Aluna é suspensa após criticar escola que proibiu discutir sexo, gênero e religião em sala


Mãe e filha criticam panfleto da escola e termo de suspensão - Acervo pessoal


Estudante teve matrícula vetada para 2018; mãe e filha não reconhecem punição
RIO — Uma aluna da escola Univest de Lages, em Santa Catarina, foi suspensa por dois dias e teve a matrícula vetada para o próximo ano depois de divulgar e criticar um panfleto da instituição. O ofício anunciava a proibição de ensino de sexo, ideologia de gênero, ativismo LGBT, comunismo, esquerdismo e religião em sala de aula. "2017, a nova idade média. (Pasmem, isso é real)", escreveu a adolescente de 17 anos nas redes sociais.

No dia seguinte à publicação, que recebeu mais de 523 compartilhamentos até a tarde desta quinta-feira, a jovem foi chamada à coordenação da escola e avisada de que seria sancionada por "denegrir a imagem do colégio nas redes sociais". Uma amiga também sofreu penalidades e teve a bolsa de estudos cortada.

— Os alunos estavam comentando e compartilhando. Na quarta-feira de manhã, eu e mais uma aluna (que comentou na postagem) recebemos suspensões por denegrir a imagem do colégio. Eles falaram que era errado a gente expor o colégio. Eu não reconheço essa suspensão, porque ela é sem sentido. Minha mãe também não. Ela ficou indignada. Isso desencoraja os alunos a exporem sua opinião. Um ato de retrocesso — destacou a estudante.

FAMÍLIA COGITA ACIONAR JUSTIÇA
A jovem explicou que o ofício foi entregue em sala durante uma aula como um "recado a alunos e pais" e considerou uma surpresa ver a instituição proibir os temas. No bimestre passado, a classe aprendeu sobre as diversas religiões, por exemplo, segundo ela. Proibida de renovar a matrícula em 2018, a adolescente pensa em trocar de escola.

Mãe da estudante, a fisioterapeuta Fabiana Cruz relatou a surpresa em ler o recado, enviado pela filha por mensagem. As duas discordavam do conteúdo por considerar que são temas atuais e que os alunos precisam desenvolver senso crítico. A adolescente revelou à mãe o desejo de rebater o ofício nas redes sociais. Fabiana alertou que haveria uma consequência. Ainda assim, ela conta que não imaginou a proporção das penalidades impostas à estudante.

— Quando ela me passou a foto do panfleto, não acreditei que era da escola. Falei que era incabível para a época de hoje, são temas que estão aí. Não iremos matriculá-la (no próximo ano) porque é inadmissível. É para podar todo mundo. Somos totalmente contra, estamos pensando em entrar com uma ação. Ela está perdendo aula. Amanhã vou fazê-la ir à escola, vou entrar com ela na sala de aula — frisou Fabiana.

Procurado, Giovani Broering, o reitor do Centro Universitário Facvest — ao qual a Univest fica submetida — ficou de retornar aos contatos da reportagem, mas ainda não o fez. Ao Diário Catariense, ele argumentou que "toda ação tem uma consequência".

Com informações oglobo

Jovem faz cirurgias plásticas para ficar “parecido com Jesus”

Carpinteiro já gastou mais de RS$ 600 mil, mas ainda não está satisfeito
Há pessoas que desejam tanto ser parecidas com os famosos que às vezes fazem cirurgias plásticas para ficarem semelhantes a seus ídolos.

Contudo, um homem de 30 anos, morador do Kentucky, nos Estados Unidos, levou isso ao um extremo. Mark Emery gastou mais de 200 mil dólares (cerca de 600 mil) para realizar esse “sonho”.

Afirmando ser um seguidor de Jesus há muitos anos, Mark trabalha como carpinteiro. Há alguns anos, dedica boa parte de seu tempo a estudar os ensinamentos de Cristo, e principalmente a lei judaica do Antigo Testamento.

Em sua jornada para mudar a fisionomia, ele gastou cerca de 215 mil dólares com 21 cirurgias plásticas. Mesmo assim, Mark diz não estar totalmente satisfeito com os resultados.

Para ele, essa é uma maneira de mostrar seu amor a Jesus. Porém, ele não sabe explicar exatamente como seria o rosto de Jesus. A Bíblia não descreve a fisionomia de Cristo, por isso a opção dele foi usar as imagens que ficaram conhecidas em pinturas e no cinema.

Obviamente, muitos criticam comportamento de Mark, afirmando que essa é uma forma de zombar da fé cristã. O pastor John Hagee comentou o caso, defendendo que as pessoas que amam a Cristo e seguem seus ensinamentos não ficam tentando se parecer [fisicamente] com ele. Para o pastor, Mark deveria se envergonhar do que faz, pois essa é uma atitude anticristã.

Apesar dessa e de outras críticas, Mark diz que está feliz com sua decisão e irá continuar com as plásticas, pois assim sente-se “mais perto de Jesus”. 

Com informações World News Daily

Milhares de pessoas vão às ruas em favor da família

Ato, apoiado pela comunidade cristã, chamou a atenção das autoridades maranhenses para a importância dos valores familiares
Em meio às comemorações do Dia das Crianças, milhares de pessoas se uniram em São Luiz, Maranhão, para a 2ª Caminhada da Família. Partindo da praça do Pescador, a causa percorreu toda a extensão da Avenida Litorânea, na tarde do dia 12.

Organizado pelo Movimento Pró-Família de São Luís, o ato contou com carros de som, faixas e cartazes com o intuito de chamar a atenção das autoridades para a necessidade de proteger as famílias, sobretudo as crianças, das investidas proporcionadas por ideologias contrárias ao padrão bíblico e constitucional da composição familiar.

“Trouxemos nossas famílias porque queremos chamar a atenção das autoridades e da população maranhense que infelizmente está deixando de cuidar das famílias e das crianças também”, declara a pedagoga Samia da Silva, participante da caminhada.

A 2ª Caminhada da Família orou e protestou contra a ideologia de gênero nas escolas; a erotização infantil; a pedofilia; a pornografia disfarçada em livros e revistas infantis; o bullying dentro das unidades escolares; a violências físicas e psicológicas; e pela censura de idade em programas de TV.

“A população precisa se unir para estabelecer de uma vez por todas o princípio básico que rege a estrutura familiar: o amor e o respeito, pois desta forma, os valores que Jesus nos ensinou serão propagados”, finaliza Samia. 

Com informações O Estado

Nick Vujici testemunha 400.000 conversões na Ucrânia

O evangelista Nick Vujicic, que nasceu sem braços nem pernas, disse que sua equipe testemunhou cerca de 400 mil pessoas se arrependendo publicamente de seus pecados e decidindo seguir Jesus Cristo em um evento recente na Ucrânia. Essa foi a maior resposta que seu ministério já viu.

“O maior evento que a equipe da Life Without Limbs já viu e talvez o maior evento da Europa: foram 800 mil pessoas nas ruas de Kiev, Ucrânia! Obrigado, Deus”, escreveu Vujicic no Facebook na terça-feira.

