O lado oculto do Facebook

As redes sociais têm desenvolvido um papel importantíssimo em relacionamento à distância. Quando eu digo à distância falo literalmente amigos, familiares que de fato estão distantes uns dos outros. 

Isso é legal e não há nada de errado nesse estreitamento entre as pessoas usando as redes sociais. Mas não podemos ignorar os males que essas redes podem trazer as pessoas que muitas vezes a usam até de boa-fé.

Tenho encontrado amigos de infância, que hoje mantemos contato, trocamos ideias, rimos, felicitamos um ao outro e isso é bom, reconheço.

Facebook te entregando

Mas como toda ferramenta nessas redes também existe o lado oculto e má, onde pessoas vivem xeretando, vasculhando a vida alheia. Embora tenhamos centenas de “amigos” é bom ficar atento que, embora eles estejam relacionados como amigos, nem todos realmente o são.

Devemos ter cuidado com o que postamos, sei que as vezes nos dá vontade de contar tudo pra alguém, quem sabe por estarmos passando por alguma situação desagradável naquele momento. É sempre assim, quando vem os vendavais, na maioria das vezes, estamos “sozinhos” com o aparelho nas mãos e sem percebermos, desabafamos.

Cuidado com o que se posta.

Assim como em nossa vida secular somos responsáveis por cada palavra que falamos, neste mundo interativo o que você posta também tem suas consequências. Cuidado com postagens, notícias, denúncias pela qual você não tem certeza do que está sendo informado nem tão pouco a fonte. 

As pessoas não têm noção disso, fala o que quer, comenta coisas íntimas, abrem o verbo via Facebook e esquecem que dezenas, centenas, quem sabe, milhares estão lendo e ouvindo seus lamentos.

Como falei, nem sempre aqueles que você agregou como amigo é de fato amigo, muitas vezes sãoinimigos ocultos a espera de uma novidade. Conheço história de pessoas arruinadas por desabafos comentários inapropriados para a rede.


“Usa o Facebook como confessionário depois não quer pagar a penitência”

Isso mesmo que você acabou de ler acima, se você não quer que as pessoas se metam em seus relacionamentos, ou descorde de colocações mal postada por você, NÃO POSTE coisas íntimas, coisas que deverão ser resolvidas entre os mais chegados quem sabe cônjuges. O Facebook não é confessionário, cuidado com suas palavras. Esteja consciente que o que você posta vai ser respondido, criticado, censurado por alguém, depois não adianta se lamentar…

Perigo oculto do Facebook.

Tenho notado que muitas pessoas colocam informações de onde moram, telefones, onde estudam, o que vão comprar, se compraram um carro novo elas postam. Se ganharam um dinheiro de algum processo da justiça eles colocam. 

Quantas histórias de sequestro, roubo e até de morte, por que as pessoas, sem perceber, dão as pistas para que o inimigo oculto as ataquem. Outro dia, não só eu, mas creio que muitos “amigos” de uma pessoa deva ter lido, onde ela escreveu: “Graças a DEUS em fim ganhei essa causa que se arrastava na justiça, agora é só desfrutar da grana”

Imagina alguém assim tipo bandido lendo uma coisa dessa? Imagina esse “amigo oculto e do mal” indo ao perfil desse imaturo internauta e quando chega em seu perfil, lê: Endereço completo, telefone, nome dos filhos, onde estudam, hora que costumam buscá-lo na escola. Já imaginou?

Veja parte de uma matéria que foi divulgada pela a Revista Exame em 2010


Ladrões dizem usar redes sociais para escolher suas vítimas

São Paulo – Uma pesquisa realizada com 50 criminosos britânicos pela companhia de segurança More Than revelou que 12% deles usam redes sociais como Twitter e Facebook para procurar por vítimas em potencial. A justificativa é que nesses sites muitos usuários publicam seus endereços, além de detalhes completos de onde estão e para onde vão.

Conforme o levantamento, 68% dos criminosos, independentemente do meio, coletam informações sobre a rotina de suas vítimas antes de praticar um crime. “Usando o Facebook ou o Twitter para se gabar sobre uma grande noite ou sobre férias em Barbados pode impressionar amigos e colegas, mas é o suficiente para dar a ladrões experientes tudo o que eles precisam saber”, disse Pete Markey, um porta-voz da More Than, ao jornal The Telegraph.

