Medicina Perfeita Para O Físico E Para A Alma

"Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor"
 (1 Coríntios 13:13).
O amor é o melhor remédio para as doenças do mundo, disse Karl Menninger, uma autoridade no campo da medicina e psiquiatria. Ele disse aos seus comandados: "A coisa mais importante que você pode oferecer a um paciente é amor. Quando as pessoas aprendem a dar e receber amor, elas se recuperam da maior parte de suas enfermidades, tanto físicas como emocionais."
O mundo seria muito melhor se aprendêssemos a repartir amor. Aos que estão cansados de enfrentar decepções -- precisamos oferecer amor. Aos que perderam a fé e caminham sem saber para onde ir -- precisamos oferecer amor. Aos que já perderam tudo e não têm mais nada nesta vida -- precisamos oferecer amor. Aos que só acumularam derrotas em sua caminhada -- precisamos oferecer amor. Aos que nos agridem, nos ofendem, nos desprezam, nos tratam com indiferença -- precisamos oferecer amor. Aos que nos amam, que mostram um sorriso para nós, que festejam grandes conquistas, que irradiam felicidade -- também precisamos oferecer amor.
O amor alivia a solidão, suaviza os sofrimentos, estimula a esperança, acende a tão conhecida luz no fim do túnel. O amor faz levantar a cabeça, faz mover as pernas, faz estender as mãos, faz brotar um sorriso em um rosto inexpressivo.
Se não sabemos demonstrar amor, estamos enfermos espiritualmente. O cristão deve aprender a amar, deve ensinar o amor, deve carregá-lo na bagagem em todas as suas viagens. É o maior ensinamento da Bíblia, é um mandamento do nosso Pai, é o combustível para todas as grandes conquistas.

Deus é amor. Eu preciso e quero amar. Sua vida só será feliz e abençoada se estiver revestida de amor.

O amor cura o físico e a alma. Leve sempre esse remédio com você!

Por Paulo Roberto Barbosa

Ansiedade Inútil

"Não andeis ansiosos por coisa alguma..."
 (Filipenses 4:6).
Dr. Robert Elliott, um cardiologista de Nebraska, USA, tinha duas regras para administrar tensão e preocupação: Regra 1 -- "Não ficar ansioso por coisas pequenas". Regra 2 --"Todas as coisas são pequenas". (John Maxwell - Como Vencer A Preocupação)
Quando gastamos nosso tempo inutilmente com ansiedade e preocupação, perdemos ótimas oportunidades de experimentar as bênçãos que decorrem de um coração confiante e seguro no Senhor. Ele nos prometeu grandes coisas e o melhor que temos a fazer é esperar pacientemente pelo cumprimento de cada uma delas. De que adianta eu colocar as minhas inquietudes no altar de Deus se não sou capaz de esperar o tempo certo de Sua resposta?
E se nós, como o cardiologista de nossa ilustração, entendermos que grande é o Senhor e não as nossas angústias, viveremos de forma muito mais abundante e não seremos incomodados pelo estresse que elas provocam. A fé fortalece a nossa esperança e em meio a turbulências, experimentamos momentos de paz e felicidade.
De que adianta passarmos longos dias preocupados com os problemas que nos afligem se a vitória, sabemos, vem do Senhor? De que nos valerá estar desesperados se não temos força ou capacidade de resolvê-los? Deixemos que Deus tome conta de tudo. Descansemos à sombra de Seu altar e tenhamos confiança plena de que a solução logo chegará. E, se por qualquer motivo ela não vier, glorifiquemos a Deus porque Sua vontade é soberana e Ele terá coisas maiores e melhores para nós.
Abandone toda ansiedade que impede que você seja realmente feliz. Abra o seu coração para o Senhor e deixe que Ele dirija sua vida. Seus problemas, na realidade, são pequenos e logo desaparecerão.

Grande é o nosso Deus! Grandes são as bênçãos que Ele nos dá!

Por Paulo Roberto Barbosa

Esperança

Não aparecendo por muitos dia nem sol nem estrelas, e sendo nós ainda batidos por grande tempestade, fugiu-nos afinal toda a esperança de sermos salvos.
 Atos 27:20
O pequeno texto acima, parte de uma historia de naufrágio e que no ápice da tormenta e tempestade, podemos tirar lições de vida para aplicação pessoal e aperfeiçoamento cristão.
O apostolo Paulo estava sendo conduzido para Roma, preso juntamente com alguns prisioneiros. Eram duzentas e setenta e seis pessoas o total nesta viagem. Neste capitulo 27 de Atos, tiramos lições de como confiar em Deus e esperar Dele a vitória em meio às adversidades. Nos mostra também que não podemos perder jamais a esperança.
Embora este capítulo fale de tempestade, literalmente, podemos também aplicar na parte espiritual.
Eu gostaria de listar três tópicos no versículo base desta mensagem, e o que podemos aprender diante desta história tão triste e cheia de ensinamentos preciosos para as nossas vidas. O que fazer quando desaba uma tempestade sobre nossas vidas?. Tempestade, não de água literalmente falando, mas as aflições que nos causa perturbações e pavores, semelhantes a tempestade narrada neste capitulo 27 de Atos.
1- Vemos neste texto um longo tempo sem sol nem estrelas.
Literalmente falando, quando enfrentamos um grande período de chuvas ou tempestades, desejamos ardentemente o sol e sentir o calor que o mesmo proporciona. Desejamos ver estrelas e céu limpo e azulado. O sol quase sempre está nas prosas, nos versos, nas poesias como algo maravilhoso que trás esperança, dias melhores e saúde.
Todos naquele navio enfrentavam um longo período sem ver o sol nem as estrelas. Quem sabe, meu querido e amado irmão estás vivendo um período longo sobre a tempestade e tens clamado a Deus: Deus quando verei o sol? Quando estas nuvens passarão de sobre a minha vida?
Quero que saibas de uma coisa: estas nuvens, esta tempestade que enfrentas é passageira. Lembre-se que acima destas densas nuvens, o sol ainda brilha e há esperança para tua vida.
2- Caindo sobre nós uma grande tempestade.
Na historia deste texto não era uma chuvinha que todos daquele navio enfrentavam, mas o texto mostra uma grande tempestade desabando sobre eles. Talvez você tenha dito ao Senhor: Senhor, porque desta grande tempestade; eu não estou agüentando, é demais, é muito forte, estou apavorado sinto que irei morrer.
Quero te dizer algo: Não vem sobre nós nenhuma prova que não possamos suportar. Creia que Deus dará um escape para tua adversidade, ancorarás em bons portos.
3- Fugiu-nos toda a Esperança.
Existe um ditado no meio secular que diz mais ou menos assim: A esperança é a última que morre. Para aqueles viajantes só restavam morrerem, pois a esperança já havia fugido deles. Às vezes estamos enquadrados neste contexto, pois quando somos jogados de um lado para outro na tormenta agregado a um longo período de trevas e densas nuvens, perdemos também toda nossa esperança.
Mas esta historia também tem um final feliz, pois Deus já havia declarado na noite anterior para Paulo, que nenhum dos viajantes daquele navio pereceria, apenas haveria danos materiais.
As densas nuvens que pairam sobre sua vida, os problemas que cercam tua família não subsistirão, pois o Senhor trará sobre ti o Sol da justiça e a luz alegrará tua casa.
Não perca jamais tua esperança, creia que o mesmo Deus de Atos dos apóstolos continua sendo o mesmo hoje. Enxergue pelos olhos da fé um porto seguro, eu chamaria de bons portos.