“400.000 se arrependeram de seus pecados e começaram sua jornada espiritual com Jesus – Agora comemoramos o testemunho de 1 milhão de decisões de pessoas que irão caminhar e confiar em Deus em tudo”, acrescentou.

Vujicic é famoso por seu testemunho de vida. Ele nasceu com uma grave deformidade, mas já fez centenas de palestras ao redor do mundo convidando pessoas para seguirem a Cristo.

Ele esteve na Ucrânia em setembro, onde fez cruzadas durante vários dias.Também fez uma parada na Rússia durante sua mais recente viagem.

“Infelizmente, não consegui encontrar o presidente nesta viagem, mas continuamos a plantar sementes de amor e esperança em todo este país até algumas portas sejam abertas para compartilharmos o evangelho- obrigado pelo seu apoio”, escreveu ele.

Os evangélicos ucranianos vêm realizando vários grandes eventos na Ucrânia. Mês passado, mais de 500 mil deles chegaram às ruas de Kiev para celebrar o 500º aniversário da Reforma Protestante.

Sergey Rakhuba, da Missão Eurasia, disse que a Igreja ucraniana vem enfrentando grandes desafios por cauda do conflito armado entre a Rússia e a Ucrânia. 

Com informações de Christian Post

Conselheiro tutelar denuncia ao MP drag queen em escola

Segundo ele, é proibido fazer apologia a ideologia de gênero para crianças
Um vídeo postado pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) causou polêmica nas redes sociais e tomou proporções além do mundo digital. No dia 11 de outubro foi ao ar, no canal da universidade no YouTube, um vídeo em homenagem ao Dia das Crianças chamado “Na hora do lanche”, nele a Drag Queen Femmenino (Nino de Barros), entrevista algumas crianças do Colégio de Aplicação João XVIII.

Em certo momento do vídeo Femmenino diz às crianças que não existem coisas de menino e coisas de menina. A frase gerou revolta nas redes sociais, ao ponto do Conselho Tutelar de Juiz de Fora denunciar o vídeo ao Ministério Público da cidade.

Abraão Fernandes, representante do conselho tutelar da cidade e autor da denuncia, alega que o vídeo contraria uma lei municipal e fere o direito da criança e adolescente. Segundo Abraão, o incentivo a ideologia de gênero é proibido em Juiz de Fora.

“A nova lei votada e aprovada na nossa câmera de Vereadores, restringe a diversidade apenas entre o comprometimento físico e mental, portanto não se pode falar de gênero em nenhuma escola da nossa cidade”, comenta Abraão

O representante aponta ainda que os artigos 4 e 22 do Eca são feridos quando Femmenino orienta as crianças a brincarem com o que quiserem. De acordo com os textos da lei, cabe aos pais e não ao Estado a educação da criança devendo ser resguardado o direito de transmissão familiar de suas crenças e culturas.

Por sua vez, Nino de Barros não acredita ter ofendido as crianças e que a postura das pessoas em relação ao vídeo, sim é ofensiva.

“A minha geração e a passada cresceu com menina brincando de boneca e casinha e os meninos de carrinho e super-herói. Ela vai crescer e virar uma mulher que não vão acreditar que tem super poderes e que vai ter cuidar da casa e dos filhos. Eu digo: não! O homem, a mulher as crianças tem o poder de escolher o que quiserem”, declara o artista.

A UFJF disse, em nota, que o C.A. João XVIII desenvolve, em seu projeto pedagógico, atividades para garantir ao aluno autonomia dentro de uma sociedade justa e democrática. 

Com informações G1

Dançarinos tiram a roupa para crianças em escola de Jundiaí

Pais vão protestar na sede da Prefeitura
Uma apresentação de dança com dançarinos apenas de cueca foi acompanhada por crianças a partir de 04 anos de idade no interior da Escola Municipal de Ensino Básico (EMEB) Luiz Bárbaro, localizada em Jundiaí, em comemoração ao “Dia das Crianças”.

“Na apresentação os bailarinos dançaram ao som de ‘Sabão cra cra’ e, ao final deste ‘clássico’, abaixaram as calças, mostrando a cueca para as crianças”, comentou uma professora. O caso foi denunciado por pais de alunos e mesmo funcionários da escola se sentiram constrangidos.

De acordo com os pais, os bailarinos dançaram ao som do funk “Me Deu Onda” e outras músicas de apelo sexual. “Nós já estamos organizando uma comissão para protestar no Paço Municipal”, revelou uma mãe indignada, que não quis se identificar.

“O prefeito Luiz Fernando (Machado) tem que explicar o que está acontecendo nas escolas da cidade, pois não é a primeira vez que esse tipo de coisa acontece. Ou ele não tem comando da Educação ou está sendo conivente com essa baixaria”, completou a mãe.

Os dançarinos são uma escola particular de dança, cuja equipe geralmente promove e participa de vários eventos na cidade e, segundo foi apurado, não sabiam que o público seria formado de crianças a partir dos quatro anos de idade.

O episódio gerou enorme repercussão entre católicos e evangélicos de Jundiaí, cidade que tem sido alvo de várias ações de promoção da agenda LGBT, incluindo uma peça de teatro gay para crianças que, num primeiro momento, contou com apoio da Prefeitura.

“Que história é essa que teve show de homem de cueca em escola de Jundiaí? Será que foi uma apresentação da profissão de gogo boy?”, questionou o advogado Alexandre Pereira.

Um grupo de pais procurou o site Gospel Prime para denunciar o ocorrido. Eles contaram que o conselho de pais havia sido informado sobre uma programação em comemoração à “Semana das Crianças”, mas que ninguém falou sobre dançarinos de cueca e coreografia sensual.Apresentação em comemoração ao “Dia das Crianças”.
“Conteúdo não era impróprio”, diz Prefeitura
Diante do questionamento do site Gospel Prime sobre as reclamações dos pais, a assessoria de Comunicação da Prefeitura de Jundiaí enviou a seguinte nota de esclarecimento:

A Unidade de Educação esclarece que a atividade promovida pela EMEB Luís Bárbaro, no último dia 11 de outubro, foi precedida pela aprovação do conselho de pais da escola, tendo em vista a importância dada ao processo de construção e constituição de vivências coletivas do ambiente escolar.

Dito isso, reitera-se que o trabalho apresentado na ocasião tinha classificação indicativa livre e o seu conteúdo não era impróprio para crianças. De todo modo, e para preservar a reconhecida qualidade de ensino prestada pela EMEB Luís Bárbaro, a Unidade de Educação solicitou à equipe gestora da escola a documentação com o detalhamento completo da atividade, para que o conteúdo possa ser analisado integralmente e esclarecida qualquer dúvida sobre o contexto.

GospelPrime

Guia Prático para Combater a Inflamação

Quando a maioria das pessoas pensa em inflamação, uma imagem de uma articulação inchada, como um tornozelo torcido, aparece em sua mente.

Mas este não é o único tipo de inflamação que existe, a inflamação é a primeira linha de defesa do corpo contra uma grande quantidade de invasores nocivos, como bactérias indesejadas, vírus e outras criaturas desagradáveis.

