Anonymous atacam mais de 700 sites israelenses

O grupo de hacktivistas Anonymous atacou mais de 700 sites israelenses, em protesto a operação militar contra a Faixa de Gaza, informou o Jerusalem Post.

Os ativistas
online tiraram do ar sites dos Ministérios da Saúde, Relações Internacionais, Turismo, entre outras páginas de órgãos do governo e empresas privadas.

Alguns sites atacados pelos Anonymous exibiram mensagens pró-palestinos: “Este ataque é uma resposta à injustiça contra o povo palestino”.

A chamada Operação Israel começou às 6h (horário de
Brasília) de quinta-feira e foi anunciada no perfil do Twitter do grupo.

Os hacktivistas utilizaram uma ferramenta relativamente simples para ação: um link malicioso foi enviado para o servidor do site. Uma vez acessado, o programa conectou o servidor a uma
rede de computadores, deixando o tráfego lento até chegar ao completo colapso.

Para organizar a operação, voluntários foram recrutados no Twitter e no Pastebin, site frequentemente utilizado pelo Anonymous para publicar informações sobre ataques.

IAnotícia

0 comentários:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...