Cuidado com o laço do passarinheiro

Pois ele me livrará do laço do passarinheiro, E da peste perniciosa. Salmos 91:3

Certa vez eu ouvi de meu Avô como ele conseguia pegar alguns dos passarinhos cantadores. Ele me contou com riqueza de detalhes como fazia as armadilhas, arapucas, visgos e laços para prendê-los. Ele até me ensinou fazer algumas das armadilhas. Segundo meu Avô, primeiramente devemos estudar onde eles costumam pousar e ficar, depois devemos alimentá-los por um período até que se acostumem com as ofertas de alimentos. Quando estiverem bem familiarizados com as iscas, arma-se, então o laço, as armadilhas para que o pássaro caia facilmente. Eu então perguntei: Mas Vô, não pode colocar direto o laço ou a armadilha? Ele me respondeu: Não meu filho, o pássaro é esperto, ele certamente não chegará perto e fugirá. Primeiro a gente engana os passarinhos todos os dias, colocando sua comida preferida e saborosa, isso por um determinado tempo, depois não teremos dificuldades em pegá-los. Eles caminharam para a armadilha sem problemas.

O pecado é gostoso porém doloso. Prende, escraviza, e mata o homem

 "Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo". João 2:16

É dessa forma que o diabo faz com o ser humano, coloca a sua disposição coisas atraentes, manjares gostosos, iscas que realmente são agradáveis aos olhos e, que muitas vezes, não se encontra em lugar algum, apenas para atrair sua presa, de uma forma silenciosa e imperceptível e com isso satisfazer os seus desejos. Essas iscas são oferecidas diariamente aos homens, e muitos nem percebem a armadilha do diabo para pegá-los.  Caminhamos com os nossos próprios pés para as armadilha e, quando percebermos, já é tarde, já caímos e estamos presos, viciados,  escravizados, acorrentados. Certamente se não forem quebradas as armadilhas, as gaiolas, caminharemos para morte eterna.

Assim como a história acima, quando os passarinhos eram capturados, eram colocados em gaiolas e ficavam por tempo indeterminado até que alguém os libertassem. Muitos morriam sem ter a liberdade.

Jesus veio nos libertar do julgo do pecado

"Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres" João 8:36. Jesus veio nos libertar das armadilhas do diabo, veio quebrar o julgo, cortar as correntes que nos aprisionavam, só Ele pode libertar verdadeiramente o homem dessa armadilha, só Jesus nos mostra o caminho, pois Ele é o caminho. "E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.” João 8:32. Disse-lhe Jesus: "Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim" João 14:6. Só Jesus tem o poder de quebrar as gaiolas que nos aprisionam e nos pôr em liberdade.

Após liberto a advertência continua,  "Cuidado com as armadilhas" 

Foi para a liberdade que Cristo nos libertou! Portanto, permanecei firmes e não vos sujeiteis outra vez a um jugo de escravidão. Gálatas 5:1

"Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo" Efésios 6:11.

O Senhor é o Espírito; e onde quer que o Espírito esteja, ali há liberdade. 2 Coríntios 3:17

Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres. João 8:36

Pois ele me livrará do laço do passarinheiro, E da peste perniciosa. Salmos 91:3


…Bendito seja o SENHOR, que não nos entregou para sermos dilacerados pelas presas e garras ferinas do inimigo. Como um pássaro, escapamos da cilada do caçador; a armadilha foi destruída e ficamos livres! O nosso socorro está em o Nome do Eterno criador do céu e da terra. Salmos 124:6-8

Reflexão

Quem sabe você se identifique com o passarinho desta reflexão, foi com seus próprios pés e não percebeu a armadilha e hoje está aprisionado, acorrentado e sem forças para ser liberto. Eu te convido a clamar por aquele que pode te libertar desse julgo. Ore comigo dessa forma:

Senhor Jesus! me ajude nesse momento, não tenho forças para libertar-me sozinho desse cativeiro, olha pra mim Senhor! Acuda-me, socorre-me, eu me arrependo de tudo que fiz, de minhas maldades, de meus pecados, reconheço que sou pecador, reconheço minha fragilidade diante desse problema. Creio que tens o poder de quebrar essas amarras que me prendem. Creio que És poderoso para libertar os cativos e oprimidos. Então nesse momento reconheço o Senhor como  meu libertador e Salvador e a partir de hoje "Serei livre" serei teu servo.  Amém!

Por Pb. Josiel Dias

0 comentários:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...