Motorista do Uber salva mulher após estupro: “Deus me enviou naquele momento”


Alia Hatchett acredita que foi usada por Deus naquele momento. (Foto: Reprodução/WRALTV)


A motorista do Uber acolheu uma jovem que fugia de seu agressor sexual. Ela acredita que foi usada por Deus naquele momento.

Uma mulher conseguiu escapar de um agressor sexual com a ajuda de uma motorista do Uber. O incidente aconteceu no sábado (20) em Durham, no estado americano da Carolina do Norte.

Alia Hatchett se tornou motorista do Uber há poucas semanas, mas seu trabalho teve um impacto ainda maior quando ela notou uma situação estranha, enquanto aguardava o semáforo.

“Eu estava prestes a acelerar quando eu vi mãos acenando para mim”, disse Hatchett. “Eu olhei e vi alguém correndo em minha direção, dizendo: ‘pare, pare, pare’”.

Quando Hatchett parou e perguntou à mulher o que estava acontecendo, ela contou que havia sido estuprada por um homem em um matagal.

A vítima estava em um clube, na cidade de Durham, quando um desconhecido lhe ofereceu uma carona. Ela aceitou entrar em seu carro e acabou sendo sexualmente abusada.

“Eu não sei como descrever. Ela estava chorando histericamente e, quando eu notei que ela estava sem sapatos, eu percebi que ela estava em perigo”, disse a motorista. “Sinceramente, eu pensei que alguém tinha sido assassinado. Ela estava perturbada”.

Hatchett colocou a mulher dentro de seu carro e ligou para a polícia. As duas aguardaram a chegada das autoridades dentro de um estacionamento.

“Eu deixei ela desabafar para mim e chorar. Eu acabei virando minha cabeça para o lado e chorei com ela, porque era desesperador. Olhei para seu corpo e pude ver que ela tinha marcas de arranhões por todo o corpo”, disse Hatchett.

Hatchett também já foi vítima de agressão sexual e conta que sabe exatamente como a vítima estava se sentindo. Ela acredita que Deus usou suas experiências passadas para confortar a mulher.

“Eu sinto como se Deus me levasse até ali, para estar com ela nesse momento”, disse a motorista. “Eu realmente acho que eu fui seu anjo”.

Guiame

Youtuber estreia espetáculo de humor sobre o mundo gospel

Franklin Medrado, do canal “Tipo Assim” apresentará “Falando na Cara”
Franklin Medrado, revelado há três anos no YouTube com suas críticas sobre o mundo gospel recheadas de humor ácido, acompanhado por mais de 237 mil inscritos no canal Tipo Assim, vai apresentar um pouco do que produz em seus vídeos nos palcos, com o espetáculo Falando na Cara.

A estreia será no próximo dia 26 de maio (sexta-feira), às 20h, na Unidade Alcântara da Zion – Escola de Entretenimento, localizada na Rua Silvio Romero, 50, em São Gonçalo (RJ).

O youtuber pretende tocar em assuntos de uma forma que ninguém comenta. “Como namoro e casamento e pretendo ensinar as pessoas a compor música gospel de baixa qualidade, porque existe música boa no gospel. Vão ter piadas e uma parte um pouquinho mais séria no final”, destaca Medrado.

A sessão promocional inaugural será voltada para imprensa e convidados. “Vai ser um momento ímpar de contar histórias que a galera nunca ouviu. Vou pegar meu conhecimento sobre o mundo gospel e costurar de uma maneira a não soar ofensivo”, disse Franklin.

O artista está convicto com o sucesso do show. “Quero ter um momento pra gente se abraçar, se encontrar e conseguir agradecer aos fãs do canal ‘Tipo Assim’ por todo esse crescimento”.

Para saber mais sobre o trabalho de Franklin Medrado e conferir alguns dos vídeos citados do canal Tipo Assim, basta acessar o link www.youtube.com/tipoassim e se inscrever.

Famosos já fizeram participação no canal

Mesmo não se considerando famoso, a influência de Franklin é notória, tanto que já contou com as cantoras Cristina Mel e Daniela Araújo, a dupla Rayssa e Ravel e o humorista Jonathan Nemer em seus vídeos que contabilizam mais de 28 milhões de visualizações, deixando claro que a intenção do canal é oferecer entretenimento para o público, quebrando o mito de que crente não tem senso de humor.

Os maiores sucessos do canal são as paródias Só bebo Coca e O Mundo Gospel não anda Bem, respectivamente com mais de 938 mil e 653 mil views.

GospelPrime

Citada em delação da JBS, Patricia Abravanel recorre à Bíblia

Filha de Sílvio Santos rebate críticas nas redes sociais: “Toda arma forjada contra ti não prosperará”
A apresentadora Patricia Abravanel, filha de Silvio Santos, foi mencionada na delação premiada de Ricardo Saud, executivo da J&F Investimentos, holding proprietária da JBS.


Saud afirma que Patricia participou de um jantar na casa de Joesley Batista, sócio da J&F Investimentos, ao lado do então noivo, o deputado federal Fábio Faria (PSD-RN). NO mencionado jantar, supostamente foi negociado o pagamento de propina para a campanha de Robinson Faria (PSD-RN), pai de Fábio, que acabou eleito governador do Rio Grande do Norte em 2014.

“Foi um jantar muito elegante até. Foi o Fábio Faria com a noiva dele, a Patrícia Abravanel, filha do Silvio Santos. Foi o Robinson Faria com a esposa dele, nós todos com as esposas, tal, para tratar de propina. Até bacana, né? Todo mundo com as esposas para tratar de propina”, disse Saud na delação, em tom irônico.

As delações revelam que a JBS repartiu mais de 500 milhões de reais em propina uma rede de mais de mil políticos.


Pelo Facebook, Robinson Faria rebateu a acusação em nota, afirmando que toda doação recebida da JBS, por ele e pelo filho, foi feita de maneira legal e oficial.

Criticada nas redes sociais, a apresentadora, que afirma ser evangélica, defendeu-se com uma citação bíblica em seu perfil no Instagram. “Toda arma forjada contra ti não prosperará; toda língua que ousar contra ti em juízo, tu a condenarás”, diz trecho de Isaías 54:17.

Essa é a segunda vez que o nome do esposo de Patrícia aparece nos processos referentes à investigação de corrupção. Em abril, Fábio Faria apareceu na lista de pedidos de inquérito do ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no STF (Supremo Tribunal Federal). 

Com informações de Veja

Pastor alerta homens que não ajudam em casa: "Não existe amor sem serviço"


Paulo Mazoni é pastor presidente da Igreja Batista Central de Belo Horizonte. (Foto: Divulgação).


O pastor fez um alerta aos maridos que não costumam ajudar suas esposas nas tarefas de casa: "Amigão, a louça é sua!"

O casamento é uma grande bênção de Deus, mas se não for administrado à luz da Bíblia pode enfrentar grandes problemas. Na última sexta-feira (19) o pastor presidente da Igreja Batista Central de Belo Horizonte, Paulo Mazoni, ministrou sobre o assunto durante a última noite do 4º Congresso Lagoinha em Família. O evento começou com uma oração de agradecimento a Deus e reuniu cerca de 2 mil pessoas no Templo da Lagoinha Sede.

O tema da mensagem da noite foi “O grande mistério da felicidade no lar”, ministrado pelo pastor Paulo. “Hoje vemos uma geração de pais que não investem tempo nos filhos, além de meninos desorientados sem pai”, ressaltou o líder.

“Muitos pais têm trabalhado muito e não passam tempo com os filhos. Tudo que temos de pior na sociedade resolveria se nós tivéssemos pais cuidando dos filhos”. Ele continuou a ministração afirmando que toda a família melhoraria se o casamento fosse aperfeiçoado, pois a base da alegria da família é o bom relacionamento de um homem e de uma mulher.

O pastor tomou como base a passagem de Efésios 5.22-33, e continuou dizendo que Deus pede que “a mulher seja submissa ao marido, e que o marido deve amar sua mulher assim como Cristo amou a Igreja”. Ele ainda aconselhou sobre como deve ser o comportamento do casal e tocou num assunto essencial. Para ele, Deus deixou dentro do homem a necessidade de se sentir admirado pela sua esposa.

