"Quem Matou Jesus?" - Série vai mostrar o 'lado humano' do Messias e não irá retratar milagres

A próxima minissérie "Quem Matou Jesus?" que será transmitida ao final deste mês de março pela National Geographic (emissora internacional) pretende priorizar em sua abordagem o lado mais humano do Messias e deixar os fatos regidos pelo sobrenatural em segundo plano, segundo Chris Ryman, um dos atores da série.

Segundo ele, a abordagem do filme foi intencional e ele acredita que isto vai ajudar a "apresentar a história de Jesus para aqueles que são céticos".

Chris Ryman, que interpreta Malco, o guarda romano que prende Jesus antes da crucificação, comentou sobre o retrato do filme de Jesus - o homem - no filme.

"Esta é a primeira vez que vemos Jesus como homem, não como este tipo de divindade espiritual", Ryman disse ao The Christian Post na última segunda-feira (23). "Apesar de tudo o que está lá - e eu acho que isso é importante - os principais ensinamentos de Jesus se baseavam em mostrar aos homens como é possível se tornar uma pessoa melhor".

Ele continuou: "Se você olha para esta pessoa e você vê um anjo ou um Deus, você não vai ser capaz de se relacionar com ele, mas se você vê um homem com todas as suas faculdades, você diz: 'Uau, ele é como eu'. Ele é um homem inteligente e trabalhador. Cada pessoa pode ver algo em si mesmo que Jesus tem. Isso é o que você vai conseguir com essa história: O lado humano real de Jesus".

Ryman também disse ao Christian Post que, quando ele recebeu pela primeira vez o roteiro de "Quem Matou Jesus?", ele não foi informado de que os milagres de Jesus não seriam retratado no filme. Ele ainda admitiu que, embora a "história de Jesus não pode ser contada sem reconhecer os aspectos sobrenaturais, ele pode ser mostrado sem o uso de efeitos especiais de Hollywood, que são freqüentemente encontrados em outros retratos da vida de Jesus".

Alexis Rodney - que interpreta Simão Pedro na minissérie - deu continuidade ao raciocínio de Ryman sobre os efeitos especiais.

"Em um monte de outras versões que você vê luzes e raios e isso é bom - que porque serve ao seu propósito", disse. "Mas, de novo [o que nós estamos trazendo de diferente], penso eu, é ser capaz de torná-lo um pouco mais ambíguo. Você atrai um público maior, que vai ouvir a mensagem central".

Falando sobre a abordagem não-tradicional do filme em que conta a história da vida de Jesus, Rodney explicou ao CP que ele acredita que isto pode gerar abertura entre as gerações mais jovens para aprender sobre a mensagem de Jesus.

"Especialmente com a geração mais jovem, que é mais cética... Se eles forem encontrar a beleza dentro desta mensagem, eu acho que eles precisam dessa abordagem", afirmou.

Contextualização
A série "Quem Matou Jesus?" surge em um contexto no qual a relação entre o público cristão e as grandes produções hollywoodianas sobre temas bíblicos têm se tornado cada vez pior.

Exemplos como o dos filmes "Noé" e "Êxodo: Deuses e Reis" - que não conseguiram a repercussão estimada - ilustram bem este quadro.

Mesmo não sendo produzida por Hollywood, a minissérie transmitida pela National Geographic caracteriza uma mega-produção e chega com uma proposta um tanto "ousada" para parte do público cristão.

A série tem estreia marcada para acontecer simultaneamente no Brasil e nos Estados Unidos, no dia 29 de março, às 20h (horário de Brasília).

informações Guiame

0 comentários:

Postar um comentário

500 Anos


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tags

(783) Cristãos Perseguidos (549) Cristãos (519) Bíblia (493) Intolerância Religiosa (365) Israel (346) Evangélicos (303) igreja (264) Reflexão (247) apocalipse (194) oração (190) Homosexualismo (177) catolicismo (153) Rede Record (148) homofobia (147) Irã (141) escatologia (132) Missões (131) Evento Gospel (128) Silas Malafaia (126) pecado (123) islan (114) Política (113) judeus (112) ateus (109) Aborto (106) Religião (105) Milagres (103) Natal (102) Criança (92) Ahmadinejad (91) esporte (91) Testemunho (86) globo (77) guerra (73) Perdão (72) Salvação (72) Morte (64) pastores (64) Aline Barros (59) Religiosidade (56) Yousef Nadarkhani (56) PL122 (55) Amor (54) adoração (48) heresia (47) Drogas (42) Prosperidade (42) festival promessas (41) Judaísmo (39) Thalles Roberto (39) campina grande (39) Apostasia (38) carnaval (36) Idolatria (35) mulçumanos (34) Estados Unidos (33) Família (33) Maconha (31) adoradores (29) Shows (28) Catástrofes (26) Hipocrisia (26) Páscoa (22) esperança (22) Mentira (20) Confiança (19) Alegria (18) Nasa (18) Pornografia (18) Oriente Médio (17) Suicídio (17) DIP (16) Paz (16) Rei David (16) adversidade (16) consciência cristã (16) BAND (15) Conforto (15) Pena de Morte (15) Promessa (15) Sofrimento (14) BBB (12) Graça (12) Tatuagem (12) benção (12) dia das mães (12) obediência (12) impureza (11) Ansiedade (10) Justin Bieber (10) Rio +20 (10) livro (10) masturbação (10) Catástrofe (9) Desobediência (9) Filho pródigo (9) Perlla (9) livre arbítrio (9) Jotta A (8) Pedro Leonardo (8) Whitiney Houston (8) filho de crente (8) sony music (8) Darwin (7) Eutanásia (7) Hackers (7) Perigo (7) Senadores (7) União (7) presença de Deus (7) Perfeição (6) cura pela palavra (6) Purgatório (5) alienígenas (5) lei da palmada (5) Aline Barros mostra sua filha (4) Cegueira Espiritual (4) Kaka (4) escolhas (4) texto e contexto (4) torá (4) vasco (4) vigilância (4) Gratidão (3) Ressentimento (3) Segurança (3) Semeadura (3) Sodomia (3) o Caminho (3) servos (3) Cristo Redentor 80º aniversário (2) Guinnes Wolrd Records (2) Harold Camping (2) Impossiveis (2) Pressa (2) Sonho de infância (2) mundial da juventude (2) Flórida (1) Galardão (1) Michel Teló (1) Redenção (1) impios (1) recall (1) vingadores (1)

Uma Reflexão sobre a Crise no Brasil