Deus te abençoe ricamente hoje e sempre.

Por Josiel Dias

Um Encontro No Céu


"Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo" (Mateus 25:34).
Quando o célebre homem de Deus Phillip Brooks estava se recuperando de uma enfermidade e estava se recusando a receber visitas, conforme orientação médica, o agnóstico Robert G. Ingersoll quis lhe visitar, e foi prontamente recebido. "Sinto-me muito lisonjeado", disse Ingersoll, "mas, por que me recebeu, após recusar a visita de todos os seus amigos?" "É muito simples", respondeu o homem de Deus, "eu tenho plena confiança de encontrar todos os meus amigos no porvir, porém, esta pode ser a minha última oportunidade de vê-lo."
O homem e a mulher de Deus, não apenas se prepara para um encontro com o Senhor como também se importa com as pessoas que fazem parte de sua vida diária. Queremos a vida eterna nos Céus e queremos também que nossos parentes, nossos amigos e todas as pessoas desse mundo, tenham a mesma alegria, o mesmo regozijo, a mesma bênção.
O Senhor Jesus, um dia, nos chamará pelo nome. E dirá mais: "vinde benditos de meu Pai". Eu quero ouvir isso e quero que todos os meus amigos também ouçam. Sou feliz por ter meu nome escrito no Livro da Vida e desejo ardentemente que o nome de todos que estão me lendo também tenham os seus nomes colocados ali. Quero festejar com todos a entrada nas mansões celestiais.
Existe um hino que diz: "Desejamos ir lá, desejamos ir lá. Que alegria será, quando nós nos encontrarmos lá". Sim, será um momento de grande alegria e gozo. Estar na presença do nosso Salvador, para sempre, que felicidade!
Você já tem seu passaporte para o Céu? Já abriu o coração para Jesus?

Por Paulo Roberto Barbosa

A Páscoa Moderna






Talvez a Páscoa Moderna tente ser uma mistura das páscoas judaica, cristã, pagã e etc. Ao mesmo tempo em que tenta aproximar as pessoas de Deus, as afastam, pois apresenta um mercado capitalista, cheio de contos e histórias que envolvem a tradição pagã com o cristianismo.



Os símbolos da Páscoa Moderna
1- Ovos de chocolate- A bíblia não comenta qualquer coisa sobre o assunto. A tradição explica que o ovo representa a criação e a fecundidade, são de chocolate porque os antepassados acreditavam que o chocolate era comida dos deuses.

2- Coelhos - Por ser animal dócil, rápido e de fácil reprodução, alguns chegam ao absurdo de dizer que é um símbolo cristão e indica a rápida propagação que teve o evangelho no mundo antigo. O único animal mencionado na bíblia no período da páscoa é o Cordeiro.

3- Peixe- É um dos símbolos mais antigo dos primeiros cristãos, ao se referirem a Jesus Ressuscitado. Na época das primeiras perseguições, a palavra peixe, escrita em grego, passou a ser lida como: Jesus Cristo Filho de Deus Salvador: ICTYS: Jesus Christus Teós Yiós Soter. Assim, nas casas, nas roupas, nas conversas e nos túmulos, a figura e a palavra peixe passaram a ocupar um lugar de destaque. A relação com a Páscoa se acha no fato de as aparições de Jesus, após a Ressurreição, estarem sempre ligadas à presença do peixe (João 21:9, Lucas 24:42-43).

Quanto ao fato de não comer carne, isso deriva da prática Católica Romana de jejuar durante a Quaresma, e que acabou sendo reduzida apenas à sexta feira santa.

Antigamente, a abstinência da carne vermelha era motivada pela mesma ser um luxo e o peixe uma comida popular. O que tem acontecido em nossos dias é uma grande exploração do mercado de peixe. A bíblia não faz nenhuma menção sobre o assunto especifico, portanto não há restrição para comer carne vermelha na semana chamada “santa”.

Conselhos Bíblicos-
“Vocês morreram com Cristo e por isso estão livres dos espíritos maus que dominam o Universo. Então, por que é que vocês estão vivendo como se fossem deste mundo? Não obedeçam mais as regras como estas: “ Não toques nesta coisa”, não prove aquela”, “não pegue aquela. Todas estas proibições têm a ver com coisas que se tornam inúteis depois de usadas. São apenas regras e ensinamentos que as pessoas inventam”. Cl 2:20-22) e “Portanto, quando vocês comerem, ou beberem, ou fizerem qualquer outra coisa, façam tudo para a gloria de Deus” I Co 10:31.

O verdadeiro sentido da Páscoa tem se perdido ao longo dos tempos, devido ao capitalismo e as tradições religiosas sem sentido, as pessoas têm seguido rituais sem qualquer questionamento. É chegada a hora de questionarmos algumas atitudes e seguirmos a verdade.

Por; Pr. Ialan Jay de Sá Cavalcante.

A Páscoa Judaica e seus Símbolos

A páscoa é uma festa tradicionalmente judaica, que comemora a passagem do anjo destruidor que preservava os primogênitos Israelitas (Ex 12:12-13) e o livramento de Israel do Egito. (Ex 12:17, Dt 16:3).
Esta festa tem característica e ou rituais bem interessantes, entre eles se destacam: 1- Começa dia 14 do mês de Abide (Primeiro mês do ano judaico/ Quarto mês do nosso calendário.- Lv 23.5 ;2 Foi ordenado por Deus Ex 12:1-2, 11:3 Dura 07 dias- Ex 12.15 e 4. Esta festa caracteriza-se pela presença dos principais símbolos, que são: Cordeiro Pascoal, Pães Asmos e Ervas Amargas. Cada um desses símbolos tem um significado especifico a ser observado.
Ervas Amargas- São certos congêneres da alface. Simbolizava a lembrança que o povo deveria ter dos tempos difíceis e amargos que passaram longe de sua terra, no Egito.





