Casal católico reza junto por 7 meses antes de decidir namorar e dar primeiro beijo

Estudantes rezavam nos mesmos horários, cada um em sua casa (Foto: Marco Coladello/Arquivo pessoal)
Marcos e Letícia combinavam horários para orarem, cada um em sua casa.Eles queriam 'conhecer vontade de Deus'; relacionamento iniciou em 2012.

O estudante de engenharia cartográfica, Marcos Coladello, de 21 anos, e a estudante de fonoaudiologia, Letícia Moreira, de 22 anos, antes de começarem a namorar, viveram um "período de conhecimento" em Presidente Prudente. 

Não apenas um ao outro, mas também em relação à vontade de Deus. O casal rezou junto por sete meses antes de começarem a namorar, com a intenção de saber o que Cristo queria para os dois.

Coladello conta que em 2012 começou a se apaixonar pela Letícia. No entanto, mesmo sabendo que o sentimento era recíproco, ele demorou em se declarar. “No dia em que falei com ela, fiz um poema, comprei uma rosa e levei-a na igreja e disse ‘quando Jesus quer dar algo para alguém, o Senhor dá uma semente que precisa ser nutrida. Então pedi que Cristo me ensinasse a ser um homem e amar, então Ele me deu você’”, relata o estudante de engenharia cartográfica. Nesse dia, o casal começou a rezar para saber o que Deus queria deles.

A estudante de fonoaudiologia lembra que toda semana eles tinham um dia em que rezavam juntos na igreja e que todo dia, em um horário especifico, eles rezavam cada um em sua casa. Todo este período sem beijo. “Era o momento que tínhamos de intimidade com o Senhor, para que crescêssemos espiritualmente”, diz. “Nós não tínhamos certeza que íamos namorar, queríamos saber qual era a vontade de Deus, independentemente do que acontecesse ao fim desse período de oração”, completa Letícia.

O estudante de engenharia cartográfica relata que nem tudo foi fácil no tempo em que rezaram. “Ela era uma pessoa fechada e começou a ser indiferente, me menosprezando. Então tivemos que ter uma conversa, para saber se continuaríamos orando”, conta. “A partir disso, a Letícia começou a mudar”, conclui.

“Foi um momento de libertação para mim. Naquele momento eu disse das minhas dificuldades, do meu receio de entrar em um namoro que no futuro se tornasse um casamento”, comenta a estudante de fonoaudiologia sobre a conversa que tiveram.

Com o passar dos meses, o sentimento do casal, que frequenta a Paróquia Santo Antônio, cresceu, assim como a certeza de que Deus queria que os dois namorassem. No entanto, ainda faltava um sinal concreto da vontade divina. “Eu queria algo mais claro, para que eu e ela não nos machucássemos com um relacionamento”, diz o estudante de engenharia cartográfica.

O sinal que o casal tanto esperava veio em um retiro. “Me veio um sentimento de que Cristo me pedia para ler o livro de Macabeus. Quando eu abri, o título de um trecho era ‘Núpcias de Alexandre’, que falava ‘por ser fiel a mim lhe darei o que lhe pedis, toma tua esposa e segue teu caminho’. Foi nesse momento que o Senhor me deu a certeza que eu deveria namorar a Letícia”, conta, com lágrimas nos olhos, o estudante de engenharia cartográfica.

Matéria completa G1

0 comentários:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...