Estado Islâmico divulga vídeo com mais decapitações e anuncia ataques ao Reino Unido

As agências de segurança e inteligência da Grã-Bretanha estão examinando o novo vídeo de 10 minutos, que mostra o assassinato de cinco homens que foram acusados ​​pelos militantes islâmicos de trabalhar como espiões para o Reino Unido.

Um novo vídeo divulgado pelo Estado Islâmico mostra um homem e jovem garoto com sotaque britânico liderando a decapitação de cinco supostos espiões britânicos, além de alertar sobre novos ataques.

Analistas de mídia têm sugerido que o homem mascarado com o sotaque britânico está tomando o posto do conhecido carrasco 'Jihadi John' - que foi destaque em vários vídeos da execução do grupo terrorista durante todo o ano de 2015.

A BBC News informou que as agências de segurança e inteligência da Grã-Bretanha estão examinando o novo vídeo de 10 minutos, que mostra o assassinato de cinco homens que foram acusados ​​pelos militantes islâmicos de trabalhar como espiões para o Reino Unido.

"Vamos continuar a jihad, quebrar fronteiras e um dia invadir o seu território, onde vamos governar pela Shariah", disse o militante mascarado no novo vídeo.

O correspondente da BBC, Frank Gardner observou que o EI lançou uma série de vídeos, mostrando as execuções de homens que foram acusados de espionagem.

"O Estado Islâmico é absolutamente paranóico com relação a isso [informantes]", disse Gardner.

"Eles estão olhando por cima dos ombros, querendo saber onde o próximo ataque enfurecido pode acontecer e eles estão se perguntando quem no meio deles é informante e poderia estar colhendo informações sobre eles".

Gordon Corera, outro correspondente de segurança da BBC, sugeriu que o porta-voz no vídeo está tentando tomar o lugar do cidadão britânico Mohammed Emwazi, também conhecido como 'Jihadi John', que acredita-se que tenha sido morto na Síria por um ataque aéreo em novembro.

"Este último vídeo publicado pelo EI parece mostrar um outro homem que tenta assumir o seu lugar", escreveu Corera.

"A identidade do homem mascarado é até agora desconhecida, mas as autoridades vão tentar identificá-lo e confirmar se ele é britânico".

O Daily Mail também observou que o militante mascarado no vídeo de decapitação mais recente "tinha uma semelhança assombrosa com o antigo carrasco do EI, 'Jihadi John".

O carrasco do Estado Islâmico é um grande crítico do primeiro-ministro britânico David Cameron durante todo o vídeo e acusa-o de ser um "escravo da Casa Branca" e do governo dos Estados Unidos.

"Como é estranho que o líder de uma pequena ilha nos ameace com um punhado de aviões. Alguns teriam pensado que você aprendeu as lições de seu mestre patético em Washington e sua campanha fracassada contra Estado Islâmico", disse o carrasco.

"Você vai perder esta guerra, como você perdeu no Iraque e no Afeganistão. Mas desta vez, quando você perder, seus filhos vão pagar por seus atos. Lembre-se disso: você e os tolos que pensaram que poderiam lutar contra o Estado islâmico", acrescenta.

O Reino Unido apoiou fortemente os EUA nas operações de ataques aéreos contra alvos terroristas em curso na Síria, buscando deter o avanço do EI. Em novembro, o líder britânico disse que o assassinato de Jihadi John se justificava devido a seus crimes horríveis.

"Emwazi é um assassino bárbaro. Ele foi mostrado nos vídeos repugnantes da decapitação de trabalhadores humanitários britânicos. Ele representava uma ameaça permanente e grave para civis inocentes, não só na Síria, mas em todo o mundo e no Reino Unido também", disse Cameron na época.

"Ele era carrasco líder do EI e nunca nos esqueçamos de que ele matou muitos, muitos muçulmanos também. E ele tinha a intenção de matar muito mais pessoas", acrescentou.

Guiame

0 comentários:

Postar um comentário

500 Anos


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tags

(783) Cristãos Perseguidos (543) Cristãos (519) Bíblia (493) Intolerância Religiosa (365) Israel (344) Evangélicos (303) igreja (264) Reflexão (247) apocalipse (194) oração (190) Homosexualismo (177) catolicismo (153) Rede Record (148) homofobia (146) Irã (141) escatologia (132) Missões (131) Evento Gospel (128) Silas Malafaia (126) pecado (123) islan (114) Política (113) ateus (109) judeus (109) Aborto (106) Religião (105) Milagres (103) Natal (102) Criança (92) Ahmadinejad (91) esporte (91) Testemunho (86) globo (77) guerra (73) Perdão (72) Salvação (72) Morte (64) pastores (64) Aline Barros (59) Religiosidade (56) Yousef Nadarkhani (56) PL122 (55) Amor (54) adoração (48) heresia (47) Drogas (42) Prosperidade (42) festival promessas (41) Judaísmo (39) Thalles Roberto (39) campina grande (39) Apostasia (38) carnaval (36) Idolatria (35) mulçumanos (34) Estados Unidos (33) Família (33) Maconha (31) adoradores (29) Shows (28) Catástrofes (26) Hipocrisia (26) Páscoa (22) esperança (22) Mentira (20) Confiança (19) Alegria (18) Nasa (18) Oriente Médio (17) Pornografia (17) Suicídio (17) DIP (16) Paz (16) Rei David (16) adversidade (16) consciência cristã (16) BAND (15) Conforto (15) Pena de Morte (15) Promessa (15) Sofrimento (14) BBB (12) Graça (12) Tatuagem (12) benção (12) dia das mães (12) obediência (12) impureza (11) Ansiedade (10) Justin Bieber (10) Rio +20 (10) livro (10) masturbação (10) Catástrofe (9) Desobediência (9) Filho pródigo (9) Perlla (9) livre arbítrio (9) Jotta A (8) Pedro Leonardo (8) Whitiney Houston (8) filho de crente (8) sony music (8) Darwin (7) Eutanásia (7) Hackers (7) Perigo (7) Senadores (7) União (7) presença de Deus (7) Perfeição (6) cura pela palavra (6) Purgatório (5) alienígenas (5) lei da palmada (5) Aline Barros mostra sua filha (4) Cegueira Espiritual (4) Kaka (4) escolhas (4) texto e contexto (4) torá (4) vasco (4) vigilância (4) Gratidão (3) Ressentimento (3) Segurança (3) Semeadura (3) Sodomia (3) o Caminho (3) servos (3) Cristo Redentor 80º aniversário (2) Guinnes Wolrd Records (2) Harold Camping (2) Impossiveis (2) Pressa (2) Sonho de infância (2) mundial da juventude (2) Flórida (1) Galardão (1) Michel Teló (1) Redenção (1) impios (1) recall (1) vingadores (1)

Uma Reflexão sobre a Crise no Brasil