Os Pães Asmos que se trata de uma espécie de pão sem fermento, somente farinha e água, era salgado e preparado pelas pessoas ao sol.
Por não ter fermento, significava o não envolvimento, ou o afastamento do povo pagão e do pecado.
O principal símbolo dessa festa, é o Cordeiro Pascoal que simbolizava o sacrifício pelos pecados, daí se explicam alguns requisitos. O cordeiro tem que ser separado por quatro dias para ser bem examinado (Ex 12:6), morto pelo povo no turno da tarde (Ex 12:6), seu sangue devia ser todo derramado (Ex12:7), tinha de ser todo assado e não podia comê-lo cru (Ex 12:8-9), nenhum osso podia ser quebrado ( Ex 12:46) e quando fosse comer deveria fazê-lo no primeiro dia da festa (Ex 12:6-8) e se fosse grande, convidava outra família para comerem juntos (Ex 12:4)
Todos estes elementos ainda estão bem presentes na festa judaica da páscoa, e podem servir para nossa reflexão nesses dias. O nosso Cordeiro Pascoal é Jesus que não tinha nenhum defeito (pecado)
(Is 9:6 / I Pedro 1:19), separado por quatro dias (Mateus 21:9) Morto pelo povo, à tarde (Atos 2:23; Lucas 22:20), vindo para os seus, mas os seus o negaram (João 1:11).
O inocente pelos culpados, o justo pelos injustos, preferiram Barrabás a Jesus. Foi crucificado e como ovelha ao matadouro, não abriu sua boca (Is 53:7), nenhum de seus ossos foi quebrado (João 19:36) e seu sangue foi totalmente derramado (Hb 9:14) para purificar todo pecado ( I João 1:7-9).
Para aqueles que estão em Cristo, a escravidão do pecado faz parte do passado amargoso e a santidade é o alvo que se deve buscar afastando-se de todo mal e das praticas do pecado.
Que nesta páscoa o Cordeiro de Deus seja o centro da sua família e chegue o tempo de arrependimento e conversão. Feliz Páscoa.

Por Pr, Ialan Jay de Sá Cavalcante.

Empurrar Uma Rocha Com Palitos De Dente

"Mas a palavra do Senhor permanece para sempre"
 (1 Pedro 1:25).
Tentar destruir ou defender a Palavra de Deus é como ter dois homens, um de cada lado, tentando empurrar, com palitos de dente, a Rocha de Gibraltar. Enquanto um tenta empurrá-la para a frente, o outro tenta empurrá-la para trás. A rocha se manterá firme, não importa o que um ou outro faça!
A Palavra de Deus é o nosso manual de conquistas. Ela nos ensina o caminho para a perfeita felicidade. Ela traz a mensagem do nosso Salvador e nos conduz pelas sendas da vontade de nosso Pai celestial.
Nela encontramos conforto nas horas de sofrimento, ânimo nos momentos de angústias, esperança quando todas as portas parecem fechadas para nós, fé quando nada mais nos pode salvar a não ser um milagre. Ela nos mostra a salvação quando a perdição parece certa.
Alguns poderão dizer que A Bíblia é um livro de fábulas. Outros dirão que é realmente inspirada por Deus e um guia para nos levar à vida eterna. Alguns dirão que está cheia de histórias da carochinha. Outros dirão que seus ensinos são uma fonte de sabedoria e vida. Alguns tentam desmoralizá-la e outros sustentam sua importância para os que confiam em Deus.
Mas, nada mudará o fato de ser a Palavra de Deus viva e eficaz e de que permanecerá para todo o sempre. Ela nos mantém no centro da vontade de Deus e enche nossa alma de gozo e satisfação. Ela transforma nossa tristeza em regozijo e nosso mau-humor em um sorriso contagiante. Ela é o livro mais importante de nossas vidas.
Se existem muitos que continuam com palitos na mão tentando mover a Rocha de Gibraltar, isso não nos importa. Se existem alguns que não se cansam de desmerecer a Palavra do Senhor, também não nos importa. O que importa é que a temos guardada no coração e que queremos, como ela, permanecer para sempre junto ao nosso Senhor Jesus Cristo

Por Paulo Roberto Barbosa

Não me mate Mãe!

"Certa mãe carregando nos braços um bebê, entrou num consultório médico e, diante deste, começou a lamuriar-se:
– Doutor, o senhor precisa me ajudar num problema muito sério. Este meu bebê ainda não completou um ano e estou grávida de novo! Não quero filhos em tão curto espaço de tempo, mas sim num espaço grande entre um e outro.
Indaga o médico:
– Muito bem... e o que a senhora quer que eu faça? A mulher, já esperançosa, respondeu:
– Desejo interromper esta gravidez e quero contar com sua ajuda. O médico pensou alguns minutos e disse para a mulher: – Acho que tenho uma melhor opção para solucionar o problema e é menos perigoso para a senhora.
A mulher sorria, certa que o médico aceitara o seu pedido, quando o ouviu dizer: – Veja bem, minha senhora... para não ficar com dois bebês em tão curto espaço de tempo, vamos matar este que está em seus braços. Assim, o outro poderá nascer... Se o caso é matar, não há diferença para mim entre um e outro. Até porque sacrificar o que a senhora tem nos braços é mais fácil e a senhora não corre nenhum risco.
A mulher apavorou-se: Não, doutor!!! Que horror!!! Matar uma criança é crime!!! É infanticídio!!!
O médico sorriu e, depois de algumas considerações, convenceu a mãe de que não existe a menor diferença entre matar uma criança ainda por nascer (mas que já vive no seio materno) e uma já crescida. O crime é exatamente o mesmo e o pecado, diante de Deus, exatamente o mesmo."

- Autor Desconhecido.

"Ai dos que chamam de mau aquilo que é bom e que chamam de bom aquilo que é mau; que fazem a luz virar escuridão e a escuridão virar luz; que fazem o amargo ficar doce e o que é doce ficar amargo! Ai dos que acham que são sábios, dos que pensam que sabem tudo!" (Isaías 5: 20 e 21)

Quem são os cristãos secretos?

Um "cristão secreto" é um cristão perseguido cuja vida corre perigo constante por ele estar seguindo Jesus. Na maioria das vezes, um cristão secreto é convertido do islamismo, mas pode ser encontrado em outras culturas também. Por se converter, ele foi agredido ou ameaçado por seu governo, seus amigos e até pela própria família. Cristãos secretos têm necessidades únicas que só podem ser supridas pelo apoio dos demais membros do Corpo de Cristo.
Ao longo deste ano, você aprenderá sobre eles, lerá seus testemunhos, saberá como orar por eles e como ajudá-los. Verá o que a Portas Abertas tem feito para ajudá-los a se manter firmes na fé a despeito das restrições que lhes são impostas por uma cultura que não permite que se expressem de forma livre. Por fim, você verá que, quando uma pessoa se converte, as circunstâncias para ela não são as mesmas se tivesse se convertido na igreja que você frequenta.
Por que esse tema foi escolhido?
Recebemos muitas informações sobre os cristãos perseguidos em geral, mas no ano de 2011 decidimos dar um destaque para aqueles cristãos que precisam exercer sua fé clandestinamente, e por isso precisam muito das nossas orações específicas por eles. Eles não podem compartilhar sua fé ou suas dificuldades uns com os outros, pois não sabem quem são seus irmãos em Cristo.
Nossos irmãos precisam de nós. Levante-se em oração por eles desde já!

