Pais tomam difícil decisão de desligar suporte de vida de um de seus bebês gêmeos recém-nascidos e, horas depois, o outro recebe alta

Um casal teve que tomar a difícil decisão de desligar o suporte de vida de um de seus filhos gêmeos, nascidos prematuramente, no mesmo dia em que o outro bebê recebeu alta do hospital.

Twins Harley e Harrison May, dois irmãos gêmeos filhos de Demi e Steve May, de Salisbury, Wiltshire, Inglaterra, nasceram prematuros por uma cesariana.

O primeiro, Twins, não veio ao mundo forte como o irmão, e três meses depois, ainda no hospital, os médicos deram uma devastadora notícia à família.

Demi e Steve May, da Inglaterra, tiveram que tomar a difícil decisão de desligar o suporte vida de um de seus filhos gêmeos e, horas depois, o outro recebeu alta.

Twins não teria chances de sobreviver. Os pais, então, tomaram a decisão dolorosa de que a máquina que mantinha a criança viva fosse desligada.


No entanto, poucas horas depois, os médicos declararam Harrison apto o suficiente para finalmente ir para casa.

Twins era tão fraco que seus pais não podiam pegá-lo, a não ser que usassem um travesseiro.


Durante a gravidez de sua mãe, os gêmeos sofreram com restrição de crescimento intrauterino seletivo, uma condição médica rara em que há uma distribuição desproporcional da placenta entre os gêmeos, e que pode resultar em uma má nutrição de um deles.

Fonte: DailyMail

0 comentários:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...