Serviço no casamento
“A maior queixa dos homens é: ‘a minha mulher só reclama de mim’. As mulheres estão destruindo seus casamentos por causa das críticas aos maridos”, comentou. Outro ensino do pastor Paulo foi que os homens devem mostrar seu amor para com suas esposas por meio do serviço. Ele indica que o homem deve servir sua esposa assim como Cristo serviu a Igreja.

“Não existe amor sem serviço”, disse. “Deus colocou na mulher a necessidade de se sentir amada dessa maneira. A esposa acha que o marido não a ama, quando ele não a ajuda. A mulher quer a prova de que é amada. Amigão, a louça é sua!”, comentou para os homens presentes.

“O que une não é só uma benção, uma oração ou uma cerimônia. O que une é você ir para dentro de casa, respeitando e amando como Cristo amou”, disse o pastor, ensinando a todo o público, após ler Efésios 5.33: “Portanto, cada um de vocês também ame a sua mulher como a si mesmo, e a mulher trate o marido com todo o respeito”.

Confira a ministração do pastor Paulo Mazoni a partir de 1:19:50



Guiame

Cláudio Duarte chora e abraça Thammy Miranda ao falar sobre homofobia; assista

O pastor Cláudio Duarte respondeu com firmeza às respostas sobre homossexualidade. Com lágrimas nos olhos, ele lamentou a homofobia e deu um abraço em Thammy Miranda.

No último sábado (20), o pastor Cláudio Duarte emocionou o Brasil ao responder com sinceridade uma pergunta sobre homossexualidade no programa Raul Gil (SBT).
No quadro "Elas Querem Saber" - que promove um tipo de 'sabatina' com o entrevistado - Thammy Miranda perguntou ao pastor sobre como ele reagiria à presença de um homossexual na igreja dele.

"Uma pessoa como eu, por exemplo, seria bem-vinda na sua igreja ou como sua religião não concorda, talvez não?", questionou Thammy, que assumiu publicamente sua homossexualidade tempos atrás.
O pastor foi enfático em afirmar que não gosta da ideia de expulsar alguém do culto ou do templo, somente pela opção sexual dela.

"Nós temos padrões que seguimos. Esses padrões me ensinam a respeitar e amar as pessoas e a discordar de posturas, atos e uma série de coisas. Você será recebida, da melhor maneira possível, com a maior educação. Não se brinca, utilizando palavras pejorativas. Mas eu tenho valores que não negocio e eu vou expor esses valores a todos que vão caminhar conosco", disse o pastor.

Questionado por Val Marchiori se já foi preciso expulsar alguém do templo, Cláudio Duarte deixou claro que para expulsar alguém do culto, há critérios a serem levados em consideração e a opção sexual de uma pessoa não está nestes quesitos.

"Eu nunca coloquei ninguém para fora, porque nós entendemos que só se colocaria alguém se esse alguém, por exemplo estivesse bêbado, incomodando ou atrapalhando eu jamais colocaria alguém para fora porque está com a roupa curta, porque é homossexual, porque é feio, bonito, pobre, rico", explicou.

"Se tem algum louco que toma partido, que agride, que é homofóbico, eu não tenho nada a ver com isso", acrescentou.

Val Marchiori então foi mais direta em sua pergunta, ao questionar se o pastor "é a favor do casamento gay" e ele prontamente respondeu que não.

"Eu não sou a favor do relacionamento [gay]. Eu respeito, mas tenho as minhas convicções e a base daquilo que eu acredito", explicou.

A partir daí, o pastor compartilhou algo de sua vida que o levou às lágrimas. Ele contou que já foi criado por várias famílias que não o aceitavam porque julgavam que ele "não se encaixava nos padrões por eles exigidos".

"Eu me tornei um cara introvertido. Parei de falar com as pessoas. Mas num desses lares, eu vivi com um cara que foi meu irmão e ele era gay. Ele tinha uma situação melhor que a minha, eu usava o tênis dele. Naquela época eran difícil", contou.

"Eu não tenho problema nenhum. Tenho valores e não vou abrir mão deles. Mas isto não nos faz inimigos", acrescentou.

Após o relato emocionado, Thammy Miranda se levantou e deu um abraço no pastor.

Guiame

Ataque contra cristãos acontece a cada 40 horas na Índia, diz pesquisa


Os ataques são descritos como vandalismo nas igrejas, agressões físicas e torturas. (Foto: Reprodução).


Os ataques são apoiados pelo partido nacionalista, que tenta erradicar o cristianismo na Índia e transformá-la em uma "nação hindu".

Os ataques de violência contra os cristãos na Índia estão aumentando, de acordo com um novo relatório. O documento publicado pela All India Christian Council, uma aliança nacional de denominações cristãs, agências missionárias, instituições federações e líderes cristãos, diz que há um ataque anticristão a cada 40 horas. As investidas são apoiadas pelo partido nacionalista hindu, que governa e tenta criar uma "nação hindu" no país.

Em 2016, os ataques contra os cristãos subiram cerca de 20%, enquanto a violência física aumentou cerca de 40%. "Os ataques se tornaram graves e mais frequentes. Os incidentes costumavam estar confinados em alguns estados, e agora a violência se espalhou para 23 estados", diz o relatório.

Os ataques são descritos como agressões físicas e torturas. Além disso, foram registrados vandalismo nas igrejas, queima de Bíblias, ameaças de morte e ainda forçam os cristãos a renunciar sua fé e se converter ao hinduísmo.

Liberdade religiosa?
No início deste mês, a Yuva Vahini, uma organização hindu, exigiu que a polícia parasse uma reunião de oração cristã em Uttar Pradesh. O grupo reclamou que o encontro de oração, que contava com mais de 150 participantes, visava a conversão de pessoas ao cristianismo.

Em fevereiro, um evangelista na Índia ficou em coma depois que ele foi agredido por nacionalistas hindus pelo fato de estar distribuindo publicamente cópias do Novo Testamento. O grupo ameaçou queimá-lo vivo, perguntando se Jesus o salvaria das chamas". Embora não houvesse evidência de violência física, o evangelista sofreu uma hemorragia cerebral e entrou em coma horas depois do incidente.

Os ataques aumentaram desde que o partido nacional hindu Bharatiya Janata ganhou a eleição nacional em 2014. O partido acredita na ideologia hindu, onde somentes eles podem dominar a Índia.

No início deste ano, a Yuva Vahini ainda atacou a Igreja Full Gospel em Gorakhpur, área em Uttar Pradesh, alegando conversões. O grupo foi formado por um líder, Yogi Adityanath, que assumiu o cargo de ministro-chefe do estado de Uttar Pradesh no mês passado após a vitória de seu partido nesse estado.

Guiame

Trump ora no Muro das Lamentações em visita à Israel: “Temos um vínculo inquebrável”


Donald Trump visita o Muro das Lamentações, na Cidade Velha de Jerusalém. (Foto: AFP/Mandel Ngan)



Trump é o primeiro presidente americano a visitar o Muro das Lamentações. Israel foi o destino escolhido em sua primeira viagem oficial.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, iniciou na manhã desta segunda-feira (22) uma visita a Israel, em sua primeira viagem internacional desde que assumiu o cargo.

O chefe de estado americano foi recebido no Aeroporto Internacional Ben Gurion, em Tel Aviv, pelo presidente Reuven Rivlin e o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu. Na ocasião, Trump convidou israelenses e palestinos a trabalharem juntos pela paz no Oriente Médio.

"Temos diante de nós uma rara oportunidade para trazer segurança e estabilidade e paz a esta região e seu povo, derrotar o terrorismo e criar um futuro de harmonia, prosperidade e paz, mas só podemos chegar lá a trabalhar em conjunto. Não há outra maneira, " ele disse.

"Temos diante de nós uma rara oportunidade de trazer segurança, estabilidade e paz a esta região, para derrotar o terrorismo e criar um futuro de harmonia. Mas só poderemos chegar lá trabalhando juntos. Não há outro caminho”, declarou Trump, segundo a France Presse.

O presidente americano aproveitou para reforçar o vínculo entre Israel e seu país. “Em minha primeira viagem ao exterior como presidente, eu vim a esta terra sagrada para reafirmar o vínculo inquebrável entre os Estados Unidos e o Estado de Israel”, disse ele.

“Nesta terra tão rica historicamente, Israel construiu uma das maiores civilizações do mundo. Uma nação forte, resistente, determinada e próspera. É também uma nação firmada no compromisso de nunca permitir que os horrores do século passado sejam repetidos”, acrescentou, ressaltando que os EUA ama e respeita Israel.