portasabertas.org.br
via-Homem Cristão

Achados arqueológicos revolucionários postos sob suspeita

Recentemente, um tradutor aramaico, Steve Caruso, concluiu sua análise dos artefatos, e afirmou ter uma evidência irrefutável de que eles são falsos.
70 livros de metal supostamente descobertos em uma caverna na Jordânia foram aclamados como os primeiros documentos cristãos. Datados de poucas décadas após a morte de Jesus, os estudiosos dizem que os “códices” são a descoberta arqueológica mais importante da história.
Os livros são bastante inéditos, visto que nunca foram encontradas relíquias do movimento cristão primitivo. Aos poucos, porém, a excitação dessa descoberta foi acalmada por questionamentos quanto à autenticidade dos códices, cujo ponto de apoio eram páginas em chumbo fundido, ligadas por anéis de chumbo.
Recentemente, um tradutor aramaico, Steve Caruso, concluiu sua análise dos artefatos, e afirmou ter uma evidência irrefutável de que eles são falsos.
O especialista obteve fotos de todos os textos. Examinando-as, confirmou que havia um monte de formas de escrita aramaicas velhas (com pelo menos 2.500 anos), mas percebeu que elas estavam misturadas a outras formas de escrita mais jovens.
Olhando apuradamente, o tradutor concluiu que nunca havia visto um tipo de mistura daquelas. Os manuscritos mais novos que ele identificou, chamados Nabatean e Palmira, datam do segundo e terceiro séculos, o que prova que os documentos não poderiam ter sido escritos durante os primórdios do cristianismo.
Segundo a nova análise, mesmo os manuscritos mais antigos foram escritos por alguém que não sabia o que estava fazendo. Há inconsistências no modo como foi feita a ordem da escrita. O pesquisador afirma que os escribas tinham formas muito específicas de escrever. Além disso, vários caracteres apareceram “tremidos”, um erro que implica que eles foram copiados às pressas, e não são originais.
Um arqueólogo grego, Peter Thonemann, já tinha afirmado que as imagens que aparecem nos códices, incluindo uma de Cristo na cruz, eram anacrônicas. Segundo ele, a imagem que dizem ser Cristo é na verdade o deus do sol Hélios, a partir de uma moeda que veio da ilha de Rodes. Também há algumas inscrições em hebraico e grego nos manuscritos. O arqueólogo acredita que os códices foram falsificados nos últimos 50 anos.
O que não significa que os livros já foram desacreditados. Um estudioso de arqueologia religiosa antiga, David Elkington, continua a acreditar na autenticidade dos códices. Durante meses, ele e sua equipe têm tentado ajudar o governo jordaniano a recuperar os códices de Israel, para onde foram contrabandeados.
Eles argumentam que os códices mostram imagens de Jesus com Deus, bem como um mapa de Jerusalém e um texto discutindo a vinda do Messias. Além disso, os livros foram supostamente encontrados perto de onde refugiados cristãos acamparam, na época. A equipe ainda identifica um fragmento de leitura do texto que diz “Eu andarei em retidão”, uma possível referência à ressurreição de Jesus.
No entanto, David, um dos únicos defensores dos códices, parece estar sem credenciais acadêmicas. Outros estudiosos questionam que o “arqueólogo britânico” não é um arqueólogo. Ele parece não ocupar nenhum cargo ou posição acadêmica, e muitos dos seus trabalhos não seriam aceitos por qualquer acadêmico ou estudioso.
Os especialistas que fizeram análises posteriores dos códices – e que concluíram que eles são falsos – reclamam do embalo dos meios de comunicação. Segundo eles, a mídia acabou dando um impulso para o assunto. Algumas boas fotos provavelmente também ajudaram. Tudo parecia convincente sobre a superfície; com um pouco mais de tempo e prudência, os veículos teriam percebido que David Elkington, que trouxe o assunto para primeiro plano, está à margem da academia.
Relíquias cristãs falsas são relativamente comuns. Segundo pesquisadores, as pessoas querem muito encontrar provas materiais dos dois primeiros séculos do cristianismo, mas isso é muito difícil porque o número de cristãos neste período era incrivelmente pequeno – provavelmente menos de 7.000 por 100 d.C. – e eles não se distinguiam materialmente dos seus irmãos judeus

Fonte: Hype Science
via-notícias gospel

Arrebatamento 21 Maio 2011

Deus trará o dia do Juízo em 21 Maio 2011 
Respondeu-lhes Jesus: Acautelai-vos, que ninguém vos engane.Mateus 24:4 
Alguns dias atrás eu  observei em vários ônibus cartazes coloridos com mensagens impactantes, escritas assim:  “Deus trará o dia do Juízo”. Confesso que fiquei muito curioso, para conhecer aquela mensagem ou o que significaria toda aquele apelo. Acessei então o site informado naquele cartaz e descobri que era um projeto evangelístico baseado no livro de Jonas capítulo 3, para avisar a todos moradores do planeta que o arrebatamento se daria neste dia 21 de Maio de 2011. E que antecederia para Outubro o grande Juízo de Deus aos moradores das nações.
Mais uma vez, surge um grupo tentando adivinhar o retorno de Cristo. Estariam corretos? Será que a Bíblia fala neste dia? Existe possibilidade para eles estarem certos?
Só nos resta perguntar a Jesus. - Senhor Jesus, realmente voltarás em 21 Maio deste ano? Embora Ele já  tenha respondido esta pergunta a mais de dois mil anos, iremos mais uma vez ouvi-lo.
Jesus começa a responder a pergunta dos seus discípulos fazendo uma pequena observação:
- Acautelai-vos para que ninguém vos engane.
 Mateus 24:4
Se procurarmos na Internet veremos que muitos tentaram marcar datas para o retorno de Jesus, mas ficaram frustados, pois Ele não voltou no dia esperado. Entre as que mais errou foi a conhecida igreja do advento “ Adventista do sétimo dia”. Os Adventistas já marcaram a vinda de Cristo para: 1843 1844 (mês de Março) (Guilherme Müller, o fundador), 1847, 1850, 1852, ...Sem falar em outros grupos que também marcaram o fim da era cristã, o fim do mundo. Umas das datas mais famosas da atualidade, creio que você tenha conhecimento, é a data de 21 de Dezembro de 2012, baseado no calendário Maia. Mas ainda esta semana foi publicado na internet que os cálculos feitos em cima do calendário Maia também estavam equivocados. Agora surge outra data: 21 de Maio de 2011. Devemos estar atentos para não sermos enganados, nem ficarmos frustados com novas datas que surgirão. 
Então? Quais seriam as evidências que o noivo
 Jesus passou  para os seus discípulos
que antecederia o seu retorno? 
O capítulo 24 de São Mateus nos esclarece todas as dúvida sobre o arrebatamento da igreja, grande tribulação e castigo eterno. Estaremos listando alguns textos onde a Bíblia é categórica em afirmar que ninguém sabe, nem pode prever o dia, hora, nem ano para que o arrebatamento aconteça. Mateus 24:4, Mateus 24:36, Mateus 24:42, Mateus 24:44, Mateus 25:13, Marcos 13:35, II Pedro 3:10, Apocalipse 3:3.
Este dia 21 Maio, Não será o dia do arrebatamento, as escrituras não pode e jamais entrará em contradição. Creio que quando Jesus falou aos seus discípulos que ninguém saberia o dia de seu retorno nem ele mesmo, Ele estava dizendo: Passei as evidências de meu retorno, apenas ore, vigie e aguarde com paciência este dia, conferindo minhas profecias.
Listando as evidências de seu retorno, vemos que noventa e nove por cento foram cumpridas ao pé da letra, faltando a última e mais importante evidência de seu retorno que é o Santo Evangelho sendo pregado em todas as nações da terra. Então o próprio Jesus relata: Virá o fim.
Perguntamos aos amados irmãos: Será que todas as nações já ouviram falar de Cristo e seu evangelho? Creio que estamos quase lá para este cumprimento. Concluímos então que Jesus está as portas. Mesmo sabendo disto, não podemos marcar data nem hora de seu retorno.
O que acontecerá  então neste dia 21 Maio 2011?
Acontecerá tudo o que tem acontecido até os dias de hoje, casam-se e se dão em casamentos, pessoas nascem, outras morrem, terremotos, fome, peste mortandade e tudo que a Bíblia já previu. Aconselhamos  a todos a aguardarem  o arrebatamento a qualquer momento, até mesmo hoje pode ser o último dia da igreja aqui na terra. Maranata ora vem Senhor Jesus!!! 
Vigiai, pois, porque não sabeis
em que dia vem o vosso Senhor;
Mateus 24:42 
Olhai! vigiai! porque não sabeis quando
 chegará o tempo. Marcos 13:33 
Daquele dia e hora, porém, ninguém sabe,
 nem os anjos do céu,
nem o Filho, senão só o Pai.Mateus 24:36 

