Mesmo se alimentando de ovos, gari não teme crise: “Tudo é motivo de agradecer a Deus”


A gari Vera da Silva Arlindo, de 48 anos, é evangélica, casada e mãe de quatro filhas. (Foto:José Luiz Mendes)
Vera trabalha como gari há 4 anos e sonha ver a filha se formando na faculdade. Mesmo que sua família se alimente de ovos na mistura, ela continua crendo na provisão de Deus.

Viver em crise é só uma questão de ponto de vista. Assim é como a gari Vera da Silva Arlindo, de 48 anos, encara a vida.

Evangélica, casada e mãe de quatro filhas, Vera higieniza as ruas da cidade de Apucarana, no Paraná, há quatro anos. Enquanto muitos temem a travessia pela pior crise econômica do Brasil, a mulher incentiva as pessoas a serem otimistas, trabalharem e confiarem em Deus.

A gari afirma que existem diversas alternativas para viver uma vida sem crise. "Trabalhar com dedicação e planejar os gastos são duas atitudes que não deixam as pessoas ficarem em situação difícil. E não adianta ficar falando que estamos em crise, porque a vida não é fácil para ninguém, mas pode ser boa se soubermos vivê-la, um dia de cada vez e sem desespero", disse Vera ao site TN Online.

Embora a família de Vera às vezes só tenha ovos na mesa como mistura, ela se esforça para guardar dinheiro para os estudos das filhas. "Uma delas tem 16 anos e quer ser uma 'sargenta' do Exército. Para pagar o curso que estava fazendo, às vezes precisamos deixar de comer carne, mas não tem problema. Mas não preocupo e digo para mim mesma: Deus, eu sei que o Senhor vai suprir a minha necessidade", afirma.

Depois que seu marido ficou impossibilitado de exercer a profissão de estivador após um acidente de trabalho, Vera passou a sustentar a família com muito otimismo. "Moramos em uma casa cedida pela prefeitura, na mesma propriedade onde funcionava um armazém do Instituto Brasileiro do Café (IBC), na Vila Nova. Não é fácil para a gente conseguir dar estudo para as nossa filhas, mas isso é o mais importante para o futuro elas, porque sem estudo as coisas ficam mais difíceis", frisa.

Segundo a gari, uma das maiores recompensas de todo seu esforço é ver a formatura das filhas na universidade. "Não adianta preocupação, desespero e medo do que virá, porque a vida é uma coisa simples, que não precisa de muita explicação", ressalta.

"Todos nós temos dificuldades para enfrentar diariamente, mas não é por isso que a vida vai deixar de ter seu lado bom, como a vida em família, um aperto de mão, um abraço sincero de uma pessoas amiga, ver os filhos crescer... Tudo isso é motivo de agradecimento a Deus, que é soberano", acrescenta Vera.

Quem quiser colaborar com a família da gari pode entrar em contato pelo telefone (43) 9951-5335.

Guiame

0 comentários:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...