Pastores travam ‘guerra santa’ por cargos no governo do Acre

Nem só de fé vivem os pastores ligados à Igreja Universal, no Acre
Adeptos da teologia da prosperidade, eles buscam o maior número de cargos possíveis no governo do Acre, com o objetivo de garantir o máximo de conforto até o dia do arrebatamento, quando, finalmente, os pastores vão morar ao lado de Deus.

Com este pensamento, os pastores políticos do PRB resolveram questionar a distribuição de cargos que o governador Sebastião Viana (PT) destinou aos seus apoiadores ligados à Igreja Batista do Bosque, comandada pelo pastor Agostinho.

O presidente do PRB (partido de propriedade da Igreja Universal), o pastor e vereador Manoel Marcos, acredita que seu grupo político merece mais que o “simples cargo de diretor do Procon”, ocupado por Diego Rodrigues, primeiro-secretário no PRB.

Os dois dirigentes resolveram travar uma ‘guerra santa’ e ameaçam entregar a diretoria do Procon e abandonar a Frente Popular, já que o órgão, segundo eles, não disponibiliza de dinheiro para abastecer os veículos, nem de cargos comissionados para acomodar seus fiéis seguidores.

A dupla se reuniu com o governador Sebastião Viana e reivindicou 20 cargos. Os “empregos”, poderiam ser espalhados na estrutura do governo nos 22 municípios, mas o chefe do executivo ofereceu apenas quatro.

Os religiosos passaram então a protestar contra a influência política do grupo da Igreja Batista do Bosque, que emplacou o secretário de Habitação, Jamyl Asfury e o diretor-geral do Detran, Gemil Júnior. Eles questionam também, uma lista de nomeações de 20 pessoas, supostamente apresentada pelo pastor Agostinho.

Revoltados, Manoel Marcos e Diego Rodrigues recorreram ao presidente nacional do PRB, pastor Marcos Pereira, que dará a palavra final, se o PRB permanece apoiando a Frente Popular do Acre, ou rompe, formando uma terceira via. O PRB elegeu a deputada estadual Dr.

Juliana e, por ironia do destino, o deputado federal Alan Rick, que faz parte do rebanho do líder da Igreja Batista do Bosque, pastor Agostinho. Vamos orar para esta briga não arrancar os fios de cabelos implantados recentemente pelo cardeal do PT.

Ac24horas

0 comentários:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...