Revoltante "Estado Islâmico obriga prisioneiro a cavar a própria cova antes de ser decapitado"

Grupo divulgou vídeo com as imagens da execução na internet 
Radicais do EI (Estado Islâmico) voltaram a chocar o mundo após divulgar imagens de um prisioneiro sendo obrigado a cavar a própria cova antes de ser decapitado. 

O homem havia sido acusado de ser um espião sírio, segundo informações divulgadas pelo jornal britânico Daily Mail nesta quinta-feira (28).

As imagens de um vídeo mostram o homem vestindo o tradicional uniforme laranja de prisioneiros do grupo. Ele foi obrigado a admitir em frente à câmera que era morador de uma cidade no centro da Síria e descrever seu trabalho como o de um espião.

Identificado como Ziad Abdel’al Abu Tarek, o prisioneiro diz que o EI o caçou porque ele teria matado um homem. No entanto, não fica clara qual a ligação desse homem com o grupo.

O vídeo continua com Tarek ajoelhado em frente à cova. As imagens são cortadas neste momento e, em seguida, o prisioneiro já aparece decapitado.



Não se sabe ao certo onde as imagens foram feitas, mas acredita-se que tenha sido em uma região desértica na Síria.

r7

0 comentários:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...