Pastor americano propõe “40 dias de Palavra” para combater o analfabetismo bíblico

A intenção é fazer com que os americanos amem, aprendam e vivam a Palavra de Deus
O pastor Rick Warren da igreja Saddleback está divulgando um vídeo onde convida os membros de sua igreja para participar de “40 dias de Palavra”. Serão grupos pequenos de ensinamento para combater o analfabetismo bíblico e ensinar as pessoas a amarem a Palavra de Deus.

São três objetivos primordiais nesses 40 dias de ensinamento: o primeiro é aprender a amar a Bíblia. “Amar mais que qualquer outra coisa na sua vida”, segundo enfatiza o pastor Warren. O segundo objetivo é fazer com que a Palavra seja aprendida de uma maneira eficaz e o terceiro motivo é fazer com que as pessoas vivam a Palavra de Deus.

“A Bíblia diz que a palavra de Deus foi dada para transformar nossas vidas e não simplesmente para informar”, diz Rick Warren para os espectadores. “Não foi dada para aumentar nosso conhecimento, mas para mudar nossas vidas”, ressalta o escritor de Uma Vida com Propósitos.

Questionada por um homem a respeito de qual seria a melhor tradução bíblica e o pastor respondeu que “a melhor tradução é aquela que se traduz na sua vida”, pois em sua visão os cristãos precisam ser uma Bíblia vivente.

Rick Warren diz que os americanos são analfabetos bíblicos, pois “eles conhecem a Palavra de Deus… A geração de nossos pais conhecia a Palavra de Deus muito bem. Minha geração conhece pouco. A próxima geração na sabe nada sobre isso”, destacou ele.

Traduzido e adaptado por Gospel Prime de Notícia Cristiana

Crescimento em meio ao caos!

Crescimento em meio ao caos!

Zacarias 4:6 – E respondeu-me, dizendo: Esta é a palavra do SENHOR a Zorobabel, dizendo: Não por força nem por violência, mas sim pelo meu Espírito, 
diz o SENHOR dos Exércitos.

Ageu 2:9 - 9 – A glória desta última casa será maior do que a da primeira, diz o SENHOR dos Exércitos, e neste lugar darei a paz, diz o SENHOR dos Exércitos.

Zorobabel foi um Judeu que nasceu na Babilônia, na época do cativeiro profetizado pelo Profeta Jeremias no capítulo 25 de seu livro na Bíblia Sagrada. No capítulo 30 do mesmo livro, cumpriu-se mais uma promessa de Deus na vida do seu povo quando os judeus receberam autorização do rei Ciro da Pérsia para voltarem à Jerusalém sob a liderança de Zorobabel. O retorno de Zorobabel com cerca de 50.000 pessoas tinha um propósito específico de Deus, RECONSTRUIREM O TEMPLO do Senhor, a Casa de Deus na Terra que havia sido saqueado, queimado e destruído por Nabucodonozor e seu exército Babilônico.
As coisas não foram fáceis e nunca são não é verdade?
Eles levantaram os primeiros alicerces do altar e em seguida sofreram oposição dos Samaritanos, que infiltrados, tentaram sabotar a obra de Deus através de uma manobra política maligna de calúnias e difamações junto ao rei da época (Dario) e conseguiram paralisar a obra por cerca de 16 anos.
Isso entristeceu demais Zorobabel e os seus liderados a ponto de fazê-los desanimar em continuar a obra. Mas, como os propósitos de Deus não podem ser frustrados, Ele usou dois profetas contemporâneos, Ageu e Zacarias que começaram a ministrar junto a Zorobabel e o sacerdote da época (Josué) encorajando-os, fortalecendo-os na fé, reavivando a esperança que outrora estava apagada, fazendo-os acreditar que em meio ao caos Deus era capaz de fazê-los crescer e alcançar o objetivo proposto pelo Eterno, fazendo com que recobrassem as forças e a esperança necessária para que retomassem a obra de reconstrução, dando-lhes a certeza de que a obra seria finalizada com a ajuda de Deus por intermédio do seu Espírito Santo.
O que eu quero aplicar na sua vida hoje amado (a) leitor (a) é que a oposição dos inimigos dos Judeus começou exatamente quando o altar foi levantado mais uma vez. E se tem algo que satanás não suporta é ver os filhos de Deus levantarem altar de adoração, reverência, arrependimento e gratidão ao seu Senhor porque sabe que a Gloria de Deus se manifestará na vida de Seus filhos abundantemente.
Quem sabe, você encontra-se hoje como Zorobabel, abatido, entristecido e desanimado. A esperança está apagada, e não consegue enxergar uma saída. Talvez, pelos embates que a vida lhe proporcionou, pela malignidade alheia, pela decepção com algumas pessoas, pelas perdas que teve no decorrer de sua vida que fizeram com que o seu altar para Deus fosse destruído e não tivesse mais forças, esperança e ânimo para reerguê-lo. Quem sabe você olha ao seu redor e só vê caos em cima de caos.
Eu quero ministrar sobre a sua vida, que ao contrário do que os seus olhos podem ver, esse é um tempo de crescimento para você. Em uma palavra profética quero lhe dizer que Deus lhe fará crescer em meio ao caos. Fazendo com que você coloque em ordem aquilo que é necessário e sarará tuas feridas na alma, te fortalecerá e lhe mostrará que não é pela força dos teus braços que vencerás, mas sim, pelo Espírito Santo que atuará na sua vida. Mas para isso acontecer, Deus está lhe dando a oportunidade de levantar hoje, mais uma vez, o altar de adoração, reverência, arrependimento e gratidão que um dia foi destruído.
Levante novos alicerces, edifique sua vida na Palavra de Deus, levante sua vida como altar para o Senhor habitar e se prepare, pois um novo tempo de Deus virá sobre sua vida.
Uma nova história na sua vida começa com a reconstrução do altar do Senhor.
Pense nisso!

Nele, por Ele, para Ele.
Por André Lepre- 
Padon

Muçulmano joga ácido no rosto de pastor durante o culto de natal

Ataque a pastor o deixa cego de um
olho e com rosto desfigurado.
O pastor Umar Mulinde, da Igreja Evangelho de Vida, em Kampala, Uganda, foi atacado como forma de protesto à sua conversão do islamismo para o cristianismo. O pai de Mulinde era um Imã, líder muçulmano, e sua família sempre foi rigorosa. O pastor foi um xeque antes de abraçar o cristianismo, uma decisão que gerou polêmica em sua comunidade.

O ataque ocorreu por volta das 9h da manhã na véspera do Natal. Um homem entrou na igreja e jogou ácido sobre ele. O pastor foi rapidamente levado para o Hospital Internacional Kampala por membros da igreja. A condição do pastor agora é estável. Com a esposa do seu lado, ele concedeu uma entrevista onde conta os detalhes:

“Eu fui atacado por um homem que dizia ser cristão. Ele me chamou, gritando: “pastor, pastor! Quando me virei para ver quem era, ele derramou ácido no meu rosto”, disse Mulinde. “Quando me virei para fugir, outro homem derramou mais ácido nas minhas costas e saiu correndo e gritando Allah Akbar [Deus é grande]”.