Donald Trump e a primeira-dama Melania são recebidos por Benjamin Netanyahu [à direita], sua esposa Sara e o presidente Reuven Rivlin [à esquerda]. (Foto: Reuters/Amir Cohen)

Netanyahu reafirmou o compromisso de Israel para estabelecer a paz na região e considerou a visita do presidente americano um marco histórico. “Nunca antes a primeira viagem internacional do presidente dos EUA incluiu uma visita a Israel”, disse ele. “Acredito que sob a liderança de Trump, a aliança entre Israel e os EUA vai se tornar cada vez mais forte”.

Dois dias antes de pousar em Israel, Trump fez uma visita à Arábia Saudita, onde foi recebido pelo rei Salman bin Abdulaziz no Palácio Al Yamama, em Riad. Na ocasião, os líderes discutiram sua relação bilateral e a luta contra o terrorismo.

“Chegamos a um acordo histórico para uma cooperação cada vez maior contra o terrorismo”, anunciou Trump em Israel.

Locais sagrados
Mais tarde, Trump e sua equipe foram até a Cidade Antiga de Jerusalém para visitar locais sagrados da cidade, começando pelo Santo Sepulcro, onde Jesus foi crucificado, sepultado e ressuscitado ao terceiro dia.

No local, o presidente americano foi recebido pelos patriarcas armênios e gregos ortodoxos de Jerusalém.

Trump e sua família em visita à Igreja do Santo Sepulcro, na Cidade Velha de Jerusalém. (Foto: The Washington Post)

Em seguida, Trump se dirigiu para o Muro das Lamentações e se tornou o primeiro presidente dos EUA a visitar o local mais sagrado do judaísmo. Ele fez uma oração e colocou um pedido nas fendas do Muro durante a ocasião. Sua filha, Ivanka e a primeira-dama, Melania oraram separadamente, na seção das mulheres.

A visita de Trump no local sagrado ocorre após uma controvérsia gerada pelo diplomata dos EUA, que se referiu ao Muro Ocidental como parte da Cisjordânia.

Mudança da embaixada americana
Uma das promessas da campanha presidencial de Trump foi mudar a embaixada americana de Tel Aviv para Jerusalém, um movimento que reforça o reconhecimento da cidade como capital de Israel.

Embora um alto funcionário do governo tenha anunciado que Trump continua comprometido com sua promessa, ele não irá abordar esse assunto na viagem.

Guiame

Billy Graham: "Quando Deus dá uma segunda chance é para nos lembrar do Seu amor"


Billy Graham chega aos 98 anos de idade, com lucidez e um legado evangelístico, que está sendo mantido por seus filhos. (Foto: BGEA)



O Evangelista Billy Graham alertou que Deus não concede uma segunda chance por acaso, mas sim para enviar um importante sinal.
O evangelista renomado Billy Graham disse que quando Deus concede a alguém uma segunda chance na vida, é para lembrar esta pessoa sobre o amor que Ele tem por ela - e da brevidade da vida.

O fundador da Associação Evangelística Billy Graham, compartilhou seus pensamentos em resposta a uma questão colocada por um leitor: "Acabei de sair do hospital depois de um acidente de carro", disse o leitor. "Os policiais disseram que ficaram surpresos por eu não estar morto. Eu nunca fui de dar muita atenção a Deus. MAs agora me pergunto: Será que Deus está tentando me dizer algo?".

Graham disse que Deus está realmente tentando dizer ao leitor algo - e seria tolice ignorar este sinal. O evangelista citou Ezequiel 33:4 para embasar sua resposta.

"Se aquele que ouvir o som da trombeta, não se der por avisado, e vier a espada, e o alcançar, o seu sangue será sobre a sua cabeça", citou o pastor.

Graham explicou ao leitor que Deus pode estar querendo alertá-lo sobre duas coisas importantes: que a vida é breve e que Ele o ama.

"O que Deus está dizendo a você por meio dessa experiência? Primeiro, Ele está te lembrando da brevidade da vida", alertou.

"Sim, sua vida foi poupada, e devemos agradecer por isso. Mas e se Ele não tivesse poupado sua vida? De qualquer forma, algum dia você vai morrer e estará diante de Deus, mesmo que seja daqui a muitos anos. A vida é curta e o tempo para se preparar para a eternidade é agora", continuou o evangelista.

Em segundo lugar, Graham alertou que Deus também estaria dizendo àquele leitor que o ama muito.

"Até agora, na vida você tem ignorado Ele - mas Ele não ignorou você!" disse ele. "Ele ama você - e a prova é que, ele não que somente poupou sua vida nesta ocasião, mas também o filho dEle, Jesus Cristo, deu a vida dEle por você. Ele fez isso para que você pudesse ser perdoado de seus pecados e para ir morar com ele no Céu, para sempre".

Em um texto anterior da sessão de respostas de Billy Graham aos leitores, o evangelista também disse que as segundas chances não são concedidas "por acidente".

"Uma das razões foi para que você se volte a Ele e fala de Jesus Cristo o alicerce de sua vida", disse evangelista a outro leitor que também havia sobrevivido a um acidente de carro. "Assim como um edifício precisa de uma base sólida para ser estável, também precisamos de uma base sólida para construir nossas vidas. Pela fé, se volte a Jesus Cristo e faça dele o fundamento da sua vida".

"Deus não dá uma segunda chance por acidente, então não perca sua vida, mas coloque-se nas mãos de Cristo e buscar a vontade de Deus para o seu futuro", Graham aconselhou. "A Bíblia diz: 'E ele morreu por todos, que aqueles que vivem assumindo não vivam mais para eles mesmos, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou "(2 Coríntios 5:15)".

Guiame

Se o seu ministério não alerta sobre o pecado não é obra do Espírito Santo, diz pastor



Em uma de suas pregações, o pastor Paulo Junior alertou que não é possível alguém afirmar que estar cheia do Espírito Santo e mostrar que não se incomoda com o pecado.
A manifestação e ação do Espírito Santo vai bem além dos dons (de línguas, cura, profecias) ou outras expressões externas. A afirmação sintetiza o alerta passado pelo pastor Paulo Junior em uma de suas pregações e que teve um de seus trechos compartilhado nas redes sociais recentemente.

Segundo o pastor - líder da Igreja Aliança do Calvário - a Bíblia não aponta tais manifestações externas como o principal sinal da ação do Espírito Santo.

"Muita gente entende que o Espírito Santo consiste no falar em línguas, no profetizar, nas visões, em manifestações estereotipadas. Muitos julgam que a pessoa cheia do Espírito Santo é aquela que mais se manifesta com exteriormente, fisicamente, profere palavras em línguas, profere profecias, quando ela cai, rola [no chão]. Mas isso não é evidência do Espírito Santo, segundo a escritura", disse.

Paulo Junior reconheceu que a manifestação do Espírito realmente traz algo sobrenatural consigo, mas a ação primordial dEle está bem além disso.

"Eu sei que quando o Espírito Santo nos acomete há um abalo, uma alterção na emoção, mas essa não é a maior evidência. O Espírito Santo veio para convencer o pecador", disse

"Se na sua vida, no seu ministério, você que julga ser cheio do Espírito Santo não denuncia o pecado do púlpito que você prega, nas melodias que você canta, se não há santificação em você, isso não é obra do Espírito Santo e se a obra que você diz que é do Espírito Santo não faz essas coisas, então não é [movida pelo] Espírito Santo", alertou.

Paulo Junior também alertou para muitos cristãos que se restringem aos sinais externos da ação do Espírito, mas não atentam para a grande transformação interior que Ele pode operar.

"A pessoa [diz que] está cheia do Espírito Santo, mas não paga a conta; está cheio do Espírito Santo, mas bate na mulher; está cheia do Espírito Santo, mas não venceu a masturbação, fornicação ou o adultério e cobiça a todos e todas; está cheia do Espírito Santo, mas não consegue ficar sem um decote; está cheia do Espírito Santo, mas não perdoa, é irada, carnal", destacou.

