No Paquistão, extremistas muçulmanos ateiam fogo a menino porque ele disse ser cristão

Um menino de 15 anos de idade foi incendiado em Lahore, Paquistão na última sexta-feira, 10 de abril, por dois homens muçulmanos porque ele disse que era cristão.

Nauman Masih disse que os extremistas o questionaram sobre sua religião, e ao afirmar que era seguidor de Jesus Cristo, foi detido pelos homens. Ao tentar fugir, foi novamente capturado. Os homens jogaram querosene sobre ele e atearam fogo.

Um membro da Associação Cristã Paquistanesa disse ao Christian Today que o jovem estava treinando para ser um alfaiate, e no momento do ataque estava indo para a loja de seu tutor.

Os extremistas estavam mascarados no momento do ataque, e insultaram a mãe e irmãs do garoto antes de atearem fogo nele. No desespero, Nauman se jogou na areia para tentar apagar as chamas.

“Eu estava correndo quando vi um monte de areia no caminho, me deitei na areia, e algumas pessoas da comunidade apagaram o fogo, colocando areia em mim. Fiquei desacordado e chamaram a emergência para virem com uma ambulância”, contou o garoto.

De acordo com os médicos do Hospital Mayo, em Lahore, 55% do corpo de Nauman foi queimado. Embora venha sofrendo com uma febre alta, espera-se que ele tenha uma boa recuperação.

O conselheiro sênior do Ministério Saúde, Khwaja Salman Rafique visitou Nauman e disse à equipe médica para dar ao menino o melhor atendimento possível, segundo relatos do jornal local Tribune Express.

Há suspeitas de que o ataque ao menino tenha sido encomendado, pois Nauman diz que “não tem qualquer inimizade com ninguém”. O avô dele especula que o responsável seja um tio do garoto, que teria a intenção de ficar com a casa que Nauman herdou quando o pai dele faleceu, meses atrás.

“Registramos a declaração do avô de Nauman. Ele acusou o tio de Nauman, Nadeem, e sua esposa, por ter ordenado o ataque. Ele disse que o casal quer matar Nauman para obter a sua casa. O pai de Nauman faleceu três meses atrás”, disse um oficial da Polícia local.

GospelMais

0 comentários:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...