Cantora cristã que lutava contra o câncer, morre louvando a Deus: "Maravilhosa graça"


Apesar de mal conseguir falar, Sharon provou seu amor por Cristo. (Foto: Reprodução).


Apesar da luta contra o câncer, Sharon Jones se mostrava alegre e fez questão de cantar até dar seu último suspiro, mesmo sem conseguir falar direito.

A cantora gospel Sharon Jones faleceu aos 60 anos no dia 18 de novembro desse ano. Muito conhecida nos Estados Unidos, a cristã recebeu homenagens de diversos outros cantores, inclusive de Michael Bublé, pelo Twitter. “Estou profundamente triste ao ouvir as notícias sobre Sharon Jones. Foi uma honra e um privilégio tocar com a rainha do soul”, publicou no microblog.

Em 2014, Sharon foi indicada pela primeira vez ao prêmio Grammy na categoria Melhor Álbum de R&B, por "Give the People What They Want".

Apesar da luta contra o câncer, Sharon estava sempre muito alegre e realmente deixava “sua luz brilhar onde quer que fosse”, como diz a letra de sua canção: "Eu vou levar esta luz ao redor do mundo e eu vou deixar ela brilhar". Mesmo sabendo que estava chegando ao fim de sua vida, a cantora continuou cantando, assegurando que seu último suspiro fosse de louvor ao Senhor. A informação foi dada pelas pessoas que estavam com ela em seus momentos finais.

Apesar de mal conseguir falar, Sharon provou seu amor por Cristo. A cantora insistiu em cantar. Através de gemidos de dor, seus entes queridos e companheiros de banda reunidos em torno de seu leito de morte puderam decifrar palavras de suas canções preferidas.

Sharon cantou "Amazing Grace" e "Go Tell It on the Mountain", suas canções favoritas. Ela foi fiel até o fim. Em sua última entrevista, ela disse que enfrentar o câncer não enfraqueceu sua fé, acrescentando que a maneira como ela viveu sua vida, deu-lhe confiança para enfrentar a morte. Seu pastor disse que todas as coisas boas que ela tinha feito "fariam com que ela fosse encontrar seu Criador face a face".

Sharon Jones será lembrada por uma série de razões. Sua contribuição para a música realmente encantou uma geração. Quando ela faleceu, o mundo da música perdeu um grande pilar. No entanto, não é apenas o mundo da música que está triste pela perda de alguém que será sempre lembrada como alguém que definiu o movimento "neo-soul" de uma maneira totalmente nova. Os cristãos também ficaram tristes com a perda de uma cantora que nunca deixou de proclamar sua fé abertamente.


Guiame

0 comentários:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...