O pastor revela que tinha recebido ameaças há algum tempo, mas não as levou a sério. Como resultado do ácido, ele perdeu o olho direito e teve seu rosto seriamente desfigurado.

Os líderes da Convenção Nacional de Igrejas Pentecostais de Uganda, pediu que o governo identifique os responsáveis ​​pelo ataque e faça justiça. Os pastores já disseram que estão dispostos a contratar a Scotland Yard para rastrear os criminosos.

O bispo David Kiganda, classificou o incidente como “um ato de terrorismo”, e disse que mais pessoas podem estar correndo perigo se o governo não agir rapidamente para prevenir ataques futuros. Ele também explicou que uma grande vigília de oração está marcada para 31 de dezembro em Nakivubo, onde os fiéis vão orar principalmente pelo pastor Milinde e pelo fim dos atos terroristas em Uganda.

Kiganda disse ainda: “Nós temos liberdade de culto em Uganda, e não há sentido em condenar alguém que decide trocar de religião. Não acredito que podemos matar nosso próprio povo. Deus não é tão fraco que precise de alguém para matar em seu nome. Se Deus estava insatisfeito com os atos Mulinde, faria alguma coisa, não precisaria de outra pessoa”.

O bispo deixou claro, no entanto, que esses ataques não vão desencadear pânico entre a comunidade cristã. Ele classifica as perseguições como naturais. “Jesus também foi perseguido e aterrorizado. Não devemos temer a perseguição. Até mesmo o apóstolo Paulo foi tratado assim, embora não saibamos quem entre nosso rebanho continuará seguindo Jesus”, explicou.

Traduzido e adaptado por Gospel Prime de Christian Post

Diante do Trono e Pregador Luo estarão no programa Caldeirão do Huck neste sábado

A atração foi gravada no dia 12 de dezembro no Beach Park, no Ceará
Neste sábado, 31, o grupo de louvor Diante do Trono e o Pregador Luo estarão participando do programa Caldeirão do Huck, na Globo. A participação dos evangélicos faz parte do especial de final de ano do programa e foi gravado no dia 12 de dezembro no Beach Park em Fortaleza, Ceará.

Os cantores estarão apresentando algumas das canções especiais de suas carreiras e terão a oportunidade de mostrar o trabalho para o público desse programa que foi gravado dois dias depois que o grupo Diante do Trono e o Pregador Luo estiveram no palco do Festival Promessas, gravado no Rio de Janeiro e transmitido para todo o Brasil no dia 18.

Não há informações de outros programas de TV onde o rapper tenha participado, em contra partida Ana Paula Valadão já representou o ministério de louvor da Igreja Batista da Lagoinha em diversos programas como o Domingão do Faustão, Programa da Eliana, Programa Raul Gil e outros.

A participação desses cantores faz parte da abertura que a Rede Globo tem dado ao cenário evangélico, prova que a emissora está de olho neste público e que pretende incluir esse estilo musical em sua programação.

O Caldeirão do Huck vai ao ar neste sábado, 31 de dezembro, às 15h35.

Gospel Prime

Cinco verdades sobre os falsos cristos

Ele se veste de uma túnica branca. Traz um estranho sotaque internacional denominado “neo-aramaico”. Seu nome é Álvaro Thais. Intitula-se a si mesmo Cristo, por isso o novo nome, “Inri Cristo”.
Mas, como ele, já vieram muitos: John Nichols Thom; Arnold Potter; Ahn Sahng-hong; Baha Ullah; Joseph C. Dylkes; Mirza Ghulam Ahmad; Cyrus Teed; Haile Selassie; Georges-Ernest Roux; Ernest Norman, Krishna Venta; Yahweh ben Yahweh; Ariffin Mohamed; Jung Myung Scok; Jose Luis De Jesus Miranda; David Koresh; Sergei Torop; Grigory Petrovich Grabovoy; Hogen Fukunaga; Maria Devi Christos; Michael Travesser; Apollo Quiboloy; David Shayler; Sergei Torop…
Acima temos 26 nomes (de muitos outros) que disseram ser Jesus ou mesmo Deus. A própria quantidade torna-se um bom argumento quanto à pretensão deste grupo, nos lembrando daqueles filmes onde os personagens clonados dizem “eu ou o verdadeiro!”, “não, sou eu!”.
O que essas pessoas se esquecem é que o Jesus bíblico, verdadeiro e único Filho de Deus, previu ao mundo a respeito dos falsos cristos em Mateus 24. Uma rápida meditação nos mostra algumas características dos falsos cristos.
Em primeiro lugar, eles se autoproclamam Cristo (Mt 24.23). Afinal, como estes meros mortais atrairão para si a atenção? Se do céu não vem a voz do Pai para confirmar a filiação divina (Mt 3.17), é necessário então usar de muito marketing. E isso eles fazem muito bem com programas de rádio, televisão, vídeos no Youtube, etc.
Em segundo lugar, eles virão de uma forma comum e ordinária (Mt 24.24).  Eles estão por aí, andando, participando de cultos com os seus discípulos, mas tudo ordinariamente humano. E mesmo que Inri Cristo tenha afirmado em um debate que “veio de avião pelas nuvens”, muitos humanos estão indo e vindo neste mesmo meio de transporte, por entre as nuvens. Os falsos cristos são pessoas comuns. No surgimento deles não aconteceram sinais titânicos ou globais. Eles estão aí e o velho mundão continua sua jornada. Os anjos não tocaram as trombetas, os escolhidos não foram reunidos. Os mortos não foram ressuscitados, os justos não foram separados.
Em terceiro lugar eles podem enganar com sinais e prodígios (Mt 24.24). Ressuscitaram eles os mortos, curam doentes, fazem milagres diante das câmeras? Os atuais falsos cristos são mesmo incompetentes. Mas e quando surgir um que ressuscite os mortos e faça sinais extraordinários? Mesmo assim, se não acompanhar os sinais corretos, globais e derradeiros para a humanidade, não será o verdadeiro Cristo. Lembre-se que o iníquo virá sob a “eficácia de Satanás, com todo poder, e sinais e prodígios da mentira…” (2 Ts 2.9)
Em quarto lugar, os falsos cristos distorcem a Bíblia. Porque como toda seita e igreja falsa, não há como pregar uma mentira sem interpretar desonestamente a Palavra de Deus. Para usar a Bíblia a fim de embasar mentiras é necessário rasgar algumas páginas do livro sagrado, descontruir a mensagem do evangelho, metaforizar o que é literal e adaptar a mensagem com muita criatividade. E isso os falsos cristos fazem como ninguém!
Em quinto lugar, os falsos cristos não pertencem ao Reino de Deus. Apesar de a maioria estar envolvida com ações humanitárias e pregar uma mensagem de paz, estas pessoas estão propagando a mentira e desviando o povo da verdadeira salvação em Jesus. Fazendo isso eles se colocam como anticristos. São poderosos e sutis instrumentos do engano e da mentira. A série advertência das Escrituras (2 Pedro 2.9) não é destinado apenas aos falsos profetas e cristos mas também ao povo que confia nas suas obras para a salvação.
Diante de tantos desvios e falsos cristos, sejamos fiéis à Bíblia. Aguardemos firmes e perseverantes o verdadeiro Cristo, que de maneira inconfundível virá para nos salvar.
Quando Ele voltar haverá um evento cósmico inconfundível. Será uma vinda pessoal (At 1.11), física (Ap 1.7), visível (Mt 24.30), repentina (Ap 3.3), gloriosa e triunfal. As nuvens do céu serão sua gloriosa carruagem (Mt 24.30), os santos de Deus serão sua gloriosa procissão (1Ts 3.13). Virá como Rei dos Reis, Senhor dos Senhores, vencedor e triunfante sobre todas as forças do mal, pois colocou-as debaixo dos seus pés. (1 Co 15.25)
É a este Cristo que servimos, é a este Cristo que esperamos, o Autor e Consumador da nossa fé (Hb 12.2). Deposite nele sua esperança e sua salvação!

