Jean Wyllys diz que faz "oposição ao PT" e arranca gargalhadas de deputados; assista

Jean Wyllys posa para campanha de apoio a Dilma Rousseff para a presidência, durante período eleitoral de 2014. (Foto: Divulgação)
As gargalhadas dos parlamentares presentes foram audíveis incomodaram o parlamentar do PSol. "Eu peço respeito. Do contrário, vou pedir que a segurança retire todos daqui", reagiu Wyllys.

Na última terça-feira (20), deputados estiveram em Reunião Deliberativa Ordinária, para mais uma sessão da CPI de Crimes Cibernéticos, na Câmara Federal.

A sessão foi marcada pela acusação do coordenador nacional do Movimento Brasil Livre (MBL), Rubens Alberto Gatti Nunes, que criticou o Colegiado e o acusou de tentar cercear a liberdade de expressão da juventude.

Ele declarou que se sente “perseguido e constrangido” pela Comissão e a razão desta perseguição seria seu posicionamento contrário ao PT e ao governo.

“A CPI dos Crimes Cibernéticos tem de procurar estelionatários, pedófilos, criminosos, traficantes e não buscar calar um movimento social”, afirmou.

Jean Wyllys na "oposição"
Porém, um outro momento marcou a sessão da última segunda-feira, quando o deputado Jean Wyllys (PSol - RJ) iniciou sua palavra, dizendo que é "apartidário" sobre este tema investigado pela CPI e faz "oposição ao governo Dilma e à esquerda".

As gargalhadas dos parlamentares presentes foram audíveis incomodaram o parlamentar.

"Eu peço respeito. Do contrário, vou pedir que a segurança retire todos daqui", reagiu Wyllys.

Logo após, o deputado Marco Feliciano (PSC - SP) respondeu a Wyllys, afirmando que "respeito não se pede, respeito se recebe" e foi aplaudido por diversos deputados presentes.

Clique no vídeo abaixo para conferir:



Guiame

0 comentários:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...