Mundo assiste protestos violentos contra filme anti-islã

Manifestantes muçulmanos na Jordânia, Bangladesh, Irã, Iraque, Sudão, Tunísia e Israel realizaram algum tipo de protesto.
 
Desde terça-feira uma sucessão de graves ataques a empresas e embaixadas dos Estados Unidos no Oriente Médio e Norte da África tem deixado as missões diplomáticas dos EUA e Israel em estado de alerta.
 
Essa “onda de violência” causada por um filme anti-islâmico postado na Internet continua a se espalhar pelo mundo. Manifestantes muçulmanos na Jordânia, Bangladesh, Irã, Iraque, Sudão, Tunísia e Israel realizaram algum tipo de protesto.
 
Mesmo após o Ministro do Interior da Líbia ter anunciado a prisão de quatro suspeitos do ataque ao órgão americano que culminou na morte do cônsul americano, não há expectativa de paz na região.
 
As embaixadas da Alemanha e do Reino Unido foram tacadas no Sudão hoje. Em Cartum, a capital, cerca de 500 manifestantes colocaram fogo nos prédio dos dois órgãos internacionais. Eles subsituíram as bandeiras alemã e britânica por uma islâmica.
No Líbano, um restaurante da rede KFC foi incendiado em Trípoli, e uma pessoa morreu.
Pelo menos cinco pessoas morreram e 28 ficaram feridas em um confronto entre manifestantes e forças de segurança da Tunísia. O papa está no país e a segurança foi reforçado pelo medo de atentados.
 
Em Sanaa, capital do Iêmen, também foram registrados ataques. No Egito, a polícia precisou usar gás lacrimogêneo para manter as multidões longe da embaixada dos EUA, mesmo assim sete pessoas ficaram feridas nos confrontos. Segundo os porta-vozes das embaixadas da Alemanha e do Reino Unido, ninguém foi ferido durante a manifestação.

Manifestantes atacam restaurantes na cidade de Trípoli, no Líbano.
Uma pessoa foi morta.
 
Tradicionalmente, o período após as orações semanais de sexta-feira é um momento de protesto no mundo muçulmano. Enquanto isso, os agentes do FBI estão a caminho da Líbia para ajudar na investigação dos ataques. “Nós estamos indo para trazer à justiça aqueles que mataram nossos irmãos americanos”, disse Obama. “Eu quero que as pessoas ao redor do mundo me ouçam: Para todos aqueles que nos fazem mal, nenhum ato de terror ficará impune”. Mas a comunidade internacional questiona se os Estados Unidos não poderiam ter evitado os ataques.
 
Um jornal britânico citou uma fonte diplomática, dizendo que o Departamento de Estado os EUA tinha informações sobre o caso 48 horas antes da multidão atacar o consulado em Benghazi, na Líbia, e a embaixada no Egito. Mesmo assim, nenhum aviso foi dado para que os diplomatas ficassem alerta. A administração Obama nega esses relatórios.
 
As declarações do candidato presidencial republicano Mitt Romney causaram mais constrangimento: “O mundo precisa de liderança americana”, disse Romney. “O Oriente Médio precisa de liderança americana e tenho a intenção de ser um presidente que ofereça a liderança adequada e que a América continue sendo admirada em todo o mundo”.
 
Segundo a assessoria de imprensa do Ministério de Relações Exteriores do Brasil, “não houve nenhuma ameaça concreta contra o país”. O Itamaraty disse que as representações brasileiras em países árabes darão “a maior atenção possível à segurança” de seus diplomatas.
 
O Itamaraty afirmou também que está monitorando as comunidades brasileiras espalhadas pelos países atingidos pela onda de protestos.
 
Com informações IG e CBN
Gospel Prime

0 comentários:

Postar um comentário

500 Anos


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tags

(799) Cristãos Perseguidos (564) Cristãos (522) Bíblia (493) Intolerância Religiosa (365) Israel (350) Evangélicos (304) igreja (264) Reflexão (247) apocalipse (196) oração (191) Homosexualismo (177) catolicismo (156) Rede Record (150) homofobia (147) Irã (141) escatologia (132) Missões (131) Evento Gospel (128) Silas Malafaia (126) pecado (124) islan (114) Política (113) judeus (113) ateus (111) Milagres (107) Aborto (106) Religião (105) Natal (102) Criança (92) Ahmadinejad (91) esporte (91) Testemunho (88) globo (77) guerra (73) Perdão (72) Salvação (72) Morte (64) pastores (64) Aline Barros (59) Religiosidade (56) Yousef Nadarkhani (56) PL122 (55) Amor (53) adoração (48) heresia (48) Drogas (43) Prosperidade (42) festival promessas (41) Apostasia (39) Judaísmo (39) Thalles Roberto (39) campina grande (39) Idolatria (38) carnaval (37) Estados Unidos (34) mulçumanos (34) Família (33) Maconha (31) adoradores (29) Shows (28) Catástrofes (26) Hipocrisia (26) Páscoa (22) esperança (22) Mentira (20) Pornografia (20) Confiança (19) Alegria (18) Nasa (18) DIP (17) Oriente Médio (17) Suicídio (17) Paz (16) Rei David (16) adversidade (16) consciência cristã (16) BAND (15) Conforto (15) Pena de Morte (15) Promessa (15) Sofrimento (14) BBB (12) Graça (12) Tatuagem (12) benção (12) dia das mães (12) obediência (12) Justin Bieber (11) impureza (11) Ansiedade (10) Rio +20 (10) livro (10) masturbação (10) Catástrofe (9) Desobediência (9) Filho pródigo (9) Perlla (9) livre arbítrio (9) Jotta A (8) Pedro Leonardo (8) Whitiney Houston (8) filho de crente (8) sony music (8) Darwin (7) Eutanásia (7) Hackers (7) Perigo (7) Senadores (7) União (7) presença de Deus (7) Perfeição (6) cura pela palavra (6) Purgatório (5) alienígenas (5) lei da palmada (5) Aline Barros mostra sua filha (4) Cegueira Espiritual (4) Kaka (4) escolhas (4) texto e contexto (4) torá (4) vasco (4) vigilância (4) Gratidão (3) Pressa (3) Ressentimento (3) Segurança (3) Semeadura (3) Sodomia (3) o Caminho (3) servos (3) Cristo Redentor 80º aniversário (2) Guinnes Wolrd Records (2) Harold Camping (2) Impossiveis (2) Sonho de infância (2) mundial da juventude (2) Flórida (1) Galardão (1) Michel Teló (1) Redenção (1) impios (1) recall (1) vingadores (1)

Uma Reflexão sobre a Crise no Brasil