OS OBSTÁCULOS NÃO PODEM TE PARAR

Todos os dias, passamos por diversas situações em nossa vida em que somos provados. Vezes diretamente por Deus; outras em acontecimentos no trabalho, família, estudos; ou ainda diretamente pelo inimigo, que constantemente busca destruir nossas vidas tirando nossa paz, abalando nossa fé. 

Claro que estas duas últimas opções não ocorrem sem a permissão de Deus, afinal, Ele é conhecedor de todas as coisas e NADA ocorre sem o seu consentimento. Às vezes passamos pelo vale onde Jó esteve, e é nesse momento que Deus vê até onde vai a nossa fé. Como anda a sua fé?

Quanto mais se busca a santidade e a intimidade com Deus, mais somos perseguidos. Parece que nossa vida vira de cabeça para baixo e aos nossos olhos, aquilo que era pra dar certo e ser o início de uma vida de vitórias, se torna em momentos dolorosos, com lutas, perdas, lágrimas, decepções e muita, mas muita dor, aquela dor que atinge a alma. 

Mas engana-se você achando que é só isso. Para ser digno da vitória, é necessário lutar, merecê-la, e mais ainda: estar preparado para recebê-la. Essa preparação requer tempo, paciência, lutas e muita fé em Deus. Não podemos em momento algum duvidar do poder de Deus. (E não duvidou da promessa de Deus por incredulidade, mas foi fortificado na fé, dando glória a Deus, Romanos 4:20).

A Bíblia nos diz que ‘no mundo tereis aflições, tende bom ânimo, eu venci o mundo’ (João 16:33b). Se Jesus lhe diz isso, por que desanimar? As aflições e provações também fazem parte da vida dos escolhidos. Fizeram parte da vida de Jesus, por que não fariam da nossa? Mas apesar disso, temos a alegria de saber que através de Jesus, temos o escape, o tratamento e a preparação, e por fim, a VITÓRIA!

Vamos então, tentar identificar cada um desses três pontos. Primeiro o escape: imagine as situações que foram vividas pelo povo de Israel no Egito. Foram escravizados, humilhados e agredidos. Mas em meio a todas essas coisas, Deus levantou Moisés para ir em favor dele e libertá-los. Esse foi o escape que Deus os deu naquele momento. Mas após o escape, veio o tratamento e a preparação para a bênção, e acredite, esta é a parte mais longa, difícil e dolorosa do processo. 

Ser tratado por Deus é difícil, e temos que buscar fé no mais profundo do nosso coração, para crer que no fim chegaremos ao objetivo que Ele tem para nós. Essa parte do processo mexe com tudo em nós: nossa personalidade, caráter, emoção e razão. Ele quer nos moldar segundo o Seu coração, o Seu caráter, e ter o caráter de Deus requer sacrifícios. Devemos morrer para tudo aquilo que pertence ao mundo, deixar nossos planos e sonhos de lado, e passar a desejar e sonhar aquilo que Ele quer para as nossas vidas. E isso dói. 

Quando digo deixar nossos sonhos de lado, não digo que devemos parar de sonhar, e sim, perguntar pra Deus se os nossos sonhos são o melhor para nossa vida; se eles são os mesmos sonhos de Deus para nós, porque se não forem, devemos abrir mão da nossa vontade e viver a vontade de Deus para sermos felizes. Mas esse tratamento nos trás muito mais do que dor e lutas. Nos trás o que de maior valor podemos conquistar em nossas vidas: RELACIONAMENTO COM DEUS. 

Nada no mundo é mais precioso que isso. Aprendemos a ouvir a voz de Deus, sentir sua presença e caminhar lado a lado com ele; aprendemos a sermos carregados por Ele quando precisamos; a sermos direcionados e guiados por Ele. E como é bom viver os planos de Deus. Com Ele não perdemos; deixamos para trás algo que aos nossos olhos era bom, para no futuro, vivermos o melhor que Ele tem para realizar em nossas vidas. 

Mais uma vez podemos usar o povo de Israel como exemplo. Como ocorreu o tratamento desse povo? Com certeza não foi da forma mais rápida e fácil. Eles foram desobedientes, e com isso estenderam consideravelmente o tempo do tratamento. Desobedecer retarda a conquista da vitória. Eles foram muito rebeldes, murmuradores e levaram 40 anos para percorrer um caminho que poderia ser trilhado em 11 dias (Onze jornadas há desde Horebe, caminho do monte Seir, até Cades-Barnéia. Deuteronômio 1:2). 

A desobediência causa não só o atraso da bênção, como pode acarretar na perda dela. Caso que ocorreu com muitos israelitas, que nem chegaram a ver ao longe a terra prometida. (E que todos os homens que viram a minha glória e os meus sinais, que fiz no Egito e no deserto, e me tentaram estas dez vezes, e não obedeceram à minha voz, Não verão a terra de que a seus pais jurei, e nenhum daqueles que me provocaram a verá. Números 14:22-23). Seja obediente, não perca sua bênção só porque a caminhada é longa e cheia de obstáculos. Creia que se Deus os colocou lá, Ele também o dará capacidade e recursos para superá-los. E melhor: eles te levarão pro centro da vontade do Senhor, e consequentemente, a receber TODAS AS SUAS PROMESSAS.

Ainda baseado na trajetória do povo de Israel, podemos tirar lições sobre o que e como devemos fazer para alcançarmos nossa “terra prometida”. Mas para isso devemos ter fé e ousadia como tiveram Josué e Calebe. Dentre os doze enviados a espiar a terra prometida, apenas eles dois confiaram no tamanho e na grandeza do poder de Deus para fazê-los vencer e conquistar a terra de gigantes. (Então Calebe fez calar o povo perante Moisés, e disse: 

Certamente subiremos e a possuiremos em herança; porque seguramente prevaleceremos contra ela. Números 13:29-30 e Mas Josué, filho de Num, e Calebe, filho de Jefoné, que eram dos homens que foram espiar a terra, ficaram com vida. Números 14:38).

Talvez hoje Deus esteja te dando a oportunidade de “espiar sua promessa”. Talvez você a esteja vendo e pensando “ah Senhor, tenho que enfrentar tantos gigantes. Sou pequeno e não vou conseguir”. Não pense assim. Lembre-se que ao teu lado é o Senhor quem guerreia, e a Ele, NADA é impossível. Faça como Josué. 

Acredite que vale a pena lutar pela bênção e que Deus irá a sua frente. Não será preciso que você lute nem use armas. As muralhas que separam você de sua bênção serão derrubadas por Deus através do seu louvor e da sua adoração, assim como foi em Jericó (E sete sacerdotes levarão sete buzinas de chifres de carneiros adiante da arca, e no sétimo dia rodeareis a cidade sete vezes, e os sacerdotes tocarão as buzinas. 

E será que, tocando-se prolongadamente a buzina de carneiro, ouvindo vós o seu sonido, todo o povo gritará com grande brado; e o muro da cidade cairá abaixo, e o povo subirá por ele, cada um em frente. Josué 6:4-5 e Pela fé caíram os muros de Jericó, sendo rodeados durante sete dias. Hebreus 11:30). Creia que os obstáculos não podem te parar, porque se Deus te prometeu, Ele te dará o escape na hora da dor, Ele irá lhe preparar e por fim, fará com que sua bênção, sua vitória chegue até você. Ele é contigo e a vitória já é sua EM NOME DE JESUS.

Por- Camila Souza

0 comentários:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...