Extremistas islâmicos incedeiam casa de pastor e igreja, em Uganda


Grupo de extremistas islâmicos. (Foto: AFP)


O pastor Christopher James Kalaja conta que é perseguido por extremistas islâmicos por causa do trabalho de evangelismo que desenvolve entre muçulmanos.

Um pastor no leste de Uganda está sem casa, após extremistas islâmicos incendiarem sua fazenda e também o templo de sua igreja. O ataque aconteceu no dia 27 de março.

O grupo formado por nove extremistas muçulmanos, que também carregavam bastões de metal, gritava a frase jihadista "Allah Akbar" ["Alá é grande"], quando invadiu as terras do pastor Christopher James Kalaja, na vila de Nakabale, no sub-condado Kaderuna.

"Quando eles estavam se aproximando, gritavam 'Allah Akbar' e imediatamente começaram a destruir a plantação da minha fazenda e depois incendiaram minha casa e o templo da igreja", disse o pastor, que também é casado e pai de seis filhos. "Então eu fugi de lá com a minha família, temendo por nossas vidas".

Pastor Kalaja, da Igreja Internacional Santuário Ágape, relatou o caso à polícia de Kaderuna, mas os oficiais inicialmente não tomaram nenhuma atitude, disse ele. Sem condições de obter qualquer ajuda policial, o pastor em 28 de março entrou com uma ação no tribunal do distrito de Budaka, no qual ele listou os líderes de gangues como Dongo Patrick e Subairi Kasabu.

A ação judicial levou a polícia a visitar o local, e eles então convocaram os suspeitos, arquivando a denúncia no mesmo dia, ele disse.

"Desde então, tenho recebido ameaças deles, dizendo virão me matar e que em breve me destruirão completamente", disse o pastor Kalaya à agência 'Morning Star News'.

A polícia não prendeu nenhum suspeito, disse ele. A primeira audiência no processo judicial foi adiada em 13 de abril até o final deste mês. Pastor Kalaja disse que, exceto por um primo entre os assaltantes, ele não conhece pessoalmente ninguém da quadrilha que o expulsou de sua própria casa.

O pastor conta que esta perseguição tem durado décadas, desde que os moradores da área predominantemente muçulmana se opuseram à construção de um templo da igreja Santuário Ágape, que foi erguido em sua fazenda.

"Meu alcance e trabalho de evangelismo entre os muçulmanos levou a todas essas ameaças que tenho recebido dos extremistas", disse ele. "Essas pessoas estão me caçando, desde o início dos anos 80. Como resultado disso, conseguiram matar minha mãe por envenenamento e após a morte de minha mãe, eles também mataram os animais da minha fazenda. Eles estão me pressionado para abandonar aquela área".

Embora tenha sido levado a apresentar uma ação judicial, devido à passividade da polícia, o pastor Kalaja não tem condições pagar os custos de um advogado. Ele e sua família refugiaram-se na cabana de palha de um amigo. A polícia não estava disponível para comentar o caso.

Pastor Kalaja tem liderado sua congregação de 86 membros por 10 anos. Ele disse que um ataque semelhante ocorreu em 2008. Naquela época, os suspeitos foram convocados para a sede do sub-condado de Kaderuna e os líderes muçulmanos pediram desculpas pela invasão.

"As coisas se normalizaram por um tempo, mas desta vez eles estão dispostos a me matar", disse ele.

O ataque recente, que destruiu sua casa e a igreja Ágape foi o último de muitas ações violentas contra cristãos no leste do Uganda.

A constituição de Uganda e outras leis asseguram o direito à liberdade religiosa, incluindo o direito de propagar a própria fé e evangelizar outras pessoas. Porém a ação de extremistas e a passividade da polícia têm contribuído para que esta liberdade se torne cada vez mais ameaçada.

Guiame

0 comentários:

Postar um comentário

500 Anos


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tags

(783) Cristãos Perseguidos (542) Cristãos (519) Bíblia (493) Intolerância Religiosa (365) Israel (343) Evangélicos (303) igreja (264) Reflexão (247) apocalipse (194) oração (190) Homosexualismo (177) catolicismo (153) Rede Record (148) homofobia (146) Irã (140) escatologia (132) Missões (131) Evento Gospel (128) Silas Malafaia (126) pecado (123) islan (114) Política (113) ateus (109) judeus (109) Aborto (106) Religião (105) Milagres (103) Natal (102) Criança (92) Ahmadinejad (91) esporte (91) Testemunho (86) globo (77) guerra (73) Perdão (72) Salvação (72) Morte (64) pastores (64) Aline Barros (59) Religiosidade (56) Yousef Nadarkhani (56) PL122 (55) Amor (54) adoração (48) heresia (47) Drogas (42) Prosperidade (42) festival promessas (41) Judaísmo (39) Thalles Roberto (39) campina grande (39) Apostasia (38) carnaval (36) Idolatria (35) mulçumanos (34) Estados Unidos (33) Família (33) Maconha (31) adoradores (29) Shows (28) Catástrofes (26) Hipocrisia (26) Páscoa (22) esperança (22) Mentira (20) Confiança (19) Alegria (18) Nasa (18) Oriente Médio (17) Pornografia (17) Suicídio (17) DIP (16) Paz (16) Rei David (16) adversidade (16) consciência cristã (16) BAND (15) Conforto (15) Pena de Morte (15) Promessa (15) Sofrimento (14) BBB (12) Graça (12) Tatuagem (12) benção (12) dia das mães (12) obediência (12) impureza (11) Ansiedade (10) Justin Bieber (10) Rio +20 (10) livro (10) masturbação (10) Catástrofe (9) Desobediência (9) Filho pródigo (9) Perlla (9) livre arbítrio (9) Jotta A (8) Pedro Leonardo (8) Whitiney Houston (8) filho de crente (8) sony music (8) Darwin (7) Eutanásia (7) Hackers (7) Perigo (7) Senadores (7) União (7) presença de Deus (7) Perfeição (6) cura pela palavra (6) Purgatório (5) alienígenas (5) lei da palmada (5) Aline Barros mostra sua filha (4) Cegueira Espiritual (4) Kaka (4) escolhas (4) texto e contexto (4) torá (4) vasco (4) vigilância (4) Gratidão (3) Ressentimento (3) Segurança (3) Semeadura (3) Sodomia (3) o Caminho (3) servos (3) Cristo Redentor 80º aniversário (2) Guinnes Wolrd Records (2) Harold Camping (2) Impossiveis (2) Pressa (2) Sonho de infância (2) mundial da juventude (2) Flórida (1) Galardão (1) Michel Teló (1) Redenção (1) impios (1) recall (1) vingadores (1)

Uma Reflexão sobre a Crise no Brasil