Pai que matou a própria filha atropelada desabafa: "Deus, me dê forças"

Menina de 11 meses engatinhou perto de carro e acabou sendo atingida
O comerciante Jhoney da Silva Lima, 32 anos, desabafou depois da morte da filha de 11 meses - Lima estava estacionando o carro quando a criança engatinhou para perto e acabou sendo atropelada. A tragédia aconteceu em Praia Grande, litoral de São Paulo, no último sábado. 

O pai chegou a ser hospitalizado por estar em estado de choque. Ele teve alta e usou o Facebook para desabafar. A filha completaria 1 ano no dia 15 de abril. "Deus, me dê forças", escreveu Jhoney. 

Amigos e familiares do comerciante mandaram mensagem de apoio consolando Jhoney e a esposa, que são pais de outras duas meninas. "Sei que é um momento difícil, mas muita luz e força para a família", escreveu uma amiga. 

A morte abalou o bairro Jardim Trevo. "A mãe estava com a menina no colo (após o atropelo), implorando por socorro. Foi uma tragédia. O bairro todo está chocado", disse Rose Brandão, moradora, ao G1.

informação do Correio 24Horas

0 comentários:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...