Descendentes dos cananeus bíblicos ainda vivem no Líbano, dizem cientistas

Os libaneses atuais são provavelmente descendentes diretos dos cananeus, segundo geneticistas.
Os descendentes dos cananeus bíblicos ainda vivem no Líbano, de acordo com um novo estudo genético publicado pelo periódico científico American Journal of Human Genetics.

Os cientistas extraíram o DNA dos restos mortais de cinco pessoas encontrados na antiga cidade cananita de Sídon. Os cadáveres datados há cerca de 3.700 deram sequência seu genoma.

Os genomas antigos foram comparados com 99 libaneses que hoje vivem na região e descobriram que 90% herdam a composição genética de seus antigos ancestrais.

Os libaneses modernos são “provavelmente descendentes diretos dos cananeus”, disse o Dr. Marc Haber, do Instituto Wellcome Trust Sanger, de acordo com o Independent .

“Mas além disso, eles têm uma pequena proporção de ascendência euro-asiática que pode ter chegado através de conquistas por populações distantes, como os assírios, persas ou macedônios”, acrescentou.

As referências na Bíblia sobre a população cananéia mostram que a expulsão e morte desse povo poderia ter implicado em seu desaparecimento da região.

Em Deuteronômio 20: 16-18, a Bíblia mostra que os israelitas foram orientados por Deus a destruir totalmente os hititas, os amorreus, os cananeus, os ferezeus, os heveus e os jebuseus.

“Se não, eles os ensinarão a praticar todas as coisas repugnantes que eles fazem quando adoram os seus deuses, e vocês pecarão contra o Senhor, contra o seu Deus”, justifica o trecho bíblico.

No entanto, outros trechos do Antigo Testamento, como em Juízes 1:19, comprovam que este comando não foi cumprido e muitos cananeus sobreviveram. “Eles ocuparam a serra central, mas não conseguiram expulsar os habitantes dos vales, pois estes possuíam carros de guerra feitos de ferro”.

Guiame

0 comentários:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...