Vigiai, pois; porque não sabeis quando virá o senhor da casa; se à tarde, se à meia-noite, se ao cantar do galo, se pela manhã; Marcos 13:35  
Por Josiel Dias

Um Remédio Indispensável


"O coração alegre é como o bom remédio, mas o espírito abatido seca até os ossos"
 (Provérbios 17:22).
Dois homens, que por muito tempo haviam sido amigos, tornaram-se inimigos por um desentendimento insignificante. Um deles estava muito doente, com risco de morte. O outro veio lhe visitar, achando que era seu dever, pelos velhos tempos. O homem doente, querendo se desculpar, disse: "Eu sinto muito por todas as coisas indelicadas que lhe disse". O outro, falou que aceitava seu pedido de desculpas e que deveriam esquecer o assunto. O homem doente acrescentou: "Isso é apenas no caso de eu vir a morrer."
Muitas vezes agimos de forma semelhante. Guardamos mágoas, alimentamos ressentimentos, estragamos nossa vida e permitimos que a infelicidade nos acompanhe por longo tempo, simplesmente porque não somos capazes de amar, de perdoar, de esquecer.
Quantas coisas maravilhosas poderíamos guardar em nossas lembranças: o sorriso de uma criança a quem estendemos a mão, a gratidão de um amigo a quem socorremos em uma hora difícil, o abraço de um vizinho a quem demonstramos solidariedade, o reconhecimento de um inimigo a quem perdoamos -- e esquecemos -- uma ofensa. As recordações de tais acontecimentos encherão nossa alma de regozijo, nosso coração de grande gozo, nossos dias de verdadeira felicidade.
Quando as nossas lembranças arquivam ressentimentos, revoltas, desejos de vingança ou coisas semelhantes, não somos capazes de ver o sol brilhar, de ver o balançar das folhagens pela ação de uma brisa agradável, de ouvir os pássaros cantando belas melodias de louvor ao Criador. Nossos dias são tristes, nossas esperanças frustradas, nossos sonhos mortos.

Boas lembranças alegram o coração e isso é um remédio indispensável para uma vida abundante e vitoriosa diante de Deus.

Por Paulo Roberto Barbosa

Dançando na Chuva.

O Senhor te guiará continuamente, e te fartará até em lugares áridos, e fortificará os teus ossos; serás como um jardim regado, e como um manancial, cujas águas nunca falham. Isaías 58:11
Em 1986 tive minha primeira experiência no campo missionário, apesar de ser muito novo, fui morar em uma cidade chamada Gurjão. Cidade esta localizada no cariri Paraibano. Juntamente com minha mãe começamos o trabalho e a construção da igreja Assembléia de Deus, ali naquele município.

O estado da Paraíba na época, estava enfrentando um período de estiagem muito longo. Todas as cidades do Sertão e do cariri, estavam em estado de calamidade e emergência, o governo tentava em vão diminuir o sofrimento daqueles agricultores. Fazia exatamente três anos que não chovia, a imagem do município era triste, os agricultores sentavam na única praça para lamentar e esperar pela tão esperada chuva. Toda à tarde vinha temporal, mas de areia, formava-se aqueles redemoinho de folhas e palhas secas. Sofremos muito ali com a falta de água, lembro-me como se formava filas a espera do carro pipa.

Era muito triste, ficávamos em uma fila interminável com vasilhas vazias nas mãos, outras pessoas marcavam suas posições na fila com tonéis, latas de óleo, em fim, todo vasilhame que estava disponível para pegarem o máximo de água.

Como era triste quando o caminhão quebrava ou simplesmente não aparecia. Tínhamos que caminhar, às vezes, 40 minutos carregando água nos ombros, se virando como podia. Às vezes a fila era imensa e quando acabava o caminhão pipa de descarregar toda água, os rostos dos moradores com as latas e vasilhas vazias em suas mãos, era de cortar o coração.

Como a falta d água gera perdas, por ela se mata, por ela se morre. A visão em volta desta cidade era cinza, e avermelhada pelo barro que estava localizada na cidade.

Esta triste historia, com outras, teve o cenário modificado, com a chegada da água. Um belo dia os agricultores pegaram seus arados puxados por bois e movido pela fé, somente a fé araram aquela terra seca cheias de cardos e espinhos. E para surpresa de todos, Deus se lembrou de nós e ouviu nossa oração, enviando abundancia de chuvas.

Eu corri para rua e de tanta alegria não queria acreditar no que estava vendo, brincava e dançava debaixo das marquises dos armazéns tomando banho de chuva. A maioria dos moradores, as crianças pulavam e dançavam na enxurrada. Que alegria a água proporcionou aquela região, foi muito marcante esta imagem.

O mundo está seco, eles precisam de água, não a água que perece, mais a água da vida que é Jesus. Certa ocasião Jesus sente cede e pede a mulher samaritana um pouco de água. Ela não compreende o que o Mestre diz; Simplesmente após experimentar da água da vida, toda Samaria conhece a fonte desta água chamada Jesus. João 4:7-15.

Éramos como terra seca mais um belo dia recebemos esta água e em nós nasceu o que havia morrido, simplesmente abriu-se em nós uma fonte que jorra até hoje. Assim como a mulher samaritana, precisamos alcançar a terra seca, sejamos este canal para levar vida a este mundo seco e cheio de morte.