Confira o restante deste trecho da pregação no vídeo acima

Guiame

Ministro ligado à Universal recebeu $6 milhões da JBS

Nome do bispo licenciado Marcos Pereira apareceu em delação de Joesley Batista
Entre as dezenas de nomes denunciados pelo empresário Joesley Batista, dono da JBS, está o de Marcos Pereira, ex-ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços de Temer. Após a divulgação das gravações envolvendo o presidente da República, o PRB – liderado por Pereira – manteve-se na base aliada.

Pereira é bispo licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus e, na condição de líder do PRB, recebeu R$ 6 milhões. A descrição do repasse foi feita por Joesley na delação homologada pelo ministro Edson Fachin, do STF, e que agora é tornada pública.

O montante teria sido dividido em 12 parcelas, sendo que a última foi repassada pessoalmente a Pereira. “A última parcela de R$ 700 mil foi paga no dia 24 de março de 2017, na casa do depoente, diretamente a Marcos Pereira”, afirmam os autos.

Na delação premiada consta que o Antonio Carlos, ex-vice-presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), intermediou o pagamento de propina. O dinheiro era para “facilitar” a aprovação de um empréstimo de R$ 2,7 bilhões à empresa processadora de carne.

Caberia a Pereira manter o ex-­vice da Caixa no cargo. O representante do banco afirmou que pedia os recursos em nome de quem havia lhe indicado.

De acordo com o Estadão, no início de 2016 Marcos Pereira fez contato com Joesley e confirmou a exigência do valor e a possibilidade de dividir em parcelas. O executivo conta que, além do valor pago pessoalmente, foram quitados R$ 4,2 milhões e restaram R$ 1,8 milhão.

Odebrecht
É a segunda vez que o nome de Marcos Pereira aparece nas delações. Em abril, a pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, o ministro Fachin determinou a abertura de inquérito para investigar o ministro.

O pedido se baseou nas delações dos executivos da Odebrecht, Marcelo Odebrecht, Alexandrino Alencar, Fernando Reis, e Hilberto Mascarenhas Filho. Em 2014, Pereira teria recebido da empreiteira investigada pela Lava Jato R$ 7 milhões para o PRB. Esse repasse seria para garantir o apoio à chapa Dilma-Temer na eleição presidencial.

“Edinho Silva [tesoureiro da campanha de Dilma Rousseff] teria sugerido ao executivo Marcelo Bahia Odebrecht o acionamento de líderes dos partidos PROS, PRB, PC do B e PDT a fim de propiciar o custeio das referidas agremiações partidárias. Objetivava-se, com isso, assegurar maior tempo de antena à coligação “Com a Força do Povo” e, de tal modo, gerar vantagem eleitoral à candidatura”, diz o texto do processo.

A abertura dos inquéritos não implica culpa dos investigados. Ainda não foi determinado se há indício de autoria do crime e o Ministério Público não decidiu se apresenta uma denúncia ou pede o arquivamento. Caso a denúncia seja apresentada e aceita pelo Supremo, o investigado se torna réu e passa a ser julgado pelo tribunal.

O PRB nega que tenha recebido. 

Com informações PRB

Padre Fábio de Melo critica teologia da prosperidade também na Igreja Católica

Para o padre Fábio de Melo, a teologia da prosperidade tem causado grande mal também no meio católico

O sagrado e o profano cercam a rotina de Padre Fábio de Melo. Há 20 anos na estrada religiosa, o mineiro confessou no Conversa com Bial desta terça-feira (16/5) não temer circular pelo show business e esbarrar em possíveis pecados que rondam o sucesso e a fama. "Preciso me despir da hipocrisia. O pecado está em todos os lugares, na minha sacristia da mesma forma que está na Marquês de Sapucaí. Eu prefiro estar onde ele é mais visível porque eu sei com quem estou lidando", diz.

Ao ser questionado sobre a teologia da prosperidade, o padre falou que os cristãos católicos também têm aderido a esse mal.

Sempre firme nas opiniões, Padre Fábio diz se inspirar em figuras como Papa Francisco. Inclusive, explica como faria se ocupasse o posto dele!
"Fico pensando se eu fosse Papa, não poderia dizer tudo que penso porque existe uma observação muito maior."

E mesmo quando a conversa fica mais afiada e Bial pergunta sobre o surgimento de padres famosos para atrair mais fiéis, Padre Fábio reconhece sua posição nesse mercado.
“Não posso negar que sou um homem do espetáculo, trabalho com música e meu palco é bonito. O que acontece com esse espetáculo é minha grande responsabilidade.”

ASSISTA AQUI


Abaixo-assinado será enviado à ONU para alertar sobre cristãos perseguidos; participe

A petição pretende apoiar os cristãos na Síria e no Iraque. (Foto: Portas Abertas)

A organização Portas Abertas está promovendo uma petição para apoiar os cristãos na Síria e no Iraque. O documento será apresentado na ONU em dezembro de 2017.

O drama vivido pelos cristãos perseguidos no Oriente Médio já é conhecido por todo o mundo. Para que a perseguição religiosa seja amenizada de forma prática, a organização Portas Abertas está promovendo uma petição para apoiar os cristãos na Síria e no Iraque.

A petição será apresentada ao secretário-geral das Nações Unidas em dezembro de 2017. António Guterres é a única pessoa que pode supervisionar todas as questões levantadas pela equipe da Portas Abertas e seus parceiros.

Até dezembro de 2017, os pedidos serão levados a diferentes pessoas e organizações que têm influência direta sobre cada uma das recomendações da campanha. Movimentos como esses mostram que falar pelos cristãos perseguidos em ações institucionais pode fazer uma real diferença.

Em 2010, mais de 428 mil pessoas assinaram a petição Free to Believe, uma campanha contra a resolução da ONU sobre difamação religiosa. Em 2013, mais de 300 mil pessoas em todo o mundo assinaram a petição Apoie Síria, que destacou ao mundo os sofrimentos dos cristãos na Síria e no Iraque.
No texto do abaixo-assinado enviado ao secretário-geral da ONU, a Portas Abertas pede que as Nações Unidas incentivem a Síria e o Iraque a protegerem os direitos de igualdade e inalienabilidade de todos os cidadãos e assegurem a melhoria de suas condições de vida.

Um pedido especial foi feito aos refugiados e deslocados internos que estão retornando aos seus países, para que seus governos forneçam a eles moradia adequada, educação e emprego. 

Guiame

Humorista superou a depressão através da fé: "Jesus me pegou e fui transformado"

Conhecido por interpretar o personagem 'Zé Modesto', João Netto conta que chegou a pensar na morte para fugir da depressão, mas um encontro com Jesus mudou sua vida.

Na noite da última quinta-feira (18), o humorista cristão João Netto aproveitou a entrevista concedida ao apresentador Danilo Gentili para também compartilhar um pouco de seu testemunho de transformação de vida.

Conhecido por um de seus personagens mais famosos - o Zé Modesto - João Netto contou já chegando ao final de sua entrevista que após sofrer com o fim de seu casamento, entrou em depressão e até pensou em se matar.

Apesar de hoje ser um cristão evangélico confesso, João confessa que antes de se converter tinha um olhar preconceituoso sobre aqueles que ouvia falando sobre Jesus.

"Eu tinha preconceito com crente. Eu bebia, fumava... aí passei por um processo de separação, entrei em depressão e pensei até em morrer", contou.

"Eu não queria saber de Deus. Os crentes chegavam para mim, dizendo: 'ei, cara! Vamos para a igreja' e eu dizia 'Não!'... essas coisas que o mundo às vezes tem, uma rejeição a Jesus Cristo", acrescentou.

Mas a dor que sentia em sua alma o levou a buscar ajuda e ele aceitou ir ao culto em uma igreja.

"Quando estava doendo muito, eu fui [à igreja]. Chegando lá, eu gostei daquela 'palestra' (para mim, aquela pregação era como uma palestra)", contou.

"Aí o pastor começou a falar: 'Deus te trouxe aqui, porque você está sofrendo. Ele vai mudar a tua vida, a sua história. Ele está vendo o que você está passando, Ele conhece a sua vida' e eu chorando. Então ele perguntou: 'Você quer Jesus? Levante a sua mão!", continuou.

João Netto contou que não se deu conta na hora que aquele era um apelo para as pessoas se converterem, mas não se conteve e levantou sua mão.

