Grupo compara Marco Feliciano à Hitler e promove manifestação em SP

Convocando grupos considerados como minorias, ativistas tentarão chamar atenção das autoridades para impedir que o deputado evangélico assuma a CDHM

Pessoas indignadas com a eleição do deputado federal
Marco Feliciano (PSC-SP) como presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) estão organizando um protesto na Avenida Paulista, em São Paulo, para chamar a atenção das autoridades para o caso.

Na foto de divulgação do evento o pastor evangélico ganhou um bigode e foi colocado ao lado de Hitler com a bandeira da suástica de fundo.

“Convidados a todos os brasileiros, que se indignam com a eleição do dep. pastor Marco Feliciano (PSC) para a CDHM, a comparecerem neste ato de repúdio que se dará no sábado, dia 09 de março, a partir das 14h na esquina da Avenida Paulista X Consolação, em São Paulo”, diz o anúncio.

Não há assinatura do grupo que está promovendo o protesto, mas para o mesmo dia, local e hora está previsto uma manifestação contra a eleição de Renan Calheiros como presidente do Senado.

O convite para o ato de repúdio é estendido para “indígenas, mulheres, LGBT’s, negros, prostitutas, ciganos e outros grupos historicamente impedidos de exercer plena cidadania”, como diz o banner que condena o que eles chamam de “fundamentalismo religioso”.

Petição pública da Avaaz consegue 160 mil assinaturas

Internautas estão há dias movimentando a petição pública criada no site Avaaz para impedir que o deputado evangélico assuma a CDHM, até o momento 160 mil assinaturas já foram recolhidas e a meta é alcançar 500 mil para destituí-lo do cargo.

“Não temos muito tempo. Na próxima terça, alguns parlamentares que deixaram a votação ontem em forma de protesto se reunirão para discutir como impedir que Feliciano continue na presidência da CDHM”, diz trecho de um e-mail enviado por Pedro Abramovay a todos os cadastrados no site.

Gospel Prime

0 comentários:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...