Gregório Duvivier e Marco Feliciano discutem em programa de rádio


 Foto: Reprodução

A participação de Gregório Duvivier no programa de rádio “Pânico”, da Jovem Pan, terminou em bate-boca. O humorista do Porta dos Fundos foi surpreendido por uma ligação do pastor-deputado Marco Feliciano (PSC-SP) e a conversa terminou com uma discussão ao vivo.

“Quando ele diz que não é petista, ele mente. Assume, amigo. Ele é mais vermelho que o Fidel Castro. O meu problema com o Duvivier é que eu queria saber por que ele não faz uma charge, não faz um humor com o Islã, com o Estado Islâmico, com o Maomé. Por que só com o cristianismo?”, crtiticou o político.

“Porque não tem nenhum deputado islâmico roubando meu dinheiro, senhor”, revidou o humorista, relembrando que Feliciano já falou mal de Católicos. “Tem todo um número no YouTube em que você fala mal dos católicos. Diz que Jesus não morreu pra ficar em peito de vagabunda.”

“Esse vídeo foi gravado há 22 anos. Há 22 anos eu era outro homem, tinha outro pensamento. Havia uma briga religiosa. Se eu pudesse voltar no tempo, não teria falado aquelas porcariadas. Naquele momento eu era um menino na igreja”, argumentou Feliciano.

“Antigamente o cartão de crédito tinha carbono, hoje tem chip, né?”, debochou Duvivier.

Em outro momento, Feliciano não perdeu a oportunidade de ironizar a Lei Rouanet, que está sob investigação da Polícia Federal. “Esse filme não tem Lei Rouanet, estúpido, tem Lei do Audiovisual. Vamos estudar?”, alfinetou, referindo-se ao filme Contrato Vitalício, que o humorista estreou nesta semana.

Assista:




Fonte: Extra

0 comentários:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...