"Eu abri os olhos e ninguém mais levantou a mão. A minha filha que me levou estava do meu lado e eu perguntei: 'Ninguém mais quer Jesus?'. Ela me respondeu: 'Não, pai... agora o senhor se converteu, o povo aqui já é crente'. Eu disse: 'Não! Eu não quero' e baixei a mão. Mas não adiantou, Jesus me pegou e a minha vida foi transformada", contou.

Guiame

Jovem clama a Deus em grave acidente e sobrevive: “Ele é a razão por eu estar aqui”


O carro de Apol Lansang foi partido ao meio, mas ela não sofreu ferimentos graves. (Foto: Reprodução/Tom Bond)

A jovem estava indo para um estudo bíblico quando aconteceu o acidente. Seu carro foi partido ao meio, mas ela não sofreu ferimentos graves.

Lansang diz que Deus é responsável por sua sobrevivência. (Foto: Christopher Chung/The Press Democrat)

Depois de sobreviver a um grave acidente de carro enquanto estava a caminho de um estudo bíblico, uma jovem enfermeira passou a expressar gratidão ao livramento de Deus.

Apol Lansang, de 25 anos, estava dirigindo em uma rodovia da Califórnia, nos Estados Unidos, quando notou um carro desgovernado na contramão.

Sem tempo para reagir, Lansang acabou virando seu carro para a pista contrária e fechou os olhos quando viu que iria colidir com um veículo que se aproximava.

“Eu esperava que, quando eu abrisse os olhos, tudo aquilo seria apenas um sonho”, disse ela ao site The Press Democrat. “Naquele momento, tudo que eu pensava era: ‘Deus, por favor me salve. Eu não sei o que vai acontecer. Espero que quando eu acordar deste pesadelo, eu esteja salva’”.

Por fim, Lansang escapou ilesa — o que foi considerado um milagre, devido a gravidade do acidente. Segundo a imprensa local, seu carro foi partido ao meio por causa da intensidade da colisão. Assista:


“Que bagunça! Isso deve ter sido uma batida de frente a quase 130 km/h”, um homem afirma no local do acidente, segundo as imagens registradas por uma câmera. “Eu nunca vi um carro partido ao meio desse jeito”.
Lansang sabe que os destroços do acidente são provas de que ela deveria ter morrido, mas foi milagrosamente guardada por Deus.
O motorista que provocou o acidente, Kevin Fenty, foi lançado para fora de seu carro, mas não sofreu ferimentos graves. Mais tarde, ele foi detido pela polícia com a suspeita de dirigir sob efeito de drogas.
Segundo policial Kylar Adams, o cinto de segurança salvou a vida de Lansang. “É impressionante ela ter sobrevivido a esse acidente”.
A jovem, no entanto, acredita que Deus é o grande responsável por sua sobrevivência. “Minha comunhão com Deus é com uma fuga desse mundo, eu acho que essa é uma das razões por eu estar aqui”, disse ela. “Eu sempre me dediquei a Deus de todas as formas que eu podia”.

Guiame

Onde você vai com tanta pressa?

TUDO tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu. Eclesiastes 3:1

Vivemos dias de correria, não se tem tempo mais para nada. Até de férias, temos pressa ainda no primeiro dia das férias já estamos pensando na volta. 

O que esta ocorrendo? Teria o dia que são de 24 horas encurtado? Você já deve ter se perguntado; porque quando eu era criança o tempo parecia parado e o dia parecia muito comprido?.

Certo dia observei algo interessante que me fez refletir, porque os homens correm tanto. Estava vindo de férias, o avião taxiava na pista do aeroporto e o comandante estava dando ordens dizia ele: Senhores passageiros; mantenham preso ao cinto de segurança até que aeronave tenha parado totalmente. Estava eu preso ao cinto quando menos esperei, parecia que todos em minha volta haviam combinado para levantar-se ao mesmo tempo.

Todos queriam descer ao mesmo tempo nem respeitaram a ordem para que os idosos, gestantes e mães com criança no colo descessem com prioridade. Foi um tremendo tumulto, todos com celulares tentando ligar para seus parentes, pareciam que faltavam cinco minutos para o mundo acabar. 

Eu ali quieto amarrado pelo cinto aguardando a ordem para descer, só observando a correria no corredor da aeronave.

Porque corremos tanto? Porque vivemos com tanta pressa e esquecemos dos que estão em nossa volta? Esperem! Porque tanta correria? Esperar? 

Uma tarefa quase impossível neste corre corre diário nosso . Esperar pacientemente como nos orienta o Salmo 40:1 é muito difícil, logo pulamos para o verso 13 Que diz: Apressa-te Senhor em me atender...... Temos pressa, estamos muito ocupados para esperarmos. Quem gosta de esperar?

Esta nossa correria nos cegam os olhos, não observamos os pequenos detalhes que passam do nosso lado. Muitas vezes um detalhe pode ser a solução dos problemas que vivemos, pois são nos detalhes que se resolvem as equações.

Às vezes esta nossa correria nos faz deixar de lado a nossa família, nossos filhos, nossa casa. Quando paramos e percebemos onde estamos, as coisas, os detalhes já passaram. 

As crianças já não são mais crianças, já são adultas e nem percebemos, pois estávamos muito ocupados para olharmos aos detalhes. As flores já murcharam e nem vimos sua beleza quando desabrocharam.

Eu te pergunto: Pra onde você vai com tanta pressa? Pare um pouco, afinal de contas os problemas de amanhã só serão resolvidos amanhã, porque então perder o sono hoje?

Mateus 6:25(a) - Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos quanto à vossa vida,

Mateus 6:27 - E qual de vós poderá, com todos os seus cuidados, acrescentar um côvado à sua estatura?

Porque tanta ansiedade? Por ventura sua ansiedade vai adiantar o relógio ou pará-lo?

Eclesiastes 3:1- TUDO tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.

Então, porque tanta pressa, pare olhe em sua volta o que Deus tem feito. Ouça os pássaros, veja os campos, as flores, preste atenção o que esta ocorrendo em sua volta.

Há detalhes que passam por nós que nunca mais verás novamente, experimente olhar os detalhes de seus filhos, esposa e lar. Perceberás que estás em alta velocidade.

Mateus 6:34 - Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal.

Só parando perceberás que tens tempo sim, precisa apenas ser mais bem administrado. Coloque o Senhor como prioridade em sua vida e todas as coisas que você corre tanto atrás serão acrescentadas.

Mateus 6:33- Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.


Por Josiel Dias.

“É tempo de orar como nunca pelo Brasil”, diz pastor sobre escândalos de corrupção


Michel Temer teria aprovado a compra do silêncio de Eduardo Cunha. (Foto: Diego DEAA/WikiCommons)


Um pedido de impeachment contra o presidente Michel Temer foi protocolado nesta manhã. Pastores estão pedindo para cristãos se unirem em oração pelo Brasil.

Um pedido de impeachment contra o presidente Michel Temer (PMDB) foi protocolado na manhã desta quinta-feira (18) pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

O pedido tem como base as informações divulgadas ontem pelo jornal O Globo sobre a delação premiada feita por sete executivos do grupo JBS. Segundo o dono da JBS, Joesley Batista, Temer teria dado aval ao pagamento de R$ 5 milhões pelo silêncio do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha, preso pela Operação Lava Jato. 

“Tem que manter isso aí”, teria dito Temer ao tomar conhecimento dos pagamentos feitos a Cunha, segundo o jornal.

Diante da inconstância política no Brasil, alguns pastores expressaram sua indignação diante de mais um escândalo de corrupção. “Deus, tem misericórdia deste povo sofrido que está pagando um preço altíssimo”, disse Willy Garcia, pastor na Igreja Apostólica Vida Nova.

“Passa logo este Brasil a limpo, não dá mais para aguentar tanta corrupção”, ele continuou, fazendo um apelo aos cristãos brasileiros: “Queridos irmãos, é tempo de orar como nunca pelo Brasil”.

A cantora Nívea Soares também fez um apelo de oração diante do momento atual do País/ “A ferida é grande e profunda. São séculos de corrupção enraizados na cultura e na mente de brasileiros e políticos. A vergonha é grande, mas o Senhor é poderoso para mudar nossa história e sarar a ferida”, disse ela.

Pedido de Impeachment
Na noite de ontem, o deputado Alessandro Molon (Rede-RJ) protocolou um pedido de impeachment do presidente que segue para o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Em seguida, o deputado e terceiro secretário da Mesa, João Henrique Caldas (PSB-AL), apresentou uma denúncia contra Temer por crime de responsabilidade.

