“Nasceu homem, virou mulher, agora quer ser um cavalo”

Este vídeo trata de um indivíduo de nome Karen, de 50 anos de idade, que costumava ser um professor do sexo masculino que optou mais tarde em “tornar-se” uma mulher e que hoje se sente como um cavalo. Karen diz que encontrou a sua verdadeira identidade, e que agora deseja participar dos campeonatos de ‘pony-play’, onde pessoas como ele, se transformam em cavalos para uma competição bem peculiar.

Caro leitor, há pouco eu vi nas redes sociais uma brincadeira em que uma nota de R$ 2,00, amanheceu com a sensação de que era uma nota de R$ 100,00 e que em virtude achava que podia comprar muito mais coisas do que a sua capacidade. É claro que a piada é uma critica a ideologia de gênero que tenta incutir da cabeça da sociedade que o indivíduo nasce sem sexo definido e que ele é o que desejar ser.

Pois bem, a história do homem, que “virou” mulher e que agora pensa que é um cavalo é a prova cabal que o relativismo é a mãe de todas as aberrações existentes em nosso tempo.

E sabe qual é o pior disso tudo? É que existem pessoas que vão dizer: ” Ora, se ele pensa ser um cavalo, deixe-o ser, vai ver que é mesmo.”

Que dias os nossos! Que o Senhor nos conceda graça para refutarmos aberrações deste naipe.

Com coração angustiado,


Por Renato Vargens

Um comentário:

  1. Esse homem tem um grande abismo dentro do peito,,, um espaço que só pode ser preenchido por Jesus. Que Deus tenha misericórdia e que visite seu coração.

    ResponderExcluir


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...