Por Andrei de Almeida Barros
Gospel Prime

Polícia ataca cristãos que celebravam o Natal na China

Igrejas foram fechadas e muitos
cristãos acabaram presos
No dia de Natal, a polícia em várias partes da China usou gás lacrimogêneo e agrediu os cristãos que celebravam o Natal. Por ser uma data “não oficial” eles não teriam permissão do governo, informou uma missão evangélica que trabalha na região.

“[Dia 25] pela manhã, perto das 8, nossa igreja estava fazendo um culto de Natal na cidade de Langzhong”, contou Li Ming. “Havia cerca de 20 ou 30 policiais, e eles usaram gás lacrimogêneo”, disse ele. “Meus olhos ficaram tão inchados que eu não consegui ver nada.”

De acordo com Li, a polícia prendeu três pessoas e confiscou instrumentos musicais e sistema de som do grupo.

A ChinaAid, missão americana que se dedica a ajudar a igreja perseguida na China, relatou que 30 membros da Igreja Shouwang, em Pequim, foram detidos por realizar um cultos ao ar livre.

De acordo com testemunhas, a polícia parecia estar “se preparando para uma grande batalha” quando partiram para cima dos cristãos.

“[A repressão foi] muito dura”, disse Chen, um membro da igreja Shouwang. “Eles levaram 39 pessoas para a delegacia. Mas apenas um jovem ainda não foi solto”.

O pastor Jin Tianming disse não saber o que a repressão vai significar para o futuro da Shouwang , que já foi vítima perseguição do governo chinês no passado. Não é primeira vez que eles são proibidos de fazer cultos ao ar livre.

“Nós alugamos um local, mas as autoridades pressionaram o senhorio e ele disse que quer terminar o nosso contrato”, disse Jin. “Não decidimos qual será o nosso próximo passo”.

Além disso, seis fiéis foram espancados e presos enquanto se reuniam em uma casa, parte da rede de igrejas nos lares, na província costeira de Zhejiang.

De acordo com Pastor Luo Sennian, “eles jogaram fora todas as coisas que pertenciam à nossa igreja. Eu tentei falar com eles, mas logo cinco ou seis policiais começaram a me bater. E acrescentou: “Meu filho foi espancado por oito ou nove pessoas depois que tentou impedr que eles me espancassem… eu tinha muito sangue no meu rosto.”

De acordo com o governo chinês, a religião não é ilegal na China. Pelo contrário, “é uma das forças importantes que move a China”.

No entanto, de acordo com o filósofo esloveno Slavoj Zizek , o governo chinês prefere religiões que “ajudem a estabilidade social”, como o confucionismo. Para eles, o cristianismo e o budismo tibetano causam “desintegração social”. Elas fazem isso por tentar operar de forma independente das autoridades.

Apesar da reputação de o governo chinês ser um dos piores do mundo no desrespeito aos direitos humanos, a ChinaAid declarou estar “chocada” com essa reação desproporcional no dia de Natal. “Por que o governo chinês tem tanto medo do Natal?” quationou o grupo em um comunicado.


Traduzido e adaptado por Gospel Prime de Christian Post

Local onde Abraão está enterrado é disputado por israelitas e palestinos

A caverna de Macpela é sagrada
para os fiéis judeus e muçulmanos
Após ser libertado de uma prisão israelense, Barakeh Taha decidiu finalmente casar-se e fez a cerimônia em um local sagrado para muçulmanos e judeus, mas que carrega uma história de disputas. Taha é mais um a apoiar uma campanha palestina para reivindicar os direitos sobre uma caverna antiga usada para enterros que fica no centro da cidade velha de Hebron.

Conhecida pelos muçulmanos como a “Mesquita Ibrahami” e pelos judeus como a “Caverna dos Patriarcas”, o local é considerado por ambas as religiões o túmulo do patriarca Abraão e de sua família. A Bíblia a chama de caverna de Macpela.

Os palestinos devem “frustrar as tentativas para os judeus ocupá-la ou tentar controlá-la”, disse Taha. “Eu encorajo todos os casais a se casarem aqui para apoiar o local sagrado e nossa resistência”, disse Taha. Ele é membro do Hamas e aos 32 anos foi incluído no acordo de troca de prisioneiros palestinos pelo soldado israelense Gilad Shalit.

No ano passado, Israel acrescentou a Caverna à sua lista de monumentos históricos nacionais. A decisão resultou em dias de confrontos entre jovens palestinos e as forças israelenses que se dedicam a proteger um enclave de colonos judeus escondidos na antiga cidade de Hebron.

Os palestinos dizem que vão pedir que a UNESCO reconheça formalmente o seu apego cultural à Mesquita Ibrahimi em fevereiro. Esse movimento só é possível graças ao reconhecimento da Palestina como um país por esse órgão das Nações Unidas há dois meses.

“Antes de sermos reconhecidos, não tínhamos o direito de adicionar um sítio arqueológico palestino na Lista do Património Mundial, pois estamos sob ocupação e a única maneira de fazer isso era através de países amigos”, disse Siham al-Barghuti, o ministro da cultura palestino.

“Agora podemos pedir que a UNESCO adicione nossos sítios arqueológicos e religiosos para a Lista do Patrimônio Mundial”, disse ele. ”É o principal benefício que nós tivemos.”

Grupos judaicos estão trabalhando muito para aumentar o número de visitantes da porção judaica deste sítio arqueológico. Mas os palestinos iniciaram uma contra-campanha para incentivar muçulmanos a realizar eventos comemorativos, como cerimônias de circuncisão e casamentos na mesquita existente ali.