O pedido feito por Randolfe Rodrigues foi protocolado junto à Secretaria-Geral da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), é quem irá avaliar se dá prosseguimento ou não à abertura do processo de impeachment contra Temer.

Aécio Neves
Além do pedido de impeachment contra Temer, o parlamentar da Rede anunciou ainda que vai fazer uma representação contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG) no Conselho de Ética do Senado.

Segundo denúncias, Aécio teria pedido e recebido aproximadamente R$ 2 milhões de executivos da JBS sob o pretexto de pagar os custos de sua defesa na Operação Lava Jato. 

Nesta quinta-feira, o Supremo Tribunal Federal determinou o afastamento de Aécio de seu mandato. A Procuradoria-Geral da República também pediu a prisão de Aécio, mas o pedido ainda deverá ser analisado pelo plenário do STF. Caso sua prisão seja decidida pela corte, o pedido ainda precisa ser submetido à aprovação do Senado.

Guiame

Pr. Silas Malafaia responde às asneiras de padre Manzotti

O pastor Silas Malafaia, líder da igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo e presidente do Conselho de Pastores do Brasil, rebateu a entrevista dada a ‘Veja’ neste fim de semana pelo padre Reginaldo Manzotti. O cantor e escritor católico alfinetou o crescimento dos evangélicos pentecostais nos últimos trinta anos: “A filosofia do ‘me dê um Fusca que eu te devolvo uma Mercedes’ soa bem, embora seja uma balela”.

Em entrevista ao site de ‘Veja’, Malafaia desceu a borduna na fala de Manzotti sobre como o discurso evangélico tem prosperado em classes menos favorecidas: “Em situações onde faltam saúde, moradia e alimento, qualquer teologia da prosperidade que prometa cura e riqueza em troca de doações funciona”, afirmou o padre. “É uma visão preconceituosa. 

Para ele, pobre é burro, idiota e sempre enganado. Mas a história mostra que quem explorou os pobres durante séculos não fomos nós, evangélicos, não”, rebateu Malafaia. “Uma pessoa pode até dar um Fusca esperando uma Mercedes, mas se ele não receber o prometido, pula fora”.

Malafaia defende que a igreja evangélica tem crescido em todos os segmentos sociais e cita o bairro de classe média alta onde vive no Rio de Janeiro. Em vinte anos, afirma que o Recreio dos Bandeirantes passou a ter 18 templos evangélicos (antes eram dois) e a igreja Católica permaneceu com apenas um. “De sete meses para cá, todas as vinte igrejas que abri foram longe de favelas, e olha que eu tenho muitas igrejas nestas áreas. Esse padre está precisando andar mais pelo Brasil para ver se nós evangélicos só pregamos para pobre mesmo”.

O líder evangélico faz ainda uma crítica mais conceitual à forma de conquistar fieis utilizada pelos católicos atualmente. “A questão é que a Igreja Católica deixou de pregar o Evangelho que transforma a vida das pessoas. Veja se você vê a Bíblia na mão de um padre”, questiona. “Sabe por que a Igreja Católica não incentiva seus membros a lerem a bíblia? Porque o dia que eles lerem, eles largam. 

A bíblia não é dos evangélicos nem dos católicos, é a palavra de Deus. E ela condena a idolatria de ponta a ponta”. Malafaia aponta diferenças sobre o uso de dinheiro nas duas igrejas: “O povo evangélico vê que o dinheiro que eles dão para a igreja fica aqui no Brasil, sendo investido na abertura de novos templos. Nós não mandamos bilhões todo ano para cobrir déficit de corrupto no banco do Vaticano”.

Malafaia chega a desafiar Manzotti a abrir as suas finanças. Embora o padre seja um dos maiores vendedores de CDs, DVDs e livros do país, afirma viver de uma herança da família e do salário pago pela paróquia. “Esse padre perdeu a oportunidade de calar a boca. Como disse o rei da Espanha para o Hugo Chavez, ‘por que não te callas?’. É melhor ele continuar cantando do que ficar falando asneira a respeito da religião dos outros”.

Fonte: Veja

Padre Fábio de Melo sobre exorcismo: “Cada um que expulse o diabo que criou”

Religioso foi entrevistado no "Conversa com Bial"
O padre Fábio de Melo, o líder religioso que tem recebido grande atenção da mídia, concedeu mais uma entrevista onde fez afirmações que contrastam com o ensinamento da igreja. Durante o “Conversa com Bial”, exibido pela rede Globo na noite da última terça-feira, ele falou sobre questões teológicas de uma maneira curiosa.

“Preciso me despir da hipocrisia. O pecado está em todos os lugares, na minha sacristia da mesma forma que está na Marquês de Sapucaí. Eu prefiro estar onde ele é mais visível porque eu sei com quem estou lidando”, afirmou, dando mais uma mostra que não segue a ortodoxia católica.

O padre que também é cantor e artista, contou que há 20 anos se dedica a vocação religiosa, mas não segue os estereótipos. Justificou: “Existem padres que ainda gostam do traje. Eu nunca usei, eu cresci numa congregação que já não tinha o hábito da batina. Sou filho de uma congregação fundada por um francês, um homem avançado para o tempo dele”.

Quando a entrevista abordou a existência do diabo, o religioso comentou que já foi procurado para fazer exorcismo. “O diabo existe e tem suas filiais. A minha maior preocupação é quando identifico o que é diabólico em mim e é alimentado pela minha rotina”, sublinhou.

Em seguida, surpreendeu ao dizer: “Sobre exorcismo, eu digo não. Cada um que expulse o diabo que criou. O diabo é seu, somente você tem autoridade de tirá-lo da ação. Se eu fico pensando no diabo como uma instância, eu perco a responsabilidade de reconhecer em mim o que é diabólico. Eu tenho atitudes diabólicas, você tem também”.


Fábio contou ainda que se inspira em figuras como o papa Francisco. Cogitou sobre o que faria se ocupasse o posto dele. ”Fico pensando se eu fosse Papa, não poderia dizer tudo que penso porque existe uma observação muito maior”.

Ao ser questionado por Bial sobre o surgimento de padres famosos para atrair mais fiéis, o padre reconhece sua posição no mercado: ”Não posso negar que sou um homem do espetáculo, trabalho com música e meu palco é bonito. O que acontece com esse espetáculo é minha grande responsabilidade”. 

Com informações ClicRBS

As mentiras evangélicas sobre o diabo


Terno e gravata. (Foto: Canal Ciências Criminais - JusBrasil)


Vejamos ao menos quatro coisas que são faladas sobre o Diabo e que os evangélicos divulgam como sendo verdade, mas não são!

Existe no meio evangélico, ensinamentos que são transmitidos há muito, repetidos por gera­ções de mestres, recebidos por tradição, os quais jamais foram analisados com o cuidado necessário, à luz das Escrituras. Costumo sempre fazer esta pergunta: "Você crê mais na Bíblia ou naquilo que ensinam em muitos lugares?"

Será que estamos dispostos a acreditar mais na Bí­blia, mesmo que o que ela disser, seja diferente do que ensinam as autoridades da Igreja?

Até os demônios crêem em Deus e na Sua Palavra, podem estar certos disto! Eles não somente crêem que Ele existe, mas eles crêem que Deus é um Santo Deus, um Deus que odeia o pecado, um Deus de verdade, que prometeu julgamentos, e que cumprirá Sua vingança sobre eles. Esta é a razão dos demônios "estremecerem" ou tremerem - eles conhecem Deus mais claramente que a maioria dos seres humanos, e eles estão amedrontados. O Diabo sabe disso, mas muitos cristão não compreendem esta realidade espiritual. Vejamos ao menos quatro coisas que são faladas sobre o Diabo e que os evangélicos divulgam como sendo verdade, mas não são!

1. O Diabo governa o Inferno.
Esta é uma das clássicas mentiras pregadas sobre o Diabo. Na Divina Comédia de Dante, temos a impressão de que o diabo é uma gerente supervisor dos sofrimentos atribuídos as almas perdidas lançadas no inferno. Mas esse cenário contradiz as Escrituras. Sabemos que ele não supervisiona inferno algum, pois o mesmo ainda não existe. Inclusive ele será lançado no Lago que arde com fogo e enxofre (inferno em sua totalidade) de acordo com Mateus 25:41 e Apocalipse 20:10. De acordo com estes textos ele não será o rei ou governante de nenhum inferno, mas um atormentado pelo fogo ao lado dos rebeldes e pecadores.

