma devota muito fervorosa de Alá. Então ela não aceitou o conselho deles”, explicou Mario Joseph à HM Television.

No momento da crise da gravidez de sua mãe ela orou: “Alá, a vida pertence a você, então eu sei que você pode dar a vida. Se você der vida a este bebê, eu entregarei este bebê a você.

Joseph foi levado a acreditar que seu nascimento foi um milagre, mas o voto de dedicação de sua mãe ao Islã acarretou consequências indesejadas. “Como eu havia sido consagrado a Alá, meus pais não me mandaram para a escola. Minha infância foi muito ruim”, contou ele.

Aos oito anos, eles o enviaram para um colégio árabe-muçulmano para que ele pudesse se preparar para se tornar um imã [líder islâmico]. Notavelmente, após 10 anos de estudo, ele cumpriu esse objetivo.

Trabalhando como um mestre islâmico, ele pregava que “Jesus Cristo não é Deus”. “Para mim, Deus era apenas Alá e eu acreditava que Alá nunca se casou, então não haveria possibilidade dele ter filhos. Então eu pregava que ‘Jesus não é Deus”.

Então alguém perguntou a ele um dia: “Mas quem é Jesus?”
Enquanto ele estava certo de que “Jesus não era Deus”, ele não tinha certeza de como responder à pergunta.

Ele estudou o Alcorão exaustivamente, buscando por uma resposta. “Quando o li, eu encontrei o nome do profeta Maomé no Alcorão em quatro passagens, mas o nome de Jesus eu encontrei em 25 passagens”, disse ele à HM Television.

Ele começou a se perguntar: Por que o Alcorão dá mais preferência ao nome de Jesus que a Maomé?

O que ele achou ainda mais estranho, é que o único nome de uma mulher que citado no Alcorão é “Mariam”, que se refere a Maria, a mãe de Jesus.

Em outros lugares no Alcorão ele encontrou Jesus referido como a “Palavra de Deus” e o “Espírito de Deus”.

Outro apontou para seu título: "Jesus Cristo".
“O Alcorão diz que Jesus curou um cego de nascença e um homem com lepra. Curiosamente, o mesmo Alcorão diz que Jesus ressuscitou mortos, que Jesus foi para o céu, que ele ainda está vivo e ele virá novamente”.

Mario então percebeu que Maomé nunca curou pessoas doentes e nunca ressuscitou mortos. “Ele morreu e, de acordo com o Islã, ele não está mais vivo e também não voltará”.

O então líder muçulmano descobriu muitas diferenças entre Jesus e Maomé. Como resultado de seu estudo, ele ainda não estava pronto para chamar Jesus de Deus, mas lentamente começou a perceber que Jesus poderia ser um “profeta” maior do que Maomé.

Um retorno ao colégio
Ainda em sua investigação sobre Jesus, Joseph procurou seu professor no colégio árabe e perguntou-lhe: "Mestre, como Deus criou o universo?".

"Deus criou o universo através da palavra", respondeu o homem.
“A palavra é o criador ou a criação?”, Joseph perguntou. Enquanto aguardava a resposta, Joseph pensou: “Se meu professor disser que a Palavra é o Criador, então Jesus é o Criador, e os muçulmanos devem se tornar cristãos. Se ele disser que a palavra é a criação, então como Deus criou a palavra?”.

Seu instrutor começou a se irritar, percebendo que estava preso pela lógica de Joseph. “Ele estava muito bravo. Ele me empurrou para fora de sua sala e disse: "A palavra não é o Criador nem a criação, agora saia daqui".

Eles se encontraram mais tarde e o professor lhe disse: “Se há um filho de Deus, devo mostrar-lhe a esposa de Deus. Sem uma esposa, não há chance de ter um filho ”.

Então José mostrou-lhe uma porção do Alcorão. “O Alcorão diz que Deus pode ver sem olhos, Deus pode falar sem língua, Deus pode ouvir sem ouvidos. Se for esse o caso, ele pode ter um filho sem esposa”.