“Antigamente você podia comprar informações de um carteiro ou de um entregador de leite sobre quem estava fora de casa nos feriados. Agora as pessoas estão online dizendo se estão indo ao aeroporto, se estão tomando café, sobre tudo”, explicou à mesma publicação Richard Taylor, um ex-criminoso que hoje é pastor. “Sempre digo que o Facebook diz que você tem 900 amigos, mas que não é verdade. Você tem um amigo e 899 pessoas que vagamente o conhecem”.

“Por favor, me roube”

No início deste ano, um grupo de holandeses criou um site para alertar as pessoas justamente sobre esse risco apontado pela pesquisa. O site Please Rob Me (“por favor, me roube”, em português) agregava todas as informações de pessoas que estavam fora de casa e que comunicavam isso no Foursquare. 

A ideia, segundo os responsáveis, não era efetivamente servir de fonte de informações para ladrões, mas conscientizar os internautas de que mensagens aparentemente inofensivas podem ser perigosas se divulgadas publicamente. O serviço atualmente está desativado.


Cuidado !!! Use o Facebook com moderação ou qualquer rede social. Lembre-se, nem todos são teus amigos. Dificulte o máximo dar informações sobre sua vida pessoal. Não se exponha muito, isso tem um preço, a não ser que você esteja disposto a pagar esse preço. Proteja quem você ama, não coloque endereço de colégio onde estudam seus filhos.

Fica a dica: Facebook tem seu lado oculto.

Pb Josiel Dias

0 comentários:

Postar um comentário

500 Anos


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tags

(778) Cristãos Perseguidos (529) Cristãos (518) Bíblia (488) Intolerância Religiosa (363) Israel (338) Evangélicos (302) igreja (264) Reflexão (247) apocalipse (194) oração (184) Homosexualismo (177) catolicismo (153) Rede Record (148) homofobia (146) Irã (140) escatologia (132) Missões (131) Evento Gospel (128) Silas Malafaia (125) pecado (120) Política (113) islan (112) ateus (109) judeus (109) Religião (105) Aborto (104) Milagres (103) Natal (102) Ahmadinejad (91) Criança (91) esporte (91) Testemunho (86) globo (77) guerra (73) Salvação (71) Perdão (70) Morte (64) pastores (64) Aline Barros (59) Religiosidade (56) Yousef Nadarkhani (56) PL122 (55) Amor (54) adoração (48) heresia (48) Drogas (42) Prosperidade (42) festival promessas (41) Judaísmo (39) Thalles Roberto (39) campina grande (39) Apostasia (38) carnaval (36) Idolatria (35) mulçumanos (34) Estados Unidos (33) Família (33) Maconha (31) adoradores (29) Shows (28) Catástrofes (26) Hipocrisia (26) Páscoa (22) esperança (22) Confiança (19) Mentira (19) Alegria (18) Nasa (18) DIP (16) Oriente Médio (16) Rei David (16) Suicídio (16) adversidade (16) consciência cristã (16) BAND (15) Conforto (15) Paz (15) Pena de Morte (15) Pornografia (15) Promessa (15) Sofrimento (14) BBB (12) Graça (12) Tatuagem (12) benção (12) obediência (12) dia das mães (11) impureza (11) Ansiedade (10) Justin Bieber (10) Rio +20 (10) livro (10) masturbação (10) Catástrofe (9) Desobediência (9) Filho pródigo (9) Perlla (9) Jotta A (8) Pedro Leonardo (8) Whitiney Houston (8) filho de crente (8) livre arbítrio (8) sony music (8) Darwin (7) Eutanásia (7) Hackers (7) Perigo (7) Senadores (7) União (7) presença de Deus (7) Perfeição (6) cura pela palavra (6) Purgatório (5) alienígenas (5) lei da palmada (5) Aline Barros mostra sua filha (4) Cegueira Espiritual (4) Kaka (4) escolhas (4) texto e contexto (4) torá (4) vasco (4) vigilância (4) Gratidão (3) Ressentimento (3) Segurança (3) Semeadura (3) Sodomia (3) o Caminho (3) servos (3) Cristo Redentor 80º aniversário (2) Guinnes Wolrd Records (2) Harold Camping (2) Impossiveis (2) Pressa (2) Sonho de infância (2) mundial da juventude (2) Flórida (1) Galardão (1) Michel Teló (1) Redenção (1) impios (1) recall (1) vingadores (1)

Uma Reflexão sobre a Crise no Brasil