Pastor se alegra após ser preso por causa de Jesus: “Vivi o que preguei”


Imagem ilustrativa. Pastor lembra com alegria dos dias em que esteve preso por Cristo. (Foto: Portas Abertas)



O pastor Alonso foi preso por pregar o Evangelho em uma pequena comunidade de Oaxaca, no México.

Há 15 anos, Alonso não imaginava que um dia se tornaria pastor e seria preso por pregar o Evangelho em uma pequena comunidade de Oaxaca, no México. Seu primeiro contato com a fé cristã aconteceu em 2002, através de um grupo de louvor que se apresentava próximo a sua comunidade.

“Até aquele momento, eu estava muito envolvido com as tradições religiosas, mas eu não gastava tempo lendo a Palavra de Deus. Quando resolvi ler a Bíblia, eu percebi que não estava vivendo de acordo com as Escrituras, então eu decidi mudar e entregar a minha vida a Cristo”, disse ele à organização Portas Abertas.

Contagiado por sua nova fé, Alonso não conseguiu manter segredo e compartilhou o Evangelho com sua família, amigos, vizinhos e toda a comunidade. Depois de passar anos testemunhando novas conversões, ele construiu um templo com suas próprias mãos e recursos em 2011.

Enquanto a igreja do pastor Alonso se fortalecia, a oposição das autoridades e da comunidade aumentava. Em 2013, ele foi tirado à força de sua casa por um grupo de quase 400 pessoas, espancado e preso por três dias. Sua igreja foi destruída e seus bens materiais foram levados, incluindo seu gado.

“No momento em que eles começaram a me bater, o Espírito Santo me fez lembrar da Palavra de Deus. Eu pensei em Estêvão e como ele viu a glória de Deus, quando estava sendo acusado e insultado. Eu também pensei em Jesus”, Alonso lembra.

“Até aquele momento, eu nunca pensei que eu poderia viver o que eu havia pregado. Mas Deus me mostrou que não se trata de pregar e falar sobre o Evangelho, mas sobre viver colocá o Evangelho em prática”, continua.

Preso em Cristo
O pastor Alonso lembra com alegria dos dias em que esteve preso por causa de Cristo. “Eu louvo ao Senhor porque sei que Ele estava comigo o tempo todo. Eu nunca me senti abandonado. Eu senti claramente a mão de Deus tocando minhas feridas e removendo toda a dor. Quando eu estava na prisão, sua presença era real e forte demais. Senti as orações da igreja naquele lugar”.

Depois de três dias, um representante de Assuntos Religiosos do México visitou Alonso para negociar sua liberdade. Na ocasião, ele foi forçado a assinar uma declaração assumindo o compromisso de deixar a comunidade.

Desde então, Alonso e sua família passaram a viver em uma cidade nos arredores da capital de Oaxaca.

“Eu louvo ao Senhor pela minha libertação”, disse o pastor. “Eu sei que Ele salvou a minha vida porque Ele tem um propósito para mim. Estou certo de que Ele não vai me deixar morrer antes de ter cumprido seus planos”.

Guiame

0 comentários:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...