2. O Diabo me fez fazer o que não queria.
De acordo com Tiago 1:13-15 cada um é tentado pelo seu próprio mau pensamento ou cobiça. O diabo pode até potencializar um desejo, mas ele jamais decidirá por ninguém, nem executará o mal de ninguém, isso é fruto de um coração pecaminoso. O diabo pode nos ajudar a cometer pecado, mas a decisão é sempre nossa e somente nossa. Daí a consequência de todo pecado recair sobre aquele que pratica.

3. O Diabo tem chifres é vermelho e usa tridente
A imagem do diabo em nossa sociedade é mais mitológica do que bíblica. Sabemos que a bíblia não define exatamente como o diabo é, e ele parece ter o poder de se travestir de qualquer coisa que o ajude a enganar alguém, inclusive como “anjo de luz” (2Coríntios 11:14). Portanto imaginar um formato ou corpo físico que defina Satanás parece forçar uma interpretação das escrituras. Serpentes e Dragões são alguns corpos atribuídos à ele pela Bíblia em Apocalipse 20:2.

4. O Diabo pode fazer pactos com pessoas.
Ele até pode fazer pactos verbais com pessoas, mas cumprir estes pactos são outra história. Ele não possui nenhuma legalidade para isso se do alto não for dado. De acordo com as escrituras “todas as almas pertencem ao Senhor”(Ezequiel 18:4).


Guiame

“Os cristãos são nossos irmãos”, diz presidente de Israel às igrejas de Jerusalém


Presidente de Israel, Reuven Rivlin, afirmou que considera cristãos e judeus “irmãos”. (Foto: Miriam Alster/Flash90)


Reuven Rivlin convidou líderes das igrejas de Jerusalém para um encontro em sua residência oficial e condenou a perseguição aos cristãos no Oriente Médio.

O presidente do Estado de Israel, Reuven Rivlin, anunciou durante uma reunião com os líderes das igrejas em Jerusalém que considera cristãos e judeus “irmãos”.

Rivlin convidou a liderança de diversas igrejas de Jerusalém para um encontro em sua residência oficial e aproveitou a oportunidade para condenar a crescente perseguição aos cristãos no Oriente Médio.

“Eu digo a vocês aqui, nossos irmãos cristãos de Jerusalém, que os nossos pensamentos estão com vocês neste momento difícil", disse Rivlin. “Nós todos vimos as fotos da Síria. Eu visitei alguns dos feridos que estão sendo tratados nos hospitais israelenses. O que aconteceu lá para a comunidade cristã e para todo o país foi uma mancha na humanidade”.

O presidente israelense passou a notar que o povo judeu “sabe melhor do que qualquer outro o que significa orar com medo e sofrer pelo terrorismo”.

Rivlin prometeu que Israel irá continuar se esforçando para “proteger a sua liberdade de culto e a segurança de seus locais sagrados”.

Durante sua primeira visita aos Estados Unidos em 2015, Rivlin fez um discurso para líderes cristãos na Igreja Comunidade Cristã do Brooklyn, conhecida por ter membros negros.

"Eu também tenho um sonho", disse Rivlin, fazendo uma analogia com a fala do Pastor Martin Luther King, “que mais uma vez Deus vai bater na nossa porta. Eu sonho que Jerusalém, que é um microcosmo do mundo, vai servir de modelo para a coexistência entre as diferentes comunidades e religiões. Judeus e árabes não estavam condenados a viver juntos, mas destinados a viver juntos”, disse ele.

“Somos todos filhos de Abraão e, como disse o profeta Isaías: ‘Nos últimos dias, o monte do templo do Senhor será estabelecido como o principal; será elevado acima das colinas, e todas as nações correrão para ele... Pois a lei sairá de Sião, de Jerusalém virá a palavra do Senhor’”, ele continuou.

Nenhum dos nove presidentes israelenses anteriores foram a uma igreja evangélica fora de Israel.

Guiame

Mulher se arrepende de aborto e clama a Deus durante procedimento: “Pedi perdão e cura”


Finley nasceu no dia 5 de janeiro e transformou a vida do casal. (Foto: Reprodução)


Depois de tomar as primeiras pílulas abortivas, a mãe se arrependeu e clamou a Deus para seu bebê continuar vivo. Meses depois, sua filha nasceu milagrosamente saudável.

Summer tinha acabado de terminar o ensino médio quando engravidou de seu namorado, Jason. No início o casal se alegrou com a novidade, mas acabaram considerando o aborto para que pudessem viver seus planos.

“Como vou conseguir fazer faculdade agora? O que as pessoas vão pensar de mim? Meus pais vão me matar! Eu ainda não estou pronta para ser mãe”, pensava a garota, na época.

Com sete semanas de gravidez e muito medo no coração, Summer visitou uma clínica da rede de abortos Planned Parenthood, nos Estados Unidos. “Eu não queria fazer isso, mas eu achava que não tinha outra escolha”, disse ela.

O médico explicou à Summer sobre os conjuntos de pílulas que ela teria que tomar para abortar seu feto. “Eu fui ficando mais pensativa, me perguntando se eu estava fazendo a coisa certa. Eu me convenci de que não havia nenhuma outra opção, então balancei a cabeça enquanto ouvia as instruções do médico”.

A jovem tomou a primeira pílula, que começaria a quebrar a placenta, cortando o fornecimento de nutrientes ao bebê. Ela tomaria mais duas pílulas no dia seguinte e foi avisada que deveria esperar um sangramento pesado e a possibilidade até mesmo de ver seu bebê sendo expelido.

Summer conta que ela e seu namorado tentaram se convencer de que haviam feito a escolha certa, mas a angústia tomou conta de seu coração. “O arrependimento cresceu tanto que tivemos que encostar o carro. A gente sabia que tínhamos cometido o maior erro de nossas vidas”, disse ela.

Arrependimento
Chegando em casa, Summer e Jason encontraram o contato de um conselheiro pró-vida que direcionou o casal a um médico que poderia fazer a reversão do aborto. O profissional confirmou que caso a jovem tomasse uma dose dupla de progesterona com vitaminas pré-natais, o bebê poderia ser salvo a tempo.

“Nós clamamos a Deus por perdão e cura. Nós imploramos por uma segunda chance, para que a gente pudesse ter tudo de volta”, lembra Summer. Nove semanas depois, um ultra-som revelou que dentro dela estava sendo gerado um bebê saudável.

Além de ter livrado milagrosamente a vida do bebê, Deus trouxe a reconciliação entre os membros da família dos jovens. Summer e Jason se casaram e se tornaram pais da pequena Finley, que nasceu no dia 5 de janeiro, completamente saudável.

“Desde que a Finley nasceu, meu pai e eu ficamos mais próximos do que nunca”, disse Summer. “Ele e Jason estão finalmente desenvolvendo uma amizade. Todo mundo está tão feliz e louco de amor pela nossa filha. Ela mudou todas as nossas vidas para melhor, e seremos para sempre gratos”.

A reversão do aborto é possível para as mulheres que tomaram a primeira dose da pílula abortiva. Médicos já salvaram mais de 175 bebês com o procedimento de reversão do aborto.

Guiame

Escola proíbe funcionária de oferecer orações por seus colegas


Toni Richardson é funcionária da escola de ensino médio 'Cony'. (Foto: Christian News Network)


A funcionária Toni Richardson foi proibida de falar - até mesmo em conversas particulares - que estava orando por seus colegas e apresentou uma queixa contra a escola.

Uma funcionária de uma rede pública de ensino na cidade de Augusta, capital do estado do Maine (EUA), apresentou uma queixa à Comissão de Igualdade em Opportunidades de Emprego dos Estados Unidos (Agência do Governo), na última terça-feira, alegando que está sofrendo discriminação religiosa.

Toni Richardson, que trabalha como técnica educacional na Escola de Ensino Médio 'Cony', dentro do Departamento Educacional de Augusta, disse em seu relato que teria sido ordenada por seus a não dizer mais a seus colegas de trabalho - mesmo durante conversas privadas - que iria orar por eles.

