Tribunal egípcio manda ativista cristão preso para hospício

As acusações contra Michael Nabil foram geradas pelos artigos publicados em seu blog
O ativista cristão Michael Nabil Sanad foi preso no Egito há três anos e agora foi enviado para o Hospital Abbasiya, no Cairo, esse centro hospital é especializado no tratamento de pacientes psiquiátricos em estado grave.
 
As acusações contra ele são as de “insultar os militares e disseminar falsas notícias sobre as forças armadas” essas foram as conclusões que a justiça egípcia chegou em relações as publicações de Sanad no blog “Filho de Ra”.
 
O envio do cristão para o hospital psiquiátrico chamou atenção do escrito William Wessa que acredita que ele pode passar por tratamentos forçados. “Há muitas pessoas introduzidas nesses hospitais pelos serviços de segurança que encontravam-se saudáveis quando entraram, mas saíram como seres humanos devastados”, disse.
 
Quem também mostrou receio em relação a essa internação foi o procurador Mamdouh Nakhla, diretor do Centro Al-Kalema para Direitos Humanos, que questionou se o tribunal teria esse direito de ordenar o tratamento sem que o paciente tenha passado por uma avaliação das capacidades mentais e sem ter um pedido oficial de sua família.
 
Nakla acredita que ele pode ser submetido à terapia de choque elétrico, um tratamento que pode durar mais de 45 dias. “No final, ele será dispensado após perder seu juízo e liberado por insanidade”, disse Mamdouh.
 
William chegou a dizer que esta “farsa perpetrada contra prisioneiros conscientes” precisa acabar e a União Européia pediu às autoridades egípcias para sustentarem os padrões internacionais na proteção de presos.
 
Com informações Portas Abertas
Via Gospel Prime

0 comentários:

Postar um comentário

500 Anos


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tags

(801) Cristãos Perseguidos (566) Cristãos (522) Bíblia (493) Intolerância Religiosa (365) Israel (351) Evangélicos (304) igreja (264) Reflexão (247) apocalipse (196) oração (192) Homosexualismo (177) catolicismo (156) Rede Record (150) homofobia (147) Irã (142) escatologia (132) Missões (131) Evento Gospel (128) Silas Malafaia (126) pecado (124) islan (114) judeus (114) Política (113) ateus (111) Milagres (107) Aborto (106) Religião (105) Natal (102) Criança (92) Ahmadinejad (91) esporte (91) Testemunho (88) globo (77) guerra (73) Perdão (72) Salvação (72) Morte (64) pastores (64) Aline Barros (59) Religiosidade (56) Yousef Nadarkhani (56) PL122 (55) Amor (53) adoração (48) heresia (48) Drogas (43) Prosperidade (42) festival promessas (41) Apostasia (39) Idolatria (39) Judaísmo (39) Thalles Roberto (39) campina grande (39) carnaval (37) Estados Unidos (34) Família (34) mulçumanos (34) Maconha (31) adoradores (29) Shows (28) Catástrofes (26) Hipocrisia (26) Páscoa (22) esperança (22) Mentira (20) Pornografia (20) Confiança (19) Alegria (18) Nasa (18) DIP (17) Oriente Médio (17) Suicídio (17) Paz (16) Rei David (16) adversidade (16) consciência cristã (16) BAND (15) Conforto (15) Pena de Morte (15) Promessa (15) Sofrimento (14) BBB (12) Graça (12) Tatuagem (12) benção (12) dia das mães (12) obediência (12) Justin Bieber (11) impureza (11) Ansiedade (10) Rio +20 (10) livro (10) masturbação (10) Catástrofe (9) Desobediência (9) Filho pródigo (9) Perlla (9) livre arbítrio (9) Jotta A (8) Pedro Leonardo (8) Whitiney Houston (8) filho de crente (8) sony music (8) Darwin (7) Eutanásia (7) Hackers (7) Perigo (7) Senadores (7) União (7) presença de Deus (7) Perfeição (6) cura pela palavra (6) Purgatório (5) alienígenas (5) lei da palmada (5) Aline Barros mostra sua filha (4) Cegueira Espiritual (4) Kaka (4) escolhas (4) texto e contexto (4) torá (4) vasco (4) vigilância (4) Gratidão (3) Pressa (3) Ressentimento (3) Segurança (3) Semeadura (3) Sodomia (3) o Caminho (3) servos (3) Cristo Redentor 80º aniversário (2) Guinnes Wolrd Records (2) Harold Camping (2) Impossiveis (2) Sonho de infância (2) mundial da juventude (2) Flórida (1) Galardão (1) Michel Teló (1) Redenção (1) impios (1) recall (1) vingadores (1)

Uma Reflexão sobre a Crise no Brasil