O processo inflamatório tem vários soldados na forma de glóbulos brancos que atuam como agentes de proteção quando o corpo é atacado.

Embora este processo seja crítico na manutenção do equilíbrio da saúde, pesquisadores e cientistas já demonstraram que ocorrem problemas quando o processo inflamatório torna-se crônico e não existe mais solução.

Infelizmente, o estilo de vida e o mundo de comidas sem qualidade de hoje criam um bom terreno para desenvolver inflamação crônica.

Esse tipo de inflamação pode ocasionar doenças graves também, como a obesidade muito comum nos dias de hoje, pelo fato das pessoas não terem cuidado com sua alimentação e posteriormente só retornarão ao seu peso e saúde com dietas detox, a dieta dukan entre outras.

Estudos recentes demonstraram claramente que as reações inflamatórias de longo prazo estão ligadas a numerosas doenças como câncer, doenças cardíacas, diabetes de Alzheimer e diabetes tipo II.

Por sorte, existem passos naturais muito poderosos que podem ser tomados para manter a inflamação longe.

1. Salmão
Salmão oferece uma fonte rica de ácidos graxos essenciais ômega-3 na forma de DHA e EPA.

Este tipo de gordura contém poderosas propriedades anti-inflamatórias que demonstraram ser benéficas para ajudar pessoas com doenças cardíacas.

Arteriosclerose, depressão, transtorno de déficit de atenção e alergias. O salmão, arenque, sardinha e atum claro são todas ótimas opções para incluir na dieta.

2. Frutas e legumes
Frutas e vegetais são carregados com nutrientes de plantas chamados fito químicos que previnem e podem até reverter o processo inflamatório.

Ao planejar as refeições, tente incluir cinco a 10 porções de fruta e legumes por dia. Pode ser:

1 fruta ou vegetais de tamanho médio ;
1/2 xícara de suco;
1 xícara de salada;
1/2 xícara de frutas ou vegetais enlatados ou congelados.

Além disso, quanto mais coloridas forem as frutas ou os vegetais, mais valor de nutrição e combate à doença contém. Procure por opções vermelhas, roxas, verdes, amarelas e laranja, e inclua uma variedade de cores em cada refeição.

3. Nozes e sementes
Nozes e sementes, como amêndoas, sementes de gergelim, também contêm gorduras essenciais anti-inflamatórias e ômega-3.
Na verdade, vários estudos mostraram que meio copo de nozes por dia é benéfico na redução do colesterol e no risco de doença cardíaca.

4. Óleos de peixe
Além de tomar um multivitamínico de alta qualidade diariamente, recomendo complementar com um óleo de peixe destilado de alta qualidade para os poderosos efeitos anti-inflamatórios.

A dose recomendada de Omega-3 para adultos é de dois gramas por dia. Os valores diários recomendados por faixa etária para crianças são:

• Nascimento até 12 meses: 500 mg
• Um ano: 600 mg
• Dois ou três anos: 700 mg
• De quatro a seis anos: 1.000 mg
• De sete a nove anos: 1.200 mg para meninos; 1.000 mg para meninas
• 10 a 12 anos: 1.400 mg para meninos; 1.200 mg para meninas
• 13 a 15 anos: 1.500 mg para meninos; 1.200 mg para meninas
5. Água fresca e limpa
Muitas vezes, um estado de desidratação pode promover o processo inflamatório. Lave seu sistema diariamente com seis a oito copos de água fresca e limpa para promover a eliminação adequada e a saúde ideal.

Alimentos e hábitos que devem ser evitados
Certos alimentos e hábitos de vida podem desencadear uma reação inflamatória no corpo. Esses alimentos incluem:

• Queijos cheios de gordura e sorvete.
• Carne vermelha (bife, costelas, hambúrgueres, cachorros-quentes, carne de porco, bacon).
• Ácidos com gorduras trans (gorduras parcialmente hidrogenadas) encontrados em vários tipos de alimentos processados e embalados como na margarina.
• Farinha branca e produtos açucarados (biscoitos, bolos, cereais açucarados).
• Alimentos fritos (rosquinhas, batatas fritas, anéis de cebola).
• Álcool em excesso.
• Estresse.
• Fumar.

Lembre-se, a reação inflamatória em si não é ruim. Na verdade, o corpo precisa combater a infecção e ajudar a reparar os danos musculares ou teciduais.

Problemas surgem quando a inflamação se torna crônica.
A melhor abordagem é concentrar-se na prevenção, incluindo os alimentos acima mencionados na dieta regularmente.

O exercício, o gerenciamento do estresse e a hidratação adequada também são elementos-chave para manter o corpo funcionando bem, evitando a inflamação quando é realmente necessário.

Para conseguir o cardápio grátis e os detalhes passo a passo da nutricionista, entre no seu navegador e digite dieta.blog.br tudo está na matéria: dieta dukan: dieta das celebridades perca 9 kg em 15 dias.

Confira o vídeo com os melhores alimentos anti-inflamatórios:


Por Rosi Feliciano

Cristãos celebram Reforma Protestante e saem às ruas para reavivar a Europa


Evangelista Ghiorghi Cazacu durante prega nas ruas do leste europeu. (Foto: Gospel Ministries International)



A Aliança Evangélica da Europa se reuniu para estudar o contexto preocupante da Europa e planejar ações de evangelismo eficientes.
A Aliança Evangélica Europeia reuniu-se para a sua Assembléia Geral anual em Praga, República Tcheca, entre os dias de 9 a 12 de outubro de 2017.

Considerando a celebração dos 500 anos da Reforma Protestante, cerca de 100 participantes se reuniram para planejar como os cristãos evangélicos em toda a Europa poderiam sair às ruas e levar a mensagem do Evangelho mais efetivamente, com uma base bíblica sólida e considerando o contexto atual da Europa: a sua cultura secular, pós-secular, pós-moderna, pós-cristandade e pós-comunista.

Neste encontro mais recente, os evangélicos foram confrontados com o cenário preocupante que impera em grande parte dos países da Europa: milhões de jovens que não têm qualquer relação com a Igreja, conflitos que duraram gerações, migrantes / refugiados que chegam do Oriente Médio e África com todo tipo de necessidade, e uma grande quantidade de crianças que não têm qualquer lugar para chamar de casa.

Segurança e Identidade em Deus
Como se Deus quisesse dar o tom do encontro, o primeiro encontro teve de ser transferido de uma sala de um auditório para uma sala consideravelmente menor, obrigando todos os membros e afiliados a se sentarem como estudantes, ansiosos para aprender coisas novas e antigas. Este tom continuou, enquanto Rosalee Velloso liderava o grupo ao considerar de novo as questões antigas, mas ainda relevantes, que Abraão teve de enfrentar em Gênesis 11 e 12.

"Ele desistiria de sua vida estável e próspera em resposta ao chamado de Deus? Qual seria a sua identidade a partir dali? Onde seria o futuro dele?", questionou. "Em tempos semelhantes de turbulência e incerteza hoje, os cristãos evangélicos devem decidir se seguem a tendência da sociedade para as discussões motivadas por emoção, medo, insegurança, construindo muros e barreiras para proteger sua identidade ou para encontrar sua segurança e identidade em Deus, abraçando totalmente seu chamado bíblico".