Tudo que aqueles velhos e crianças na cidade citada nesta história queriam, era água. Com a chegada da chuva tudo mudou, onde havia morte, agora surgia a vida; onde havia imagem cinza e feia, abria agora o verde e a vida embelezava toda a cidade.

Que maravilha, seja sincero não dá vontade de pular e dançar na presença desta água? É isso que Jesus faz quando chega, traz alegria, traz vida. O que era feio torna-se bonito na presença de Jesus, o que se pensava estar cortado e morto, no cheiro das águas revive e dá frutos, muitos frutos. Isto é vida, isto é Jesus.

A presença de Jesus altera as coisas. Seja este canal na terra seca. Leve esta água e diga: Há esperança para a terra seca.

Porque há esperança para a árvore, que, se for cortada, ainda torne a brotar, e que não cessem os seus renovos. Ainda que envelheça a sua raiz na terra, e morra o seu tronco no pó, contudo ao cheiro das águas brotará, e lançará ramos como uma planta nova. Jó 14:7-9
Mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede; pelo contrário, a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que jorre para a vida eterna. João 4:14

Por Josiel Dias

Perseguição Religiosa

Os nazistas capturavam vilarejos na Segunda Guerra e transformavam os civis em reféns. A cada soldado alemão morto no conflito, podiam executar, sei lá, cem civis. Mas nem eles matavam pessoas sob o pretexto de que o Mein Kampf tinha sido vilipendiado… É claro que estou fazendo uma ironia macabra! É para ver se certos cérebros ligam nem que seja no tranco! É inacreditável— ou melhor: é acreditável, mas é espantoso! — que delinqüentes intelectuais no Ocidente responsabilizem dois pastores , que queimaram um exemplar do Corão no EUA, pelos atentados terroristas no Afeganistão!
Com raras exceções, a imprensa ocidental teve a moralidade seqüestrada pela lógica do terrorismo islâmico. É um troço escandaloso! Durante a “revolução egípcia”, a chamada “Primavera Árabe”, que leva Arnaldo Jabor ao delírio, igrejas foram queimadas, cristãos foram assassinados pelo simples fato de… serem cristãos!, casas foram invadidas. Procurem saber o que a imprensa noticiou a respeito. Quase nada!
Atenção! Há, sim, uma religião perseguida no mundo hoje. É o cristianismo! A quase totalidade de mortes em razão de perseguição religiosa se dá contra cristãos: na Nigéria, no Sudão, na Indonésia, em quase todos os países árabes, sejam eles aliados do Ocidente ou não. Há quase dois milhões de filipinos católicos trabalhando na Arábia Saudita, fazendo o serviço que os nativos se negam a fazer. Estão proibidos de cultuar sua religião. A transgressão é considerada um crime grave. Na Nigéria, no Sudão ou na Indonésia, não se queimam exemplares da Bíblia, não; queimam-se pessoas mesmo!
Ninguém dá a menor pelota porque, afinal, o cristianismo é considerado uma religião ocidental — o que, diga-se, chega a ser uma outra burrice histórica; está fora das “vítimas influentes”. Até a minoria Bahá-í, no Irã, tem mais prestígio. Quando digo “até”, não é para subestimar ninguém. A questão não é qualitativa, mas quantitativa. São milhões os cristãos submetidos ao regime de terror, sem que isso comova os “defensores da humanidade”. Parece que o cristianismo não merece nem o olhar caridoso nem o militante.
Não obstante, em nome da “tolerância” religiosa, os nossos “pensadores” eximem de seus próprios crimes os facínoras afegãos que saem degolando a primeira coisa que se mova — desde que estrangeira — para protestar contra a “violação” de seu livro sagrado.
De resto, detesto gente covarde! E covardes protestam contra a queima de exemplares do Corão nos Estados Unidos. Os realmente corajosos vão protestar contra a queima de Bíblias em Cabul!!

Nota minha: Coisa rara em nossos dias é ver a imprensa se posicionar a favor da igreja cristã. Quando isso acontece, merece destaque. O site Portas Abertas elogiou este artigo e faço o mesmo como forma de apoio.

Por Reinaldo Azevedo
Colunista da Revista Veja
Em 4/04/2011
No seu blog

O Rio de Luto, por suas Crianças


O nosso Blog tem a responsabilidade de levar sempre uma Mensagem Edificante para sua alma. Hoje sairemos da rotina, pois eu não poderia deixar de comentar sobre o que ocorreu hoje aqui no Rio de Janeiro.
Hoje foi um dia muito triste, com este massacre em escola no bairro de Realengo. Confesso que fiquei incrédulo diante das imagens das crianças desesperadas e ensangüentadas. O dia todo não consegui pensar em outra coisa. Eu Pensava que estes "loucos" habitavam apenas no Oriente Médio e Paises Islâmicos. Eu estava totalmente enganado, bem perto de nós, havia um maluco varrido e fanático.
Confesso que é até difícil encontrar palavras para descrever o que ocorreu.
O Brasil era conhecido lá fora, como um país: calmo, pacífico e de Paz. Bem! hoje as opiniões mudaram.
Oremos a Deus pelas famílias enlutadas que perderam suas crianças. Que o Senhor tenha misericórdia de nós pais, e nos ajude a criar os nossos filhos, sempre no caminho do Senhor.
Minha solidariedade aos familiares e pais enlutados deste 07 de Abril Sombrio.

