Dilma Rousseff assina Medida Provisória que estende política de reajuste do salário mínimo até 2019


DILMA E DINHEIRO
                                     
O modelo de reajuste do salário mínimo permanecerá até 2019. A presidente Dilma Rousseff assinou nesta terça-feira (24) a medida provisória (MP) que mantém a atual política de valorização do salário.

Durante a cerimônia de assinatura, a presidente disse que a decisão do governo é um reconhecimento de que as ações de crescimento da economia não se dão “em detrimento do trabalhador."

Hoje, o salário mínimo é reajustado com base na Lei n° 12.382. O texto determina que, a cada ano, o aumento corresponderá à variação do PIB (Produto Interno Bruto) do ano retrasado mais a inflação do ano anterior, medida pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor). Desde janeiro, o salário mínimo brasileiro é de R$ 788. Entre 2011 e 2015, o reajuste foi de 70%.

Segundo Dilma, o envio da MP ao Congresso foi resultado de um "diálogo com senadores e deputados da base aliada".

Ajustes fiscais

Durante a assinatura, a presidente garantiu que o governo federal fará "profundos cortes" em seus gastos. "Queremos que esse dinheiro vá sustentar os gastos com projetos sociais", disse.

"Vamos manter todas as políticas sociais, manteremos o Minha Casa, Minha Vida, o Bolsa Família."

"Nós buscamos de todas as formas impedir que o Brasil tivesse uma crise em profundidade", afirmou a presidenta, acrescentando que atualmente, o País passa por uma queda muito grande na arrecadação de tributos e, para resolver essa distorção, o governo federal tem utilizado medidas contra cíclicas.

(Com informações da Reuters e Agência Brasil)

0 comentários:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...