Ser cristão hoje
Durante o encontro, alguns professores evangélicos de teologia forneceram contribuições de especialistas sobre estas situações contemporâneas. Evert Van de Poll apresentou uma ampla e bem pesquisada descrição dos desafios enfrentados pelos cristãos na Europa.

Thomas K. Johnson discutiu as relações entre evangélicos e católicos romanas e suas implicações para a evangelização.

Johannes Reimer abordou casos atuais de conflito social e descreveu as novas iniciativas da Rede de Paz e Reconciliação do Aliança Evangélica da Europa.

Já David Patty apresentou os esforços diretos de Josiah Venture sobre a evangelização, dirigidos a jovens que tiveram pouco ou nenhum contato prévio com as igrejas.

Premiado durante o evento por seus projetos de evangelismo e ação no Reino Unido, com o projeto "Home For Good" - cuidando de crianças órfãs e respondendo à necessidade dos refugiados - o Dr. Krish Kandiah confrontou o público para perguntar às suas igrejas se eles simplesmente querem continuar servindo as pessoas que sofrem devido aos sintomas de problemas sociais ou se elas estão preparadas para resolver as origens desses problemas.

"Frios na fé"
Ao reconhecer a necessidade de divulgar o Evangelho entre os chamados "membros nominais" - pessoas que são oficialmente membros de uma igreja, mas que não participam (nem mesmo frequentam os cultos) e que não parecem ter uma fé pessoal em Jesus Cristo - os participantes do encontro foram também encorajado a evitar promover qualquer tipo de "competição" com outras igrejas, mas sim buscar trabalhar em unidade para estimular também estas pessoas a crescerem na fé.

Observou-se que as igrejas evangélicas também têm sua própria "periferia nominal". Esta situação exige cuidados pastorais e mais pesquisas sobre por que alguns membros de igrejas evangélicas pararam de frequentar a igreja ou não confessam abertamente sua fé.


Cristãos comprometidos
À medida que os participantes da Assembléia Geral do Aliança Evangélica da Europa deixavam Praga para retornar aos seus países de origem em todo o contineneto, todos voltaram com propósitos estabelecidos:

- envolver-se em esforços para compartilhar as boas novas de Jesus Cristo no evangelismo para pessoas de todos os setores da sociedade em toda a Europa;

- Mostrar o amor de Jesus Cristo de maneiras práticas às pessoas necessitadas em toda a Europa, não somente lidando com os sintomas, mas também abordando as causas profundas desses problemas;

- Se empenhar no estudo sério das necessidades de seus vizinhos e deixar suas zonas de conforto em benefício do próximo.

Guiame

Estado Islâmico é derrotado na Síria e organização cristã celebra: "Deus seja louvado"


Estado Islâmico realizava desfiles nas cidades onde dominava. (Foto: The New Yorker)



O Estado Islâmico perdeu o seu principal 'quartel-general', ao ser derrotado na cidade de Raqqa (Síria).
'Na última terça-feira, milícias apoiadas pelos EUA levantaram uma bandeira em uma praça central de Raqqa, segundo uma testemunha informou à Reuters, quando uma batalha de quatro meses para retomar o domínio sobre a capital síria das mãos do Estado islâmico chegou ao fim.

A luta acabou, mas a aliança das milícias curdas e árabes estava limpando praça, cheia de minas e outros militantes que ainda se escondiam, disse Rojda Felat, comandante da campanha realizada pelas Forças Democráticas da Síria (SDF) em Raqqa.

O Observatório Sírio para os Direitos Humanos - que tem acompanhado e atualizado dados sobre os conflitos no país - disse que o Estado islâmico já estava sendo completamente retirado da cidade.

A queda da cidade de Raqqa, onde o Estado islâmico organizou desfiles eufóricos depois de uma série de 'vitórias relâmpagos' em 2014, é um poderoso símbolo do colapso que abateu a fortuna do movimento jihadista. Na cidade - que era considerada um tipo de 'quartel-general' do grupo terrorista - foram planejados vários ataques, posteriormente realizados no exterior.

As Forças Democráticas da Síria, apoiadas por uma aliança internacional liderada pelos EUA, vem lutando contra o Estado islâmico dentro de Raqqa desde junho.

Outra testemunha da Reuters disse que combatentes das milícias que combateram o grupo terrosita celebraram a derrota do Estado Islâmico, cantando slogans de suas milícias nas ruas.

Um grupo de combatentes e comandantes das milícias se uniu de braços dados, sorrindo, em uma paisagem de escombros e edifícios arruinados em uma praça pública.

"Nós ainda sabemos que ainda existem armadilhas entre as áreas que o Estado Islâmico estava instalado, então a SDF continuará a limpar deliberadamente por áreas", disse o coronel Ryan Dillon, porta-voz da coalizão.

"Deus seja louvado"
A derrota mais recente do Estado Islâmico foi comentada e celebrada pela organização cristã de apoio à Igreja Perseguida, Missão Portas Abertas (EUA).

"Em julho, lembramos alegremente a libertação de Mosul do controle do Estado Islâmico e agora fazemos eco disso com a notícia de 'grandes operações militares' sendo finalizadas em Raqqa e uma declaração de liberação completa da cidade deve surgir em breve", destacou a organização cristã. "É evidente que o reinado do Estado Islâmico está em declínio. Deus seja louvado!"

Raqqa tornou-se a capital de fato do Estado Islâmico, após alguns ganhos territoriais em 2014. Segundo a Portas Abertas "foi ali que o grupo passou a realizar decapitações públicas e crucificações", lembrando as atrocidades que os terroristas fizeram contra muitos cristãos.

Clique no vídeo abaixo para ver imagens de Raqqa, já devastada após a derrota do Estado Islâmico:

Prestes a ser decapitada por terroristas, família cristã é salva por soldados


Imagem ilustrativa. Terroristas do Estado Islâmico foram impedidos de degolar uma família.(Foto: Reprodução)



Uma família cristã estava prestes a ser decapitada por militantes do grupo terrorista Estado Islâmico quando foi salva pelo Serviço Aéreo Especial da Grã-Bretanha.
Uma família cristã estava prestes a ser decapitada por militantes do grupo terrorista Estado Islâmicoquando foi salva pelo Serviço Aéreo Especial da Grã-Bretanha (SAS, na sigla em inglês).

Segundo o jornal Daily Star, os terroristas já estavam com suas facas nas gargantas do pai e um dos filhos da família, que é composta por oito pessoas. A ousada operação de resgate ocorreu perto de Mossul, no Iraque, e resultou na morte de 15 militantes do EI.

Uma patrulha do SAS entrou em ação depois de receber uma denúncia sobre a atuação dos extremistas islâmicos contra as famílias cristãs. De acordo com a fonte, quatro militantes foram mortos no local enquanto outros morreram durante a fuga.

“Foi um encontro casual. A patrulha do SAS simplesmente estava no lugar certo, na hora certa”, disse a fonte.

