Pastores levam mensagem de consolo na Arena Condá em noite de homenagem


Torcedores da Chapecoense prestam homenagem na Arena Condá. (Foto: Paulo Whitaker/Reuters)


“Deus vai limpar de seus olhos toda a lágrima, porque Ele é bom”, disse o pastor Bartolomeu, líder da Igreja Batista Central de Chapecó — na qual o zagueiro Neto, um dos sobreviventes, faz parte.

Na noite em que a Chapecoense disputaria a final da Copa Sul-Americana, torcedores do time catarinense e do Atlético Nacional (Colômbia) homenagearam as vítimas da tragédia com o aviãoque a delegação brasileira até Medellín.

Milhares de torcedores ocuparam nesta quarta-feira (30) a Arena Condá, em Chapecó para homenagear as vítimas do desastre aéreo. O tributo reuniu jogadores do clube, familiares, moradores da cidade e jornalistas de todo mundo. Ao mesmo tempo, em Medellín, colombianos lotaram o Estádio Atanasio Girardot para uma celebração.

O momento em que os nomes e fotos das vítimas do acidente foram exibidos no telão foi de grande comoção. Os gritos de "é campeão", que já foram escutados na terça-feira, voltaram a ecoar na Arena Condá.

Por volta de 22h20, os pastores Claudir, Bartolomeu e o padre Igor levaram uma mensagem de conforto para o público presente, com todos os familiares das vítimas no gramado. Todos estavam muito emocionados e abalados com a tragédia.

Familiares de jogadores da Chapecoense se emocionam na Arena Condá. (Foto: Andre Penner/AP)

O pastor Bartolomeu, líder da Igreja Batista Central de Chapecó — na qual o zagueiro Neto, um dos sobreviventes, faz parte — reforçou a importância de ter esperança. “O que mais nós precisamos é de esperança. Não qualquer esperança, não uma mera esperança, mas a esperança que está em Deus”, disse ele.

“A esperança que não falha, a esperança que dá força para caminharmos mesmo com o vento soprando de maneira contrária. Às famílias que estão aqui: Deus vai consolar o coração de vocês, Deus vai limpar de seus olhos toda a lágrima, porque Ele é bom”, acrescentou o pastor.

Bartolomeu citou ainda um trecho do hino da Chapecoense, que diz “nas alegrias e nas horas mais difíceis, meu furacão, tu és sempre um vencedor”. “A Bíblia diz que em Cristo nós somos mais do que vencedores. Nós passaremos por essa turbulência e louvaremos o nome do Senhor para todo sempre”, finalizou o pastor.

Torcedores da Chapecoense acompanham cerimônia na Arena Condá. (Foto: Paulo Whitaker/Reuters)

O padre Igor, que é conhecido por sua intensa torcida pelo time da cidade, também expressou palavras de consolo. “A minha oração é que o Espírito Santo venha confortar o coração dos familiares”, disse ele. “Um Deus que nós servimos, um Deus que é fiel, que por mais que eu e você possamos estar abalados, ainda está no controle”.

Guiame

0 comentários:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...