Ossadas mostram horrores de convento católicos na Idade Média

Esqueletos encontrados no local onde funcionou um convento medieval na Inglaterra mostram um lado sombrio e assustador da Igreja católica. Foram encontradas 92 ossadas na região, que fica em Oxford, e que abrigou o convento entre 1100 e 1525.

Entre os esqueletos estavam homens, mulheres, crianças e um recém-nascido. Das 92 ossadas encontradas, até agora apenas 29 não têm gênero definido. Por se tratar de um convento, existem mais ossos de mulheres, 35, do que de homens, 28.

O que choca, porém, são dados encontrados por conta das ossadas. Descobriu-se, por exemplo, que uma freira foi enterrada com traumatismo craniano, causa de sua morte, e que isso deve ter sido proveniente de um castigo. 

Em outro caso, está um recém-nascido que, segundo pesquisadores, provavelmente era fruto de uma relação proibida.

O túmulo que mais chama a atenção, porém, é de uma freira que possivelmente foi castigada mesmo após a morte. Ela foi encontrada de bruços no caixão, o que indica que cometeu algum crime que “causava” vergonha. Segundo pesquisadores, essa irmã teria sido punida em 1518 por “brincar com meninos”.

Um comentário:


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...