A Igreja e a Pirataria.

Sedes Santos em toda vossa maneira de viver.
" I Pedro 1:15”
O que significa pirataria? A atividade de copiar, reproduzir ou utilizar indevidamente, isto é, sem a expressa autorização dos respectivos titulares, software ou qualquer outra obra intelectual legalmente protegida.

Estive o ano passado no Nordeste Paraibano e fiquei abismado como a pirataria tinha infiltrado a “igreja” por lá. Embora saiba que esta pratica é presente em todo o Brasil, mas o que eu vi dentro da igreja por lá, me assustou. Cd’s e Dvd's conhecidos, evangélicos, sendo pirateados, ainda no pátio da igreja, Play-back pirateado fazendo parte da liturgia do culto.

Fui presenteado com alguns exemplares de Cd’s e Dvds, pasmem, obras que ainda estavam em destaque nas lojas e livrarias. A princípio recebi por educação, mas mesmo reprovando tal pratica, via que cada vez mais ficava isolado na questão, pois até Pastores e líderes usavam estes produtos com muita freqüência nos cultos e ficaram me olhando de banda quando dei meu parecer nesta prática.

Pirataria é um tema muito polêmico, pois para alguns não tem nada ver, fazer cópias muito menos repassá-las para os membros da igreja, custando bem pouco do que o original. O que me preocupa, e creio que preocupa também aqueles que reprovam a pirataria, é que esta prática se alastra pelo Brasil à fora.

Quando se trata de produtos pirateados cada vez mais as gravadoras perdem, os cantores perdem, ministros que vivem de suas obras são furtados, roubados, pois não existe outro nome para atribuirmos a esta prática, a não ser “furto”, ”roubo”, juntando os dois chamaremos de ”Anátema”, pecado.

Realmente é licito um Crente em Jesus, participar desta prática? É lícito um crente usar um serviço sem pagar por ele? Como conviver com todo este anátema dentro do nosso lar? Estaria Deus aprovando este procedimento? Mas isto é apenas uma ponta do iceberg que é gigantesco, sem contar os chamados “gatos” em Água, Energia Elétrica, Internet, e até Tv por assinatura, estas atividades estão atribuídas em serviços prestados. Os escândalos cada vez mais presentes na mídia sobre algumas igrejas que são multadas, por terem ligações clandestinas, ou gatos em ligações elétricas.

Usam o serviço sem pagarem por eles, misericórdia. Engraçado é que, para alguns que pensam que isso não tem nada haver é o mesmo que engolirem sem perceber “um camelo”, mas engasgam-se com apenas um mosquito. Acreditam eles que, roubo, furto é apenas quando se assalta um Banco. “Creio que Deus não aprove tal conduta fora da igreja, imagina dentro dela”.

Gostaria de deixar bem claro que isto é uma opinião minha com respaldo bíblico. Mesmo que estes, objetos ou serviço sejam “ supostamente usados para evangelismo” eu diria: Deus não precisa desta prática para alcançar o homem”. Deus não precisa de rádio pirata para salvar o homem, Deus não usa de Anátema para que vidas sejam salvas, por essas praticas.

Talvez você meu querido irmão não concorde com as gravadoras ou livrarias pelos altos preços e a sua dificuldade de adquirir tais produtos. Talvez você também não concorde com os valores cobrados pelas companhias elétricas ou prestadoras de Tvs por assinatura.

Mas usufruir serviços, ou adquirir produtos de procedência duvidosa, pagando um preço que não corresponde a realidade não seria lícito, nem recomendado a igreja. Guardarmos em nossa casa, estes produtos ou termos estes serviços, é colocarmos o “anátema” sobre nossos ombros.

A palavra de Deus nos mostra que quando Israel, na pessoa de Acã escondeu, adquiriu algo roubado, Deus não aprovou tal atitude, veja: Josué 7:11. Em quando o anátema estiver debaixo do nosso telhado, sofreremos as conseqüências de maldições, veja: Josué 7:12.

Ter o anátema dentro de casa, nos fará perder a guerra e seremos envergonhados diante dos nossos inimigos.

Um homem roubou uma bala no supermercado, outro roubou um carro forte, quais dos dois diante de Deus pecou? Creio que ambos pecaram, pois a bíblia diz: Não roubarás. Para Deus ambos são culpados pois transgrediram o mandamento do Senhor Levítico19:11, Deuteronômio 5:19, I Corintios 6:9-10.

Sabendo que Deus não aprova esta atitude e quem comete tais atos segundo as “escrituras” não terão parte do reino dos céus. O que faremos? Continuaremos no erro? Fingiremos que não tem nada haver? Continuaremos enganando a nós mesmos ainda dizendo que usamos em prol do Reino de Deus?

Que nosso Deus tenha misericórdia das nossas vidas, para que possamos ser diferentes, pois fomos escolhidos e separados para fazermos a diferença.

Sedes Santos em toda vossa maneira de viver.
" I Pedro 1:15”.
Pb Josiel Dia

0 comentários:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...