Depois de discutir com o homem, Joseph saiu, foi para casa e abriu o Alcorão aleatoriamente. Ele se abriu ao capítulo 10, versículo 94, que diz: "Se você tiver alguma dúvida sobre este Alcorão que eu dou a você, vá e leia a Bíblia ou pergunte a quem lê a Bíblia".

Joseph colocou o Alcorão em seu peito e disse: “Alá, diga-me o que devo fazer, porque seu Alcorão diz que Jesus ainda está vivo e que Maomé está morto. Em quem devo acreditar?”

Estudando a Bíblia
“Eu decidi estudar a Bíblia e fui a um centro de retiro chamado Centro de Retiro Divino na Índia.” Ele leu João capítulo um: “No princípio era a Palavra e a Palavra estava com Deus e a Palavra era Deus…”

“Então meu santo Alcorão diz que Jesus é a Palavra de Deus, agora a Bíblia Sagrada também diz que Jesus é a Palavra de Deus.” Ele vacilou em seus pensamentos, pensando que ele era um muçulmano um dia e no outro que ele poderia se tornar um cristão.

A passagem de João 1:12 teve um grande impacto sobre ele. “Foi uma palavra tão linda para mim. Diz que se alguém recebe Jesus, Ele dá a essa pessoa o poder de se tornar filha de Deus ”.

Ele também foi atingido pelo ensinamento de Jesus sobre a oração, que começa com a palavra Abba. "Não posso expressar minha alegria sempre que chamo meu Deus de pai e sempre que penso que o Criador do universo é meu pai, tenho uma espécie de alegria que não posso expressar ... está além da minha experiência ... uma experiência que não posso explicar."

O poder da Palavra e do Espírito Santo tocou seu coração e ele exclamou: “Eu preciso de Jesus porque quero ser um filho de Deus e chamar meu Deus de 'Aba pai'.

Ele nasceu de novo!
"Eu já tinha ido há muito tempo e estava desaparecido da minha casa", Joseph contou. “Meus pais achavam que eu estava na mesquita e as pessoas da mesquita pensavam que eu estava na minha casa. Então eles se comunicaram e procuraram por mim em todos os lugares. ”

Quando seu pai soube que ele estava no centro de retiro, um local cristão, ele entrou em fúria. “Meu pai chegou lá e me espancou. Eu estava sangrando pelo nariz e estava inconsciente. Então ele me levou para casa”.

Quando Joseph recuperou a consciência, ele se viu em uma pequena sala sem qualquer roupa. “Eu estava completamente nu e minhas mãos e pernas estavam presas com muita força e eu nem conseguia falar porque havia pimenta na minha boca, nariz, olhos e onde quer que tivesse feridas para causar ainda mais dor”

Seu pai achava que com aquelas torturas, ele estava obedecendo à lei do Alcorão, que aplica punições duras para aqueles que rejeitam o Islã.

“Eles não me davam comida nem água. Dentro de alguns dias eu fiquei desitratado e com meus lábio rachados. Eu estava tentando lamber um pouco de sangue para molhar a minha garganta, então meu irmão veio e passou urina na minha boca. Ele disse que ‘é o castigo para quem acredita em Cristo ”.

Após 20 dias confinado no pequeno quarto, José desmaiou e permaneceu inconsciente.
“Meu pai veio ao quarto e removeu a corrente e eu não estava acordado. Ele me enforcou com bastante força para saber se ainda havia vida em meu corpo. Quando ele fez isso, eu não consegui mais respirar. Então eu abri meus olhos e pude ver uma grande faca na mão dele”.

"É o seu último momento", disse o pai ao rapaz. “Se você disser que precisa de Alá, eu vou permitir que você viva. Se você disser que precisa de Jesus eu vou te matar”.

Jospeh conhecia seu pai bem o suficiente para saber que aquilo não era apenas uma ameaça. Então algo estranho e inesperado aconteceu.

“De repente, uma luz caiu na minha testa, como a luz da lua. Algo caiu em mim e houve uma espécie de choque elétrico e algo passou por minhas veias. De algum lugar a energia fluiu pelo meu corpo. Eu não conseguia me controlar, havia tanta energia em meus ossos. Eu puxei a mão do meu pai e gritei "Jesus!"

