Protesto do KLB Kiko contra marca de sabão em pó vira assunto

Músico fez um longo desabafo contra um comercial da marca veiculado no Instagram. Reação dele dividiu opiniões

Ele se revoltou com um vídeo publicitário divulgado nas redes sociais pela Omo, que incentivava pais a deixar de lado ‘clichês de gênero’ e permitir que meninos e meninos tenham acesso a brinquedos variados.

Leia o texto na íntegra:
“Comunicado urgente: Omo convoca pais e mães a fazerem recall de todas as brincadeiras que reforcem clichês sobre gênero. Meninas podem, sim, se divertir com minicozinha ou mini lavanderia, mas também podem ter acesso a brinquedos de lógica e dinossauros assustadores. E meninos podem trocar fraldas de bonecas e ter uma incrível coleção de panelinhas.

Porque mais importante do que o brinquedo é a brincadeira. Junte-se a Omo na campanha pelo direito de toda criança de se sujar e brincar livremente.”

Na madrugada deste domingo (8), ele compartilhou o post junto de um longo texto, se referindo aos criadores da campanha como “porra de anti-Cristos” e “imbecis” e responsáveis por provocar uma “guerra iminente” ao “forçar uma realidade que NÃO EXISTE”.



Ele explica nos parágrafos seguintes que ‘gays’, ‘evangélicos’ e ‘católicos’ não são os culpados “dessa demonização da atualidade”, mas sim a falta de regras. “Temos a obrigação de respeitar a todos (…) ! Mas devemos exigir um país com regras”

Informações Vejasp

0 comentários:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...