“A Mesquita Ibrahimi é para os muçulmanos e os palestinos, não para os judeus, nem para os colonos. Eu tenho orgulho de me casar neste lugar magnífico”, disse Lubna al-Natsheh, 19, a noiva de Taha. “Não vamos abandoná-la”, prometeu. ”Continuaremos a vir aqui e voltar um dia com nossos filhos.”

Antes da disputa diplomática, os palestinos deram demonstrações claras que seu povo valoriza a Mesquita Ibrahami. Em 26 de novembro, quando multidões se reuniram ali para marcar o Ano Novo muçulmano, muitos deles com o cabelo recém-cortado, seguindo a tradição.

Embora tanto muçulmanos quanto judeus façam suas orações no local, o sítio foi dividido em seções desde 1994, quando um colono israelense abriu fogo contra fiéis palestinos, matando 29 deles.

Apesar do passado sangrento da mesquita, Salah Abu Turki, 44, levou com orgulho seu filho recém-nascido para sua cerimônia de circuncisão, Este é um evento raro nos últimos anos por causa das restrições israelenses do acesso de palestinos ao local.

“É uma grande honra para mim que meu filho está sendo circuncidado aqui”, disse ele. “Os colonos também circuncidam seus filhos aqui, porém temos mais direitos de fazer isso do que eles. Este lugar é uma mesquita e esta é uma antiga tradição para o povo de Hebron”, disse Turki.
 Leia Não dê passos sem antes buscar o coração de Deus


Traduzido e adaptado por Gospel Prime de Canada.com

Pesquisa americana diz que orar traz benefícios ao cérebro e a saúde

Médicos notaram que a prática de orar todos os dias evita uma série de doenças e melhora o sistema imunológico
Uma equipe de profissionais da NewsMax Health pesquisou os efeitos que a oração provoca no cérebro e resultou que há vários benefícios quando a pessoa ora. Sem promover nenhuma religião os pesquisadores estudaram como a oração afeta o cérebro e o que a prática pode oferecer para a saúde física, mental e emocional das pessoas.
O resultado dessa pesquisa foi transformado em um vídeo para que um maior número de pessoas possa entender que a oração faz bem para a saúde. A comunidade médica que participou da pesquisa percebeu que a prática muda as quatro áreas do cérebro humano: Lobo Frontal, o córtex cerebral, o Lobo temporais e o sistema límbico.
Os pesquisadores descobriram que orar todos os dias durante um mesmo período pode ajudar a prevenir doenças como a perda de memória, a demência e o Mal de Alzheimer. Fora esses os médicos conseguiram perceber 47 benefícios que foram comprovados cientificamente.
Os mais destacados são que a oração pode diminuir a dor, diminuir o risco de morte por ataque cardíaco, o derrame cerebral, a ansiedade e a depressão. Fora isso ficou provado que orar melhora o sistema imunológico e outros sistemas.
O editor da Newsmax Health, Travis Davis, disse que a pesquisa não promove nenhuma religião e nem prática espiritual, apenas analisa sob uma luz prática o que acontece com três de cada quatro americanos que oram regularmente. “A maioria das pessoas tem consciência das crescentes pesquisas da neurologia que te estudado cientificamente a relação entre o cérebro e os fenômenos espirituais”, diz ele.

Traduzido e adaptado por Gospel Prime de Cristianos

Livro cria polêmica na Espanha ao prometer “curar” a homossexualidade

Ativistas gays se mobilizaram nas redes sociais dizendo que a obra promovia a desinformação
Depois de inúmeros protestos uma rede de livraria virtual da Espanha retirou o livro “Comprender y sanar la homosexualidad” (“Compreender e curar a homossexualidade”, em tradução literal) da lista de vendas. Escrito por Richard Cohen a obra dizia que era possível curar a homossexualidade e que o próprio autor teria sido curado.
“Se estamos decididos, contamos com o amor de Deus e o apoio de outras pessoas, a cura é possível”, ressalta Cohen em entrevista publicada no site da editora que traduziu o livro para o espanhol.
O livro gerou revolta  e a Federação Andaluza de Associações LGTB (lésbicas, gays, transexuais e bissexuais) protestou dizendo que a obra ofendia os homossexuais. As redes sociais foram usadas para fazer com que a El Corte Inglés retirasse os livros de suas prateleiras até que a empresa resolveu ceder e não venderá mais o livro de Cohen.
Cohen conta que era homossexual e que voltou a ser heterossexual. Além de sua mudança ele conta que ajudou curar milhares de homens e mulheres que sentiam atração por pessoas do mesmo sexo. Os dizeres deste livro fizeram com que a Actuable, uma comunidade on-line unisse esforços para lutar contra o que eles chamam de injustiça contra as minorias.
“Foram de grande ajuda as ferramentas das novas tecnologias da informação e comunicação, que permitiram uma pronta e decisiva atividade por parte dos cidadãos”, disse o comunicado da Federação Andaluza. Para eles esse livro pode provocar uma desinformação a respeito da homossexualidade e ainda ameaçar os jovens homossexuais e suas famílias ao dizer que é uma doença que precisa ser curada.

Com informações Folha
Via Gospel Prime

Menina de 8 anos pode desencadear conflito religioso em Israel

Mulheres são vítima de judeus ultra-ortodoxos em Beit Shemesh
A menina Naama Margolese, de apenas 8 anos, com seus óculos de grau e rabo de cavalo não parece representar perigo algum. Mas ela afirma que é diariamente submetida a insultos e perseguições por alguns membros da comunidade judaica ultra-ortodoxa.

Ela revelou aos repórteres ter medo de ir para a escola porque é alvo constante de agressões e chegou inclusive a ser apedrejada.

Segundo a imprensa israelita, tais atos são justificados pelas roupas que ela usa, consideradas “ousadas demais”. O caso de Naama está, mais uma vez, chamando atenção para o abuso e à segregação sofrida pelas mulheres na comunidade judaica.

Nesta segunda-feira, a cidade de Beit Shemesh, próxima a Jerusalém, foi palco de graves conflitos entre judeus ultra-ortodoxos e a polícia. Tudo começou quando os policiais tentaram retirar vários sinais espalhados pelas ruas e que ordenavam a discriminação contra as mulheres.

A polícia reforçou as patrulhas nessa cidade por causa da forte tensão provocada depois que vários manifestantes foram presos.

No último domingo, uma equipe de TV israelense sofreu agressões ao filmar as placas que pedem para as mulheres não pararem em frente a sinagogas. Por toda a cidade existem cartazes que ordenam às mulheres a se vestirem “modestamente”, segundo os princípios do judaísmo ultra-ortodoxo. Uma parcela da população tem uma visão rigorosa da necessidade de separação entre homens e mulheres.

A imprensa israelense já registrou numerosos casos em que as mulheres foram vítimas das agressões por se negarem a sentar na parte traseira dos ônibus, insistirem em andar na mesma calçada que os homens ou não andarem com os braços e pernas inteiramente cobertos.

