Youssef diz que mandou entregar propina no prédio do PT. Partido nega

ALBERTO YOUSSEF 
O tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, nega "veementemente" que tenha recebido qualquer quantia de dinheiro por parte do doleiro Alberto Youssef e seus representantes.

O doleiro, preso na Operação Lava Jato, disse nesta terça-feira (31), em depoimento à Justiça Federal do Paraná, que mandou entregar "400 e poucos mil reais" para Vaccari, em frente ao prédio do partido, em São Paulo.
Youssef disse ainda que o dinheiro foi entregue por Rafael Angulo, a mando da Toshiba. Segundo o delator, o suborno foi entregue na frente do prédio para um funcionário da Toshiba que repassaria o dinheiro a Vaccari.

Na nota, a Secretaria de Finanças do PT ressalta que o o doleiro já entrou em contradição uma vez.

"Na delação realizada em fevereiro, Youssef afirmou que uma suposta entrega do dinheiro teria sido feita em um restaurante em São Paulo. No depoimento de hoje, se contradiz e afirma que foi na frente da sede do PT", destaca.

Segundo o partido, a Toshiba nega que algum dos seus funcionários tenha repassado recursos para representantes do PT.

"A afirmação de Youssef causa ainda mais estranheza porque sua contadora, Meire Bonfim Poza, declarou à CPI Mista da Petrobras, no último dia 8 de outubro, que não conhece e que nunca fez transações financeiras com Vaccari Neto."

A Secretaria de Finanças reiterou que todas as doações que o Partido dos Trabalhadores recebe são feitas na forma da lei e declaradas à Justiça.

Informação do Brasil Post

0 comentários:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...