Premiê do Egito denuncia “agressão” de Israel e promete apoio a Gaza

O primeiro-ministro do Egito, Hesham Qandil disse nesta sexta-feira que a operação militar israelense é uma “agressão” contra a Faixa de Gaza e que o Egito se comprometerá a interromper.

Em Gaza, durante uma “visita de solidariedade ao povo palestino”, Qandil disse que “o Egito não vai economizar esforços para interromper a agressão e alcançar uma trégua”.

No período em que o premiê egípcio ficou em Gaza não houve relatos de ataques israelenses.

Mobilização de Tropas

A Força de Defesa de Israel anunciou que 16 mil soldados reservistas, que foram convocados, serão inscritos para uma possível operação terrestre no território palestino.

IAnotícia

0 comentários:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...