Portas Abertas convoca brasileiros para interceder pela Coreia do Norte

Mais de 50 mil cristãos norte-coreanos vivem em campos de trabalho forçado
O Domingo da Igreja Perseguida (DIP) será dedicado à Coreia do Norte, país que lidera na Lista Mundial da Perseguição há 16 anos. A igreja brasileira está sendo convidada a orar especificamente por isso durante os cultos.

O regime ditador de Kim Jong-um tem sido um dos temas mais discutidos mundialmente, desde que começou a dar sinais de mudança.

Contudo, para os norte-coreanos ainda não há liberdade religiosa. A nação mais fechada do mundo para o evangelho é chamada de República Socialista, mas na verdade é uma ditadura que vem passando de pai para filho.

“Possuir uma Bíblia ou evangelizar por lá pode levar à morte. Aqueles que são descobertos são levados à tortura e prisão”, explica Marco Cruz, secretário-geral da Portas Abertas no Brasil.
Situação dos cristãos norte-coreanos

Segundo a organização, dos 24,5 milhões de cidadãos norte-coreanos, somente 2% professa a fé cristã. Mesmo assim, o fazem de forma clandestina. Destes, aproximadamente 50 mil vivem em campos de trabalho forçado, onde enfrentam maus tratos, isolamento e fome.

Naquele país, liberdade de pensamento, de expressão e direito à informação não são respeitados. Os cristãos enfrentam níveis extremos de pressão em todas as áreas da vida, além de constante violência contra eles.

O cristianismo é visto como uma religião ocidental e hostil. O governo espera que todos os cidadãos “adorem” somente a família Kim, mantendo a imposição do “culto à imagem” que recheou o solo coreano de estátuas e fotos dos presidentes desde o fim da Guerra da Coreia, que dividiu o país em dois.

Em todo o território da Coreia do Norte não é permitido a abertura de igrejas. Reuniões religiosas são vistas como um ato criminoso. São comuns notícias de líderes cristãos presos ou de fiéis mandados para campos de trabalhos forçados apenas por terem uma Bíblia.
Domingo da Igreja Perseguida

O DIP é o movimento nacional de oração da Portas Abertas. Todos os anos, um país é escolhido e a igreja brasileira se mobiliza para orar pela situação dos cristãos perseguidos por lá.

Além das orações, há também um momento de conscientização através de vídeos e exposição de imagens sobre o tema. Quase 2.500 igrejas já se cadastraram para o DIP 2019 que vai acontecer em 16 de junho.

Para mais informações acesse o site www.portasabertas.org.br.

Assista!


GospelPrime

0 comentários:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...