“Os assassinos estavam andando pela região, executando os aldeões. As famílias muçulmanas foram acusadas de serem espiãs e os cristãos que se recusaram a se converter ao islamismo foram decapitados”, acrescentou.

Quando os atiradores do SAS abriram fogo, a fonte relata que quatro terroristas foram abandonados e o restante dos homens armados fugiram, disparando em todas as direções.

“Os combatentes do EI tentaram escapar em um caminhão, mas o motorista foi morto a tiros e aqueles que estavam a bordo também foram mortos”, contou o soldado. “A batalha durou cerca de meia hora até que os homens armados fossem mortos ou fugissem. Conseguimos resgatar a família e oferecer um abrigo seguro”, completou.

Guiame

Novela da Globo sugere que transexualidade é “evolução humana”

Personagem Ivan/Ivana de “A força do querer” vira propaganda ideológica
Inspirada em ‘A força do querer’, atual novela das nove da Rede Globo, a revista Veja estampou em sua capa um tema que vem gerando polêmica na sociedade: A transexualidade. Escrita por Glória Perez, a novela tem alcançado sucesso, muito pela trama de Ivan/Ivana. A personagem transexual vivida pela atriz Carol Duarte, tem incitado o debate sobre a temática em rede nacional.

A causa da nova discussão ocorreu no capítulo que foi ao ar no ultimo sábado, 14. As personagens de Dan Stulbach (Eugênio) e Maria Fernanda Cândido (Joyce) discutiram sobre a operação de remoção dos seios que Ivan/Ivana iria fazer, quando Eugênio diz que “Talvez faça parte da evolução humana”. Prontamente sua esposa contesta “Evolução?”.

O diálogo ainda é complementado com um discurso do advogado “É! A humanidade sempre destruiu barreiras para poder avançar. Quem sabe agora a gente não esteja vencendo as barreiras impostas pelo gênero?”.

Os temas de ideologia de gênero e transexualidade, abordados em ‘A força do querer’ tem gerado boicote por parte de cristãos, alegando que o enredo exalta a situação e valoriza quem a entende como algo natural. Já quem discorda, é apontado como tradicional e preconceituoso, e é elevado ao status de vilão social.

Aproveitando o assunto em evidência, a edição 2552 da revista Veja traz matéria de capa com o título “Meu filho é trans” e acompanha a vida de crianças que não se identificam com seu sexo biológico. Segundo a publicação mais de 1 milhão de brasileiros são afetados diretamente pela condição.

GospelPrime

Ouvido de Mercador

E disse-lhes: Quem tem ouvidos para ouvir, ouça. Marcos 4:9

Quem nunca ouviu a expressão: “Fez ouvido de mercador”. Esta expressão é bastante popular e antiga, acredita-se que venha dos contos orientais. Mercadores eram os homens que vendiam tapetes, bugigangas, etc. Você talvez esteja pensando: E o que mercador tem a ver com isso?

Daí vem o sentido da coisa, acredita-se que esses mercadores orientais, fingissem não ouvir reclamações dos compradores, ou pedidos de descontos, eles fingiam que não estavam entendendo. Fazendo uma tradução bem simples de “Fazer ouvidos de mercadores” podemos definir como: “não dar ouvidos”, “fingir que não ouviu as palavras”, “entram em um ouvido e saem no outro”.

A redundância DO TEXTO Bíblico
“Quem tem ouvidos para ouvir, ouça”. A redundância explicita nessa frase é justamente ao meu ver proposital, para despertar em nós a curiosidade ao lermos tal afirmação. Estranho pensar que os nossos ouvidos sejam para outra cousa, a não ser ouvir, mas para muitas pessoas elas escutam apenas o que lhes convém ou nem dão ouvidos.

“Ouvir e escutar é a mesma coisa”?
Embora seja sinônimos e represente quase o mesmo sentido, há uma pequena diferença entre Ouvir e Escutar. Talvez seja essa a redundância do texto de Marcos 4:9. Vamos novamente apelar para o nosso dicionário. Vejamos: “Ouvir” – Entender, perceber, Atender os conselhos, as razões de. “Escutar” – Ouvir com atenção, Dar atenção a. /Andar indagando.

“Fazendo do evangelho ouvidos de mercadores”
Perceba que “ouvir” é bem mais do que escutar, Ouve-se quando “se entende, Ouve-se quando se percebe, Ouve-se quando se tender os conselhos”. Só terá sentido aquilo que entra nos nossos ouvidos se nós entendermos, percebermos e atendermos tais conselhos, caso contrário agimos como o tal mercador que escuta, mas finge não escutar.

Estranho pensar que existe pessoas que escuta o evangelho, mas de fato elas não dão ouvidos, não guardam em seus corações, ou seja, desprezam tais palavras. As palavras entram em um ouvido e saem no outro. É como se não escutasse, ou ouvir e fingir que não ouviu. Nada adianta escutar o evangelho e não agir conforme, se assim acontece somos tolos.

Mas ele disse: Antes bem-aventurados os que ouvem a palavra de Deus e a guardam”. Lucas 11:28

Jesus compara aqueles que ouvem e guardam sua palavra como prudentes, sábias, bem aventuradas, pessoas mais que felizes.

Quando ouvimos o Evangelho e praticamos somos Prudentes, Sábios. Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha;Mateus 7:24

Quando escutamos por escutar ou fazemos do evangelho ouvidos de mercador, somos considerados loucos, insensatos. Veja: “E aquele que ouve estas minhas palavras, e não as cumpre, compará-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia; Mateus 7:26

“Indesculpáveis diante de Deus”
Pessoas que fazem do evangelho ouvido de mercador não poderão se desculpar diante de Deus por nunca ter sido alertado sobre ouvir e guardar as palavras do evangelho e as praticar.

Bem-aventurado aquele que lê, e os que ouvem as palavras desta profecia, e guardam as coisas que nela estão escritas; porque o tempo está próximo. Apocalipse 1:3

Dentro deste mesmo contexto, dentro desta mesma mensagem, neste mesmo sentido e propósito vemos em Apocalipse repetidamente a expressão: Quem tem ouvidos ouça o que o espírito diz as igrejas”. Entre o capítulo primeiro ao quarto, vemos por 8 vezes esta expressão.

Porque tanta ênfase a esta expressão? Porque repetidamente a mesma frase entre poucos capítulos? Ninguém naquele grande dia, poderá dizer que nunca, leu, nunca ouviu o que está escrito na palavra dessa profecia.

“Quem tem ouvidos ouça o que o Espírito diz às igrejas”: Apocalipse 2:7, Apocalipse 2:11, Apocalipse 2:17, Apocalipse 2:29, Apocalipse 3:6, Apocalipse 3:13, Apocalipse 3:22.

Eis que presto venho: Bem-aventurado aquele que guarda as palavras da profecia deste livro. Apocalipse 22:7.

E o Espírito e a esposa dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem. E quem tem sede, venha; e quem quiser, tome de graça. Apocalipse 22:17

“…Portanto, como diz o Espírito Santo: Se ouvirdes hoje a sua voz, Não endureçais os vossos corações…”Hebreus 3:7-8

Portanto, contudo todavia não faça do evangelho ouvido de mercador.