Shalom Adonai.
Josiel Dias

Queima do Alcorão nos EUA faz vítimas no Afeganistão

A queima de um exemplar do Alcorão, no último dia 20 de março, por um pastor protestante da Flórida – EUA, está motivando protestos violentos em várias cidades do Afeganistão há quatro dias. Onze pessoas já foram mortas e existem dezenas de feridos. Ore para que essa onda de intolerância cesse imediatamente e para que o amor de Cristo prevaleça.
A reação dos muçulmanos foi motivada pelo pastor Wayne Sapp, que queimou um exemplar do livro sagrado do islamismo numa igreja da Flórida, nos Estados Unidos, na presença de um outro pastor, Terry Jones, que, no ano passado, ameaçou fazer o mesmo em memória aos atentados terroristas de 11 de setembro de 2001 (acompanhe o caso).
Protestos violentos
No domingo (3), uma pessoa morreu e 18 deram entrada no hospital com ferimentos provocados por balas e pedras em hostilidade ao ato.
O presidente do Afeganistão está exigindo que o Congresso dos Estados Unidos condene a queima do exemplar do Alcorão promovida pelo pastor norte-americano Wayne Sapp.
Segundo o porta-voz do Ministério do Interior do Afeganistão, Zemarai Bashary, entre 3 mil e 4 mil pessoas saíram às ruas nas províncias de Nangarhar (Leste), Kapisa (Centro), Kandahar (Sul), Badakshan (Nordeste) e Parwan (Norte) no domingo para protestar contra o ato de blasfêmia.
No sábado (2), pelo menos nove manifestantes morreram devido a disparos da polícia em Kandahar, em sequência aos protestos contra a queima do Alcorão.
Ontem, todas as estradas foram fechadas e as lojas de Kandahar, província mais importante do Sul do país, não chegaram a abrir as portas. No distrito de Pajjwai, na mesma província, os protestos também foram violentos e os manifestantes arremessaram pedras contra as forças de segurança ferindo três policiais.
Centenas de estudantes saíram às ruas da província oriental de Nangarhar com uma petição para que seja movida uma ação judicial contra quem queimou o livro sagrado do Islã, informou um porta-voz do governo provincial, Ahmad Zía Abdulzai.
Situação hoje
O presidente afegão, Hamid Karzai, exigiu hoje, em comunicado, que o ocorrido com o Alcorão seja condenado pelo presidente, pelo Senado e pelo Congresso dos Estados Unidos e que sejam tomadas medidas para evitar que o evento se repita.
Até ao momento, 20 pessoas – sete dos quais funcionários das Nações Unidas – morreram no Afeganistão em consequência dos protestos que as autoridades têm atribuído aos talibãs, ainda que estes neguem ter qualquer relação com os acontecimentos.
O presidente norte-americano, Barack Obama, considerou a profanação do Alcorão "um ato de intolerância extrema" e enviou condolências às famílias das vítimas do ataque contra o pessoal da ONU, ocorrido na última sexta-feira (1º).O chefe da missão da ONU no Afeganistão (Unama), Staffan de Mistura, afirmou ontem que não se deve culpar os afegãos, mas sim, quem queimou o Alcorão.
Ore pelo Afeganistão
A Bíblia nos instrui claramente: “No que depender de você, tenha paz com todos”; “amem os seus inimigos e os que os perseguem”. Essa situação que está ocorrendo no Afeganistão é um alerta para que nós, Igreja Livre, possamos desfrutar de nossa liberdade com sabedoria e mansidão.
Ore por paz, para que os protestos no Afeganistão cessem sem mais casos de violência e mortes. Ore para que os pastores norte-americanos ajam com sabedoria e buscando a retratação pelo bem do Corpo de Cristo que está sofrendo as consequências desse ato.
Ore para que a Igreja no Afeganistão e arredores possa permanecer firme mesmo entre esses conflitos, seguindo o exemplo de Cristo e sendo luz em meio às trevas.

Extraído Portas Abertas

Basta Ficar Firme Na Carruagem

"... porém do SENHOR vem a vitória"
(Provérbios 21:31).
Quando Charlton Heston se mostrava preocupado com a possibilidade de não conseguir vencer a corrida de carruagens no filme Ben Hur, Cecil B. DeMille lhe disse: "Seu trabalho é permanecer firme na carruagem. Meu trabalho é garantir que você ganhe". Assim deve ser conosco. Devemos fazer o que Deus nos mandou fazer e deixar as vitórias por conta dele.
Muitas vezes estamos tão ansiosos por uma conquista que nos esquecemos de ficar firmes. Corremos para todos os lados na expectativa de conseguir a tão sonhada vitória que não lembramos que somos cristãos, filhos de Deus, discípulos de Cristo, nosso Senhor, e que a vitória nos é dada se tão somente confiarmos plenamente nEle.
Quando, em nossa caminhada, começamos a questionar: "Será que vou conseguir? Serei capaz, mesmo, de vencer? Chegarei lá?" quase sempre nos decepcionamos e a frustração é total.
Para atingir cada um de nossos propósitos, o melhor caminho é entregar tudo nas mãos do Senhor. "Senhor, eis-me aqui. Mostra-me a Tua vontade. Diga-me o que devo fazer e quais os passos a seguir. Orienta-me para que eu não tome decisões precipitadas ou equivocadas. Eu confio em Ti... eu descansarei em Ti... eu vencerei a Tua vitória.
A palavra que não podemos esquecer é: "Crê somente"! Esse é o nosso trabalho. Ele está agindo para nos abençoar, para alegrar os nossos corações, para nos conduzir em vitórias.
Se julgamos que somos capazes de vencer por nossas próprias forças, esquecemos de confiar no Senhor e, muitas vezes, nada conseguimos além de grandes decepções. Constatamos, com frequência, que não conseguimos sequer ficar firmes. E se não somos capazes de nos manter firmes na carruagem da vida, como conseguiremos vencer a corrida em busca de conquistas?

Fique firme e deixe Deus conduzir a carruagem!

Por Paulo Roberto Barbosa

A Urgência de Viver

Existem certos momentos em que mais do que nunca sentimos a urgência de viver. Kollek propõe em sua autobiografia um décimo - primeiro mandamento: “Não serás paciente”. A primeira vista, tal conselho parecer ir contra uma das qualidades mais valorizadas pela humanidade - a paciência é uma virtude!
No entanto, ao reflectirmos sobre as palavras de Kollek, percebemos que elas contêm grande sabedoria. A impaciência é necessária para remediar nossa tendência tão humana de protelar. Pois a verdade é que, em muitas aéreas vitais de nossa existência, somos pacientes demais.
Esperamos demais para fazer o que precisa ser feito, num mundo que só nos dá um dia de cada vez, sem nenhuma garantia do amanhã. Enquanto lamentamos que a vida é curta, agimos se tivéssemos a nossa disposição um estoque inesgotável de tempo.
Esperamos demais para dizer as palavras de perdão que devem ser dita, para pôr de lado os rancores que devem ser expulsos, para expressar gratidão, para dar ânimo, para oferecer consolo. Esperamos demais para ser generosos, deixando que a demora diminua a alegria de dar espontaneamente.
Esperamos demais para ser pais de nosso filhos pequenos, esquecendo quão curto é o tempo em que eles são pequenos, quão depressa a vida os faz crescer e ir embora. Esperamos demais para dar carinho a nossos pais, irmãos e amigos. Quem sabe quão logo será tarde demais?
Esperamos demais para ler os livros, ouvir as músicas, ver os quadros que estão esperando para alargar nossa mente, enriquecer nosso espírito.
Esperamos demais para enunciar as orações que estão esperando para atravessar nossos lábios, para executar as tarefas que estão esperando para serem cumpridas, para demonstrar o amor que talvez não seja necessário amanhã. Esperamos demais nos bastidores, quando a vida tem um papel para desempenharmos no palco.
Deus também está esperando - esperando-nos para o compasso de espera. Esperando que comecemos a fazer agora tudo aquilo para o que este dia e esta vida nos foram dados. Pensem nisto, o amanhã pertence somente a Deus, hoje é um dia oportuno para receber Jesus em seu coração, arrepender-se dos seus pecados, deixar a velha vida e começar uma nova caminhada ao lado de Jesus, amanhã poderá ser muito tarde.

Por: António Magnani

Falando a Verdade no dia da Mentira.

