"Desisti da fama e corri para os braços de Jesus", diz cantor que trocou secular pelo gospel Expoevangélica 2017


Jacymario em entrevista para o Portal Guiame. (Foto: Guiame/Marcos Paulo Corrêa).



Jacymario vem de uma trajetória na música secular e ao ouvir o chamado de Deus não exitou em seguir o Evangelho. Hoje ele tem 20 anos de carreira com 14 CDs gravados.

O cantor Jacymario esteve presente na Expoevangélica 2017 divulgando seu novo disco, lançado em fevereiro deste ano. O maranhense, que já se apresentou no Programa Raul Gil cantando a música “Só Quero Saber”, está há mais de 20 anos na estrada com 14 CDs gravados. Em entrevista exclusiva para o Portal Guiame, o adorador contou como deixou seus vícios para seguir a Jesus Cristo.

“Jesus me salvou aos 20 anos. Eu vinha de uma trajetória de música popular e lutei muito para gravar um disco no meio secular. Mas, não deu certo e hoje entendo que era projeto de Deus para me guardar de coisas piores. Muitos amigos meu da época, militantes desse movimento morreram, cada um em uma situação diferente, mas geralmente envolvidos com bebidas. Jesus me guardou e salvou”, disse o cantor.

Ele conta como conseguiu gravar seu primeiro CD. “Aos 25 anos gravei meu primeiro disco. Hoje estou com 20 anos de caminhada e 14 CDs lançados. Depois do lançamento do último, que foi em fevereiro eu fui ao programa do Raul Gil e cantei a música ‘Só Quero Saber’, que é um reggae maranhense”, explicou. “Essa já é nossa terceira feira. Em 2012 foi a Expocristã, em 2014 fui na Gospel Fair e hoje estou aqui na Expoevangélica”.

Conversão
Jacymario ainda revelou como ele se entregou para Jesus. “Quando eu nasci minha mãe era católica e me batizou na igreja católica. Mais tarde minha mãe se converteu e eu já me vi caminhando para a igreja evangélica com ela, mas não tinha ainda um encontro pessoal com Cristo. Só era acostumado a ir para a igreja com a minha mãe”, disse.

“Aos nove anos eu ia para a roça e escutei uma música tocando em uma festa e então comecei a me apaixonar pela música mundana. E foi a partir dos nove anos que eu fui alimentando o sonho de ser cantor. Aos 15 eu já estava decidido a seguir essa carreira. Quando fiz 18 anos eu saí de casa e fui correr atrás dessa gravação e só aos 21 que eu realmente eu tive uma chamada de Deus muito forte”, contou.

O chamado de Deus
“Um dia sozinho, sentado no banco de uma praça eu tive a direção de que o que eu precisava não era correr atrás de uma carreira ou de uma fama, mas eu precisava correr para os braços de Jesus. Eu estava doente, em uma situação muito complicada e eu me entreguei para Cristo. Eu estava só um farrapo humano”, ressaltou.

“Ele resgatou tudo. A mim e a minha autoestima. Ele me deu fé. Quando eu menos esperei eu fui um dia conhecer o locutor de uma rádio e ele me convidou para trabalhar lá como agenciador da emissora e depois me envolvi com a parte de comunicação. Então fui estudar comunicação e administração em rádio e em cinco anos que eu estava na igreja, gravei meu primeiro CD”, disse.

Resgatado
“Eu vivi no submundo da prostituição, eu caí muito novo nisso. Na bebida, no cigarro e em outros vícios também. Mas, por onde eu andava, sempre alguém me falava do amor de Deus. Então hoje eu tenho essa coisa muito forte. Quando eu viajo pelo interior, eu sempre passo em frente de bares. Eu paro na frente do bar, cumprimeiro as pessoas e gentilmente pergunto se posso colocar o meu CD para tocar. Alguns que já me conhecem me conhecem dizem: ‘Bota aí’’’, pontuou.

“Eu canto interagindo com eles. É um negócio muito forte e logo logo as pessoas estão chorando. Tem muita gente que é desviada e a gente tem feito esse trabalho de resgatar as pessoas. Eu tenho muita atenção, mesmo sendo um bêbado, estando todo enjoado. Eu sei que o que Jesus fez na minha vida Ele pode fazer na vida de qualquer pessoa”, finalizou.

Confira a apresentação de Jacymario no Programa Raul Gil:

Guiame

0 comentários:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...