Caio Fábio lamenta exposição do caso Bianca X Felipe e diz temer pela vida do pastor; Assista

O reverendo Caio Fábio comentou o escândalo envolvendo a cantora e missionária Bianca Toledo e seu ex-marido, pastor Felipe Heiderich, e lamentou que o caso tenha sido trazido à tona.

“Isso não deveria ter sido exposto assim. Do ponto de vista direto do Evangelho não é assim que a gente trata uma coisa nesse nível. Essas coisas, desse nível, elas ficam num lugar escuso. Essas coisas que saem assim como dejetos da vida a gente deixa lá, no sanitário da existência”, disse, em seu programa.

Questionado se a exposição poderia ter sido feita para que a imagem pública de pregadora de Bianca Toledo não fosse prejudicada, Caio foi direto: “Tem toda essa coisa de imagem, ministério, não perder cliente… Eu não quero falar não, porque eu passei a vida vendo isso, eu não quero falar nisso”.

Um dos telespectadores do programa levantou a hipótese de esse escândalo ter evidenciado um mau-caratismo de Felipe Heiderich, e Caio ponderou: “Que falta de caráter? A gente não sabe. Eu queria conversar com esse rapaz. Se alguém conhecer esse rapaz, pode dizer que eu estou aberto para conversar com ele. Precisa de ajuda. Do contrário, ele vai ficar tão desesperadamente amaldiçoado pelos crentes, que um cara desse dá um teco na cabeça”, disse, fazendo referência à uma eventual tentativa de suicídio.

“Eu acho que essa primeira tentativa foi um pedido de socorro”, disse o reverendo, comentando as alegações de Bianca Toledo de que Felipe Heiderich teria tentado se matar com Rivotril. “Foi justamente o fato de que essa homossexualidade ficou enrustida, guardada, proibida, camuflada no armário tantos anos, ele vivendo uma falsa identidade para os crentes, que agora apresentou-se e explodiu, como acontece sempre. Isso é doença acumulada”.

Assista:





0 comentários:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...