Fica na Paz


Pb. Josiel Dias

OUTUBRO ROSA - Câncer de mama: dicas para prevenir a doença

Cerca de 300 mil mulheres foram diagnosticadas com câncer de mama em 2011, e a doença foi fatal em cerca de 40 mil delas.

Embora a doença cardíaca acabasse com mais vidas de mulheres, o câncer de mama é o câncer mais comum e temido entre as mulheres.

Por isso existe uma campanha mundialmente conhecida como Outubro Rosa que tem como objetivo aumentar o conhecimento dessa doença e também promover o diagnostico precoce, para que mais vidas possam ser salvas.

O câncer de mama também afeta homens, com mais de 2.000 casos sendo diagnosticados anualmente.

E lembrem-se, muitas das mudanças de estilo de vida que são descritas aqui podem reduzir não apenas seu risco de câncer de mama, mas de câncer em geral. Então, leia e faça o seu melhor para seguir todas essas recomendações.

Você não quer esperar até que seja tarde demais para melhorar seus hábitos de saúde.

Aqui estão 12 sugestões que podem diminuir suas chances de desenvolver o câncer.

1) Mantenha seu quarto escuro
Seu corpo libera a melatonina hormonal, que protege contra o câncer de mama, apenas na escuridão. Então desligue todas as luzes noturnas e televisão enquanto dorme.

A melatonina é um poderoso antioxidante com uma ampla gama de benefícios para a saúde, tornando - o um remedio natural para cancer de mama incluindo proteção contra distúrbios neurodegenerativos, como a doença de Alzheimer, melhores resultados para pacientes com câncer e até reduziu a ocorrência de enxaquecas.

Uma vez que a produção de melatonina no corpo diminui após os 40 anos, este é um suplemento que é frequentemente recomendo às mulheres que estão preocupadas com o câncer de mama.

2) Faça exercícios diários regulares
Estudos têm demonstrado que as pessoas que se exercitam por um total de quatro horas por semana têm um risco significativamente menor de desenvolver câncer de mama.

O exercício também ajuda com o controle de peso, que é amplamente conhecido por ter um impacto positivo em inúmeros aspectos da sua saúde.

3) Limite a ingestão de álcool
Ou considere desistir completamente. Consumir mais de quatro porções de álcool por semana aumenta o risco de câncer de mama.
Para aqueles que querem estar no lado seguro, apenas diga não ao álcool.

Mas para aqueles que não querem se abster ou querem os benefícios oferecidos pelos antioxidantes que promovem a saúde no vinho, limite-se a não mais do que um copo por semana.

Ou obtenha esses antioxidantes sem o álcool, consumindo 
algumas uvas vermelhas ou um copo de suco de uva em vez disso.

4) Passe pelo menos 20 minutos por dia ao sol
Isso ajuda a aumentar seus níveis de vitamina D, também conhecida como "a vitamina do sol".
A pesquisa mostra que as mulheres pós-menopausa com os níveis mais altos de vitamina D apresentaram menor risco de desenvolver câncer de mama quando comparadas às que apresentam níveis mais baixos.

São recomendados 1.500 UI de Vitamina D3 diariamente, a menos que seus níveis sejam baixos, caso em que provavelmente você precisará de uma dose mais alta.

Um exame de sangue simples pode dizer se você precisa de mais vitamina D3. Se isso for o caso, seu médico pode sugerir a dosagem apropriada.

5) Evite produtos de limpeza domésticos tóxicos, pesticidas
Esses produtos contêm produtos químicos que perturbam nossos hormônios e atuam como agentes cancerígenos nas glândulas mamárias.

6) Tome uma dose diária de iodo
O iodo suplementar demonstrou eliminar células anormais que se destinam a tornarem-se cancerosas, bem como células cancerosas precoces. Mas lembre-se sempre de consultar um especialista para saber se você está apto a fazer tal recomendação.

7) Construa suas boas bactérias com um suplemento pro biótico
Os pro bióticos fornecem uma longa lista de benefícios para a saúde, incluindo ajudar com a colisão adequada do estrogênio, um hormônio implicado no câncer de mama.

8) Reduza o estresse com a meditação
O estresse aumenta os níveis do hormônio do estresse conhecido como cortisol, que está relacionado a alguns problemas de saúde graves, incluindo ansiedade, ganho de peso e câncer.

A meditação reduz o cortisol enquanto aumenta os níveis do hormônio serotonina e apoia a imunidade saudável - outro elemento importante para combater o câncer.

9) Pare de beber água de garrafas plásticas
Eu escrevi sobre as complicações de saúde causadas pelo BPA (bisfenol A), uma substância que causa distúrbios hormonais que tem sido associada ao câncer.

O BPA é encontrado em muitos plásticos e os revestimentos da maioria dos alimentos enlatados. Se você está bebendo a quantidade recomendada de água de garrafas de plástico, por favor, procure utilizar recipientes de vidros ou então livres de BPA.

10) Escove a sua pele
Antes de tomar banho, use uma escova de cerdas naturais para acariciar suavemente a pele seca.

Eu sugiro começar a seus pés e escovar em direção ao seu coração, e continuar a escovar as pernas, os braços e o peito.
Todo o processo pode levar apenas cinco minutos, ou você pode continuar por até 20 minutos. Lembre-se de ser gentil, então sua pele não é arranhada ou raspada.

Este processo não só faz você sentir bem, mas também estimula a drenagem linfática, que remove as toxinas do corpo.

11) Não use um sutiã com MATERIAL SINTÉTICO
Esses materiais impedem a boa drenagem linfática nos seios, o que pode contribuir para um alto risco de câncer. Pelas mesmas razões, não durma no sutiã.

12) Coma pelo menos duas xícaras de brócolis por semana
Os brócolis contém uma substância conhecida como carbinol indol-3 (I3C), que suporta equilíbrio de estrogênio saudável em todo o corpo e protege as células da mama.



Couve-flor e couves de Bruxelas também contêm quantidades significativas de I3C.

Se você nunca foi diagnosticado com câncer de mama e fizer essas mudanças isso poderá ajudá-lo a permanecer livre de câncer, especialmente quando combinado com autoexames regulares e mamografias.

Se você já teve a doença, as alterações de estilo de vida que eu estou recomendando podem ser aliadas poderosas na prevenção de uma recorrência.

Se a lista for uma mudança muito drástica para você, simplesmente enfrente uma mudança por semana nos próximos meses e, antes de perceber, você estará mais saudável do que nunca!



Assista ao vídeo: Dicas para prevenção do câncer de mama - Outubro Rosa
Prevenir aumenta 90% de chances de cura. 




Rosi Feliciano

Protesto do KLB Kiko contra marca de sabão em pó vira assunto

Músico fez um longo desabafo contra um comercial da marca veiculado no Instagram. Reação dele dividiu opiniões

Ele se revoltou com um vídeo publicitário divulgado nas redes sociais pela Omo, que incentivava pais a deixar de lado ‘clichês de gênero’ e permitir que meninos e meninos tenham acesso a brinquedos variados.

