Igreja Católica diz que Jesus tinha dois pais e gera revolta

É uma tradição nos Estados Unidos as igrejas terem placas luminosas em frente aos templos onde deixam mensagens ou anunciam atividades da congregação.

Contudo, a Diocese Católica de Buffalo acabou tendo de tomar providências após uma manifestação de fiéis inconformados com uma placa que dizia: “Jesus teve dois pais e foi criado bem”. O slogan já foi usado por grupos pró gay no passado como provocação a cristãos.

A foto tirada recentemente em frente ao templo da Igreja Católica de São Columba e Santa Brígida, na cidade de Buffalo, Nova York. John Vennari editor da revista Família Católica, viu a foto após ela ser amplamente compartilhada na internet e escreveu um artigo rebatendo o que ele chama de “selo de aprovação” ao movimento gay.

A publicação pode ser lida no site da revista. Ele pede que os católicos rezem, pedindo perdão a Deus pelo fato.

Rebateu argumentos que era fruto de uma ‘montagem no Photoshop’ e deixou claro que se tratava de “um escárnio da trindade, da família de Jesus e da fé católica como um todo”. O material chegou às mãos do Bispo Richard Joseph Malone, que ordenou a remoção da placa.

O padre responsável pela mensagem, que não teve seu nome revelado, alegou que se referia ao fato de Jesus ter vivido com “um pai natural e um padrasto”. No entanto, o fato de a frase ser conhecida por sua relação com a ideia de dois homens que criam uma criança, gerou uma onda de protestos.

A expressão passou a ser usada em 1989, quando foi publicado o livro pró-homossexual “Heather Has 2 Mommies” [Heather tem duas mães]. O bispo anunciou apenas que a questão será tratada “internamente”.

Muitos católicos da região de Buffalo demonstraram sua indignação, mas uma minoria disse não se importar. A controvérsia cresceu quando o assunto foi notícia do canal 7 de Nova York, afiliado à rede ABC. 

Com informações de The Blaze

0 comentários:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...