Os judeus ultra-ortodoxos atualmente são 10% da população israelita, mas tem um crescimento anual muito elevado, devido à sua alta taxa de natalidade. Nos últimos anos eles têm se tornando mais agressivos, tentando impor seu estilo de vida e seus hábitos ao restante da população.

Nesta terça-feira, mais de 10 mil pessoas eram esperadas em Beit Shemesh para se protestar contra a exclusão das mulheres. Em Jerusalém, a maior cidade do país, empresas foram obrigadas a parar de estampar rostos femininos em outdoors devido ao vandalismo persistente. Os judeus moderados e os não praticantes tem constantemente criticado os ortodoxos.

Acostumados aos conflitos com os palestinos, agora existe o temor que os últimos eventos possam gerar um conflito religioso no país entre os próprios judeus. Em um pronunciamento, o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu pediu pelo fim da violência num país que considera ser um estado livre e democrático.

Traduzido e adaptado por Gospel Prime de Huffington Post

Retrospectiva 2011: Confira os principais acontecimentos no cenário evangélico

Políticos, pastores e cantores evangélicos tiveram destaque em vários setores
O ano de 2011 foi marcado por muitos eventos importantes que deram destaque para a igreja brasileira, mostrando que o público evangélico continua crescendo e que seus representantes, quer sejam políticos, pastores ou cantores, possuem muita influência na sociedade.

A maior prova disso foi a posse dos parlamentares evangélicos, entre eles os deputados federais Marcelo Aguiar, Pastor Marco Feliciano, João Campos, Lauriete, Pastor Paulo Freire, Antony Garotinho, Silas Câmara, e outros. A Frente Parlamentar Evangélica é formada por 73 deputados e senadores e tiveram grande destaque no cenário político em 2011.

Pastores como Silas Malafaia e apóstolo Valdemiro Santiago também tiveram grande destaque na mídia em 2011, principalmente em relação à sua posição contrária ao projeto de lei 122/2006 que foi desarquivado em fevereiro pela senadora Marta Suplicy. Para protestar contra, Silas reuniu milhares de pessoas em Brasília.

Os cantores evangélicos também se destacaram na mídia secular, a começar pelo Programa Eliana que fez o quadro “Tem Um Cantor Gospel lá em Casa” que além de abrir espaço para novos cantores pode divulgar grandes nomes da música gospel nacional.

O Gospel Prime selecionou cinco acontecimentos de cada um dos 12 meses do ano para você relembrar os fatos marcantes de 2011. Veja:

Janeiro
O ano começou com investigações nos Estados Unidos, pois um dos senadores americanos pediu para que seis televangelistas fossem investigados entre eles Joyce Mayer e Benny Hinn.

No mesmo mês o pastor brasileiro Silas Malafaia comemorou o fato do Programa Vitória em Cristo passar a ser exibido para mais de 200 nações.

Ricky Warren, pastor e escritor, resolveu entrar na luta contra a obesidade, problema grave entre a população americana, e lançou um programa para perder 40 quilos em um ano.

Em meio às tragédias que aconteceram no início de 2011 dezenas de ministérios se juntaram para ajudar as vítimas, como aconteceu no Rio de Janeiro, as fortes chuvas de janeiro deixaram muitos mortos e centenas de desabrigados.

Em meio ao caos deixado pela enchente um pai revelou que passou 15 horas soterrado com o filho nos braços cantando louvores a Deus até ser resgatado.

Fevereiro
Waguinho, ex-cantor de pagode secular, participou do programa Esquenta da Rede Globo contando seu testemunho de conversão.
Falece o pastor José Pimentel de Carvalho, líder da AD em Curitiba.
Unesco aprova o chamado kit gay para ser distribuído nas escolas públicas.
Edir Macedo gera polêmica ao afirmar que bebe cerveja.
Ricardo Gondim publica um de seus textos mais polêmicos, dizendo para Deus livrar o Brasil de se tornar um país evangélico.

Março
Rob Bell lança livro dizendo que o inferno não existe.
O pastor Terry Jones cumpre a promessa de queimar o Alcorão e gera revolta no Oriente Médio.
Uma senhora de 92 anos afirma que já leu a Bíblia completa mais de 208 vezes.
Sociedade Bíblica do Brasil comemora a marca de 230 milhões de Bíblias distribuídas.
Pastor Marco Feliciano revolta usuários do Twitter ao dizer que os africanos são descendentes malditos de Noé.

Abril
Menino evangélico consegue ser poupado da morte no massacre que aconteceu na escola em Realengo.
Cineasta divulga ao mundo que conseguiu encontrar os pregos que foram cravados em Cristo.
Pastor Samuel Câmara faz denúncias contra a diretoria da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil.
Morre o Pastor americano David Wilkerson, famoso por ser o autor do livro “A Cruz e o Punhal”.
Malafaia denuncia o racha na CGADB e a falta de união na festa do Centenário das AD no Brasil.

Maio
José Wellington responde as acusações sobre os dois eventos que foram realizados em Belém.
Ricardo Gondim volta a gerar polemica ao afirmar que Deus não é soberano.
Governo é pressionado por políticos evangélicos e decide retirar o kit anti-homofobia de pauta.
Robo consegue reproduzir a Bíblia em apenas 11 meses usando a caligrafia medieval.
Igreja Universal do Reino de Deus lança o canal on-line IURD TV.

Junho
Milhares de pessoas participam da festa do Centenário em Belém do Pará.
Juíz evangélico vai contra a decisão do STF e anula casamento entre homossexuais.
Wikeleaks divulga documento mostrando a preocupação do Vaticano em relação ao crescimento do evangelho no Brasil.
Arqueólogos encontram em Israel ossuário de Caifas, sacerdote de Jesus Cristo.
Rene Terra Nova unge 1000 novos apóstolos no Brasil.

Julho
Igreja Mundial do Poder de Deus completa 13 anos.
Igreja Presbiteriana do Brasil completa 152 anos.
Falece o pastor britânico John Stott.
Site gay diz que Silas Malafaia é uma “besta profana”.
Expo Cristã 2011 informa os dias e horários da 10º edição do maior evento do mercado cristão no Brasil.

Agosto
Após fundar igreja para gays, Lanna Holder debocha de ministérios como Assembleia de Deus e Deus é Amor.
Pastor gaúcho ora por crianças que são batizadas com pó de ouro após entregarem ofertas.
Igreja tem seu outdoor retirado da cidade de Ribeirão Preto por pregar contra o homossexualismo.
Novo Mapa das Religiões da FGV aponta que 2 mil católicos se tornam evangélico todos os meses em Mato Grosso do Sul.
Presidente Dilma recebe um exemplar da Bíblia da Mulher das mãos do deputado federal Roberto de Lucena.