Leia o texto na íntegra:
“Comunicado urgente: Omo convoca pais e mães a fazerem recall de todas as brincadeiras que reforcem clichês sobre gênero. Meninas podem, sim, se divertir com minicozinha ou mini lavanderia, mas também podem ter acesso a brinquedos de lógica e dinossauros assustadores. E meninos podem trocar fraldas de bonecas e ter uma incrível coleção de panelinhas.

Porque mais importante do que o brinquedo é a brincadeira. Junte-se a Omo na campanha pelo direito de toda criança de se sujar e brincar livremente.”

Na madrugada deste domingo (8), ele compartilhou o post junto de um longo texto, se referindo aos criadores da campanha como “porra de anti-Cristos” e “imbecis” e responsáveis por provocar uma “guerra iminente” ao “forçar uma realidade que NÃO EXISTE”.



Ele explica nos parágrafos seguintes que ‘gays’, ‘evangélicos’ e ‘católicos’ não são os culpados “dessa demonização da atualidade”, mas sim a falta de regras. “Temos a obrigação de respeitar a todos (…) ! Mas devemos exigir um país com regras”

Informações Vejasp

Ativistas judeus celebram e prometem construir Terceiro Templo

Cerimônia remete às tradições descritas no Livro de Levítico
Cerca de 500 judeus religiosos subiram junto à Esplanada das Mesquitas, ao lado do Monte do Templo durante a celebração de Sucot (Festa dos Tabernáculos) na semana passada. Eles se comprometeram publicamente a construir Terceiro Templo no local, de acordo com o Jerusalem Post.

Proibidos de subir ao monte do Tempo para fazer orações, o movimento este ano quebrou barreiras porque retomou a antiga prática da “libação da água”. A prática é feita desde os tempos do Antigo Testamento, sendo descrita em Levítico 23.

Durante séculos, nessa época do ano, no último dia de Sucot, o toque das trombetas convocava o povo. As pessoas se prostravam nas ruas e assistiam a marcha dos sacerdotes, que partiam do tanque de Siloé com uma vasilha de prata cheia de água. Rumavam com ela até o Templo e a derramavam no altar. Também faziam libações com vinho enquanto oravam pedindo as bênçãos de Deus e chuva sobre a terra.

Desde o ressurgimento de Israel, os judeus fazem um ritual diferente, que se limita ao bairro judeu da Cidade Velha de Jerusalém. Este foi o primeiro ano em que a cerimônia foi realizada tão perto do local mais sagrado do judaísmo.

Entre os louvores que cantaram durante a cerimônia, faziam promessas de reconstruir o templo judaico no local onde estão as mesquitas de Omar e Al-Aqsa: “O Templo será reconstruído. A cidade de Sião será restaurada. Vamos cantar uma nova música e subir [ao Templo]”.

O presidente do Instituto do Templo, o rabino Yisrael Ariel, que participou da marcha, disse que estava satisfeito com a disposição crescente dos israelenses em ver o templo restaurado.

“No passado, só se falava sobre o Muro das Lamentações, mas as pessoas presentes nesta cerimônia, sentem que o Muro é somente uma parada no caminho. O objetivo principal é o Templo. Pode levar tempo, mas é quase um fato agora e ninguém poderá detê-lo”.

Ariel também enfatizou que era importante que os judeus praticassem rituais religiosos junto ao monte do Templo para fortalecer a campanha de reconstrução. “É como uma guerra. Você não pode ir ao campo de batalha sem treinar seus soldados. Você deve ensinar-lhes a doutrina de combate ou então eles perderão a batalha. Sem aprender as regras do Templo, o halachot (leis judaicas), não poderíamos avançar”, assegura.

De acordo com a Associação de Organizações do Templo, cerca de 530 judeus visitaram o Monte do Templo no domingo (8). Para Ariel, isso evidencia o anseio das pessoas em reconstruir o Templo. “Durante o Sucot nos anos passados, três pessoas, talvez cinco, subiriam ao Monte do Templo. Hoje são mais de 500. É óbvio que algo está mudando”, finalizou.

video


GosapePrime

Ratinho defende evangélicos: “Só pregam a paz”

Vídeo do apresentador viralizou nas redes sociais
O apresentador Carlos Massa, o Ratinho, já se envolveu em diferentes polêmicas com os evangélicos. Ele recebeu em seu programa pastores conhecidos como Silas Malafaia e Marco Feliciano, que foram elogiados.

Também teve atritos com bispos da Igreja Universal e com o apóstolo Valdemiro, após condenar os ensinamentos da teologia da prosperidade.

Evitando generalizações, reconheceu que os evangélicos são cerca de um terço da população do país e que teriam muita força se fossem unidos.

Esta semana viralizou um vídeo com um trecho de um programa recente, onde Ratinho comenta o artigo da revista Veja assinado pelo jornalista J. R. Guzzo que chama os evangélicos de “Essa gente incômoda”. O material, escrito com uma grande dose de ironia, acaba destacando por que os crentes são tidos como aqueles que mais “incomodam” no contexto atual do país, com sucessivas questões morais sendo debatidas em especial pelas redes sociais.

Ratinho disse que leu o artigo, mas que não gostou. Para ele, a rejeição aos evangélicos é equivocada. “Só conheço esse povo pregando a paz”, afirmou.

Depois, passou a denunciar casos onde marginais foram soltos mesmo com provas contra eles. Fiel ao seu estilo, o apresentador fez várias bravatas contra a situação nacional e vaticinou: “O problema não está nos evangélicos. O evangélico ensina o bem, mas tem cara que não aprende”.

Em menos de 24 horas o vídeo teve quase 27 mil compartilhamentos e foi assistido cerca de 720 mil vezes. Os milhares de comentários da postagem mostram que os evangélicos ficaram felizes com os elogios de Ratinho e agradeceram pelo reconhecimento.


Assista:
GospelPrime

Omo promove ideologia de gênero em campanha do Dia das Crianças e recebe críticas

Nova campanha da Omo promove a ideologia de gênero no Dia das Crianças. (Imagem: Youtube)
A marca de sabão em pó Omo passou a ser bombardeada com críticas na internet, após lançar um vídeo de sua nova campanha "Momentos que Marcam" e fazer uma "convocação" aos pais, tentando marcar o Dia das Crianças:

"Omo convoca pais e mães a fazerem um recall de todas as brincadeiras que reforcem clichês sobre gênero, com o objetivo de ressaltar da experiência e do desenvolvimento das crianças", diz parte do vídeo.

"Não existe brincadeira de menino e brincadeira de menina. Toda criança tem o direito de se sujar e se divertir livremente, sem cores, regras ou padrões. Junte-se à OMO nesta campanha. Não deixe o Dia das Crianças passar em branco. Compartilhe o vídeo e seus #MomentosQueMarcam com a gente", diz a legenda do vídeo publicado no canal oficial da marca.

