Fazendo uma faxina em nosso coração.

Tempo de buscar, e tempo de perder; tempo de guardar, e tempo de deitar fora. Eclesiastes 3:6b
Você já tentou fazer alguma arrumação ou faxina em casa ou em seu escritório ou na oficina? De repente começa aparecer um monte de coisas, que não tem nenhuma finalidade e você nem sabe por que guarda aquilo. Nós seres humanos somos assim, guardamos um monte de lixo que, para nós, pensamos que um dia vai servir, às vezes temos até um quartinho para guardar estes “lixos”. 

Outro dia percebi que havia guardado algumas peças de meu carro em um armário, e para minha surpresa “não eram peças novas”, e sim peças velhas, com defeitos devolvidas pelo mecânico. Qual a finalidade pela qual guardei estes materiais? Creio que guardei achando que algum dia fosse precisar. Na verdade não sei explicar por que guardei. 

Vão se as vassouras e ficam os cabos, para que serve os cabos sem as vassouras? Mas sempre temos a impressão que um dia vamos precisar de um cabo. Compramos novamente a vassoura e lá vem acompanhado o cabo, assim juntamos alguns cabos e perguntamos pra quê?. 

Para que serve o lixo? Creio que para ser descartado não é mesmo. Juntamos muitas coisas que só entulham e faz um ambiente desagradável, ou seja muitas vezes até somos impedidos de locomovermos por ter tanto obstáculos no meio do caminho. Onde há acumulo de lixo, prolifera doenças contagiosas.

Creio que muitas pessoas já ouviram falar de um programa bem usado nas empresas chamado de “5 S” Conhecidos como cinco sensos. O 5Sensos surgiu no Japão no início dos anos 1950, onde o País estava totalmente destruído pela guerra, cheio de sujeira e o Governo não sabia por onde começar. Desde o Governo, passando pelas industrias até chegar a cada casa, os “5 S” passou mostrando que era possível recomeçar através da organização e limpeza e descartando o que não prestava.

O sucesso deste projeto foi tão grande, que outras partes da sociedade começaram a copiar e o colocaram em prática. O principal objetivo deste projeto era colocar em ordem a desordem, para liberar áreas, evitar desperdícios, melhorar relacionamentos, facilitar as atividades e localização de recursos disponíveis. O 5S Trata de uma sigla formada pelas iniciais de cinco palavras japonesas, Seiri, Seiton, Seisou, Seiketsu, Shitsuke. 

Não quero aqui fazer nenhuma propaganda nem divulgar tal projeto, pois a intenção desta mensagem não é esta e sim de mostrar que às vezes estamos como o Japão após a guerra: desorganizados, cheio de lixos e escombros espirituais e não sabemos por onde começar. 

E precisamos urgente, se mobilizar e limpar a casa para podermos alcançar a saúde espiritual” . O primeiro Senso é a de utilização. Resume em separar o que é útil do que não é. O segundo Senso é da ordenação. Resumindo colocar as coisas no lugar certo. O terceiro Senso é o Senso de limpeza. 

Neste senso não se resume apenas limpar, mas manter a limpeza evitar poluir, guardar coisas desnecessárias. O quarto senso é o de Saúde. Padronizar comportamento, valores e práticas favoráveis à saúde física. O quinto e ultimo senso é a auto disciplina. Resumindo, ter um alto controle em colocar todos os sensos anteriores em prática. 

Creio que podemos aplicar de uma forma espiritual tais sensos em nossa vida de cristãos. Embora o tema da mensagem seja baseada em limpeza que representa o terceiro Senso, creio que seja possível aplicarmos em nossa vida espiritual tais sensos. 

O escritor do Livro de Eclesiastes nos mostra que há um tempo determinado para todas as coisas. Tempo de buscar, e tempo de perder; tempo de guardar, e tempo de deitar fora. Eclesiastes 3:6b . 

Tempo de guardar, tempo de deitar fora. A pergunta que fazemos é a seguinte: Guardar o que? Deitar fora, ou jogar fora o que? Vivemos o tempo todo cercados de problemas e situações onde temos que administrar, muito bem, a nossa vida espiritual. 

O que guardamos em nossos corações que não serve para utilizarmos? Maus pensamentos, acontecimentos negativos que carregamos até hoje sem necessidade alguma. Magoas, ressentimentos que estão estocados em nossos corações fazendo montões de entulhos, atrapalhando a nossa saúde espiritual. Tempo de deitar fora. 

O Apostolo Paulo nos mostra que podemos deixar para trás tais mágoas, fazendo uma faxina em nossos corações. Ele escrevendo nos diz: Esquecendo-me das coisas que para trás ficam, prossigo para o alvo. Filipenses 3:13. 

Outra orientação é o seguinte: Quero trazer a memória algo que me dê esperança. Lamentações 3:21. Deixando em nossos corações o que é útil descartando toda impureza que nos contamina. Veja que o Senso da saúde vem logo após o da limpeza. Não é assim em nossa vida espiritual? Como vamos ser saudáveis espiritualmente se estamos no meio da sujeira e do lixo, onde estamos diariamente sendo contaminados? O quinto senso é a auto disciplina. Este senso me lembra o domínio próprio o que adianta saber disto tudo e não colocar em prática? O que adianta fazer uma faxina em nossa mente e coração, mas não manter tal limpeza e deixar novamente ela ser invadida por lixo? 

Que possamos realmente ter a responsabilidade de deixar sempre a casa limpa, pois nela habita o Senhor. 

Para refletirmos: O que tem sido útil em nossas vidas? O que temos colocado como prioridade em nossas vidas? Temos limpado nossos corações e nossas mentes de todos os lixos? Ou temos guardados algo que não presta? Temos lançado fora as mágoas, os rancores, as discórdias, o pecado? Como anda nossa saúde espiritual? Estamos bem, ou estamos doentes e fingimos que nada está acontecendo? Como temos reagido a todas estas questões? Temos domínio próprio?

Que o Senhor possa nos ajudar a compreender que é tempo de fazer uma faxina em nossa vida espiritual, e que o Senhor não habita em templo sujo, imundo cheio de lixo e ave de rapina.

Que o Senhor nos conserve limpos e imaculados até a sua Vinha.

Por Josiel Dias

0 comentários:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...