Não toque nos ungidos senão você pode morrer!

Será que existe infalibilidade para os “Após-tolos?
Esses dias li algo aqui no Facebook que, confesso, fiquei muito triste e, ao mesmo tempo, com raiva, por certas atitudes praticadas por certos líderes hereges que, de certa forma, estão “ameaçando” suas ovelhas e outras que se colocarem em seu caminho; no caso, refutarem seus ensinamentos e heresias.

Escreveu esse tal “Líder”: Ame e honre seu líder, pois ser contrário a ele, ou se levantar contra, é assinar seu atestado de óbito”. 

Será que Pastor, Líder, Apóstolo não erram? Será que eles não podem ser refutados? Será que estão acima da PALAVRA DE DEUS? O que acontecerá com o fiel que for contrário a certas práticas desses tais Líderes? 

Será que existe Infalibilidade para esses Líderes?

Lembrei-me do dogma da Igreja católica: Infalibilidade Papal. De acordo com a Infalibilidade Papal, o papa delibera e define questões de fé e moral amparado pela assistência sobrenatural do Espírito Santo, o que o exime de todo erro. Quando as medidas são proclamadas solenemente, devem ser seguidas por todos os católicos e de maneira irrevogável.


O que JESUS pensa disso?

Certa ocasião os discípulos e Jesus não foram recebidos pelos samaritanos; foram ignorados e, praticamente, expulsos desse povoado. Logo a ideia dos discípulos, baseado no profeta Elias, foi que se orasse e pedisse fogo do céu para exterminar aqueles que não receberam a eles e a JESUS. 

Mas veja a resposta do mestre: E os seus discípulos, Tiago e João, vendo isto, disseram: Senhor, queres que digamos que desça fogo do céu e os consuma, como Elias também fez? Voltando-se, porém, repreendeu-os e disse: Vós não sabeis de que espírito sois.

Porque o Filho do homem não veio para destruir as almas dos homens, mas para salvá-las. E foram para outra aldeia. Lucas 9:54-56

Perceba que os que pediram autorização a Jesus citaram o Profeta Elias... Ou seja até usaram referência bíblica para que seu ato fosse aprovado por Cristo. Mas Jesus os repreende e questiona os discípulos: Vós não sabeis que espirito sois.... Eu vim salvar não destruir as almas dos homens.

A vingança pertence a Deus. Romanos 12:19-20

Amados, jamais procurai vingar-vos a vós mesmos, mas entregai a ira a Deus, pois está escrito: “Minha é a vingança! Eu retribuirei”, declarou o Senhor. Ao contrário: Se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe de comer; se tiver sede, dá-lhe de beber; porquanto agindo assim amontoarás brasas vivas sobre a cabeça dele…

Creio que ninguém que desafia a Deus ficará impune caso não se arrependa. Eu disse ninguém que desafia à ---->>> DEUS. 

Nenhum líder, pastor, missionário está imune a ser desafiado, zombado, perseguidor, maltratado, morto, degolado, apedrejado e esquartejado, pelo menos nesse tempo da GRAÇA. 

Tenho certeza que DEUS julgará a causa de seu povo, mas DEUS pode, porque Ele é Juiz. Só que a nossa atitude não é pedir a DEUS para destruí-los, mas orar por esses perseguidores.

Quantos morreram por Cristo? Quantos Mártires? Nenhum desses exemplos abriram suas bocas para amaldiçoarem ou pedir que DEUS FUMINASSEM SEUS PERSEGUIDORES. Mas Deus é misericordioso e clemente, todos os dias dá ao homem a oportunidade para arrepender-se. 

Jesus ensinou diferente...

A vingança a DEUS pertence, creio que só ELE tem autoridade para fazer isso. Cabe a nós perseguidos, esculachados, apedrejados orarmos por esses que nos persegue....

Um recado aos Após-tolos, Líderes e pastores desse século: Vocês não são infalíveis, mesmo que estejam sendo “perseguidos”, Ame, Ore, Abrace. Atitudes como essas revelam se de fato vocês são verdadeiros profetas. Eu penso que vocês esqueceram o que diz Mateus 5:38-48. 

Ouvistes que foi dito: Olho por olho, e dente por dente. Eu, porém, vos digo que não resistais ao mau; mas, se qualquer te bater na face direita, oferece-lhe também a outra; E, ao que quiser pleitear contigo, e tirar-te a túnica, larga-lhe também a capa; E, se qualquer te obrigar a caminhar uma milha, vai com ele duas. Dá a quem te pedir, e não te desvies daquele que quiser que lhe emprestes. Ouvistes que foi dito: Amarás o teu próximo, e odiarás o teu inimigo.

Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus; porque faz que o seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos. 

Pois, se amardes os que vos amam, que galardão tereis? Não fazem os publicanos também o mesmo? E, se saudardes unicamente os vossos irmãos, que fazeis de mais? Não fazem os publicanos também assim? Sede vós pois perfeitos, como é perfeito o vosso Pai que está nos céus. Mateus 5:38-48.

Mais amor e menos ódio e ameaças

Nenhum Pastor foi constituído para amaldiçoar alguém; ao contrário, eles são vocacionados por Deus para cuidar do rebanho. O verdadeiro pastor cuida do rebanho, ama suas ovelhas e as protege dos lobos. O verdadeiro pastor sabe que as ovelhas não são propriedades exclusiva da igreja deles. Mas as ovelhas, a Noiva, pertence ao Noivo Jesus. 

Se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe de comer; se tiver sede, dá-lhe de beber. É procedendo assim que amontoarás brasas vivas sobre a cabeça dele, e Yahweh, o SENHOR, te recompensará! Provérbios 25: 21-22, Romanos 12:20, Mateus 5:44.

Por Josiel Dias

0 comentários:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...