Setembro
Pastor iraniano é condena à morte por não negar sua fé em Cristo.
O presidente Barak Obama é chamado de anticristo e confessa que Jesus Cristo é o Senhor.
Igreja Universal promove evento com 500 mil pessoas em Moçambique.
Bispos da IURD dizem que Ana Paula Valdão é possuída por demônios.
Revista Isto É comenta sobre o declínio da Igreja Renascer em Cristo.

Outubro
O pastor Mark Driscoll diz que Deus odeia as pessoas que acham que não precisam da justiça de Jesus.
Igreja Mundial do Poder de Deus cresce e passa grandes ministérios em número de templos.
Júlio Severo concede entrevista exclusiva ao Gospel Prime.
Harold Camping erra mais uma vez a previsão sobre o final do mundo.
Reforma Protestante completa 494 anos.

Novembro
Silas Malafaia concede entrevista à Revista Época e vira piada no Twitter.
Rede Record faz reportagem dizendo que não existe a unção de “cair no Espírito’.
Profecias judaícas sugerem que o Messias está prestes a “chegar”.
Maior editora evangélica do mundo faz parte de grupo editorial que lança livros pornográficos e a bíblia de satanás.
Caio Fábio é condenado à prisão por elaborar dossie contra Fernando Henrique Cardoso.
Dezembro
Criptografo diz que apostólo Paulo aceitava homossexuais em sua igreja.
Jornalista afirma que a Arca da Aliança está na Etiópia e que em breve será vista por todo o mundo.
Festival Promessas leva grandes nomes da música gospel para a tela da Rede Globo.
Cientistas tentam contatar anjos.
Globo informa que para 2012 pretende fazer outros três festivais com música gospel.

Gospel Prime

Rede Globo pretende realizar três edições do Festival Promessas em 2012

A intenção é filmar fora do Rio de Janeiro, já que no estado há diversos eventos do segmento
De acordo com o jornalista Lauro Jardim do Radar On Line, da Revista Veja, a Globo pretende realizar três edições do Festival Promessas em 2012, sendo duas edições regionais e uma nacional. O jornalista também informa que a emissora pretende gravar esses eventos fora do Rio de Janeiro, já que o estado recebe vários eventos do gênero durante todo o ano.

O Festival Promessas 2011 aconteceu no dia 10 de dezembro no Aterro do Flamengo e contou com nove artistas evangélicos. A transmissão aconteceu no domingo, 18, e foi um grande sucesso em relação ao ibope da emissora que praticamente dobrou em relação ao mesmo horário do domingo anterior.

O evento teve como participação os cantores: Pregador Luo, Eyshila, Ludmila Ferber, Damares, Fernandinho, Regis Danese, Fernanda Brum, Davi Sacer e Diante do Trono. O sucesso do festival não foi mostrado apenas com a audiência, mas também nas redes sociais, pois enquanto estava sendo transmitido, o evento da Globo foi o assunto mais comentado no Twitter, entre as 10 palavras do Trend Topics Brasil oito eram sobre o evento.

A aproximação entre a emissora e os evangélicos gerou muita polêmica no próprio meio, enquanto pastores como Silas Malafaia elogiavam a abertura que a Rede Globo estava dando para o segmento, outros líderes evangélicos não concordavam e protestavam não só contra a emissora mas também contra o “tipo” de evangelho que estava sendo pregado na TV.

Gospel Prime

Basílica do Santo Sepulcro reúne seis denominações cristãs no mesmo local

Localizada em Jerusalém o templo é controlado por muçulmanos que queriam provar o domínio do Islã em relação ao cristianismo
A Basílica do Santo Sepulcro, igreja construída no local onde Jesus Cristo foi crucificado, em Jerusalém, é um exemplo de harmonia religiosa, mas em sua história há casos de desentendimentos, pois as chaves do templo estão nas mãos de uma família muçulmana e o espaço é dividido por seis denominações cristãs.

Monges armênio-ortodoxos, monges católicos, monges ortodoxos gregos e outros grupos tentam dividir o mesmo espaço, mas dificilmente eles entram em acordo quando o assunto são questões práticas do dia a dia como a limpeza da igreja. Fora isso, as procissões que acontecem diariamente provocam uma verdadeira competição para os ouvidos de Deus.

“É certamente difícil, para quem não está acostumado. Nós, que vivemos dentro, na verdade mal ouvimos. Este é o único templo cristão do mundo onde Igrejas orientais e ocidentais cultuam o mesmo Deus, sob o mesmo teto, ao mesmo tempo”, comenta o padre franciscano Fergus Clarke.

Em relação às chaves estarem com uma família muçulmana o padre explica dizendo que essa foi a forma encontrada por líderes do islamismo para provar a superioridade deles em relação ao cristianismo. “Eles fecharam todas as portas, menos uma, e assim podiam controlar a única entrada à igreja mais importante da Cristandade.”

Apesar de estarem acostumados em dividir o espaço, não é raro sair discussões, como aconteceu há três anos durante uma procissão de Páscoa quando monges ortodoxos gregos e armênios se enfrentaram aos socos. Na época, dois religiosos foram presos e dois hospitalizados.

A Basílica do Santo Sepulcro é visita por peregrinos do mundo todo que se emocionam ao passar por onde Jesus esteve sepultado. A emoção da viagem acaba fazendo com que a divergência entre os religiosos não seja percebida, mas ela existe. “Imagine se você colocar seis famílias numa mesma cozinha. Será preciso estabelecer diretrizes e limites. E se todos têm uma festa de aniversário no mesmo dia, ao mesmo tempo, naturalmente haverá divergência de opiniões”, exemplifica o padre.

Com informações DW World
Gospel Prime

Onde Jesus Cristo realmente nasceu?

Arqueólogo diz que há um erro histórico e acredita que foi em “outra Belém”
Todos os anos muitos cristãos de todo o mundo visitam Israel e querem conhecer o local onde Jesus Cristo nasceu. Em geral eles visitam a Igreja da Natividade, o local tradicionalmente apontado como o local do nascimento. Mas nem todos concordam com isso.

“A Igreja da Natividade foi construída em 326, quando o imperador Constantino decidiu que o cristianismo seria a religião oficial do Império Romano”, explica o professor Qustandi Shomali, da Bethlehem University. “É o lugar onde o cristianismo começou.”

Dentro da igreja, as colunas originais do século 4 ainda estão de pé. Conta-se que foi a rainha Helena, mãe de Constantino, que mandou construir a igreja. ”Os indícios que seja este o local onde Jesus nasceu remontam a meados do primeiro século,” disse Shomali.

No primeiro século, o imperador romano Adriano destruiu Belém. Depois de ter destruído a cidade, mandou construiu um templo e plantou um bosque sobre o local onde os peregrinos cristãos vinham para homenagear o lugar onde Jesus nasceu. “Na verdade, este templo em vez de destruir, preservou o lugar”, acrescentou Shomali.

O historiador Jerônimo escreveu em 396 d.C, “Mesmo aqueles que são estranhos à fé sabem que dentro daquela gruta nasceu o rei que é adorado e glorificado pelos cristãos.”