“…...ele é homicida desde o princípio, e nunca se firmou na verdade, porque nele não há verdade; quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio; porque é mentiroso, e pai da mentira. João 8:44
Hoje é comemorado em todo mundo o dia internacional da mentira. Dizem que neste dia está liberado mentir uns para os outros. Pais mentem para os filhos, filhos mentem para seus pais, maridos mentem para as esposas e esposas mentem para seus maridos. Todos riem e falam ao mesmo tempo: Mentirinha primeiro de Abril e caem na gargalhada.
O que mais nos impressiona, é que às vezes nós crentes sabemos que Deus abomina a mentira e caímos na pegadinha diabólica deste primeiro de Abril.
Alguns pais neste dia aderem a “brincadeira” mentem para seus filhos e depois rindo diz: “Primeiro de Abril”
Sinceramente não sei onde esta a graça nisto, abaixo podemos ver o surgimento deste primeiro de Abril surgiu na França e era conhecido como o dia dos bobos. A intenção do diabo é tratar e fazer o ser humano como eternos bobos, isto ele faz desde o princípio.1 João 3:8, João 8:44 .
Como novas criaturas não devemos mentir uns aos outros isto a palavra de Deus nos orienta a falar sempre a verdade CQC Custe o que Custar. Colossenses 3:9.”...não mintais uns aos outros, pois que já vos despistes do homem velho com os seus feitos,
Nós pais, temos o compromisso de ensinar os nossos filhos a verdade, não permitindo nem mentindo com eles, mesmo que seja em primeiro de Abril. Conforme nos ensinou Salomão em Provérbios: Ensina a criança no caminho que deve andar. Este “no caminho” significa: Caminhando junto com a criança.
Por isto, não podemos mentir nem permitir que os nossos filhos mintam.
Nós pais, agindo e procedendo como o mundo procede, quando os nossos filhos crescerem e viverem mentindo por qualquer situação, não temos como cobrar deles para que falem a verdade, pois eles espelharam em nós; durante a caminhada.
Jesus é a verdade e ele deseja que conheçamos esta verdade e prossigamos na Verdade . João 14:6 “..Eu sou o caminho “ a verdade” e a vida.....
Quem está em Cristo, não mente nem por brincadeirinha, a palavra do crente seja: Sim sim ou não não, pois o que passa disto é do maligno.
Seja, porém, o vosso falar: Sim, sim; não, não; pois o que passa daí, vem do Maligno. Mateus 5:37
Que nós possamos quebrar toda esta influencia maligna, que o "deus" deste século e sociedade, tentam passar para nós e nossos filhos. Que possamos transformar este século, pois esta é a nossa missão.

E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus. Romanos 12:2

Nisto conheceremos que somos da verdade, e diante dele tranquilizaremos o nosso coração; 1 João 3:19

Matando a curiosidade, com surgiu este dia;
 o dia da mentira?

Há muitas explicações para o 1 de abril ter se transformado no dia das mentiras ou dia dos bobos. Uma delas diz que a brincadeira surgiu na França. Desde o começo do século XVI, o Ano Novo era festejado no dia 25 de março, data que marcava a chegada da primavera. As festas duravam uma semana e terminavam no dia 1 de abril.
Em 1564, depois da adoção do calendário gregoriano, o rei Carlos IX de França determinou que o ano novo seria comemorado no dia 1 de janeiro. Alguns franceses resistiram à mudança e continuaram a seguir o calendário antigo, pelo qual o ano iniciaria em 1 de abril. Gozadores passaram então a ridicularizá-los, a enviar presentes esquisitos e convites para festas que não existiam. Essas brincadeiras ficaram conhecidas como plaisanteries.
Em países de língua inglesa o dia da mentira costuma ser conhecido como April Fool's Day, "Dia dos Tolos [de Abril]"; na Itália e na França ele é chamado respectivamente pesce d'aprile e poisson d'avril, literalmente "peixe de abril". No Brasil, o primeiro de abril começou a ser difundido em Minas Gerais, onde circulou A Mentira, um periódico de vida efêmera, lançado em 1º de abril de 1848, com a notícia do falecimento de Dom Pedro, desmentida no dia seguinte. A Mentira saiu pela última vez em 14 de setembro de 1849, convocando todos os credores para um acerto de contas no dia 1º de abril do ano seguinte, dando como referência um local inexistente.Origem: Do dia da Mentira Wikipédia,


Mensagem. Por Josiel Dias

500 Anos


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tags

(778) Cristãos Perseguidos (530) Cristãos (518) Bíblia (488) Intolerância Religiosa (363) Israel (338) Evangélicos (302) igreja (264) Reflexão (247) apocalipse (194) oração (184) Homosexualismo (177) catolicismo (153) Rede Record (148) homofobia (146) Irã (140) escatologia (132) Missões (131) Evento Gospel (128) Silas Malafaia (125) pecado (120) Política (113) islan (112) ateus (109) judeus (109) Religião (105) Aborto (104) Milagres (103) Natal (102) Ahmadinejad (91) Criança (91) esporte (91) Testemunho (86) globo (77) guerra (73) Salvação (71) Perdão (70) Morte (64) pastores (64) Aline Barros (59) Religiosidade (56) Yousef Nadarkhani (56) PL122 (55) Amor (54) adoração (48) heresia (47) Drogas (42) Prosperidade (42) festival promessas (41) Judaísmo (39) Thalles Roberto (39) campina grande (39) Apostasia (38) carnaval (36) Idolatria (35) mulçumanos (34) Estados Unidos (33) Família (33) Maconha (31) adoradores (29) Shows (28) Catástrofes (26) Hipocrisia (26) Páscoa (22) esperança (22) Confiança (19) Mentira (19) Alegria (18) Nasa (18) DIP (16) Oriente Médio (16) Pornografia (16) Rei David (16) Suicídio (16) adversidade (16) consciência cristã (16) BAND (15) Conforto (15) Paz (15) Pena de Morte (15) Promessa (15) Sofrimento (14) BBB (12) Graça (12) Tatuagem (12) benção (12) obediência (12) dia das mães (11) impureza (11) Ansiedade (10) Justin Bieber (10) Rio +20 (10) livro (10) masturbação (10) Catástrofe (9) Desobediência (9) Filho pródigo (9) Perlla (9) Jotta A (8) Pedro Leonardo (8) Whitiney Houston (8) filho de crente (8) livre arbítrio (8) sony music (8) Darwin (7) Eutanásia (7) Hackers (7) Perigo (7) Senadores (7) União (7) presença de Deus (7) Perfeição (6) cura pela palavra (6) Purgatório (5) alienígenas (5) lei da palmada (5) Aline Barros mostra sua filha (4) Cegueira Espiritual (4) Kaka (4) escolhas (4) texto e contexto (4) torá (4) vasco (4) vigilância (4) Gratidão (3) Ressentimento (3) Segurança (3) Semeadura (3) Sodomia (3) o Caminho (3) servos (3) Cristo Redentor 80º aniversário (2) Guinnes Wolrd Records (2) Harold Camping (2) Impossiveis (2) Pressa (2) Sonho de infância (2) mundial da juventude (2) Flórida (1) Galardão (1) Michel Teló (1) Redenção (1) impios (1) recall (1) vingadores (1)

Uma Reflexão sobre a Crise no Brasil