Segundo seus advogados - do Escritório 'First Liberty' - Richardson ficou chocada depois de ser punida por dizer a um colega de trabalho que ela iria orar por ele. Ela quer que o distrito escolar retire a proibição imposta a ela e deixe claro a seus funcionários que é permitido falar sobre fé em conversas privadas, relatou a emissora 'WMTW-TV'.

"Eu fiquei chocada quando os meus superiores me puniram por eu ter dito a um colega de trabalho, em uma conversa particular: 'Vou orar por você", disse Richardson em um comunicado. "Tenho medo de perder meu emprego se alguém me ouvi falando sobre a minha fé com um colega de trabalho, em uma conversa particular".

De acordo com seu relato, ela estava incentivando um colega de trabalho, que ela já havia convidado para ir à igreja, a crescer em sua fé e disse que iria orar por ele. De alguma forma, o distrito escolar se envolveu nesta história e começou a questionar se ela havia dito a colegas de trabalho sobre suas crenças religiosas particulares durante várias conversas.

Mais tarde, Richardson disse que ela recebeu um memorando com instruções para evitar a abordagem de tais temas - mesmo em conversas particulares com seus colegas de trabalho.

O Departamento Educacional de Augusta respondeu à notícia da queixa, expressando decepção e dizendo que tinha comunicado aos advogados de Richardson que queriam resolver esta questão, mas não haviam recebido resposta.

"As preocupações de Richardson sobre o memorando enviado a ela primeiro chegou ao nosso conhecimento, quando seus advogados escreveram para nós", disse que o distrito escolar. "Nós já respondemos, deixando claro que o Departamento Escolar de Augusta reconhece os direitos dos funcionários em manter e expressar suas crenças religiosas e nunca foi a nossa intenção restringir ilegalmente esses direitos".

Guiame

Cantor louva a Deus no 'The Voice' e leva plateia à adoração; assista


Chris Blue é candidato do The Voice e está na final do programa. (Imagem: Youtube)


Na última segunda-feira (15), o cantor Chris Blue emocionou a plateia, jurados e telespectadores ao aproveitar a sua apresentação na semifinal do 'The Voice' (USA) para louvar a Deus e garantiu sua vaga na final do programa. A canção escolhida por ele foi o sucesso gospel internacional "Take Me To The King" ("Leve-me Ao Rei").

A atitude de Chris foi elogiada nas redes sociais pela evangelista Anne Graham Lotz, que destacou também a letra da canção, como uma "verdadeira expressão do sentimento dos cristãos".

"Quem pensaria que uma performance no 'The Voice' iria expressar o que muitos de nós estamos sentindo?", escreveu Lotz em um post Facebook na última terça-feira, agradecendo a Blue.

"Deus o abençoe pela forma tão eloquente e apaixonada, focada em mostrar que os nossos corações desejam ir de encontro ao Rei", acrescentou.

Morador de Knoxville, Chris Blue avançou para as finais do 'The Voice' (USA) após uma rodada de votação, pela qual ele também agradeceu a Deus.

"Eu não esperava por isso", disse Blue ao jornal '10News', lembrando Quando Carson Daly, apresentador e produtor executivo do show, chamou o seu nome como o primeiro concorrente a passar para a final.

"Eu pensei que ele estava fazendo uma pergunta para mim. Eu pensei que era apenas 'Deixe-me fazer esta pergunta Chris e depois ir para outra pessoa'. Eu não estava esperando que o meu nome fosse chamado", contou.

Blue também escreveu no Twitter: "Eu não posso conter os meus sentimentos, galera! Obrigado a todos vocês! Meu grande agradecimento vai para Deus e também para o @NBCTheVoice, @aliciakeys e vocês! Sim, vocês!".

A canção "Take Me to the King" - apresentada em uma nova versão para a semifinal do 'The Voice' - foi originalmente gravada pela cantora gospel norte-americana, Tamela Mann e soa mais como uma oração sincera diante de Deus.

Assista à apresentação:

Confira a tradução da letra, logo abaixo:


Leve-me ao rei
Eu não tenho muito para levar
Meu coração está despedaçado
É a minha oferta
Leve-me ao rei

A verdade é que eu estou cansado
As opções são poucas
Estou tentando orar
Mas onde está você?
Eu estou longe da igreja
Ferido e abusado
Eu não posso fingir
O que resta a fazer?

A verdade é que eu estou fraco
Sem forças para lutar
Sem lágrimas para chorar
Mesmo se eu tentasse
Mas ainda assim a minha alma
Se recusa a morrer
Apenas um toque vai mudar a minha vida

Leve-me para o rei
Eu não tenho muito para levar
Meu coração está em pedaços
É a minha oferta
Coloque-me no trono
Deixe-me lá sozinho
Para contemplar a Sua glória
E cantar para você esta canção
Por favor, leve-me para o rei

A verdade é que é hora
De pararmos de jogar esses jogos
Precisamos de uma palavra
Para a dor do povo

Então, senhor fale agora
Deixe Sua Palavra cair como chuva
Estamos desesperados
Estamos te buscando
Sem regras, sem religião
Eu fiz a minha decisão
De correr até você
O médico que eu preciso

Leve-me ao Senhor, estamos no caminho
Nós continuamos a cometer erros
A glória não é para nós
É toda sua, é para você

Leve-me para o rei
Eu não tenho muito para levar
Meu coração está em pedaços
É a minha oferta
Coloque-me no trono
Deixe-me lá sozinho
Para contemplar a Sua glória
E cantar para você esta canção
Por favor, leve-me para o rei

Guaime

500 Anos


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tags

(783) Cristãos Perseguidos (543) Cristãos (519) Bíblia (493) Intolerância Religiosa (365) Israel (344) Evangélicos (303) igreja (264) Reflexão (247) apocalipse (194) oração (190) Homosexualismo (177) catolicismo (153) Rede Record (148) homofobia (146) Irã (141) escatologia (132) Missões (131) Evento Gospel (128) Silas Malafaia (126) pecado (123) islan (114) Política (113) ateus (109) judeus (109) Aborto (106) Religião (105) Milagres (103) Natal (102) Criança (92) Ahmadinejad (91) esporte (91) Testemunho (86) globo (77) guerra (73) Perdão (72) Salvação (72) Morte (64) pastores (64) Aline Barros (59) Religiosidade (56) Yousef Nadarkhani (56) PL122 (55) Amor (54) adoração (48) heresia (47) Drogas (42) Prosperidade (42) festival promessas (41) Judaísmo (39) Thalles Roberto (39) campina grande (39) Apostasia (38) carnaval (36) Idolatria (35) mulçumanos (34) Estados Unidos (33) Família (33) Maconha (31) adoradores (29) Shows (28) Catástrofes (26) Hipocrisia (26) Páscoa (22) esperança (22) Mentira (20) Confiança (19) Alegria (18) Nasa (18) Oriente Médio (17) Pornografia (17) Suicídio (17) DIP (16) Paz (16) Rei David (16) adversidade (16) consciência cristã (16) BAND (15) Conforto (15) Pena de Morte (15) Promessa (15) Sofrimento (14) BBB (12) Graça (12) Tatuagem (12) benção (12) dia das mães (12) obediência (12) impureza (11) Ansiedade (10) Justin Bieber (10) Rio +20 (10) livro (10) masturbação (10) Catástrofe (9) Desobediência (9) Filho pródigo (9) Perlla (9) livre arbítrio (9) Jotta A (8) Pedro Leonardo (8) Whitiney Houston (8) filho de crente (8) sony music (8) Darwin (7) Eutanásia (7) Hackers (7) Perigo (7) Senadores (7) União (7) presença de Deus (7) Perfeição (6) cura pela palavra (6) Purgatório (5) alienígenas (5) lei da palmada (5) Aline Barros mostra sua filha (4) Cegueira Espiritual (4) Kaka (4) escolhas (4) texto e contexto (4) torá (4) vasco (4) vigilância (4) Gratidão (3) Ressentimento (3) Segurança (3) Semeadura (3) Sodomia (3) o Caminho (3) servos (3) Cristo Redentor 80º aniversário (2) Guinnes Wolrd Records (2) Harold Camping (2) Impossiveis (2) Pressa (2) Sonho de infância (2) mundial da juventude (2) Flórida (1) Galardão (1) Michel Teló (1) Redenção (1) impios (1) recall (1) vingadores (1)

Uma Reflexão sobre a Crise no Brasil