Cópia mais antiga dos Dez Mandamentos é exibida em Israel

O texto faz parte dos manuscritos encontrados no noroeste do Mar Morto
O Museu de Israel vai exibir o documento mais antigo entre os que reproduzem integralmente os dez mandamentos. O manuscrito tem mais de 2.000 anos de idade e está todo escrito em hebraico.

Quem controla este documento é a Autoridade de Antiguidades de Israel, que o mantém fora do alcance do público e em condições próprias para a conservação, um ambiente similar à caverna onde ele foi encontrado.

O documento já passou por uma exposição excepcional em Nova York no ano de 2011 e em 2013 foi exposta em Cincinnati, também nos Estados Unidos.

Em Israel, a cópia dos dez mandamentos ficará disponível na exposição “Uma breve história da humanidade”, uma área recente montada no Museu de Israel.

Quem for conhecer o museu irá encontrar um documento de 45,7 cm de comprimento por 7,6 cm de largura que traz todas as instruções dadas a Moisés por Deus no Monte Sinai. O documento faz parte dos 870 manuscritos encontrados no Mar Morto entre 1947 e 1956 nas cavernas de Qumran.

Acredita-se que os manuscritos do Mar Morto foram escritos pelos essênios, uma seita judaica dissidente que se retirou ao deserto. Mas há especialistas que acham que os textos estavam em uma biblioteca do Templo Judaico que estava sendo erguido em Jerusalém. 

Os manuscritos teriam sido escondidos em cavernas quando os romanos se aproximaram para destruir o local em 70 d.C. 

Com informações Folha de SP

0 comentários:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...