A entrada principal da Igreja da Natividade é chamada de Porta da Humildade, pois todos precisam se curvar para passar por ela. Foi originalmente construída pelos cruzados e alterada pelos otomanos, a fim de manter cavaleiros montados fora da igreja.

No lugar central dentro da gruta, uma estrela marca o local exato onde Cristo teria nascido. Os peregrinos costumam tocar a estrela e registrar em fotos o momento em que veem o local do nascimento de Jesus. Para muitos, é uma profunda experiência emocional e espiritual.

Outro evento registrado na Bíblia aconteceu depois que Jesus nasceu. Shomali fala sobre um aspecto pouco conhecido da Igreja da Natividade.

“Este é o lugar onde temos o túmulo dos filhos inocentes”, disse o professor. ”Herodes matou cerca de 6.000 crianças nessa região a fim de tentar eliminar Jesus, pois ele não queria um novo rei para substituí-lo.” Abaixo da igreja estão os ossos de algumas das crianças que teriam sido mortas por ordem de Herodes.

Mas os milhares de peregrinos que visitaram Belém todos estes anos foram ao lugar errado?

O arqueólogo israelense Aviram Oshri acredita que o nascimento foi numa cidade chamada Belém mais ao norte, perto de Nazaré, onde Jesus passou a infância.

Sua tese que questiona uma das mais antigas tradições cristã baseia-se em dados históricos, citações do Antigo e Novo Testamentos e mais de dez anos de escavações.

Oshri está convicto de que Jesus nasceu em Belém da Galileia, e não em Belém da Judeia, como é chamada pelos arqueólogos a cidade na Cisjordânia que atualmente faz parte da Autoridade Nacional Palestina.

O Evangelho de Mateus narra que Maria viajou em um burro de Nazaré, na Galileia, até Belém, onde Jesus nasceu. A distância de quase 100 km entre as cidades era enorme para a época.

“Se ela percorresse mesmo essa distância teria dado à luz muito antes. Faz muito mais sentido que a Belém do nascimento seja a da Galileia, que fica a apenas 7 km de Nazaré”, garante o arqueólogo.

Sua tese não é original. Ao longo da história muitos estudiosos questionam o local. Mas Oshri diz ter reunido indícios arqueológicos para provar esse “erro histórico”. Um de seus argumentos mais contundente é que em Belém da Judeia jamais foram encontrados sinais da Roma antiga.

Porém, em Belém da Galileia, Oshri achou diversos vestígios de atividade humana da época de Jesus. Entre eles, há restos de uma muralha que foi construída para proteger a recém-criada comunidade cristã.

Historiadores sugerem que os autores do Evangelho trocaram propositalmente as Beléns para associar Jesus ao rei Davi, que era da Judeia. Cristo era seu descendente, segundo as Escrituras.

Até 1948, Belém da Galileia foi habitada por uma comunidade do grupo religioso alemão dos templários. Após o estabelecimento do Estado de Israel, a aldeia tornou-se uma comunidade agrícola. Com cerca de 800 habitantes, hoje mais parece um condomínio de alta classe. São raros os vestígios de atividade arqueológica.

Em 2005, após divulgar sua tese, Oshri foi rebaixado de posto na Autoridade de Antiguidades de Israel. Ele busca financiamento para continuar as escavações e conseguir provar seu argumento.

Yossi Yeger, dono de um hotel em Belém da Galileia, diz que o boicote a Oshri faz parte de uma série de conspirações ao longo da história. “Se José nasceu em Nazaré e Maria em Belém, a 100 km de distância, como eles se conheceram, pelo Facebook?”, ironiza.

Com informações Folha e CBN

Arqueólogos encontram templo cristão na Síria

O país seria o berço do cristianismo e também do islamismo de acordo com historiadores
Arqueólogos sírios encontraram uma igreja cristã no nordeste do país, o templo foi descoberto na quarta temporada de escavação em Tal Hasaka onde também foi encontrado um cemitério. Tanto a igreja como o cemitério teriam sido construídos no início da era cristã.

De acordo com a Prensa Latina o chefe da expedição arqueológica, Abdul Masih Baghdo, afirmou que templo encontrado na escavação tem 22,5 m por 14,5 m de largura, e foi desenterrado ao sul de uma catedral. A igreja foi construída com pedras de basalto e pintada com gesso, tendo três portas de acesso.

O especialista também informou que as colunas do templo também são de basalto e têm cerca de 1,10 metros de diâmetro. Deus da igreja descoberta foi achado um cadeira também feita com esse mesmo tipo de rocha que supostamente pertencia a uma importante figura religiosa da época.

Ainda dentro da catedral em Tal Hasaka os arqueólogos encontraram um cemitério de 18m por 8m de largura que faz parte de um grande complexo religioso descoberto na cidade durante outras pesquisas. Historiadores acreditam que a Síria tenha sido o berço do cristianismo e também do islamismo.

Com informações Rádio Vaticano
Gopsel Prime

Estudo comprova que evangelismo pela Internet dá resultado

Evangelização virtual está produzindo verdadeiros discípulos de Cristo, afirma missão
Mais da metade das pessoas que fizeram uma decisão por Jesus através da Internet posteriormente compartilharam sua fé com outros. Além disso, 34% deles leem a Bíblia diariamente e quase metade ora um mínimo de 10 minutos por dia, revela o estudo da missão Global Media Outreach [Alcance Global pela Mídia].

“Estes resultados são impressionantes, pois revelam que o evangelismo pela internet não é apenas decisão de impulso que depois é esquecida. As pessoas continuam a crescer na fé depois de fazerem sua decisão”, explica o fundador e presidente da Global Media Outreach, Walt Wilson.

O estudo, chamado de “Índice de Crescimento Cristão”, entrou em contato com mais de 100.000 pessoas de todo o mundo. Para Wilson, os resultados indicam que “a evangelização e o discipulado online são verdadeiramente eficazes e mensuráveis ​”.

Entre os entrevistados, 51% disseram que já compartilharam de sua fé três vezes ou mais. Enquanto 37% disseram ter compartilhado, pelo menos uma ou duas vezes.

Global Media Outreach é um ministério que apresenta evangelho on-line, através de sites que compartilham o Evangelho através de vídeo, texto, e telefone celular. O GMO utiliza tecnologia de comunicação global para evangelizar e discipular mundialmente em várias línguas.

Sua base fica na Califórnia e ele está ligado ao trabalho da Cruzada Estudantil para Cristo Internacional, que fez história produzindo e distribuindo o Filme Jesus como ferramenta de evangelização.

Hoje, existem mais de 5.500 missionários treinados pela Global Media que ficam online boa parte do tempo, apenas para responder a perguntas feitas por pessoas que enviam e-mails.

