Urgente!!! Acidente com ônibus deixa um morto e 22 pessoas feridas em Madureira

Motorista perdeu o controle do coletivo, subiu a calçada e atingiu imóveis na Rua Carolina Machado

RIO - Um grave acidente envolvendo um ônibus deixou uma pessoa morta e 22 feridas, na manhã desta quinta-feira, em Madureira, na Zona Norte da cidade. O acidente aconteceu na Rua Carolina Machado, próximo à estação de trem do bairro. 

O motorista do coletivo da linha PavunaxCascadura teria perdido o controle do veículo e atingiu uma loja e um bar, que ficaram parcialmente destruídos. 

Escombros caíram sobre o ônibus. As vítimas foram encaminhadas para os hospitais Getúlio Vargas, na Penha; Carlos Chagas, em Marechal Hermes; e Salgado Filho, no Méier. O caso será registrado na 29ª DP (Madureira).

Pelo menos cinco veículos do Corpo de Bombeiros estiveram no local prestando o socorro às vítimas. Alguns dos feridos foram retirados pelas janelas do coletivo, que foram quebradas para facilitar o trabalho da corporação.

O motorista do coletivo ficou preso às ferragens, e os bombeiros tiveram dificuldades para retirá-lo do coletivo porque escombros estavam sobre ele. Técnicos da Defesa Civil também foram acionados e retiraram o tacógrafo do veículo para análise. A loja e o bar que foram atingidos também será periciado.

Marilda Mateus, moradora de uma vila que teve a entrada bloqueada pelo ônibus, no número 504, disse que acordou com o barulho do acidente:

- O impacto foi muito forte. Vim aqui fora ver o acidente. Faltava pouco para as 6h. As pessoas pediam socorro dentro ônibus. Liguei para os bombeiros. Está essa tragédia aí. Muitos feridos saíram e deitaram ou sentaram na calçada. O resgate que demorou mais foi o do motorista.

Marilda disse que os bombeiros não deixaram os moradores ajudarem a resgatar os feridos.

- O ônibus impediu a saída da vila. Além disso, os bombeiros disseram que algum fio solto do poste poderia nos dar um choque.

A arquiteta Lorena Muniz Xavier, que também mora na vila, relata que uma nuvem de poeira cobriu o ônibus logo após o acidente:

- Vimos a poeira e ouvimos o motorista dizer: 'Estou preso, estou preso'. A gente viu os passageiros machucados, mas a maioria estava de pé. Todo mundo acionou os bombeiros. Quando chegaram, foram direto para o motorista, que estava pior - afirmou.


OGlobo

0 comentários:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...