Quando Joseph clamou por "Jesus", seu pai caiu no chão - em cima da faca. "Havia uma grande ferida no peito e havia sangramento, e algum tipo de espuma estava vindo de sua boca e ele estava gritando".

Sua mãe, irmãos e irmãs não sabiam o que estava acontecendo. “Eles achavam que meu pai já estava morto, então eles o levaram e correram para o hospital. Quando correram para o hospital, esqueceram de trancar meu quarto do lado de fora.

Com uma explosão de energia sobrenatural vinda do alto, Jpseph saiu da sala, vestiu as roupas de seu pai, correu para fora e chamou um táxi.

O taxista que o pegou era um cristão! Ele comprou um pouco de suco e comida para Joseph e o levou para outra cidade.

“Naquele dia eu entendi que Jesus está vivo, mesmo agora. Eu sei que ele está presente em todos os lugares ”, disse ele à HM Television.

Depois da minha conversão, há 18 anos, nunca pensei que os muçulmanos me permitissem viver. Eu tenho pregado no Oriente Médio. Meu Jesus está vivo e ele está me protegendo.

Mais tarde, seus pais conduziram um serviço fúnebre falso para seu filho. "Na minha cidade natal eu tenho meu próprio túmulo", observou ele.

“Se você me perguntar quem me fez cristão, não é nenhum pai; não é nenhuma irmã; não são bispos; não são cardeais; nem é o papa; mas o santo Alcorão me converteu ao cristianismo ”.

Guiame

Mulher volta a enxergar após receber oração de evangelista na rua


Após receber a oração de Todd White, a mulher foi capaz de enxergá-lo perfeitamente. (Foto: Reprodução).








Ao ver que a mulher teve sua visão restaurada, Todd White orou por outras partes de seu corpo.


O evangelista Todd White compartilhou na última segunda-feira (16) um vídeo em seu canal no YouTube onde Deus cura a visão de uma mulher por meio de sua vida. Durante uma viagem a Cafarnaum, cidade bíblica na região do Mar da Galileia, ele colocou as mãos e orou para que Deus restaurasse completamente a visão de uma mulher que tinha visão deficiente.

Toda a experiência de cura foi captada em vídeo e publicada em seu canal. Logo no início do vídeo Todd fala sobre milagres operados por Jesus. E lembra de uma outra experiência que ele viveu. “Há quatro anos eu vim aqui e um homem que passou 27 anos sem poder andar direito recebeu oração”, contou.

“Nós oramos para que Jesus pudesse curar ele. E isso foi filmado pela TV. Então, ele pode voltar a andar. O homem foi completamente curado”, contou no vídeo.

A cena seguinte mostra Todd orando por uma mulher. “Deus, eu te agradeço por esses olhos sendo abertos agora mesmo. Em nome de Jesus. Deus obrigado pela integridade, no nome de Jesus. Eu agradeço no nome poderoso do nome de Jesus”. Ao terminar a oração, o evangelista dá o comando: “Abra”.

“O que você vê? Você pode ver?”, indaga. “Sim”, responde a mulher em seguida. “Você enxerga melhor?”, ele insiste. “Estou melhor agora”, esclarece a mulher. “Diga, os seus olhos estão vendo a rua? Eu preciso saber o que você enxerga de diferente agora”. Tood se afasta da mulher e abre umas das mãos. Ele pergunta quantos dedos ela vê. “Cinco”, responde a curada.

“Isso é muito bom. Vamos orar de novo. Você está preparada? Deus eu te agradeço, não só por esses olhos, mas eu te agradeço pelas suas costas, pelos seus pés, pelos seus joelhos. Eu te agradeço pelos seus órgãos em nome de Jesus. Agora mesmo, no nome de Jesus. Seja curada, agora mesmo. Joelhos, pés, costas, tudo. Agora, seja curada no nome de Jesus”, intercede.

“Novas articulações, novos órgãos, em nome de Jesus. Pâncreas, células, tudo novo agora, em nome de Jesus. Vem Espírito Santo”, continua.