Eles não fazem apenas evangelismo, mas enfatizam o discipulado também. Mais de 15 milhões de pessoas afirmam ter feito uma decisão por Cristo desde sua fundação, em 2004. O ministério quebrou um recorde no ano passado, quando 687.000 pessoas aceitaram a Jesus em apenas um dia.

Na versão brasileira do seu site, o Global Outreach destaca os três passos do seu ministério:

1) Levá-los ao Salvador – Todos os dias, mais de 2 milhões de pessoas realizam buscas de termos espiritual através da Internet. As nossas páginas na web os ajudam a encontrar Jesus.

2) Alimentá-los na Fé – Ao fornecer websites de discipulado, guias para os novos crentes e conexão cristã, o GMO ajuda os crentes a crescer em sua jornada com Jesus

3) Conectá-los à Igreja – conectando online e fisicamente a uma igreja local. Mais de 4.000 missionários respondem e-mails todos os dias.

Existem muitos outros ministérios ativos na internet, mas nem todos divulgam os resultados de seu trabalho. O GMO mantem em português sites como www.olheparajesus.com.

As igrejas em geral ainda não tem usado essa importante ferramenta de comunicação para alcançar pessoas. Ter uma página, transmitir cultos e ter web rádios não significa que conseguirá atrair os não crentes. Com o grande crescimento da influencia das redes sociais, é possível que em breve o cenário de evangelização mundial seja radicalmente mudado.

Com informações Christian Post

Não haverá mais cristãos em Belém dentro de 20 anos”, afirma líder cristão israelense

Segundo as previsões, população cristã
tende a desaparecer em Israel
O número de visitantes que foram celebrar o Natal em Israel voltou a crescer este ano, com um grande número de peregrinos cristãos reunindo-se em praças e igrejas. Mesmo assim, um líder cristão afirma que Belém está cada vez mais fechada. Ele afirma ainda que o próprio Jesus não seria capaz de entrar na cidade, se tentasse visita-la nos dias de hoje.



A Igreja da Natividade, em Belém, onde acredita-se ser o local do nascimento de Jesus Cristo, é liderada pelo padre Ibrahim Shomali. Ele cita o aumento dos assentamentos judaicos entre Jerusalém e Belém como um obstáculo potencialmente intransponível.



“Se os pais de Jesus decidissem vir este ano a Belém, encontrariam uma cidade fechada”, disse Shomali. ”Ele teria de nascer em um posto de controle ou no muro de separação. Maria e José precisariam de permissão especial ou tentarem entrar como turistas. Este é um grande problema para os palestinos em Belém. O que acontecerá quando eles ficarem totalmente isolados do mundo?”, acrescentou.



Entre os assentamentos mais intrusivos está Har Homa, uma enorme comunidade, de quase 20.000 pessoas. Ela foi construída sobre as terras onde acredita-se que os anjos contaram aos pastores sobre o nascimento de Jesus.



Um acordo político impede palestinos da Jerusalém Oriental entrarem em Jerusalém, ou Belém, sem licença de turista israelense. Os líderes da região, incluindo Shomali, temem que os assentamentos possam alterar permanentemente a paisagem geográfica da região.



A evasão dos cristãos, que representam 2% da população israelense, pode diminuir ainda mais esse percentual. ”Quando olho para a lista de membros da minha igreja, muitos dos nomes de famílias históricas da área já se foram”, disse Shomali. ”Em 20 anos, acho que não teremos mais cristãos em Belém “.



Em uma declaração oficial recente, o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu exortou os peregrinos e turistas a visitem Israel durante a época do Natal e celebrarem abertamente. “Em uma região onde os cristãos são rotineiramente perseguidos e onde há pouca tolerância para a fé dos outros, o governo de Israel oferece garantias de segurança e liberdade de culto para todos”.



Mas isso não muda o fato de que as celebrações de Natal estão praticamente extintas em outras cidades israelenses. A comunidade cristã hoje é composta principalmente de estrangeiros que emigraram para Israel. Não há números oficiais de convertidos do judaísmo ao cristianismo, pois trocar de religião ainda é proibido em Israel.



Traduzido e adaptado por Gospel Prime de Christian Post

500 Anos


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tags

(784) Cristãos Perseguidos (549) Cristãos (520) Bíblia (493) Intolerância Religiosa (365) Israel (346) Evangélicos (303) igreja (264) Reflexão (247) apocalipse (195) oração (190) Homosexualismo (177) catolicismo (153) Rede Record (148) homofobia (147) Irã (141) escatologia (132) Missões (131) Evento Gospel (128) Silas Malafaia (126) pecado (123) islan (114) Política (113) judeus (112) ateus (110) Aborto (106) Religião (105) Milagres (103) Natal (102) Criança (92) Ahmadinejad (91) esporte (91) Testemunho (86) globo (77) guerra (73) Perdão (72) Salvação (72) Morte (64) pastores (64) Aline Barros (59) Religiosidade (56) Yousef Nadarkhani (56) PL122 (55) Amor (54) adoração (48) heresia (47) Drogas (42) Prosperidade (42) festival promessas (41) Judaísmo (39) Thalles Roberto (39) campina grande (39) Apostasia (38) carnaval (36) Idolatria (35) mulçumanos (34) Estados Unidos (33) Família (33) Maconha (31) adoradores (29) Shows (28) Catástrofes (26) Hipocrisia (26) Páscoa (22) esperança (22) Mentira (20) Confiança (19) Alegria (18) Nasa (18) Pornografia (18) Oriente Médio (17) Suicídio (17) DIP (16) Paz (16) Rei David (16) adversidade (16) consciência cristã (16) BAND (15) Conforto (15) Pena de Morte (15) Promessa (15) Sofrimento (14) BBB (12) Graça (12) Tatuagem (12) benção (12) dia das mães (12) obediência (12) impureza (11) Ansiedade (10) Justin Bieber (10) Rio +20 (10) livro (10) masturbação (10) Catástrofe (9) Desobediência (9) Filho pródigo (9) Perlla (9) livre arbítrio (9) Jotta A (8) Pedro Leonardo (8) Whitiney Houston (8) filho de crente (8) sony music (8) Darwin (7) Eutanásia (7) Hackers (7) Perigo (7) Senadores (7) União (7) presença de Deus (7) Perfeição (6) cura pela palavra (6) Purgatório (5) alienígenas (5) lei da palmada (5) Aline Barros mostra sua filha (4) Cegueira Espiritual (4) Kaka (4) escolhas (4) texto e contexto (4) torá (4) vasco (4) vigilância (4) Gratidão (3) Ressentimento (3) Segurança (3) Semeadura (3) Sodomia (3) o Caminho (3) servos (3) Cristo Redentor 80º aniversário (2) Guinnes Wolrd Records (2) Harold Camping (2) Impossiveis (2) Pressa (2) Sonho de infância (2) mundial da juventude (2) Flórida (1) Galardão (1) Michel Teló (1) Redenção (1) impios (1) recall (1) vingadores (1)

Uma Reflexão sobre a Crise no Brasil