Sérgio Moro condena Eduardo Cunha a 15 anos de prisão

Ex-deputado é acusado dos crimes de corrupção, lavagem e evasão fraudulenta de divisas
O juiz federal Sérgio Moro condenou o ex-presidente da Câmara e ex-deputado federal Eduardo Cunha (PMDB/RJ) pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e evasão fraudulenta de divisas. Ao todo serão 15 anos e 4 meses de prisão. A condenação é somente pela ação envolvendo propinas recebidas pela compra do campo petrolífero de Benin, na África, pela Petrobras, em 2011.

Se quiser conseguir uma progressão de pena e sair antes do prazo previsto, como aconteceu com vários condenados políticos, Cunha terá de devolver o dinheiro que ganhou nessa operação.

A sentença do magistrado da Lava Jato diz: “Considerando as regras do artigo 33 do Código Penal, fixo o regime fechado para o início de cumprimento da pena. A progressão de regime para a pena de corrupção fica, em princípio, condicionada à efetiva devolução do produto do crime, no caso a vantagem indevida recebida, nos termos do artigo 33, §4º, do Código Penal.”

Desde 19 de outubro, Eduardo Cunha estava preso preventivamente em Curitiba. Segundo a denúncia, ele recebeu propina de 5 milhões de reais. Essa quantia foi recebida pela offshore Acona International Investments no Banco Suíço BSI.

Os valores, repassados pelo operador do PMDB João Augusto Henriques, vieram da Petrobras, após a compra de 50% dos direitos de exploração de um campo de petróleo em Benin, ao custo de US$ 34,5 milhões.

O negócio conduzido pela Diretoria Internacional da estatal, entregou a propina ao PMDB dento do esquema de corrupção do partido na estatal. A defesa de Cunha informou que vai recorrer ao Tribunal Regional Federal.

Gospelprime

0 comentários:

Postar um comentário

500 Anos


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tags

(799) Cristãos Perseguidos (564) Cristãos (522) Bíblia (493) Intolerância Religiosa (365) Israel (350) Evangélicos (304) igreja (264) Reflexão (247) apocalipse (196) oração (191) Homosexualismo (177) catolicismo (156) Rede Record (150) homofobia (147) Irã (141) escatologia (132) Missões (131) Evento Gospel (128) Silas Malafaia (126) pecado (124) islan (114) Política (113) judeus (113) ateus (111) Milagres (107) Aborto (106) Religião (105) Natal (102) Criança (92) Ahmadinejad (91) esporte (91) Testemunho (88) globo (77) guerra (73) Perdão (72) Salvação (72) Morte (64) pastores (64) Aline Barros (59) Religiosidade (56) Yousef Nadarkhani (56) PL122 (55) Amor (53) adoração (48) heresia (48) Drogas (43) Prosperidade (42) festival promessas (41) Apostasia (39) Judaísmo (39) Thalles Roberto (39) campina grande (39) Idolatria (38) carnaval (37) Estados Unidos (34) mulçumanos (34) Família (33) Maconha (31) adoradores (29) Shows (28) Catástrofes (26) Hipocrisia (26) Páscoa (22) esperança (22) Mentira (20) Pornografia (20) Confiança (19) Alegria (18) Nasa (18) DIP (17) Oriente Médio (17) Suicídio (17) Paz (16) Rei David (16) adversidade (16) consciência cristã (16) BAND (15) Conforto (15) Pena de Morte (15) Promessa (15) Sofrimento (14) BBB (12) Graça (12) Tatuagem (12) benção (12) dia das mães (12) obediência (12) Justin Bieber (11) impureza (11) Ansiedade (10) Rio +20 (10) livro (10) masturbação (10) Catástrofe (9) Desobediência (9) Filho pródigo (9) Perlla (9) livre arbítrio (9) Jotta A (8) Pedro Leonardo (8) Whitiney Houston (8) filho de crente (8) sony music (8) Darwin (7) Eutanásia (7) Hackers (7) Perigo (7) Senadores (7) União (7) presença de Deus (7) Perfeição (6) cura pela palavra (6) Purgatório (5) alienígenas (5) lei da palmada (5) Aline Barros mostra sua filha (4) Cegueira Espiritual (4) Kaka (4) escolhas (4) texto e contexto (4) torá (4) vasco (4) vigilância (4) Gratidão (3) Pressa (3) Ressentimento (3) Segurança (3) Semeadura (3) Sodomia (3) o Caminho (3) servos (3) Cristo Redentor 80º aniversário (2) Guinnes Wolrd Records (2) Harold Camping (2) Impossiveis (2) Sonho de infância (2) mundial da juventude (2) Flórida (1) Galardão (1) Michel Teló (1) Redenção (1) impios (1) recall (1) vingadores (1)

Uma Reflexão sobre a Crise no Brasil