Mais uma vez, Todd questiona sobre a saúde da mulher. “O que você sente? Pode seguir a minha mão? Eu estarei aqui, certo?”, diz ele se afastando dela novamente. A mulher curada acerta os números de novo. “Isso é surpreendente. Posso te dar um grande abraço? Deus te abençoe, foi muito bom te conhecer. Você enxerga melhor agora? Você seria capaz de enxergar isso tão longe antes da oração?”, indaga.

Confira o vídeo (em inglês):


Guiame

Após turbina de avião explodir, pastor orou para que Deus enviasse seus anjos

Apesar do acidente, aeronave conseguiu pousar, salvando a vida de 144 passageiros
Quando o voo 1380 da empresa aérea Southwest, que ia de Nova York para Dallas, foi interrompido pela explosão de uma turbina. Uma das janelas foi atingida e começou a despressurização. Os passageiros entraram em pânico quando as máscaras de oxigênio começaram a cair.

Enquanto a maioria das pessoas gritava, o pastor Timothy C. Bourman e sua esposa Amanda começaram a orar e clamar para que Deus enviasse seus anjos. “Eu peguei a mão da minha esposa e comecei a orar: ‘Amado Jesus, mande alguns anjos e nos salve disso’”, revela o líder religioso de 36 anos, que lidera a Igreja Luterana Sure Foundation, em Nova York.

Em uma postagem em sua página no Facebook afirmou: “Todos naquele avião vieram a crer em Deus. Eu orei e Deus enviou seus anjos. O motor explodiu. A porta de emergência saiu voando. Os flaps pararam de funcionar. Havia um grande buraco no avião. Um dos nossos amigos teve uma parada cardíaca. Eu nunca fiquei tão assustado e, ao mesmo tempo, tão confiante em oração. Quem precisa de uma máscara quando Deus está com você? Lembre-se de falar aos seus filhos sobre o amor de Deus em Cristo enquanto você ainda pode. Isso é tudo que eu conseguia pensar quando estávamos caindo. É tudo o que realmente importa. A vida parece diferente depois de algo assim.”

O pastor e a esposa estavam indo participar de um retiro no Texas. “Eu só lembro de segurar a mão do meu marido, e nós ficamos orando e orando”, disse Amanda à imprensa. “O que passava pela minha cabeça era o quanto queria ver novamente minhas filhas e dar-lhes um grande abraço”.

Amanda revelou ao jornal New York Times que conseguiu usar seu telefone por alguns minutos e mandou uma mensagem para o sogro, que estava cuidando das meninas de 6, 4 e 2 anos: “Ore! Um dos motores do avião explodiu. Diga às meninas que as amamos e que Jesus está com elas sempre”.

Segundo testemunhas, quando o motor esquerdo do avião explodiu, estilhaços da explosão atingiram uma janela. A passageira Jennifer Riordan, 43, foi parcialmente sugada para fora e morreu devido ao forte trauma na cabeça e pescoço.

Durante cerca de 20 minutos a piloto Tammie Jo Shults precisou de extrema habilidade para conseguir levar a aeronave até o aeroporto mais próximo. Ela realizou um pouso de emergência na Filadélfia.

Outras pessoas que estavam a bordo relataram que também oraram enquanto o caos tomava conta. Sheri Sears, 43 anos, conta que implorou a Deus por misericórdia.

Uma das sobreviventes, Amanda Bourman usou seu perfil no Instagram para agradecer a Deus e à comandante: “A pilota Tammy Jo é tão incrível! Ela nos colocou em segurança no solo. Deus enviou seus anjos para cuidarem e nós, Eu realmente ouvi alguém dizer: ‘existe um Deus!’”.




Pilota é evangélica
Aclamada como “heroína” por ter realizado um pouso tão difícil, a pilota de avião Tammie Jo Shults, 56 anos, é evangélica. Além do curso de pilotagem, ela é graduada pela Universidade Nazarena MidAmerica, um instituto cristão no Kansas.

Um representante da escola diz que ela era conhecida por seu bom testemunho. Em outras ocasiões, Shults falou sobre como sentar na cadeira do capitão dava a ela “a oportunidade de testemunhar sobre Cristo em quase todos os voos”. 

Com informações de Christian Post


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...