A publicação tem sido claramente criticada nas redes sociais. Somente no vídeo do canal oficial da marca, o vídeo já está com mais de 136 mil "dislikes" (sinalizações de desaprovação), enquanto tem apenas de 13 mil "likes" (aprovações).

Nos comentários, a torrente de críticas também se faz cada vez mais evidente.
"Criar confusão na cabeça da criança so isso vcs sabem fazer", comentou um usuário.

"Tá ficando sério isso: exposições, Fantástico, Fatima Bernardes e agora até sabão em pó Omo? Deixem as crianças em paz! Boicote jááá...", comentou outro internauta.

Outro usuário alertou que uma campanha deste teor não deveria ter sido lançada no Brasil e poderá surtir efeitos negativos para a marca.

"Que lixo! Vocês hastearam a bandeira errada. Seus clientes são os brasileiros. E os brasileiros são, em sua maioria, conservadores. Se preparem para o boicote", disse.

"Já não usava a marca, vou compartilhar para que não usem mais esse sabão. Isso era tão natural no meu tempo, havia brincadeiras que eram comuns aos meninos e meninas", comentou outra usuária. "Agora tem mãe vestindo o menino de menina, pais que não registam o gênero do seus filhos ao nascerem! Uma barbaridade no que estão fazendo com as crianças! Fora OMO".

Efeitos da ideologia de gênero
Nos países onde tem sido livremente aplicada, a ideologia de gênero já está surtindo efeitos alarmantes. No Reino Unido, por exemplo, a quantidade de crianças em tratamento por disforia de gênero já cresceu mais de 1.000% em apenas cinco anos.

Segundo a organização cristã 'Christian Concern', é preocupante o crescente número de crianças - a partir dos 10 anos de idade - que já têm acesso a remédios que alteram a puberdade, para que possam "mudar de gênero".

"As crianças não são capazes de dirigir até que tenham 17 anos; não podem votar até que tenham 18 anos, e ainda há quem sugira que crianças de, talvez, 10 anos, sejam capazes de tomar a decisão de embarcar em um curso que tem consequências, significados e implicações enormes de mudança de vida", disse Andrew Marsh, diretor de campanha da 'Christian Concern'.

No Brasil, defensores das crianças, como a psicóloga Marisa Lobo e o procurador e especialista em educação tem alertado sobre os perigos da ideologia de gênero e afirmou que ela consiste na própria erotização infantil.

Segundo o procurador Guilherme Schelb já havia alertado anteriormente, a erotização infantil já era uma estratégia prevista na ideologia marxista para desconstruir a Família.

"Quando se formulou a ideia do comunismo, eles entenderam que era necessário a destituição da Família. Se você abrir o manifesto comunista de 1948, vai ver que Karl Marx propõe a abolição da Família. Posteriormente, Friedrich Engels escreve um livro onde ele também propõe a destruição da 'Família Tradicional", revelou.

"Eles querem implantar, não mais uma revolução através da sociedade econôminca, mas sim através das escolas e das creches, querem começar com as crianças. Querem alterar as mentes das crianças, impulsionado-as à prática de sexo livre, à homossexualidade, que é incentivada como uma alternativa ao comportamento heterossexual na infância. Estou falando de crianças de 4 ou 5 anos que são expostas a temas de comportamento sexual adulto. Quem classifica isso como abusivo é o Ministério da Justiça, as leis e a Constituição Brasileira. Eles estão rasgando a Constituição, desrespeitando as leis", acrescentou.

Clique abaixo para conferir o alerta de Guilherme Schelb:

Guiame

Malafaia “profetiza” o fim do império da Rede Globo

Pastor fez vídeo revoltado contra emissora após reportagens no Fantástico
Após as reportagens no Fantástico deste domingo (8), vários pastores e líderes se manifestaram contrários ao modo como a rede Globo tratou o assunto da erotização de crianças. Foram três matérias que mostraram uma orquestração da emissora contra os evangélicos e os conservadores do país.

Primeiramente, o Fantástico insistiu na tese que os traficantes que derrubaram terreiros de religião afro são evangélicos. Essa contradição de termos vem sendo usada por parte da imprensa por que, em alguns dos vídeos divulgados sobre os incidentes, os bandidos usam o nome de Jesus.

Depois, foi feita uma tentativa de justificar as mostras que, em nome da arte, expos adultos e crianças a cenas de nudez, pedofilia, zoofilia e vilipendio da fé cristã. A maneira como a emissora abordou o assunto tentou colar o rótulo de “discurso de ódio” em todos os que se revoltaram contra exposições como o Queermuseu em Porto Alegre e a atual mostra no Museu de Arte Moderna de São Paulo.

Por fim, foi apresentada uma matéria que sutilmente tentou apresentar a ideologia de gênero como “brincadeira de criança”. Grande parte dos brasileiros não gostou da maneira como a emissora carioca tenta impor sua agenda sobre os expectadores e a hashtag #Globolixo foi uma mais utilizadas do mundo.

O pastor Silas Malafaia também decidiu se manifestar sobre o assunto e publicou um vídeo onde, visivelmente irritado, “profetiza” contra a rede Globo.

Como psicólogo, ele lembrou que as crianças não sabem a diferença entre informação, sugestão e ordenança, por isso a erotização precoce pode gerar uma série de problemas de desenvolvimento.

Citando o livro “Eros e a Civilização”, do comunista alemão Herbert Marcuse, Malafaia procurou mostrar como o discurso da rede Globo e dos movimentos de esquerda no país fazem parte de um movimento orquestrado, que tem um objetivo declarado de se opor à ideia da família tradicional.

O pastor deixou claro que, quando os conservadores se manifestam contrários às mostras, não significa que desejam censurar movimentos artísticos. “Quer mostrar pornografia? Bota lá que é proibido para menor de 18 anos”, lembrou.

Para Malafaia, a rede Globo está querendo “mudar o foco” dos debates que tem dominado as redes sociais nas últimas semanas. Ele desafiou os “artistas da Globo” a tentarem fazer na Europa ou nos Estados Unidos uma performance que ponha um homem nu interagindo com crianças. Alertou que acabariam presos.

“Cambada de dissimulados… Vocês são covardes, cínicos”, bradou, antes de fazer uma previsão. “Essa é a derrocada da Globo, vocês estão mexendo naquilo que é precioso para Deus, que são as crianças”.

Fiel ao seu estilo, o pastor não citou versículos bíblicos, mas fez questão de lembrar que existem diversas leis no país que protegem as crianças. Esse tipo de exposição as contraria, por isso cobrou uma ação concreta das autoridades.

Segundo ele, a indignação não é só dos evangélicos, mas de toda a sociedade brasileira. Na sequência, em tom profético, anunciou: “Quero mandar um recado pra vocês. Acabou o império da comunicação, hoje tem redes sociais, nós não vamos nos calar. A sociedade está revoltada”.

Para o líder do ministério Vitória em Cristo, não adianta proporem um boicote a certos programas da Globo, como alguns tem defendido nas redes sociais. “Temos que apagar a Globo, pois é uma afronte à família”, asseverou. Finalizou dizendo que “Há uma revolta, uma indignação dos brasileiros”.

Assista:


GospelPrime


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...